WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter

:: ‘FUTEBOL FEMININO’

Campeonato municipal de Futebol feminino

16114701_949674398468058_3879540580077466123_n


Sábado (28/01)

15:00hs
Figueirense X União (José Gonçalves)
Árbitro: Rosimeire Santos
Assistentes: Vitorio de Jesus e Amarildo Nunes
16:15hs
Sem Salto (Boa Vista) X União (Jardim Valéria)
Arbitro: Carlos de Jesus
Assistentes: Amarildo Nunes e Vitorio de Jesus
Domingo (29/01)
08:45hs
Paraguai (Barrocas) X Periquito
Arbitro: Amarildo Nunes
Assistentes: Rosimeire Santos e Juliana Amaral

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n-300x81

Aprovadas na Caravana do Futebol Feminino são sorteadas para clubes do Baianão

FBF

5(8)

A primeira edição da Caravana do Futebol Feminino foi encerrada em grande estilo, na tarde de quarta-feira (21). Com auditório lotado, como nunca visto em um arbitral ou lançamento de uma competição da categoria, a Federação Bahiana de Futebol concluiu a última etapa, aquela mais esperada pelos clubes.

A entidade realizou o sorteio das dez aprovadas nas avaliações técnicas que aconteceram nas cidades de Santo Antônio de Jesus, em 29 de agosto, e em Euclides da Cunha, no dia 26 de setembro.

O presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, o vice, Ricardo Lima, e a diretora técnica, Taíse Galvão comandaram o sorteio. Em um pote ficaram os papeis com nomes dos clubes que demonstraram interesse no futebol das aprovadas. Aqueles que já estão com seus elencos fechados optaram por não participar.

Pessoas da plateia foram chamadas para sortear as equipes. Ao final, todas as dez jogadoras aprovadas foram aproveitadas pelas agremiações.

A atacante Aila Carneiro, de 16 anos, natural de Rafael Jambeiro foi requisitada pelo São Francisco. A meio campista Luziene Oliveira, de 26 anos, natural de Nordestina foi escolhida pelo Flamengo de Feira. A também atacante Cristina Souza, de 17 anos, de Quijingue reforçar Euclides da Cunha. As goleiras Jusciara Pereira, 20 anos, de Itatim, e Luana Santana, 22 anos, de Euclides da Cunha foram escolhidas pelo Baiacu (Vera Cruz) e Juventude de Vitória da Conquista, respectivamente. A centroavante Graziele da Cruz, de 22 anos, natural de Santo Antônio de Jesus foi aproveitada por Conceição do Jacuípe. Por sua vez, Santo Antônio de Jesus ficou com duas atletas, a zagueira Maíra Piedade, de Itatim, e a meia Nilmária Santos, de 25 anos, da própria cidade. Por fim, o Lusaca levou as últimas duas da lista, as meias Ana Paula, de Valença, e Franciele Ribeiro, de Santo Antônio de Jesus, ambas de 22 anos.

Após o sorteio, as atletas e as representantes mulheres de cada clube lançaram, como modelos, as camisas de cada agremiação. Os uniformes foram ofertados pela Sudesb, que representa o Governo da Bahia no apoio ao campeonato. Já os materiais cedidos pela FBF, como bolas e redes de traves foram entregues pela diretora técnica, Taíse Galvão, que também divulgou o regulamento e tabela (confira ao final da matéria) da competição.

Encerrado o evento, que teve ainda a cobertura da Rede Bahia e de estudantes de jornalismo da Faculdade da Cidade, que escolheram o tema “Futebol Feminino da Bahia” para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), todos retornaram para suas casas com um compromisso marcado. Nos dias 31 de outubro e 1º de novembro será dada a largada no Baianão Feminino 2015/2016 com a rodada de estreia.

Você, torcedor, siga, acompanhe, torça e colabore com a FBF na luta para fazer um futebol feminino cada vez mais valorizado, forte e desenvolvido no estado.

Ibra se irrita após comparações com futebol feminino: ‘Nem divertido é’

Lancenet

Ibrahimovic-Suecia-Foto-Jonathan-NackstrandAFP_LANIMA20131121_0195_24

O sucesso do futebol feminino na Suécia parece ter incomodado Zlatan Ibrahimovic, principal expoente do esporte no país. O jogador mostrou ao diário local “Expressen” toda sua irritação ao ser comparado com atletas mulheres.

– Quando saí da França, comparavam-me com o Messi e Ronaldo. Quando chego à Suécia comparam-me com uma jogadora. Perguntaram-me quem era melhor jogador, eu ou a Lotta Schelin (atacante sueca). Estão brincando comigo, certo? Quebrei todos aqueles recordes, com quem é que vão me comparar? Devemos comparar com quem tinha o recorde ou com as senhoras? – comentou Ibra que ainda disse não achar o futebol feminino nem um pouco divertido:

– Com todo o respeito pelo o que as senhoras têm feito, e de forma fantástica, mas não se pode comparar o futebol masculino com o feminino. Desistam, nem divertido é…





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia