WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter

:: ‘JACOBINA’

Galícia desembarca em Jacobina para disputa do Campeonato Brasileiro da série D

Jacobina Notícias

Galícia-desembarca-em-Jacobina

O elenco do Galícia Esporte Clube começa a desembarcou na cidade de Jacobina nesta segunda-feira (30), onde o clube irá disputar o Campeonato Brasileiro da Série D. Após terminar o campeonato Baiano em 5ª lugar e garantir vaga na competição nacional, a diretoria do Azulino fechou uma parceria com o Jacobina Esporte Clube (JEC) e a Prefeitura Municipal de Jacobina (PMJ) para mandar suas partidas na Cidade do Ouro. O clube espera contar com o apoio do torcedor jacobinense no Estádio José Rocha.

Um dos dirigentes do Galícia e presidente da ATAG – Associação de Torcedores e Amigos do Galícia -, Tiago Seixas demonstrou estar ansioso com a chegada do time em Jacobina. Segundo Seixas, parte do elenco deve chegar hoje em Jacobina. “Hoje está chegando já cerca de nove jogadores aí na cidade, no final da noite, e amanhã deve chegar mais oito a nove. Na quarta-feira deve estar iniciando já os treinos. O time vai ficar alojado na cidade, no mesmo local onde o Jacobina estava, na mesma casa”, disse Tiago Seixas durante entrevista ao Jacobina Notícias.

O Galícia deve realizar os treinos na cidade de Tapiramutá, a 105 quilômetros de Jacobina, no mesmo campo onde o Jegue da Chapada realizou seus treinos durante a disputa do Baianão 2016.

A diretoria do Galícia ainda não anunciou o treinador, mas, segundo o dirigente, chegará amanhã na cidade. O clube pretende realizar um evento em Jacobina na próxima semana, para apresentação de todo o elenco.

A estreia do Galícia no Brasileiro da Série D está marcada para o dia 12 de junho, contra o América-PE, no Estádio José Rocha.

outdoor_pq

Bolas paradas marcaram última atividade da Cancão antes da decisão em Jacobina

Esporte Total

Lance-treino-goleiro-tigre-juazeirense-25-03-2016-agenciach

O técnico Evandro Guimarães comandou uma última atividade hoje pela manhã em Petrolina visando a decisão contra o Jacobina amanhã, às 16h, no estádio José Rocha, em Jacobina. A delegação segue viagem no início da tarde de hoje com 20 jogadores. Entre eles, Nino Guerreiro, afastado de algumas atividades durante a semana por conta de uma virose.

A presença do artilheiro do Cancão no Baiano, com quatro gols, ainda é incerta e caso Nino não tenha condições de jogo, Sassá é um dos favoritos para vestir a camisa nove. “Infelizmente Nino ficou doente. Ele é muito importante, ele tem sido nosso artilheiro. Estou aqui pra ajudar. Às vezes tem que abrir mão do ego da gente, do eu e pensar na instituição. Tenho aberto mão das minhas características pra ajudar o time, marcar. A Juazeirense nasceu pra conquistar e amanhã estamos na batalha. E se eu substituir Nino, vou estar a altura”, comenta o irreverente atacante, que joga pelas beiradas.

Com espírito coletivo, Sassá participou do trabalho a pronto, onde Evandro trabalhou muito as bolas paradas a fim de ajustar a equipe para voltar de Jacobina classificada. A atividade também teve espaço para um trabalho recreativo. Assim como a definição no ataque, o restante da equipe só será confirmada amanhã, nos vestiários. Vale lembrar que o Cancão avança à semifinal até se perder por um gol de diferença, já que venceu a partida de ida, em Petrolina, por 2×0.

Cancão vence Jacobina e leva vantagem para partida de volta

Esporte Total

Lance-primeiro-gol-de-Nem-contra-Jacobina-agenciach-20-03-2016

O Cancão deu um passo importante para alcançar as semifinais do Campeonato Baiano. Atuando no Paulo Coelho, em Petrolina, a Juazeirense venceu o Jacobina por 2×0 e abriu as quartas de final com vantagem. Agora, o Cancão pode até perder por um gol de diferença, no próximo domingo (27), em Jacobina, que avançará às semifinais.

O Jacobina chegou no Paulo Coelho com a vantagem de jogar por dois resultados iguais. Por isso, o Cancão precisava vencer para inverter a vantagem na partida decisiva. O técnico Evandro Guimarães apostou no mesmo time que venceu o Jacuipense na última rodada da primeira fase, com o lateral-direito Nem atuando no meio. E deu mais do que certo. Nem foi o destaque da partida ao marcar os dois gols no triunfo do Cancão.

Aos 14 minutos do primeiro tempo, Nem recebeu um belo passe de Diego Teles, por cima da defesa. O, agora meia, venceu os zagueiros do Jacobina na corrida e bateu na saída do goleiro Chitão para balançar as redes em Petrolina.

No segundo tempo, o jogo ficou aberto e o Jacobina aparecia com perigo. O destaque da tarde tratou de tranquilizar os torcedores do Cancão logo aos 19 minutos. Após bate e rebate na área, a bola sobrou para Nem. De fora da área, o meia enxergou o goleiro Chitão fora do gol, ajeitou e bateu por cobertura para ampliar o placar e garantir a vantagem da Juazeirense na partida decisiva, semana que vem em Jacobina.

Tony Galego espera decidir confronto contra Juazeirense no contra-ataque

Jacobina Noticias

Jacobina-Notícias-2-67

O Jacobina visitará a Juazeirense no próximo domingo (20), pelas quartas de final do Campeonato Baiano. O jogo acontecerá às 16h, no Estádio Paulo Coelho, em Petrolina (PE). Para a partida, o atacante Tony Galego enaltece o esquema feito pelo técnico Paulo Sales.

“A gente tem um esquema tático muito bem postado defensivamente. Temos uma saída muito boa no contra-ataque. Vamos manter a pegada de sempre, marcando muito forte e tentaremos matar o jogo no contragolpe”, disse Galego, em entrevista.

Em sua primeira oportunidade no futebol profissional, Tony é titular desde a chegada do treinador Paulo Sales. “Ele agradece o fato e reforça que nunca foi substituído. “Eu só fiquei no banco na estreia. Depois que Sales assumiu, eu não saí mais um minuto. Em jogo nenhum eu fui substituído”, celebrou.

O Jacobina tem a vantagem no confronto, por ter feito melhor campanha na primeira fase do estadual.

Torcida jacobinense prepara grande festa e alerta rival: ‘Caiu no José Rocha o Jegue arrocha’

Jacobina Notícias

Torcida-Jacobinense-2

O torcedor jacobinense está ansioso para a última partida do Jegue da Chapada na fase de grupos do Campeonato Baiano de 2016. Jacobina e Flamengo de Guanambi se enfrentam neste domingo (13), no Estádio Municipal José Rocha, às 16h, em rodada que definirá os confrontos das quartas de final.

O Jacobina ocupa a terceira colocação do Baianão, atrás de Bahia e Vitória. O Jegue da Chapada espera melhorar ou manter essa posição, para garantir a vantagem de jogar por dois resultados iguais na fase de mata-mata, e fazer a segunda partida do confronto em casa.

O Jacobina entra em campo no domingo para defender um aproveitamento de 100% no Estádio José Rocha. Foram duas partida até agora – contra Bahia de Feira (2×0) e Colo Colo (4×1) -, com média de 3 gols por jogo. Se o Jacobina bater o Flamengo de Guanambi, e no clássico BaVi – que será realizado no mesmo horário na Arena Fonte Nova, em Salvador -, terminar com empate ou vitória do Bahia, o Jegue da Chapada termina a primeira fase em segundo colocado.

Mesmo com derrota, Cancão se classifica às quartas de final do Baiano

Esporte Total

Lance-juazeirense-0-2-jacobina-campeonato-baiano-06-03-2016

A tarde não foi da Juazeirense. O time dominou a partida contra o Jacobina, colocou três bolas na trave, mas acabou derrotado por 2×0 no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Mesmo com o revés, a equipe garantiu classificação para as quartas de final do Campeonato Baiano. O Cancão tem sete pontos e está em sétimo na classificação geral. Falta apenas uma rodada para o final da primeira fase e o Cancão não deixa mais a zona dos oito primeiros.

O Cancão dominou as ações do primeiro tempo. No início da partida, Sassá fez boa jogada com Everlan, que encontrou Nino na área. O artilheiro do Baiano parou no goleio Chitão. Depois, Deca cobrou falta na entrada da área e a bola encontrou o travessão. Na sobra, quase que Nino abre o placar.

A Juazeirense criava boas chances com o meia Wanderson. Em uma delas, William Carioca recebeu passe por cima da defesa, mas desperdiçou. No finalzinho do primeiro tempo, Nino fez bem o papel de pivô para Wanderson. Só que o meia bateu fraco e facilitou a vida do goleiro Chitão.

Logo aos cinco minutos do segundo tempo, o Jacobina surpreendeu os donos da casa. Caio recebeu bola cruzada na área e abriu o placar no estádio Paulo Coelho. Mesmo com o gol sofrido, o Cancão continuou mandando na partida e teve inúmeras chances de empatar. Na melhor delas, o goleiro Chitão falhou e a bola sobrou para Ebinho. O atacante cabeceou na trave. O grito de gol ficou preso na garganta do torcedor da Juazeirense. O próprio Ebinho voltou a ter outra grande chance. No final, João Neto aproveitou um contra-ataque para marcar o segundo do Jacobina. Ainda deu tempo do lateral Nem acertar mais uma vez a trave do Jacobina. Não era dia.

Jacobina goleia o Colo Colo, quebra escrita e se mantém no G8

Jacobina Noticias

Jacobina-Notícias-7-9

O Jacobina Esporte Clube (JEC) venceu o Colo Colo por 4 a 1 na tarde deste domingo (28) no Estádio José Rocha, em Jacobina, e quebrou uma série de 4 partidas sem vencer o time ilheense. Até hoje, o Colo Colo havia vencido duas partidas e empatado duas contra o Jacobina.

Em casa e com apoio da torcida, o Jegue da Chapada vem mostrando sua força. No controle das ações desde o início da partida, o Jacobina abriu o placar com João Neto, em uma cobrança de pênalti. Não demorou para o JEC marcar o segundo. Ele de novo, João Neto cobriu o goleiro e marcou o segundo do Jegue da Chapada.

O Colo Colo parecia não acreditar no placar ainda na metade do primeiro, tentava reagir, mas esbarrava no bom posicionamento do sistema defensivo do Jacobina. O time ilheense também abusava das faltas próximo à grande área. Em uma das chances de bola parada, Vitinho cobrou por cima da barreira e ampliou o placar para 3 a 0.

Antes do término da primeira etapa, em um bate-rebate dentro da área do Jacobina, o Colo Colo diminuiu. Depois do gol, o Tigre cresceu e assustou o Jegue, tendo domínio da partida no minutos finais do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Jacobina manteve o ritmo, pressionou até que chegou ao quarto gol. Tony Galego, em uma jogada individual, driblou o zagueiro e bateu forte da entrada da área, no ângulo, sem chances para o goleiro do Colo Colo. Tony se emocionou após marcar seu primeiro gol com a camisa do Jacobina.

Com a vitória, o Jegue da Chapada chega a 6 pontos, ocupa a 7ª colocação no Baianão 2016 e afunda o Colo Colo ainda mas na crise. Faltam apenas duas rodadas para o término da fase de grupos, e a briga para se manter entre os 8 que passarão para a fase de mata-mata só aumenta.

O Jacobina agora vai à Petrolina, no próximo domingo (6), onde enfrente a Juazeirense no Estádio Paulo de Souza Coelho, às 16h.

Jegue da Chapada espera vencer o Tigre pela primeira vez

Jacobina Notícias

Jacobina-Notícias-05-13

Até aqui foram quatro confrontos, duas vitórias do Colo Colo e dois empates, desta vez a palavra de ordem na Cidade do Ouro é pressionar o escrete ilheense durante os 90 minutos em Jacobina, com uma carga de 2.800 ingressos à venda.

Para isso, o Jacobina vai manter a sua filosofia de jogo, o que deu certo contra o Bahia de Feira deverá se repetir, a força da torcida que vibra e canta durante toda a partida. O Colo Colo deverá enfrentar um Jacobina diferente e que pode ter a estreia do meio campista Dinda, ex-Colo Colo.

A torcida Jegue de Ouro, uma das melhores da Bahia e premiada em 2015, é quem certamente dará a tônica da festa nas arquibancadas do José Rocha.

Os ingressos estão à venda em Jacobina e a expectativa é de casa cheia pra acuar o Tigrão.

Sob muita chuva, Vitória vence o Jacobina no Barradão

Galáticos Online

IMG_1326

O Vitória teve a melhor das atuações, mas fez seu dever de casa e voltou a vencer no Baianão 2016. Após empatar com o Conquista na segunda rodada, o Rubro-negro voltou a campo neste domingo (21) e superou a forte chuva para bater o Jacobina por 3 a 1.

Ramon, com um gol relâmpago aos 50 segundos de jogo, Diego Renan e Nickson marcaram os gols do triunfo. João Neto, com uma pintura, descontou.

Com o resultado, o Leão foi aos sete pontos ganhos, retornou à liderança do Grupo 1 e assumiu a vice-liderança da classificação geral, atrás apenas do rival Bahia, que chegou aos nove pontos. Agora, os comandados de Vagner Mancini têm mais uma semana livre para treinar e só voltam a campo no próximo domingo (28), diante do Fluminense de Feira, em Pituaçu.

Torcida dá espetáculo, Jacobina vence o Bahia de Feira e salta na tabela do Baianão

Jacobima Notícias

Jacobina-x-Bahia-de-Feira7

Muita festa, reestreia de técnico, espetáculo da torcida e um time aguerrido. Esse pode ser o resumo do que foi visto na tarde deste domingo (14) no Estádio José Rocha. Sob o comando de Paulo Sales, o Jacobina Esporte Clube (JEC) venceu o Bahia de Feira por 2 a 0, trouxe alegria para o torcedor e saltou de penúltimo colocado para 5º do Baianão 2016.

O Jegue da Chapada entrou em campo bem diferente da última partida, na Arena Fonte Nova. Desde o primeiro minuto de jogo o Jacobina buscou a vitória, ditou o ritmo da partida e fez valer seu mando de campo. Enquanto o torcedor fazia a festa com um verdadeiro espetáculo na arquibancada, o Jacobina chegou ao primeiro gol. Vitinho, em uma cobrança de pênalti, fez Jacobina 1 x 0 Bahia de Feira.

Melhor em campo, o Jacobina pressionou até o final do primeiro tempo. O Bahia de Feira chegou algumas vezes com perigo, mas parava no sistema defensivo do Jacobina.

No segundo tempo, o JEC voltou cadenciando a partida, mas dominando as ações e jogando pra frente. Não demorou muito para Caique ampliar. Em uma chute cruzado, o lateral fez um belo gol, garantiu a vitória e deixou o José Rocha ainda mais em festa. Com o placar de 2 a 0, o Bahia de Feira não conseguiu se acertar em campo para reagir.

Após longos dois anos, o Jacobina vence uma partida no Estádio José Rocha, diante de sua torcida, e mantém a escrita de não perder em casa desde seu retorno após 21 anos. A Torcida Jegue de Ouro foi um diferencial no estádio e, que lado de outros milhares de torcedores, fez do palco do futebol jacobinense um show à parte.

Agora, o Jacobina tem pela frente o Vitória, no próximo domingo (21) no Barradão, em Salvador, em partia válida pela terceira rodada do Baianão 2016.

Com apenas um jogo no estadual, Edson Ferreira não é mais o treinador do Jacobina

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A derrota por 3 a 0 para o Galícia, em jogo atrasado da primeira rodada do Campeonato Baiano 2016, já rendeu a primeira demissão de técnico no futebol estadual. Edson Ferreira não comanda mais o Jacobina depois da partida da última quinta-feira (11) na Arena Fonte Nova.

Ferreira comandou o Jegue na Chapada durante a Copa Governador de 2015, onde conseguiu uma vitória e duas derrotas na competição. Para o seu lugar, a equipe do interior contratou o treinador Paulo Sales, que comandou a equipe na reta final do Baianão do último ano.

Paulo Sales teve passagens em vários clubes baianos, como Fluminense de Feira, Juazeirense, Colo-Colo e Feirense.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Em estreia no Campeonato Baiano, Galícia aplica três no Jacobina

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O Galícia estreou com vitória no Campeonato Baiano. Na noite desta quinta-feira (11), na Arena Fonte Nova, o granadeiro venceu o Jacobina por 3 a 0. Os gols da equipe comandada por Carlos Rabello foram marcados por Amauri (duas vezes) e Minho.

Com o resultado, o azulino de Salvador foi para a segunda posição do grupo 1 do certame estadual, com três pontos conquistados. A próxima partida da equipe será no próximo domingo (14), contra o Jacuipense, no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe.

O Jacobina, que também fez a sua estreia nesta noite, também volta a jogar no domingo, no estádio José Rocha, contra o Bahia de Feira.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia