WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  



drupal counter

:: ‘Gallo’

Gallo convoca 11 “estrangeiros” para amistosos da seleção olímpica no Catar

Terra

Marquinhos, do Paris St. Germain, comemora gol marcado contra o Lille no Campeonato Francês.

Marquinhos, do Paris St. Germain, comemora gol marcado contra o Lille no Campeonato Francês.

O técnico da seleção olímpica, Alexandre Gallo, convocou nesta segunda-feira 22 jogadores sub-21 para amistosos que serão realizados no Catar, com metade da lista sendo formada por atletas que jogam na Europa.

O time brasileiro, composto por jogadores que terão idade para disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, disputará três amistosos entre os dias 1 e 10 de setembro em Doha, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em seu site.

As partidas contra Líbano, Catar e Egito ocorreriam inicialmente no Líbano, mas foram transferidas para o Catar por causa dos conflitos na região.

A data escolhida para os amistosos coincide com os dois jogos da seleção principal, comandada por Dunga, que enfrentará Colômbia e Equador, nos dias 5 e 9, nos Estados Unidos, uma tendência anunciada pela CBF na semana passada, com a qual o novo comando do futebol brasileiro pretende dar mais experiência à equipe olímpica, que tentará em 2016 conquistar a primeira medalha de ouro da modalidade.

Entre os convocados estão o zagueiro Marquinhos, do Paris St Germain, e o meia Rafael Alcântara, do Barcelona.

Veja os convocados:

Goleiros: Ederson (Rio Ave – Portugal) e Jacsson (Internacional) – Zagueiros: Dória (Botafogo), Marquinhos (Paris Saint-Germain – França), Vinicius (Lazio – Itália), Wallace (Braga – Portugal) – Laterais: Fabinho (Monaco – França), Gilberto (Internacional), Wendell (Bayer Leverkusen – Alemanha), Douglas Santos (Udinese – Itália) – Meias: Alison (Santos), Danilo (Braga – Portugal), Lucas Silva (Cruzeiro), José Wellison (Vitória), Luan (Grêmio), Rafael Alcântara (Barcelona – Espanha) – Atacantes: Ademilson (São Paulo), Alisson (Cruzeiro), Douglas Coutinho (Atlético Paranaense), Vitinho (CSKA Moscou – Rússia). Vinicíus Araújo (Valencia – Espanha)

Técnico Gallo estuda escalações para BaVi decisivo

Portal do Futebol Baiano

Embora ainda faltem três dias para a decisão do campeonato baiano contra o Vitória, no Barradão, o técnico Gallo não tem feito mistérios em relação à escalação. À imprensa, deu pistas de que poderá repetir o time do empate sem gols diante do Coritiba, pela Copa do Brasil. No entanto, confirmação só nos vestiários.

Apesar da eliminação contra o Coxa, o Bahia fez ali uma das suas melhores partidas no ano. Boa movimentação do ataque, meio campo equilibrado, opções de jogadas e consistência na defesa. A classificação parou por duas vezes na trave.

Não será novidade, portanto, ver as peças daquele jogo iniciando a partida contra o Leão, no próximo domingo, 3 de maio. Com apenas uma exceção: o lateral direito Patrício foi expulso na derrota por 2 a 1, em Pituaçu. Dedé fará sua estreia como titular. Por outro lado, o volante Rogério cumpriu suspensão e retorna ao time.

Por este raciocínio, o Bahia jogaria com: Marcelo; Dedé, Evaldo, Nen e Rubens Cardoso; Leandro, Rogério, Elton e Léo Medeiros; Beto e Reinaldo Alagoano. Saliente-se a volta também de Medeiros, que ficou no banco na primeira partida contra o Leão.

Galo, no entanto, sabe da necessidade de vencer por, no mínimo, dois gols de diferença para ser campeão baiano. Neste caso, a escalação acima – com três volantes – poderia soar como defensiva em relação ao que exige o jogo. Caberia, então, a entrada de reforços ofensivos, a exemplo dos meias Alex Maranhão e Ananias.

“Vamos reverter a vantagem na final”, diz técnico Gallo

Futebol Baiano

“Alcançamos nosso objetivo e estamos felizes com isso”, disse o técnico Gallo, mostrando-se satisfeito com a classificação do Bahia para a final do campeonato baiano, ao vencer o Fluminense por 3 a 1, nesta quinta, 23, em Pituaçu.

De acordo com o técnico, o elenco do Bahia está emocionalmente equilibrado para a final. “Os jogadores estão tranquilos. Eles estão entendendo o que a gente quer. Precisamos estar bem psicologicamente porque o jogo pode ser resolvido em um detalhe”, contou.

O Bahia vai para a final em desvantagem em relação ao rival Vitória, que fez melhor campanha no estadual e precisa apenas de dois resultados iguais para sagrar-se campeão. “BaVi é um jogo igual, não tem favoritos. O Vitória precisa ser respeitado, mas vamos iniciar bem a disputa domingo para reverter isso.

Ao fim do jogo, o zagueiro Nen demonstrou otimismo para as finais contra o Leão. “Vamos em busca desse título com toda vontade. Temos que dar alegria a essa torcida que tanto merece e nos apoiou”, disse o atleta.

Gallo: “Vamos correr riscos pela classificação”

Bahia Noticias

Sempre muito comedido em suas entrevistas com os objetivos de respeitar os adversários e esconder a escalação, o treinador do Bahia, Alexandre Gallo, pelo menos entregou qual será sua estratégia para o confronto desta quarta-feira (15), contra o Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, às 21h50, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. “Precisamos vencer para conseguir a classificação, por isso jogaremos como se estivéssemos em Pituaçu. Vamos correr riscos pela classificação, não existe outra estratégia”, prometeu. Sobre que formação que mandará a campo, o técnico confirmou a escalação de Léo Medeiros, que na primeira partida foi substituído por não estar agüentando o ritmo veloz do jogo e vem sendo questionado pela lentidão nos últimos jogos. “Realmente naquele jogo ele não estava bem, mas agora já está perto de recuperar a forma física e ele é o nosso jogador de armação, que pensa o jogo e será importante”, analisou. Após o rachão realizado nesta terça-feira (14) no CT do Paraná Clube, Vila Capanema, em Curitiba, Gallo deu a entender que repetirá a escalação utilizada contra o Itabuna. Marcelo; Patrício, Evaldo, Nen e Rubens Cardoso; Leandro, Elton, Léo Medeiros e Ananias; Beto e Reinaldo Alagoano.

Gallo ensaia mudanças táticas no Tricolor

Fonte – EcBahia

Reprovado. Foi o resultado que o técnico Gallo deu ao esquema 3-5-2 no Bahia após três jogos de avaliação. Sem nenhuma vitória nestas partidas, as últimas do Tricolor no Estadual, o “professor” ensaia voltar a utilizar o 4-4-2 para o compromisso desta terça-feira diante do Madre de Deus.

Foi com o esquema com quatro no meio-de-campo que o Bahia teve suas atuações mais convincentes e conseguiu os melhores resultados na temporada – chegou a ficar 10 jogos sem perder. :: LEIA MAIS »

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia