WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘Feirense’

Com gringo, Feirense terá elenco mesclado

Jornal Folha do Estado

42388-2

Um elenco mesclado com novos rostos e alguns atletas experientes. É desta maneira que o Feirense vai se apresentar para o Campeonato Baiano 2016, principal competição para a Águia do Sertão que vai servir como ponto de partida para alcançar campeonatos nacionais e desta maneira o time vai desenvolver projetos mais ousados no futuro.

No grupo – composto por 25 jogadores – alguns atletas já tiveram passagens anteriores como foi o goleiro Ruan, que no ano passado foi um dos destaques no time e teve participação direta na manutenção do Feirense na 1ª divisão estadual. Outra figura que reaparece no time é o experiente atacante Jaiminho, que surgiu nas divisões de base do Fluminense, mas já teve boas passagens pelo time gameleiro, além de rodado por outros centros do futebol nacional.

Outro ex-Fluminense que faz parte do grupo é João Grilo, que atua tanto na meia como na lateral-esquerda, sem falar dos atacantes Didiu e Fernando, crias da casa que já têm “cadeira cativa” no elenco.

O Feirense também conta com jogadores de diferentes lugares do Brasil como Felipe Ribeiro, natural de São Paulo; Gustavo Eugênio, de Goiânia; Leonardo Moraes, de Cuiabá, fazendo parte do elenco comandado tecnicamente por Henry Lauar e que tem a gerência de Raimundo Queiroz. “Temos um grupo equilibrado com atletas que já conhecem o futebol baiano, mesclado com jogadores com ‘bagagem’ internacional, além de outros que têm passagens por grandes clubes do Brasil como o Santos, Grêmio e Atlético/PR. Esta vai ser a forma como nos apresentaremos e lutaremos por grandes resultados, mesmo reconhecendo que a competição será difícil porque é um ‘tiro curto’ e não podemos vacilar”, declarou Raimundo Queiroz.

Sem sombra de dúvidas dos novos atletas o mais conhecido é o meio-campista Eduardo Echeverría, 26 anos, que vem do Olímpia do Paraguai e além de já ter atuado pela seleção do seu país, ele já disputou a Taça Libertadores da América, principal competição de futebol do continente Sul-Americano. Além do Olímpia do Paraguai, onde jogou em 2014, Echeverría teve a oportunidade de jogar no Silvio Pettirossi (2009-2010); Sportivo Carapeguá (2011-2012) e também jogou no Equador onde defendeu a Liga de Quito (2012) e Manta (2013). O seu último clube foi o Rubio Ñu do Paraguai.

Feirense apresenta elenco para temporada 2016

Acorda Cidade

92846-3

A comissão técnica e elenco do Feirense Futebol Clube se reapresentaram nesta segunda-feira (4), no Centro de Treinamento Ribeirão em São Gonçalo dos Campos. A Águia do Sertão será treinada pelo goiano Henry Lauar que teve passagens pelo Goiás e Santa Cruz.

A grande novidade nesta temporada é a parceria firmada entre o Feirense e a Faculdade Anísio Teixeira (FAT). A instituição de ensino tornou-se sócia majoritária da agremiação esportiva.

25 jogadores se apresentaram, entre eles o paraguaio Eduardo Echeverría, com passagens pelo Olímpia- PAR. Ele já disputou duas libertadores e sul-americana.

Goleiros: Ruan Gusmão e Eneias. – Zagueiros: Gustavo Eugênio, Jeferson, Giordano, Junior Feirense e Rafael. – Laterais: Victor, Eduardo Mozão e Efren Dário. – Meio-campistas: Maycon Freitas, Felipe Ribeiro, Eduardo Echeverría, João Grilo, Mateus Salomão, Yan, Leornado Moraes, Romário, Paulo Souza e Marcelo Muniz. – Atacantes: Lucas Real, Didiu, Jaiminho, João Pedro, Igor Wickert, Leornado Chagas e Fernando.

O Feirense estreia dia 31 de Janeiro em Riachão do Jacuipe diante do Bahia de Feira.

Feirense espera anunciar treinador ainda nesta semana

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic._V-Guyas7P

O Feirense espera anunciar o nome do novo treinador da equipe ainda nesta semana. Segundo Raimundo Queiroz, gestor de futebol da equipe, o clube deve trazer um técnico “regional”.

“Nos próximos dias vamos anunciar o nome do novo treinador. Acredito que essa semana iremos acertar tudo. Será um nome regional”, disse Queiroz, em entrevista ao Bahia Notícias.

O dirigente do time gameleiro revelou a dificuldade de conseguir nomes conhecidos nacionalmente.

“Eu queria trazer um técnico mais experiente. Mas está muito difícil. Os nomes que procurei não aceitaram. Eles querem treinar a Série A ou Série B do Campeonato Brasileiro. Então vamos trazer uma pessoa mais regional, mas que será competente”, afirmou.

O Feirense já tem data para começar a preparação visando o Campeonato Baiano: dia 4 de janeiro.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Especulado no Bahia, Raimundo Queiroz vai comandar o Feirense

Galáticos Online

raimundo queiroz(1)

Depois de ser especulado no Bahia, Raimundo Queiroz vai trabalhar em outro clube do futebol baiano. Após o trabalho no Vitória ele vai ficar no comando do Feirense.

Queiroz chega para comandar o Feirense ao lado da Faculdade Anísio Teixeira (FAT) e Gamela, que sempre esteve à frente do time.

O ex-gestor do Vitória não vai ser, apenas, um gestor, Queiroz vai trabalhar em parceria com os atuais mandatários do clube.

A expectativa é que nos próximos dias sejam confirmados nomes para compor o elenco do time de Feira de Santana.

Feirense negocia mudança de sede para Teixeira de Freitas

Por Luciano Pina
Fonte Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.l21GpERUgN

O Feirense pode mais uma vez mudar de sede. Para o Campeonato Baiano de 2016, o presidente Dilson Gamela anunciou que deve mandar os jogos da equipe em Teixeira de Freitas por não ter apoio da cidade de Feira de Santana para a próxima temporada.

“Nós estamos negociando com a prefeitura de Teixeira de Freitas, e o Feirense pode jogar lá o Campeonato Baiano do ano que vem. Aqui em Feira não tem espaço para o Feirense e nem para o Bahia de Feira”, afirmou o mandatário em entrevista ao site Acorda Cidade.

Segundo o mandatário, o Feirense está apto a disputar a Copa Governador do Estado caso seja convidado pela FBF. 

Vitória garante Feirense na elite baiana em 2016

Jornal Folha do Estado

32941-2

Com um gol do meia Adílio, o time do Feirense venceu a Catuense por 1 x 0, jogando esta tarde no Estádio Joia da Princesa. O confronto era o segundo pelo Torneio da Morte, que apontava um dos clubes rebaixados no Campeonato Baiano de 2015, Desta forma, a única vitória do time gameleiro em toda a competição foi suficiente para garantir a permanência do time na 1ª divisão em 2016.

As fortes chuvas que caíram 30 minutos antes prejudicaram o futebol das duas equipes, que fizeram um primeiro equilibrado, com poucas chances de gol. Até pela necessidade que tinha de vencer, o Feirense foi mais ousado e teve chances de fazer o gol, mas pecou nas finalizações. A Catuense buscou dosar o ritmo e conseguiu administrar o placar, que foi justo pelo que as agremiações produziram.

O segundo tempo começou com o Feirense indo para cima e a Catuense jogando mais recuada. O time gameleiro começou a jogar utilizando os lados do gramado, notadamente o setor esquerdo. Aos 18 minutos, numa jogada destas, a bola foi cruzada e o zagueiro Valdo testou com muito perigo pela linha de fundo. Quatro minutos depois, novamente o Feirense assustou com Antônio Carlos, que recebeu uma bola vinda do setor esquerdo, de Adílio, ele chutou forte e Eneias salvou a Catuense, com uma bela defesa.

De tanto insistir, o Feirense marcou o gol aos 27 minutos com Adílio: a bola foi cruzada por Sandro e o meia, que entrara no segundo tempo, subiu bem e de cabeça marcou o gol, que aquela altura era merecido, pelo futebol produzido pela Águia do Sertão. O time gameleiro não recuou e continuou fustigando o adversário, que já tinha colocado dois atacantes na tentativa de empatar a partida. Aos 36 minutos, o time feirense quase marcou com Antônio Carlos, que acertou um chutaço de fora da área, obrigando Eneias a fazer uma grande defesa.

Feirense e Catuense ficaram no empate na largada do Torneio da morte

Jornal Folha do Estado

32786-3

Jogando na tarde deste domingo (150, no Estádio Joia da Princesa, o Feirense ficou no empate em 2 x 2 com a Catuense, na primeira partida do “Torneio da morte. Para permanecer na elite do futebol estadual o time gameleiro precisa vencer o próximo jogo por qualquer.

O Feirense começou titubeando, mas logo se aprumou no gramado e partiu para cima da Catuense e com pouco mais de um minuto numa cobrança de escanteio, a zaga rebateu e o atacante Dadai, foi mais esperto e empurrou para o fundo do gol de Enéias fazendo 1 x 0 Feirense. A Catuense foi para cima e teve quatro oportunidades para empatar a partida, mas não concluiu.

O Feirense continuou em cima explorando as jogadas principalmente pelas laterais e assim tendo posse de bola. O segundo gol aconteceu aos 25 minutos novamente com Dadai, numa jogada em que Bahia ganhou a bola foi na linha de fundo e cruzou para trás e o atacante chegou de carrinho empurrando para o gol.

O time gamaleiro continuou em cima, mas a Catuense foi para cima e empatou o jogo com dois gols relâmpagos: o primeiro foi aos 43 minutos marcado por Mica, que chutou de fora da praça marcando e o segundo gol dois minutos depois, quando Robert dominou uma bola e chutou no ângulo de Junior que nada pôde fazer e a partida terminou o primeiro tempo empatando em 2 x 2.

O jogo terminou empatado e o Feirense só tem o próximo sábado (21), na partida de volta, para tentar escapar da 2ª divisão em 2016.

468x60_simonassi127

Ameaçado de rebaixamento, presidente do Feirense cogita desistência do futebol

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.sE7Ue22XW3

A atual situação do Feirense no Campeonato Baiano fez com que o presidente Dilson Carneiro Gamela considerasse a desistência do futebol. Segundo informações da imprensa de Feira de Santana, Dilson Gamela teria afirmado que após a competição, independente da permanência na elite, iria se retirar do clube. Entretanto, o dirigente da águia do sertão afirmou em entrevista ao Bahia Notícias que só tomará uma decisão após o fim da participação do time no certame estadual.

“Eu estou pensando em descansar do futebol, mas ainda não tem nada definido, só tomarei essa decisão após o campeonato. Esse ano eu pequei na armação do time, não fiz o que estou acostumado. Não tivemos a condição financeira necessária para ter um bom elenco e isso acabou me desanimando. O jogo contra o Bahia, por exemplo, foi um fracasso total, dificilmente perco pra Bahia ou Vitória por essa diferença de gols, mas isso faz parte do futebol”, disse.

No mata-mata do rebaixamento, o Feirense enfrenta a Catuense no próximo domingo (15), às 16h, no Jóia da Princesa. Sobre a briga para não cair, Dilson afirmou que o grupo não pode desistir. “Temos que ir até o fim, temos que ter fé, mas tudo pode acontecer”, finalizou.

Sergio Araújo chega para tentar salvar Feirense da queda

Jornal Folha do Estado

32514-2

A diretoria da Águia do Sertão anunciou na manhã desta quinta-feira (5), o nome do novo treinador que comandará a equipe nas três últimas partidas do Baianão 2015. Sendo que uma pela fase de classificação e mais duas pelo “Torneio das Trevas”. Sergio Araújo chega para ocupar o cargo que era do interino Ítalo Oliveira, o treinador terá a missão de impedir a queda do time gameleiro para a Segunda Divisão de 2016.

O treinador Sergio Araújo é bastante experiente, tanto em equipes de base como em times profissionais, Sérgio Araújo coleciona passagens pelo Bahia, Sport-PE, Internacional-RS, Grêmio-RS, Ceará-CE, Barueri-SP, Figueirense-SC, além de times baianos como Camaçari-BA, Vitória-BA, Vitória da Conquista-BA, Camaçari-BA, Juazeiro-BA e Colo-Colo-BA.

Esta não será a primeira vez que o treinador tentará salvar uma equipe da primeira divisão do rebaixamento. Em 2012 Sérgio Araújo esteve no Juazeiro, quando na oportunidade ajudou a equipe do Vale do São Francisco a se livrar do rebaixamento.

Sérgio Araújo terá na sua carreira mais uma prova de fogo. “Um momento deste que vive o clube é complicado tanto para jogadores, comissão técnica, inclusive para o torcedor. Mas não deixa de ser um desafio de superação para todos é com esse pensamento que iremos ajudar a tirar o Feirense dessa situação. Estive acompanhando alguns jogos da equipe e acredito nesse grupo falta apenas eles acreditarem em si mesmo para poder assim dar a volta por cima”, comentou o novo treinador da Águia do Sertão.

Tigre quebra jejum de gol e vence o Feirense

Pimenta na Muqueca

Colo-Colo-x-Feirense2-Foto-José-Nazal-1024x681

O Colo-Colo bateu o lanterninha Feirense, por 1 a 0, no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, há pouco.

William foi o herói da noite, levando o Tigre Ilheense à sua primeira vitória. O jogador aproveitou rebote para marcar o gol do jogo.

A equipe também quebrou o jejum de gol no Baianão 2015, após três rodadas. O time pode voltar a zona de classificação para a segunda fase, a depender dos resultados desta quarta rodada.

O Colo-Colo ainda se reabilitou na competição, após perder para o Vitória por 1 a 0, no Barradão, no último sábado. Com a vitória, chega aos cinco pontos.

Atualização às 00h20min – Após a conclusão da 4ª rodada, o Colo-Colo voltou a figurar entre os oito melhores do campeonato, o que assegura vaga na próxima fase. O líder é o Vitória da Conquista, com 8 pontos, à frente por ter feito mais gols que o Vitória e ter melhor saldo que o Juazeirense.

Após mais uma derrota, Feirense demite o treinador

Por Luciano Pina
Fonte Jornal Folha do Estado

32237-2

Na tarde do último domingo (22), o Feirense sofreu a terceira derrota seguida no Campeonato Baiano e até o momento foi o único time que ainda não marcou pontos e nenhum gol na competição. O tropeço dentro de casa para o Galícia culminou na saída do treinador Edson Ferreira, que tinha chegado ao começo do Campeonato Baiano para substituir Tinho Damasceno, que comandou a Águia na pré-temporada e não obteve bons resultados.Ainda não foi anunciado o nome do seu substituto.

Logo após o jogo, o presidente Dilson Carneiro Gamela não falou com a imprensa e teve, ainda nos vestiários do Joia da Princesa, uma reunião de portas fechadas com o elenco e integrantes da comissão técnica.

Mesmo sem marcar pontos, time gameleiro ainda tem chances matemáticas de se classificar para a próxima fase da competição. Tem ainda três partidas e nove pontos a disputar: nesta quarta (25), contra o Colo-Colo em Ilhéus; domingo (1) contra o Bahia de Feira no Joia da Princesa e fecha a sua participação no dia 8 diante Bahia na Arena Fonte Nova. Se perder mais uma partida, dependendo de combinações de resultados, pode estar matematicamente alijado da segunda fase e terá que disputar o Torneio da Morte para tentar escapar do rebaixamento.

Feirense aposta na reformulação para reagir no Baianão

Jornal Folha do Estado

32100-2

Faltando quatro partidas para o encerramento da 1ª fase do Campeonato Baiano, a diretoria do Feirense aposta na reformulação da equipe para dar uma reviravolta e ainda se classificar para a segunda fase escapando do “Torneio da Morte”. A diretoria anunciou a dispensa de sete atletas e a contratação de outros três para a sequência da competição

As duas derrotas no início do Baianão 2015, uma para o Serrano por 2 a 0, no estádio Joia da Princesa e a outra para a Juazeirense por 1 a 0, jogando no Adalto Moraes, na cidade de Juazeiro, acenderam o “sinal de alerta” da Águia do Sertão por conta da competição ser “tiro curto” ter apenas mais quatro partidas para o encerramento da 1ª fase. Mesmo o técnico Edson Ferreira, demonstrando confiança na reviravolta, a diretoria tomou a providência de contratar e dispensar atletas até chegar a um elenco em condições de lutar por melhores resultados para a Águia do Sertão.

O presidente do clube, Dilson Carneiro foi a procura de novos reforços que venham ajudar a equipe sair dessa situação incomoda dentro do certame. O dirigente anunciou na última segunda-feira (16), a contratação de três novos jogadores para recompor o elenco da Águia do Sertão. São eles o zagueiro Hugo, o meia esquerda Alysson e o meia direita Murilo jogadores oriundos de Pernambuco, Rio Grande Norte e Maranhão.

Segundo o treinador Edson Ferreira, o ritmo e a filosofia de trabalho em campo não devem sofrer mudanças, mesmo com a saída de sete jogadores. “Começa uma nova etapa. Futebol vive de resultado, especialmente o treinador. Se inicia uma competição vencendo se forma uma base vencedora, com derrota, acaba não sendo uma base vencedora. Fracassamos, no inicio da competição na verdade não existe explicação para uma situação dessa. Dentro de campo vamos dar uma repensada e uma mexida não apenas para sacudir, mas buscar equilíbrio melhor”, destacou Edson Ferreira.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia