WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



drupal counter

:: ‘estréia’

Ansiedade pela estreia na Série C é normal, acredita técnico do Salgueiro

Globo Esportes

evandro

Durante quase uma temporada e meia, o torcedor do Salgueiro acostumou-se a ver Sérgio China sentado no banco de reservas do time. Com a saída do técnico para o América-RN, na quarta-feira, contra o Botafogo-PB, na estreia da Série C, o Carcará será comandado pela primeira vez por Evandro Guimarães. De acordo com o treinador, a ansiedade pela estreia é normal.

– A expectativa da estreia sempre nos deixa mais tensos. É a tensão normal. Se você não tiver tensão, não tem preocupação. Mas o importante é que, de maneira ou de outra, nós conseguimos absorver pelas várias estreias que já tivemos. O importante é fazer uma boa estreia, uma boa competição e iniciarmos com o pé direito – afirmou Evandro.

Para jogar a Série C, o Salgueiro contratou, até o momento, quatro jogadores: o volante Maicon, os meias Rafael Carioca e Valdeir e o atacante Tatu. Os reforços estão sendo regularizados e devem ficar à disposição do treinador para o jogo contra o Botafogo-PB. No gol, segundo o diretor de futebol do clube, Carlos José de Araújo, Mondragon se recuperou de uma virose e está concentrado com com o restante do grupo. Caso ele não jogue, Luciano reassume a posição após cinco meses.

Em 2015, quando enfrentou o Botafogo-PB no Cornélio de Barros, o Salgueiro venceu por 4 a 1. Apesar das equipes terem mudado bastante, Evandro Guimarães espera que seu time possa deixar uma boa impressão para o torcedor que vai ao Cornélio de Barros.

– Preciso uma boa atuação. Sempre venho falando para os atletas que a torcida quer desfrutar de um bom jogo, como é um desejo dos atletas também desfrutar de um bom jogo – disse.

outdoor_pq

Em alta, Náutico estreia contra instável Vitória da Conquista na Copa do Brasil

Globo Esportes

10345545_679291565544184_55535593598115874_n

Vitória da Conquista e Náutico se enfrentam, nesta quinta-feira, às 19h15, no Estádio Lomanto Júnior, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para acontecer no dia 7 de abril, na Arena Pernambuco.

Pelo lado alvirrubro, o grande objetivo é tentar evitar o duelo da Arena. É que, de acordo com o regulamento da Copa do Brasil, se o visitante vencer por dois ou mais gols de diferença, nesta fase, não há necessidade da segunda partida.

O treinador e os jogadores do Náutico, no entanto, sabem que a missão não será fácil. E não ficarão totalmente insatisfeitos com um empate. Se for derrota, que pelo menos seja com gols marcados pelos pernambucanos.

Na briga contra o rebaixamento no Campeonato Baiano, o Vitória da Conquista vê na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste a possibilidade de reabilitação. O Bode dará seu pontapé inicial no torneio nacional com o objetivo de passar de fase pela primeira vez na história e se reerguer.

Para a partida, a tendência é que o técnico Sérgio Araújo mande a campo o mesmo time que goleou o Colo Colo, por 4 a 1, no último domingo. Com isso, o Bode deve ser formado por Carlos; Artur, Sílvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho; Edimar, Maicon Costa, Diego Aragão e Kleber; Rafael da Granja e Tatu.

Dal Pozzo não revelou a escalação para o jogo. Mas não há muito mistério. O Náutico só deve ter duas mudanças. A escalação provável é: Júlio César; Walber, Rafael Pereira, Ronaldo Alves e Gastón (Henrique); Rodrigo Souza, Niel, Rony, Renan Oliveira e Caíque Valdívia; Thiago Santana.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Cuca estreia diante do Nacional com duas opções: liderar ou se complicar

Terra

56e70e2b3de37

O Palmeiras tem duas opções no jogo que marcará a estreia de Cuca, contra o Nacional (URU), às 21h45 desta quinta-feira, no Parque Central, em Montevidéu: vingar a derrota da semana passada, vencer e assumir a liderança do Grupo 2 da Libertadores (na pior das hipóteses, empatado com o Rosario Central), ou provavelmente cair para a terceira posição com empate ou derrota.

O Nacional lidera o grupo com cinco pontos, seguido por Palmeiras e Rosario, cada um com quatro pontos e com campanhas idênticas. Os argentinos visitam o River Plate uruguaio, lanterna, com dois pontos, às 19h30 desta quinta.

O Palmeiras de Cuca deve ter seis mudanças em relação ao Palmeiras de Marcelo Oliveira que tomou 2 a 1 do Nacional no Allianz Parque. Thiago Martins, Thiago Santos, Jean, Robinho, Gabriel Jesus e Cristaldo, titulares na semana passada, darão seus lugares a Edu Dracena, Egídio, Arouca, Gabriel, Allione e Alecsandro. As principais novidades da escalação serão Zé Roberto como meio-campista, e não mais como lateral-esquerdo, e Gabriel retornando após sete meses afastado por uma lesão no joelho esquerdo.

Do lado uruguaio, a dúvida é a presença de Sebastián Fernández, que está concentrado, mas sente dores lombares. No treino desta quarta, o jogador treinou separado do elenco, e o comandante disse que irá esperá-lo até o último momento. A expectativa, porém, é de que o meia-atacante não jogue. Caso isto se confirme, Ignácio González começa a partida desta noite.

Fora de casa, Bahia estreia na Copa do Brasil diante do Globo-RN

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

Na noite desta quarta-feira (16), no estádio Barretão, em Ceará-Mirim (RN), o Esquadrão dará o pontapé inicial em mais uma participação na Copa do Brasil. O Esquadrão enfrentará o Globo-RN na partida de ida da competição nacional.

Derrotado no clássico Ba-Vi do último domingo (13) após uma larga sequência de triunfos em jogos oficiais, o Bahia deverá ter algumas mudanças em sua formação. O zagueiro Gustavo e o lateral-esquerdo João Paulo, machucados, foram vetados pelo departamento médico.

Caso vença o time potiguar por dois ou mais gols de diferença, o Bahia avança de fase sem precisar da partida de volta. Se passar, enfrenta o América Mineiro ou o Red Bull Brasil (SP) na segunda fase.

As melhores campanhas do clube na competição nacional foram nos anos 2012, 2002, 1999, 1990 e 1989. Nas ocasiões, o Esquadrão chegou até as quartas de finais.

Confira os jogos de hoje
20h30
Linense x Botafogo-PB
Paraupebas x Londrina
Goianésia x ABC
21h45
Rio Branco x Santa Cruz
Confiança x Flamengo
Imperatriz x Fortaleza
Globo-RN – Bahia

LIBERTADORES: Corinthians e Grêmio fazem estreias em casa nesta quarta

Futebol Interior

728x455

Com Corinthians e Grêmio em campo, a noite promete ser de muita emoção pela Libertadores nesta quarta-feira. Os dois brasileiros estreiam em casa, mas em situações diferentes. Enquanto o Timão venceu fora de casa na estreia, o Imortal precisa se recuperar da derrota.

Em Itaquera, o Corinthians recebe o Santa Fé, às 21h45, para seguir na ponta do Grupo 8. Após a vitória na primeira rodada, o time brasileiro foi ultrapassado pelo Cerro Porteño, que chegou aos quatro pontos após vencer seu segundo jogo. Em caso de vitória, o time de Tite volta a ficar com a primeira colocação de forma isolada. O Santa Fé é o terceiro com um ponto e o Cobresal fica na lanterna da chave ainda sem pontuar.

Em situação mais delicada, o Grêmio também faz sua estreia em casa nesta quarta no mesmo horário, recebendo os equatorianos da LDU. Com três pontos, o time de Quito lidera a chave ao lado do Toluca. San Lorenzo e Grêmio, ainda sem pontuar ficam na terceira e quarta colocações.

Antes do Grêmio, San Lorenzo e Toluca também jogam. Às 19h30, o time argentino recebe os mexicanos no Estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires.

No Grupo 1, que tem ainda São Paulo e River Plate, a surpresa The Strongest recebe o Trujillanos na altitude de La Paz, às 17h15. Com três pontos, o time boliviano divide a liderança da chave com o River Plate. São Paulo e Trujillano ainda não pontuaram.

A outra partida da quarta-feira é do Grupo 2, o mesmo do Palmeiras. Depois de todos os times empatarem na primeira rodada e ficaram com um ponto cada na tabela, o Nacional recebe o River Plate para um confroto entre dois uruguaios no Parque Central em Montevidéu, às 19h30. O Verdão só joga na quinta, quando recebe o Rosario Central na Allianz Arena, em São Paulo.

Ainda instável, Palmeiras estreia na Libertadores contra River do Uruguai

Globo Esportes

img_20160215_114918

Chegou a hora. 76 dias após a conquista da Copa do Brasil e de uma vaga na Taça Libertadores da América, o Palmeiras inicia a busca pelo bicampeonato continental nesta terça-feira, em Maldonado, no Uruguai. Instável nos primeiros jogos do Campeonato Paulista, o Verdão tenta mudar o cenário diante do River Plate local, no estádio Domingo Burgueño, às 21h45 (horário de Brasília).

Após estrear no estadual vencendo o Botafogo, o time acumula dois empates (São Bento e Oeste) e uma derrota (Linense). Agora, a equipe comandada por Marcelo Oliveira se divide entre a pressão da torcida, insatisfeita com os resultados, e a ansiedade por disputar o principal objetivo do clube nesta temporada. A obsessão pelo torneio sul-americano norteou o planejamento da diretoria e foi utilizada para atrair as contratações deste ano.

Reforçado em relação ao ano passado, o Palmeiras volta a disputar a Libertadores após ficar fora das duas últimas edições. Em 2013, a equipe caiu nas oitavas de final, diante do Tijuana, do México. Agora, além do River Plate, também terá o Nacional, do Uruguai, e o Rosario Central, da Argentina, pela frente na fase de grupos.

O River uruguaio, aliás, já foi adversário alviverde neste ano. No fim de janeiro, o Palmeiras aproveitou a passagem por Montevidéu para um quadrangular amistoso e disputou jogo-treino contra a equipe uruguaia. Os dois times utilizaram reservas, e o Verdão goleou por 4 a 0. O rival palmeirense nesta terça garantiu vaga no Grupo 2 da Libertadores surpreendendo a Universidad do Chile na fase anterior.

unimarc-modelo-4

Sub-20 do Vitória da Conquista estréia neste sábado (13), no Campeonato Baiano Sub-20

Site do Clube
Foto Luciana Flores

11140082_1272607456099768_7132284994628812479_n

Começa este sábado (13), às 15 horas, no estádio Edivaldo Flores, a jornada do Vitória da Conquista no Campeonato Baiano Sub-20 de 2016. O alviverde estréia contra o Flamengo de Guanambi sob o comando do treinador Guilhermino Lima.

A fórmula de disputa do estadual é diferente do profissional, com a participação de 16 equipes, divididas em 4 grupos de quatro equipes. O grupo do ECPP tem Flamengo de Guanambi, Poções e Colo Colo.

O time realizou um jogo treino na tarde de ontem contra os profissionais (atletas que não participaram do jogo contra o Vitória).

O bodinho terá no baianão a mesma base que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Atacante do Jacobina, Tony Galego tem primeira chance no profissional aos 28 anos

Jacobina Noticias

Jacobina-Notícias-03-16

Tony ‘Galego’, atacante do Jacobina, é um jogador diferenciado dos demais que atuam no Campeonato Baiano. Não por demonstrar uma habilidade fora do comum ou um faro de gols acima da média, mas sim por conta do seu ingresso no esporte.

No futebol moderno, geralmente os jogadores chegam muito jovens aos times. Eles são moldados por técnicos em diversas categorias de base até chegarem com totais condições de servir o time profissional. Aos 28 anos, um atleta vive seu ápice físico, em tese, mas é com essa idade que Tony irá estrear no Baianão.

“Eu aceitei a proposta por causa de pessoas que eu conhecia e tenho amizade. O presidente do clube [Rafael Damasceno] me convenceu. Assinei por isso. A proposta financeira é razoável, paga certo e em dia. Meu medo em não me profissionalizar era de não receber com essa garantia. Desde criança eu sonhava com isso, e não tinha tido a oportunidade concreta”, disse Galego, em entrevista ao Bahia Notícias.

Mesmo com uma idade considerada avançada para a prática de futebol, Tony tem seus sonhos. Ele projeta fazer um bom estadual pelo Jacobina, para então poder assinar com outra equipe e dar prosseguimento em sua carreira. “Um time do interior de São Paulo, sei lá. Bahia e Vitória são mais difíceis, pois são clubes de Série A e B. Em uma equipe de Série C ou D, eu conseguiria me firmar e dar seguimento ao meu trabalho”, afirma.

Tony Galego tem um companheiro que já foi campeão estadual no ataque. João Neto conquistou o Baianão em 2011, pelo Bahia de Feira. O atleta passou também por Bahia, Portuguesa e Paysandu. Galego vinha fazendo companhia ao atacante no setor ofensivo do Jacobina, porém no último amistoso figurou no banco.”A gente vinha num esquema 4-3-3, e eu jogava com o João Neto. Ai no último amistoso, o treinador optou por um 4-4-2, e acabei indo para o banco. Mas estou confiante”, ponderou.

Calleri faz golaço e Tricolor domina, mas fica no empate em Trujillo

Gazeta Esportiva

000_Mvd6743845

O São Paulo jogou mais bola e mostrou ser bastante superior tecnicamente ao Universidad César Vallejo, mas erros dos juízes, falhas de finalização e um chute de rara felicidade de Hohberg impediram que o Tricolor encaminhasse já no Peru sua classificação na pré-Libertadores. Atuando em Trujillo, no Peru, os são-paulinos contaram com um belo gol de Calleri e empataram por 1 a 1 no estádio Mansiche.

Com o resultado, o Tricolor pode até empatar sem gols no duelo da volta, dia 10, às 21h45(de Brasília), no estádio do Pacaembu, que terá assegurada a sua vaga na fase de grupos. Novo empate por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis, enquanto empates por dois gols ou mais favorecem os peruanos. Caso haja um ganhador, ele será o dono da classificação.

A chave que espera ou César Vallejo ou São Paulo é a de número 1, que conta com os argentinos do River Plate, atuais campeões do torneio, o The Strongest, da Bolívia, e o Trujillanos, da Venezuela. A estreia seria contra os bolivianos, no dia 17.

Público da rodada inteira do Carioca não enche nem São Januário

MSN

BBoXUJ4.img

O Campeonato Carioca de 2016 começou no último sábado com fracasso nas arquibancadas. Se forem somados todos os públicos pagantes da rodada inicial do torneio, não dá para lotar nem o estádio de São Januário, que tem capacidade para praticamente 22 mil torcedores.

Ao todo, as arenas fluminenses registraram 19.051 fãs durante o final de semana. Ou seja, faltarma ainda quase 3 mil torcedores para preencher a arena do Vasco da Gama.

O jogo com maior presença de torcida no final de semana foi justamente o do time cruz-maltino, com 7.905 fãs, o que gerou uma renda de R$ 246.050,00.

Já o pior foi Bonsucesso x Resende, que teve somente 350 testemunhas no Estádio Luso-Brasileiro. Cabofriense x América-RJ, por sua vez, não teve borderô divulgado.

Em partidas envolvendo os quatro grandes, a mais decepcionante foi a do Fluminense contra o Volta Redonda: só 1.531 pagantes, com renda de R$ 43.060,00.

Comparando o Campeonato Carioca com o Paulista, então, a situação fica ainda pior. A soma dos públicos quatro grandes do Rio (17.301) não igualou nem mesmo o número de Botafogo-SP x Palmeiras, em Ribeirão Preto: 18.635.

A renda também ficou bem aquém: juntos, os grandes cariocas arrecadaram R$ 571.080,00, contra R$ 897.130,00 apenas de Botafogo x Palmeiras.

Rodada de estreia do Baianão teve público de pouco mais de 15 mil pagantes

Galáticos Online

torcida vitória francisco galvão

A temporada 2016 do futebol baiano foi oficialmente aberta neste final de semana. Cinco jogos deram a largada ao Bainão 2016.

Porém, apesar da expectativa que tomava conta dos baianos pelo início do estadual, a ansiedade para ver a bola rolar não ficou exposta na presença de público. A primeira rodada da competição registrou apenas 15.200 torcedores nos cinco estádios que receberam jogos.

O maior público foi registrado no duelo entre Vitória e Jacuipense, no sábado (30), no Barradão. O total de 6.733 torcedores acompanhou o triunfo do Rubro-Negro por 3 a 0.

Já o menor público foi o do confronto entre Bahia de Feira e Feirense, no Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim. Apenas 647 torcedores assistiram à vitória do Tremendão por 2 a 0.

Quando o assunto foi o valor arrecadado, as cinco partidas geraram uma renda total de pouco mais de R$ 265 mil. Com arrecadação de quase R$ 120 mil, Juazeirense x Bahia, em Pituaçu, registrou a maior renda.

Por outro lado, o confronto entre os times feirenses arrecadou apenas R$ 6.470. O time mandante, o Bahia de Feira acabou com um saldo negativo de R$ 2.026,20.

Apesar dos números baixos, a primeira rodada pode ter um crescimento, tanto na renda como no público no dia 11 de fevereiro. Galícia e Jacobina completarão a rodada na Arena Fonte Nova.

Outra boa expectativa de maior presença de público nos estádios é o fim do Carnaval. A partir de 10 de fevereiro, com o início da segunda rodada, o Baianão promete levar mais torcedores aos estádios.

Confira os públicos e rendas dos primeiros jogos:

Vitória 3 x 0 Jacuipense – 6.733 torcedores / R$ 64.092

Flamengo de Guanambi 0 x 0 Vitória da Conquista – 2.527 torcedores / R$ 51.540

Juazeirense 2 x 3 Bahia – 3.925 torcedores / R$ 120.930

Bahia de Feira 2 x 0 Feirense – 647 torcedores / R$ 6.470

Colo Colo 0 x 0 Fluminense de Feira – 1.368 torcedores / R$ 22.070

Atlético-MG vence o Uberlândia na estreia no Mineiro

Terra

728x485

Thiago Braga bem que tentou estragar a estreia no Atlético-MG no Campeonato Mineiro. E quase conseguiu. O goleiro do Uberlândia foi o grande nome do jogo deste domingo, no Parque Sabía, com diversas defesas importantes, no entanto, o camisa 1 da equipe do interior mineiro não foi capaz de impedir o gol do zagueiro Leonardo Silva, no final da partida, que decretou a vitória do Galo por 1 a 0.

O Galo agora volta as suas atenções para a Primeira Liga, no domingo, quando enfrenta o Figueirense, às 17h (de Brasília), no Orlando Scarpelli. O Uberlândia, por sua vez, atua pelo Estadual, no próximo sábado, contra o Tupi, no estádio municipal de Juiz de Fora (MG).

Mais jogos
Cruzeiro-MG 0 x 0 URT
Caldense-MG 2 x 0 Boa Esporte
Villa Nova-MG 2 x 1 Tombense-MG
América-MG 3 x 0 Tupi-MG

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia