WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: ‘Libertadores’

Lutar, lutar, lutar! Atlético-MG bate Newell’s nos pênaltis e vai à final

Globo Esportes

guilherme_gol_ap.jpg_95

Lutar, lutar, lutar! Para vencer, vencer, vencer! Mais do que uma canção, a mensagem embutida no hino do Atlético-MG foi uma ordem para time e torcida nesta histórica noite de quarta e madrugada de quinta-feira no Independência. Vitória por 2 a 0 no tempo normal e posterior triunfo nos pênaltis, por 3 a 2, colocaram o Galo na final da Libertadores da América pela primeira vez.

Victor, desde já eterno, foi novamente salvador. Pegou o último pênalti, de Maxi Rodríguez, e garantiu a classificação – como fizera contra o Tijuana nas quartas de final.

Bernard, logo com três minutos, fez o primeiro gol do Atlético-MG. Havia uma eternidade para encontrar pelo menos mais um. E ele saiu no final, após um apagão no estádio, com Guilherme. Nos pênaltis, em um drama sem igual para a torcida alvinegra, Alecsandro, Guilherme e Ronaldinho Gaúcho fizeram, Jô e Richarlyson perderam e Victor pegou a última batida – depois de Casco e Cruzado também errarem.

ccancer

Contra Atlético-MG, São Paulo define sua sorte na Libertadores

r7

t_84194_como-luis-fabiano-ainda-esta-suspenso-aloisio-sera-a-esperanca-de-gols-no-reencontro-entre-os-times

O São Paulo enfrenta o Atlético-MG às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, no Morumbi, precisando mais do que uma vitória. Além dos três pontos, o time de Ney Franco vai depender de sorte para não ser eliminado precocemente na Libertadores, já que, no outro jogo do grupo 3, disputado simultaneamente, o segundo colocado The Strongest não pode derrotar o Arsenal.

Neste momento, a equipe paulista está à frente somente dos argentinos – e no saldo de gols, pois tem os mesmos quatro pontos –, enquanto o time boliviano soma seis pontos e garante a segunda vaga com um triunfo simples, em Sarandí. Por isso, não bastará apenas ser melhor do que o líder.

Ser melhor do que o Atlético, a propósito, já é um desafio e tanto. Ainda mais se levado em conta que o São Paulo não poderá contar com três jogadores considerados titulares. Por lesão muscular, o meia Maicon. Por suspensão, o meia Jadson (terceiro cartão amarelo) e o atacante Luis Fabiano (punido pela Conmebol por ofender a arbitragem).

Pesa contra o Tricolor também o histórico de duelos com o Galo na Libertadores. Em cinco jogos entre os dois times, foram três empates e duas vitórias atleticanas, sendo a última justamente na estreia desta edição. A equipe mineira, claro, tentará manter a escrita, a fim de eliminar o rival brasileiro de cara. Caso contrário, o confronto se repetirá nas oitavas de final.

468x60_simonassi12

Contra Arsenal, Atlético defende 100% e status de melhor da Libertadores

Uol

13032013---tardelli-e-ronaldinho-gaucho-comemoram-gol-que-abriu-o-placar-para-o-atletico-mg-contra-o-the-strongest-na-bolivia-1363226690293_615x300

Embalado por sequência de 11 vitórias na temporada, o Atlético-MG defenderá diante do Arsenal Sarandí, nesta quarta-feira, às 22h, no Independência, 100% de aproveitamento na Libertadores e o status de melhor equipe da competição continental.

Com a classificação às oitavas de final e o primeiro lugar do grupo 3 garantidos, o Atlético chegará aos 15 pontos, caso vença os argentinos, e, dependendo dos resultados da rodada, poderá assegurar a primeira colocação geral da Libertadores.

O Atlético venceu os quatro primeiro jogos, contra São Paulo (2 a 1), o próprio Arsenal (5 a 2) em Sarandí e o Strongest por duas vezes pelo mesmo placar de 2 a 1. Com 12 pontos, o time mineiro tem a melhor campanha da fase de grupos.

O time comandado por Cuca aposta novamente no “caldeirão” do Independência, que receberá grande público, assim como ocorreu nos dois primeiros jogos da Libertadores, contra São Paulo e The Strongest. Além disso, o Atlético tem a maior série invicta como mandante.

Outros jogos de hoje
19h45
Boca Juniors x Barcelona-EQU
San José x Tijuana
Caracas x Huachipato

Contra Arsenal, São Paulo põe em jogo sequência na Libertadores

r7

t_81267_luis-fabiano-e-desfalque-por-ter-sido-expulso-no-jogo-passado-ja-depois-do-apito-final

A estabilidade do São Paulo na sequência da fase de grupos da Libertadores está ligada necessariamente a uma vitória sobre o Arsenal, nesta quinta-feira. Com Ney Franco cada vez mais pressionado no cargo, ninguém no clube cogita repetir o empate do Pacaembu, o que ameaçaria a segunda colocação e, por consequência, a vaga no mata-mata.

A equipe brasileira está somente um ponto à frente do terceiro colocado, The Strongest. A diferença para o Arsenal, lanterna da chave, também não é confortável. Os argentinos conquistaram seu primeiro ponto justamente diante do São Paulo e agora podem igualar a pontuação se saírem vitoriosos neste reencontro, marcado para 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira.

“É fundamental vencer. O time vem conseguindo isso no Paulista, mas não na Libertadores. Tecnicamente, às vezes a gente não tem conseguido desenvolver as coisas que temos na cabeça”, opinou o goleiro e capitão Rogério Ceni, antes de analisar o adversário.

Para conseguir um resultado melhor, o São Paulo deve superar importantes baixas. Wellington e Luis Fabiano, suspensos por cartões amarelo e vermelho respectivamente, não viajaram à Argentina. O substituto do volante se definiu em treino fechado e não foi revelado por Ney Franco. Mas a reposição do centroavante é sabida: Aloísio sairá da ponta direita para voltar à sua posição de origem.

naturagua

Morte de torcedor boliviano pode levar até a exclusão do Corinthians da Libertadores

r7

Bolivia Brazil Soccer Copa Libertadores

A morte de um torcedor boliviano de 14 anos supostamente atingido por fogos de artifícios atirados pela torcida do Corinthians durante o empate entre a equipe brasileira e o San José, em Oruro, pode levar até a exclusão do time paulista da Copa Libertadores de 2013.

Pelo menos é o que prevê o regulamento do Novo Tribunal de Disciplinas da Conmebol, a Confederação Sul-Americana de Futebol.

O Artigo 11 do regulamentodetermina que uma equipe pode ser punida por comportamento inadequado de seus torcedores e descreve o uso de sinalizadores e fogos de artifício como um desses casos.

A Conmebol tem um histórico de condescendência com casos de indisciplina em suas competições. Os incidentes da final da última Copa Sul-Americana, quando jogadores do Tigre se recusaram a voltar para o segundo tempo após brigarem com seguranças do São Paulo nos vestiários do estádio do Morumbi sequer foram julgados.

Após a morte do jovem torcedor, 12 corintianos foram detidos pela polícia boliviana. O Corinthians lamentou o incidente. O técnico Tite e o gerente de futebol Edu Gaspar chegaram a chorar ao falar do assunto

Corinthians encara altitude e San Jose-BOL na estreia da Libertadores

r7

t_79346_corintianos-treinam-em-cochabamba-estrategia-para-driblar-a-altitude-de-oruro-foto-daniel-augusto-jr (1)

Muitos duvidaram que esta frase fosse publicada alguma vez, mas o Corinthians começa nesta quarta-feira a defesa do título da Copa Libertadores. Finalmente no topo da América do Sul, o Timão dará início à sua campanha realmente nas alturas, a mais de 3.700 metros do nível do mar.

O adversário da primeira rodada é o San Jose. Embora o tom seja o mais Tite possível, de respeito à equipe boliviana, o rival propriamente dito preocupa menos do que a altitude, motivo pelo qual o clube preparou até cilindros de oxigênio para os atletas suportarem eventuais dificuldades.

Em vez de partir direto para Oruro, cidade do confronto, o Alvinegro resolveu finalizar a sua preparação em Cochabamba. Na altitude intermediária de 2.550 metros, os campeões do mundo treinaram na terça e ficarão até quatro horas antes do jogo.

De acordo com o preparador físico Fábio Mahseredjian, o corpo leva de seis a sete horas para acusar os efeitos da altitude. É por isso que a delegação pretende chegar em cima da hora para o confronto com os bolivianos.

Grêmio mira manter retrospecto de quase 80% na Libertadores na Arena

Lancenet

Confira-Arena-Gremio-Lucas-UebelFBPA_LANIMA20121208_0197_47

Chegou a hora. Se durante a obra, muito se falou que a acústica e a proximidade da torcida poderiam fazer a diferença pró-Grêmio, nesta quarta-feira, tudo isso precisa se tornar realidade. A primeira partida oficial da Arena já será uma decisão, contra a LDU, às 22h, e define o classificado para a fase de grupos da Libertadores. Será a oportunidade para o clube gaúcho criar um laço e manter o histórico de vitórias em casa do Estádio Olímpico.

São treze participações na Copa Libertadores da América. O número expressivo, aliado às outras conquistas gremistas, rendeu o apelido de ‘copeiro’. Só na principal competição continental, o Grêmio tem 64 jogos, com 47 vitórias, 11 empates e 6 derrotas. Aproveitamento de incríveis 79,1%. A necessidade é de reversão no placar, já que a primeira partida terminou 1 a 0 para os equatorianos. Nada impossível, na leitura do lendário goleiro Mazaropi, campeão da Libertadores e do Mundo em 1983.

– A esperança é que se mantenha a tradição na Arena. É uma motivação a mais também, porque é um novo estádio, um novo campo. Sua nova residência. Expectativa para esse primeiro jogo principalmente é grande, que faça um grande. O torcedor vai ser importante – destacou o goleiro.

Grêmio e São Paulo têm desafios nas alturas e brasileiros na rota de grupos

Globo Esportes

copa-libertadores_thumb5

Não há grupo da morte para brasileiros, mas a altitude será o principal desafio na fase preliminar da 54ª edição da Taça Libertadores da América. O sorteio realizado no início da tarde desta sexta-feira em Assunção, no Paraguai, colocou a LDU (Equador) e o Bolívar (Bolívia) no caminho de Grêmio e São Paulo, respectivamente, na pré-Libertadores. Os dois terão a vantagem de dicidir a classificação em casa. E se ambos avançarem à fase de grupos, cairão na mesma chave que outros dois brasileiros: o Tricolor paulista buscará a última vaga do Grupo 3, onde está o Atlético-MG, e o gaúcho tentará entrar no Grupo 8, onde o Fluminense é o cabeça de chave.

Atual campeão, o Corinthians escapou dos argentinos, mas não deve ter vida fácil no Grupo 5. O Millonarios (Colômbia), que eliminou Palmeiras e Grêmio na última Copa Sul-Americana, teoricamente está entre os adversários mais competitivos do torneio. E as demais equipes da chave oferecem outros incômodos: a longa e desgastante viagem para enfrentar o Tijuana, do México, e a altitude de 3.706m de Oruro para o duelo contra o San José, da Bolívia.

O Atlético-MG é outro que não deu muita sorte no sorteio no Grupo 3. Além de ser o único brasileiro, por enquanto, que tem um adversário argentino pela frente, o Arsenal de Sarandí, o Alvinegro também terá que jogar contra a altitude de 3.660m de La Paz quando encarar o The Strongest, da Bolívia. E ainda correrá o risco de ter na mesma chave o São Paulo, se este passar da fase preliminar.

O Palmeiras, no Grupo 2, terá como maior adversário o Libertad, atual campeão paraguaio. O Sporting Cristal, também campeão no Perú, não deve ser o maior dos problemas do Verdão, que poderá ter um argentino na chave se o Tigre, vice-campeão da Sul-Americana, passar pelo Deportivo Anzoátegui, da Venezuela, na pré-Libertadores. A chave do Fluminense, atual campeão brasileiro, tem o Huachipato, campeão chileno, e o Caracas, da Venezuela, mas o adversário mais perigoso sairá do jogo entre Grêmio e LDU, antigo carrasco do Tricolor carioca.

Resta apenas uma vaga para a Libertadores de 2013

Globo Esportes

millonarios_afp

Pela primeira vez na história, a Taça Libertadores terá antes de seu sorteio todos os participantes conhecidos. A edição de 2013 da principal competição da América do Sul viu no último domingo mais dois clubes garantirem classificação: o Olimpia se firmou como o Paraguai 3 e irá à fase prévia ao terminar como time de melhor pontuação na tabela anual do Paraguaio após o título do Libertad, consolidado como Paraguai 1 no Torneio Clausura. O Cerro Porteño, vencedor do Apertura, será o Paraguai 2. Na Colômbia, o Millonarios (foto) levantou a taça e foi confirmado como a segunda força do país para a cerimônia.

Resta, portanto, apenas uma vaga entre os 38 candidatos ao caneco. O Bolívia 3, que irá à pré-Libertadores, sairá do confronto entre Oriente Petrolero e Bolíviar, em um jogo único na próxima quarta-feira. O sorteio acontecerá na sexta-feira, dia 21, em Assunção, na sede da Conmebol, ao meio-dia no horário de Brasília (11h no horário local).

O Brasil, por ter o atual campeão Corinthians, terá seis times no torneio: o próprio Timão, Fluminense, Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG e São Paulo. Os dois primeiros serão cabeças de chave já definidos pela entidade, com outras seis equipes: Arsenal de Sarandí, Vélez Sarsfield (ambos da Argentina), Independiente Santa Fé (Colômbia), Deportivo Lara (Venezuela), Sporting Cristal (Peru) e Barcelona de Guayaquil (Equador).

Como a Conmebol realiza um rodízio para estabelecer os protagonistas do sorteio, o pote 2 foi completado pelas duas melhores equipes de Bolívia (The Strongest e San José), Chile (Universidad de Chile e Huachipato), Paraguai (Libertad e Cerro Porteño) e Uruguai (Nacional e Peñarol).

O pote 3 terá os argentinos Newell’s Old Boys e Boca Juniors, os brasileiros Palmeiras e Atlético-MG e mais um clube de Venezuela (Caracas), Colômbia (Millonarios), Equador (Emelec) e Peru (Real Garcilaso).

Os mexicanos Toluca e Tijuana são os únicos confirmados no pote 4, que terá mais seis times vindos da fase prévia – em que estão Grêmio, São Paulo, Tigre (Argentina), Deportes Iquique (Chile), Deportes Tolima (Colômbia), LDU (Equador), León (México), Olimpia (Paraguai), Universidad César Vallejo (Peru), Defensor (Uruguai) e Deportivo Anzoátegui (Venezuela), além do Bolívia 3.

Assim, já é possível ter uma ideia das piores e das melhores possibilidades para os times brasileiros. Os cabeças de chave Corinthians e Fluminense, por exemplo, podem cair em um grupo com Universidad de Chile, Boca Juniors e Grêmio ou São Paulo. Por outro lado, podem ter como adversários Huachipato, Real Garcilaso e Deportivo Anzoátegui, caso este se classifique. Os brasileiros do pote 3 não podem cair nas chaves de Timão e Flu.

opcao-468x60

Libertadores 2013 já tem 28 dos 38 participantes conhecidos

Globo Esportes

Com Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Fluminense, Grêmio e Atlético-MG representando o Brasil, a Taça Libertadores de 2013 já tem 28 equipes conhecidas. As dez vagas que restam serão preenchidas ainda antes do sorteio, marcado para o dia 21 de dezembro, no Paraguai, onde fica a sede da Conmebol. Desta forma, todos saberão seus adversários antes da virada do ano, não havendo mais casos como o “Bolívia 3” ou “Chile 2”, por exemplo, durante o evento que determinará os grupos.

Entre os participantes já confirmados, cinco são estreantes em Libertadores. Tigre, da Argentina, Real Garcilaso e Universidad Cesar Vallejo, do Peru, além de Tijuana e León, do México, participarão do torneio pela primeira vez.

Haverá ainda, pelo menos, sete ex-campeões disputando a edição de 2013 da taça mais cobiçada do continente. Além dos brasileiros Corinthians, Palmeiras, Grêmio e São Paulo, o argentino Vélez Sarsfield, e os uruguaios Nacional e Peñarol já têm participação garantida.

BRASILEIRÃO: São Paulo perto da Libertadores e Palmeiras da Série B

Futebol Interior

Depois de sofrer o gol, o São Paulo reagiu e venceu o Sport, por 4 a 2, neste sábado, pela 33ª rodada do Brasileirão, com show de Lucas que marcou três vezes na Ilha do Retiro, em Recife. Enquanto o São Paulo garante a Libertadores a cada rodada, o Palmeiras se aproxima cada vez mais da Série B de 2013. Desta vez a derrota para o Internacional, por 2 a 1, deixou o time a sete pontos do Bahia, primeiro fora da zona do rebaixamento.

Confira os jogos da 33ª rodada:
Quinta-feira
Ponte Preta 1 x 0 Cruzeiro
Fluminense 2 x 1 Coritiba
Santos 0 x 0 Náutico
Sábado
Internacional 2 x 1 Palmeiras
Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama
Figueirense 0 x 0 Portuguesa
Sport 2 x 4 São Paulo
Bahia 1 x 1 Grêmio
Botafogo 3 x 0 Atlético-GO
Quarta-feira (dia 31) – 21h50
Atlético-MG x Flamengo

Vai, Corinthians! Sheik decide contra o Boca, e a Libertadores é alvinegra

Globo Esportes

Vai, Corinthians! Vai para as ruas, vai para o abraço do torcedor que te ama, vai para o pódio, vai levantar a taça que você tanto sonhou… Vai atravessar o mundo. Vai para o Japão!

Cássio, Alessandro, Chicão, Leandro Castán, Fábio Santos, Ralf, Paulinho, Alex, Danilo, Jorge Henrique, Emerson, Julio Cesar, Danilo Fernandes, Welder, Marquinhos, Wallace, Ramón, Willian Arão, Ramírez, Douglas, Romarinho, Gilsinho, Willian, Elton, Liedson e Tite. Nomes que não vão constar em livros de História, mas estarão eternamente dentro dos corações e da memória de milhões de pessoas, que ensinarão aos filhos e netos quem foram eles, e o que foi o 4 de julho de 2012 para a nação corintiana. O dia da libertação. O dia da Libertadores.

A vitória por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, sobre o gigantesco Boca Juniors, de tradições e glórias mil, de seis títulos sul-americanos, torna ainda mais gigantesca a conquista inédita. E mais: de forma invicta, algo que só um time brasileiro havia conseguido – o Santos de Pelé, em 1963. A taça da Libertadores, enfim, tem uma plaquinha do Corinthians.

O triunfo final sobre os argentinos selou a campanha com identidade. De um time sem estrela, que não se assustou com placares adversos, rivais tradicionais ou craques do outro lado. Que não se pressionou por nada e encontrou o equilíbrio (palavra idolatrada por Tite) entre lutar a cada centímetro de grama pela Libertadores sem tratá-la como um campeonato do outro mundo.

De 6 a 16 de dezembro, o Corinthians tentará o bicampeonato mundial. Dessa vez, sem convite, sem a chance de enfrentar um brasileiro na final e tendo que ir ao Japão. Bem diferente de 2000, quando bateu o Vasco na decisão, no Maracanã. Um mundial para ninguém botar defeito. Monterrey (MEX), Auckland City, da Nova Zelândia, e o poderoso Chelsea (ING) já estão classificados para a competição no fim do ano.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia