WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: ‘Inter’

Com gol olímpico de Forlán, Inter bate o Flu e é vice-líder

Gazeta Esportiva

300x160_2013-07-13_b24e9a820c

Em uma grande partida em Macaé, o Internacional derrotou o Fluminense, neste sábado, por 3 a 2, assumindo a vice-liderança do Brasileirão após a partida. O uruguaio Diego Forlán foi o grande destaque da partida: além de dar o passe para o primeiro gol, de D’Alessandro, marcou outros dois, um deles olímpico. O Flu descontou com Carlinhos e Fred.

O Fluminense teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas o Inter foi mortal nos contragolpes e aproveitou as falhas do Flu para abrir 3 a 1. Na etapa final, o time da casa descontou rápido, com Fred, pressionou bastante, mas não chegou ao empate, perdendo a primeira como mandante no Brasileiro.

O resultado deixa o Internacional com 12 pontos, em 2º lugar no campeonato, ao menos enquanto Ponte Preta e Bahia não finalizam a partida das 21h. O Colorado volta a campo na quarta, fora de casa, contra o América-MG, pela Copa do Brasil. Já o Flu, com a derrota, segue com 9 pontos, na 7ª colocação. No próximo domingo, faz o clássico contra o Vasco, no Maracanã.

Inter leva susto, mas vence América-MG de virada pela Copa do Brasil

Gazeta Esportiva

t_91105_dalessandro-iniciou-a-reacao-do-internacional-contra-o-america-mg

Mesmo sem jogar bem, o Internacional venceu o América-MG nesta quarta-feira, no Centenário, pela Copa do Brasil. O Colorado saiu perdendo, gol de Rodriguinho, mas alcançou os 3 a 1 de virada com gols de D’Alessandro, de pênalti, Forlán e Maurides, no segundo tempo. Com o resultado, uma derrota por até um gol de diferença na quarta que vem, em Belo Horizonte, classifica o time gaúcho para as oitavas de final.

O primeiro tempo do Inter foi muito ruim. Sem conseguir levar perigo, a equipe ainda sofria com as tentativas de ataque do América-MG, que chegou ao 1 a 0 em chute de fora da área de Rodriguinho. No segundo tempo o panorama parecia ser o mesmo, até que o Colorado reagiu e virou o jogo em apenas três minutos, aliviando os 4 mil torcedores que foram à partida em Caxias do Sul. No fim, Maurides fechou o placar.

As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira que vem, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Antes, o Inter visita o Fluminense, sábado, em Macaé, pelo Campeonato Brasileiro. O América-MG joga sábado pela Série B, em casa, diante do Bragantino.

banner1

Inter volta ao Brasileirão com vitória e aprofunda crise do Vasco: 5 a 3

Globo Esportes

forlan_ae_eduandrade

O Inter expôs, uma a uma, as fragilidades do Vasco ao vencê-lo por 5 a 3 neste domingo, em jogo de neblina, chuva e frio em Caxias do Sul. Muito superior em campo, o Colorado colecionou falhas e passou, mesmo assim, sem grande esforço por uma equipe desastrosa tecnicamente, insegura e ainda desorganizada. O resultado aumenta a crise cruz-maltina. Paulo Autuori, incomodado com o atraso de salários e os problemas de estrutura, pode deixar o clube.

O gol contra de Nei, o primeiro da partida, foi um resumo da derrota do Vasco. Depois, Forlán, Índio, Rafael Moura e D’Alessandro fizeram os demais gols colorados. André, Rafael Vaz e Fellipe Bastos aproveitaram a fragilidade defensiva do Inter e descontaram para os visitantes.

– Dá para tirar coisas positivas. O jogo foi muito bom, controlado. Não tomamos sufoco. Ficamos felizes pela retomada com a vitória em casa. O Vasco tem qualidade, chegou ao nosso gol, mas temos que ajeitar algumas coisas – afirmou D’Alessandro, um dos destaques do Inter, ao lado de Forlán.

O lateral Nei, que fez um gol contra com estilo, lembrando o atacante Oséas em 1998, explicou de forma sucinta o lance contra seu ex-clube: – A bola veio para a área, eu me choquei com o Rafael (Vaz) e acabei me desequilibrando.

Com o resultado, a equipe comandada por Dunga subiu para a sexta colocação, com nove pontos. O Vasco, com sete, é o 14º. No sábado, os gaúchos visitam o Fluminense em Macaé, e os cruz-maltinos, um dia depois, têm clássico com o Flamengo em Brasília.

Adriano é esperado pelo Inter até o final de semana

Globo Esportes

adriano_flamengo3_cezarloureiroglo.jpg_95

Adriano está cada vez mais próximo do Beira-Rio. O encontro entre direção, comissão técnica do Inter e representante do atleta aparou as arestas e diminuiu a resistência do presidente Giovanni Luigi com o negócio. O que falta para o anúncio oficial da contratação é o exame médico para saber se a lesão no tendão de Aquiles (Adriano precisou passar por um procedimento cirúrgico) está plenamente recuperada. O sucesso na empreitada é tamanho que o desembarque do centroavante deve ocorrer até o fim da semana.

A tarde da última segunda-feira foi movimentada no estádio colorado. Representante de Adriano, João Bandeira esteve reunido com o presidente Giovanni Luigi, o diretor de futebol, Marcelo Medeiros, e o diretor executivo, Newton Drummond. Dunga e o auxiliar técnico, Andrey Lopes também compareceram ao Beira-Rio. Os detalhes da negociação foram acertados e Adriano, disposto a retomar sua carreira (desde o dia 4 de março de 2012, quando defendeu o Corinthians na derrota por 1 a 0 para o Santos, não entra em campo), assinará um contrato por produtividade, que dará um bônus por atuações e gols marcados. Bandeira, inclusive, se dirigiu ao Rio de Janeiro para definir a situação com o atacante e o empresário Luiz Cláudio Menezes.

Dunga, aliás, é o principal entusiasta da contratação. O técnico, que trabalhou com o centroavante quando esteve à frente da Seleção (embora tenha o alijado da lista da Copa do Mundo de 2010), confia na recuperação do jogador de 31 anos.

Cruzeiro e Internacional empatam e frustram planos no Brasileirão

Uol

05062013---cruzeiro-e-corinthians-fizeram-um-jogo-bastante-truncado-na-arena-do-jacare-1370486452073_615x300

Depois de superar duas baixas por contusão e virar a partida em Sete Lagoas, o Cruzeiro cedeu o empate ao Internacional, por 2 a 2, neste sábado, na Arena do Jacaré, e perde os primeiros pontos em casa no Campeonato Brasileiro. O time colorado, que teve a chance de ampliar quando vencia a partida e não aproveitou o fato de o adversário ter ficado com um jogador a menos na reta final, completou o terceiro jogo sem vencer na competição.

O resultado frustrou os planos das duas equipes. Enquanto o Cruzeiro desperdiçou a chance de assumir a liderança isolada, ao menos provisoriamente, o Internacional adiou a reação na competição, depois de dois empates e uma derrota nas últimas três rodadas.

Com o empate, o time mineiro foi a oito pontos e divide a liderança com o Coritiba, que também tem oito pontos, mas joga neste domingo com o Náutico, em Curitiba. O Inter chegou a seis pontos e permaneceu na 11ª posição.

Em jogo tenso, Portuguesa arranca empate do Inter com gol de Cañete

Terra
rafaelmouracelebradjalmavassaogp

Em partida que começou fria, mas terminou com tensão no gramado do Canindé, a Portuguesa arrancou empate contra o Internacional contando com gol do meio-campista Cañete – o primeiro com a camisa do time. Na noite desta quarta-feira, a equipe paulistana segurou 1 a 1 contra os gaúchos, mesmo jogando boa parte do segundo tempo com um homem a menos, depois da expulsão de Ferdinando.

Com o resultado, a Portuguesa chega aos dois pontos ganhos. O time tem uma partida a menos – o confronto com o Fluminense, válido pela segunda rodada, foi adiado para a próxima quarta. Na próxima rodada, terá pela frente o Corinthians, fora de casa. O confronto está marcado para sábado, às 18h30 (de Brasília), no Pacaembu.

Da mesma forma, o Inter mantém a irregularidade no Campeonato Brasileiro: soma cinco pontos, com uma vitória, dois empates e uma derrota. A equipe comandada por Dunga também joga no sábado, mas às 16h20 (de Brasília) contra o Cruzeiro, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Lusa e Inter jogam no Canindé para apagar ‘decepções’ da última rodada

Globo Esportes

canete_dale

Superar as decepções da última rodada é a missão de Portuguesa e Internacional para o duelo desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Canindé, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto a Lusa deixou escapar a vitória no último lance, o Colorado perdeu a invencibilidade numa partida em casa que era considerado favorito absoluto.

A responsabilidade, pela posição na tabela e também pelo fato de ser mandante, é dos paulistas. Depois de ceder o empate por 2 a 2 para o Náutico, a equipe busca o primeiro triunfo na competição para deixar a zona de rebaixamento. Com um ponto – mas também uma partida a menos que a maioria -, a Lusa ocupa o 18º lugar.

Do lado do Internacional, a reabilitação é necessária para apagar o surpreendente revés por 2 a 1 para o Bahia, no estádio Centenário. O resultado afastou o Colorado das primeiras colocações. Os sete pontos colocam o time em nono. Voltar a vencer também significa retornar ao pelotão de frente da competição. Para isso, terá de superar as ausências de seus principais goleadores: Leandrão Damião e Forlán, a serviço de suas respectivas seleções.

Bahia segura Inter e vence primeira no Brasileirão

Atarde

340x650_1329961

Aguerrido, o Bahia resistiu à pressão do Internacional na noite deste domingo, 2, em Caxias do Sul, e chegou à sua primeira vitória na Série A do Campeonato Brasileiro. Triunfo heroico por 2 a 1.

Com o resultado, o tricolor, agora com quatro pontos ganhos, saltou para a décima posição na tabela de classificação, sua melhor colocação desde quando retornara à divisão de elite, em 2011.

Contrariando as previsões, o tricolor não esperou pelo Internacional e tomou a iniciativa logo no início da partida no Estádio Centenário: com um chutaço de fora da área, Ryder abriu o placar aos nove minutos.

No segundo tempo, o Inter assumiu uma postura mais ofensiva e sufocou o time baiano. Mas o Bahia seguiu firme e chegou ao segundo tento: Fernandão estufou as redes de Muriel, aos 16 minutos. Forlán diminiu ainda aos 19 minutos, mas o Colorado parou em Marcelo Lomba e não conseguiu chegar à igualdade no escore.

O próximo jogo do Esquadrão na Série A será na próxima quarta-feira, 5, contra o Botafogo, no Estádio Batistão – a Arena Fonte Nova e o Estádio de Pituaçu já foram entregues à Fifa. Já o Colorado jogará contra a Portuguesa, às 19h30 da mesma quarta-feira, no Canindé.

Leão abre vantagem, mas cede empate na estreia do Brasileiro

Atarde

340x650_1328268

Tudo igual no duelo entre o campeão baiano e o campeão gaúcho. Vitória e Internacional estrearam no Campeonato Brasileiro na noite deste sábado, 25, na Arena Fonte Nova e empataram em 2 a 2.

O Leão começou fazendo valer o mando de campo e logo no primeiro minuto de jogo Maxi Biancucchi marcou o primeiro gol do campeonato. Dez minutos depois, Gabriel Paulista ampliou o marcador, fazendo a torcida acreditar em uma goleada.

Mas o rubro-negro baiano não soube aproveitar a vantagem no placar e deixou o clube gaúcho empatar aos 30 minutos ainda do 1º tempo, com gol de Fórlan, e aos 22 do 2º tempo, com gol de Fred. Em dois tempos adversos, o Leão dominou a primeira etapa, mas não manteve o mesmo ritmo e viu o Internacional marcar firme e criar mais perigo na segunda parte do jogo.
Saiba mais

O próximo compromisso do Leão será na na quarta-feira, 29, às 21h, quando vai a Recife encarar o Náutico nos Aflitos. Já o Internacional recebe o Criciúma no Estádio Centenário na quinta-feira, 30.

Em duelo das faixas, Vitória e Inter abrem Brasileirão

Atarde

340x650_1328136

Campeões estaduais na Bahia e no Rio Grande do Sul, respectivamente, Vitória e Internacional abrem no início da noite deste sábado, 25, na Arena Fonte Nova, a edição de 2013 da Série A do Campeonato Brasileiro.

Antes de a bola rolar, as duas agremiações trocarão entre si faixas comemorativas dos seus respectivos títulos locais. Mas a amizade para por aí: depois, os dois times darão o pontapé inicial no torneio mais equilibrado do futebol mundial.

Desde a edição de 2013, o Brasileirão é disputado no sistema de pontos corridos. Mais uma vez, portanto, os 20 clubes participantes se enfrentarão entre si, em jogos de ida e volta. Será campeão aquele clube que somar mais pontos. Os três primeiros garantirão vagas na Taça Libertadores da América. A Liga dará ainda oito vagas para a Copa Sul-Americana. Os quatro últimos serão rebaixados para a Série B.

Nas três últimas participações do Leão, em 2008, em 2009 e em 2010, o time baiano terminou em 10º, em 13º e em 17º, respectivamente. O colorado ficou em 7º, na edição de 2010, em 15º, no ano de 2011, e em 10º, no ano passado.
Além de Vitória x Inter, a rodada inaugural da Série A tem ainda os duelos Vasco x Portuguesa, Corinthians x Boafogo, Grêmio x Náutico, Ponte Preta x São Paulo, Criciúma x Bahia, Santos x Flamengo, Fluminense x Atlético-PR, Cruzeiro x Goiás e Coritiba x Atlético-MG.

Inter recebe Santa Cruz-PE para confirmar favoritismo e avançar à 3ª fase

Uol

com-os-dois-gols-deste-domingo-forlan-chegou-a-seis-no-campeonato-gaucho-e-alcancou-a-artilharia-1362343535625_615x300

O Internacional enfrenta o Santa Cruz-PE, às 22h desta quarta-feira em Caxias do Sul, para confirmar seu favoritismo e avançar para a terceira fase da Copa do Brasil. Status de favorito que advém da invencibilidade no estádio Centenário, da escalação quase completa, da fase da defesa e também por precisar de qualquer vitória simples – já que a partida de ida terminou sem gols.

Apesar de ser favorito, de ter folha salarial muito maior e encarar um rival que está na Série C do Brasileirão, o Colorado não quer desatenção. Dunga exigiu humildade ao seus jogadores para marcar o Santa Cruz-PE e correr atrás do gol desde o começo da partida.

“O favoritismo é mais fora de campo. Lá dentro é decisão e tem que valer dentro de campo. Ninguém ganha ou perde antes. Temos que respeitar muito o adversário e fazer o melhor possível”, disse o treinador do Colorado.

Inter sofre na Serra, mas bate Ju nos pênaltis e conquista o tri do Gauchão

Globo Esportes

leandrodamiao_internacional_futura.jpg_95

Um título que valeu por dois. Na tarde deste domingo, o Inter venceu o Juventude por 4 a 3 nos pênaltis, no Centenário, em Caxias do Sul, e saboreu a sua supremacia durante todo o Gauchão. Com a vitória, a equipe do técnico Dunga, que já havia conquistado o primeiro turno, também levou para casa a Taça Farroupilha e, de quebra, o direito de soltar o grito de tricampeão.

A tranquilidade em erguer a taça sem a necessidade de dois jogos finais não foi vista no jogo contra o Juventude. Pelo contrário. Foi uma batalha. Houve equilíbrio durante praticamente toda a disputa, que terminou em 0 a 0, e teve de ser decidida nos pênaltis. Nas cobranças, a maior qualidade e tranquilidade do Inter prevaleceu. Moisés errou o último pênalti e deu o título ao adversário.

Com o 42º título de Estadual assegurado, o Inter agora volta o foco para as competições nacionais. Se prepara para a Copa do Brasil e Brasileirão, enquanto o Juventude inicia os trabalhos visando a disputa da Série D, não sem antes reclamar com intensidade de um gol anulado pelo árbitro Márcio Chagas da Silva, ainda no primeiro tempo.

naturagua

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia