WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘MADUREIRA’

Vasco joga mal contra o Madureira, mas vence e garante classificação

Gazeta Esportiva

26267631801_9130578610_b

O Vasco garantiu a classificação para as semifinais da Taça Guanabara ao derrotar o Madureira por 1 a 0, gol marcado por Nenê, em partida disputada na noite deste sábado, em São Januário. O resultado fez a equipe cruz-maltina chegar aos 14 pontos ganhos e retomar a liderança da competição. O Madureira segue na última colocação, com apenas um.

Apesar da vitória, o Vasco teve um comportamento irregular e deixou o campo vaiado por sua torcida. O time dirigido por Jorginho realizou sua pior exibição na temporada e só não perdeu a invencibilidade porque o Madureira desperdiçou muitas chances para marcar. Além disso, o árbitro não marcou um pênalti claro cometido por Martín Silva. O goleiro agarrou o atacante João Carlos depois de ser driblado dentro da área.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Fluminense, na Arena Amazônia. O Madureira terá o Volta Redonda pela frente, em Conselheiro Galvão.

Sheik marca de pênalti, e Fla dribla a chuva para derrotar o Madureira: 1 a 0

Globo Esportes

emerson_fla

Muita chuva e pouco futebol. Em um jogo de raras emoções, o Flamengo bateu o Madureira por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Raulino de Oliveira, pela primeira rodada da Taça Guanabara. Emerson Sheik, de pênalti, marcou o gol único da partida, que chegou a ser interrompida por sete minutos na etapa inicial por causa do temporal que caiu em Volta Redonda.

Foi o quarto gol do atacante no Campeonato Carioca, agora artilheiro do Rubro-Negro no torneio.

Com três pontos ganhos, o Flamengo volta a campo no próximo dia 20 para enfrentar o Fluminense, no Pacaembu, pela segunda rodada da Taça Guanabara. No mesmo dia, o Madureira, que ainda não pontuou, enfrenta o Botafogo em Los Larios.

Madura abre 2 a 0, Flu vira com três de Fred, mas sofre empate no final

Ogol

imgS620I169811T20160211211954

O Madureira foi fatal no início do jogo e abriu 2 a 0, mas, após ter um homem expulso, viu Fred virar para o Fluminense. Só que, perto do fim, o Tricolor Suburbano conseguiu o empate com Jorge Fellipe.

O time das Laranjeiras chegou ao seu quarto ponto no Campeonato Carioca, enquanto a equipe da Rua Conselheiro Galvão também aparece com a mesma pontuação.

O início de jogo do Madureira foi fatal. A equipe de Alfredo Sampaio conseguiu, da sua forma, abrir boa vantagem. Talvez até melhor do que o esperado, talvez até nem esperada.

Logo aos sete minutos, Filippe Formiga recebeu grande passe de Willian, fintou Marlon e conseguiu acertar um lindo chute para inaugurar o marcador.

O Fluminense partiu para cima, criou boas chances, mas acabou sendo novamente surpreendido. Novamente pelo lado de Giovanni. Geovane Maranhão cruzou para João Carlos, que mandou para a rede.

O jogo era um sonho para o time da Conselheiro Galvão, mas acabou virando pesadelo. Fred conseguiu resposta rápida e diminuiu logo depois do segundo gol adversário. Para ficar pior, Ernani, após dura entrada em Wellington Silva, acabou expulso.

O Tricolor Suburbano se segurou nos minutos finais do primeiro tempo, mas não demorou muito para sucumbir na segunda metade e sofrer a virada.

Aos 11 minutos, Fred, na frente, empatou. Aos 23, após cruzamento de Wellington Silva, Diego Souza, estreante, ajeitou e Fred teve categoria para marcar seu quarto tento na partida.

Com a vantagem, e um a mais, parecia que a vitória estava garantida. Não estava. Eduardo Baptista mudou no time, mas teve que ouvir gritos de “burro ao final”. Após cruzamento na área e lance polêmico, o zagueiro Jorge Felipe deixou tudo igual. Decepção do Flu.

Com direito a gol de ombro e dois de Riascos, Vasco passa pelo Madureira

Globo Esportes

22

Atual campeão, o Vasco iniciou muito bem sua caminhada em busca do bicampeonato carioca. Com dois gols de Riascos, um de Nenê e outro de ombro, marcado por Andrezinho, o time goleou o Madureira por 4 a 1, na tarde deste domingo, em São Januário. Até o início do segundo tempo, quando ainda estava 1 a 1, o cruz-maltino encontrou bastante dificuldade no jogo, que ainda teve a estreia apagada de Yago Pikachu.

O Vasco volta a campo na quinta-feira para enfrentar o América, pela segunda rodada do Campeonato Carioca, no Estádio Giulitte Coutinho, em Edson Passos, às 19h30. Na quarta, às 17h, o Madureira recebe a Cabofriense, também pelo estadual, em Conselheiro Galvão.

Mais jogos
Portuguesa 3 x 2 Tigres do Brasil
Bangu 0 x 2 Botafogo-RJ
Friburguense 1 x 0 Macaé
Cabofriense 0 x 0 América-RJ
Flamengo-RJ 1 x 1 Boavista
Bonsucesso 0 x 2 Resende-RJ

Vasco não joga bem, mas passa sem dificuldades pelo Madureira

Lancenet

Bernardo-Marcinho-Carioca-Paulo-SergioLANCEPress_LANIMA20150205_0251_51

Como o temporal previsto pela prefeitura do Rio, a chuva de gols, que tinha tudo para desabar sobre São Januário, também ficou pelo caminho. A goleada não virou realidade, e o Gigante venceu o Madureira por 2 a 0. A festejar, mesmo, além dos três pontos, o bom entrosamento de Bernardo, que completou 100 atuações com a camisa vascaína, e Marcinho. A exemplo da estreia, foram deles os gols da vitória do Vasco por 2 a 0 diante do Madureira, na noite desta quinta-feira.

Foi uma atuação fria, sem graça e sem talento. A marcação desde o campo adversário, feita na primeira rodada, transformou-se em um amontoado de jogadores sem saber ao certo o que fazer.

Se na estreia a sensação foi de que o time de Doriva estaria pronto para o Estadual, a partida desta quinta-feira, embora não tenha colocado o Vasco sujeito a chuvas e trovoadas, deixou claro que ainda há muito o que caminhar se o destino for o título.

outdoor_pq

Douglas desencanta, Vasco vence o Madureira e se segura no G-4

Globo Esportes

vasco_alexandrecassianoagenciaoglobo_15

G-4 garantido por mais uma rodada, restando quatro jogos para o fim da Taça Guanabara. Após sofrer duas derrotas nos últimos três jogos e ter sua posição na zona de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca ameaçada, o Vasco se recuperou na tarde desta quinta-feira. Sob um calor de 40ºC e no gramado irregular de Conselheiro Galvão, o Cruz-Maltino superou as dificuldades e venceu o Madureira por 3 a 1, com direito ao primeiro gol validado de Douglas pelo clube. O meia, que chegou a marcar contra o Flamengo mas o árbitro não assinalou, desta vez fez de pênalti, e Rafael Vaz e Edmílson completaram o placar. Carlinhos descontou para os donos da casa, que estrearam seu terceiro uniforme em homenagem ao guerrilheiro argentino e líder revolucionário Che Guevara diante de 1.081 pagantes (1.381 presentes). A renda da partida foi de R$ 25.200,00.

Douglas foi um dos que mais sentiu com as adversidades da partida. Mesmo longe de repetir suas últimas atuações, o camisa 10 deu a assistência para Rafael Vaz e converteu a penalidade. Edmílson também voltou a balançar a rede e assumiu d enovo o posto de artilheiro do estadual com seis bolas na rede, ao lado de Alecsandro, do Flamengo.

Com a vitória, o Vasco chegou a 21 pontos e abriu cinco de vantagem para o Nova Iguaçu, concorrente mais próximo que tem um jogo a menos. De quebra, ainda encostou no Fluminense e na Cabofriense, ambos com 23. Já o Madureira, em nono lugar com 13, vê suas chances de classificação ficarem escassaz. A equipe precisaria vencer todos os jogos restantes e torcer para o Cruz-Maltino não somar mais do que quatro pontos, ou Fluminense e Cabofriense não mais que dois.

Vasco encara Madureira e vê G4 ameaçado no Carioca pela primeira vez Comente

Uol

jogadores-do-vasco-comemoram-o-gol-marcado-pelo-atacante-montoya-na-partida-contra-o-friburguense-pelo-carioca-1390779788443_615x300

O Vasco enfrenta o Madureira nesta quinta-feira, às 16h, em Conselheiro Galvão, e não são apenas os três pontos que estão em jogo. Quarto colocado na classificação do Campeonato Carioca, com 18 pontos, o Cruzmaltino vê Nova Iguaçu e Botafogo encostarem na tabela – tais times têm 16 e 15 pontos respectivamente. No G4 desde os primeiros jogos da competição, o Cruzmaltino liga o alerta para não se complicar nas rodadas finais e assim chegar na fase semifinal da Taça Guanabara.

Apesar de ainda sonhar com a liderança da tabela, o Vasco sabe que o objetivo está a cada dia mais distante. Já que o Flamengo é o líder com 25 pontos, Fluminense com 22 e Cabofriense com 22. Por isso o treinador Adilson Batista já pensa na fase decisiva da competição.

“O nosso objetivo era a primeira colocação, mas sabemos que hoje ela ficou um pouco mais difícil. Agora, o importante é classificar e depois vem o mata-mata e sabemos da força do nosso torcedor para esse momento”, declarou o treinador.

Na última rodada do Carioca, o Madureira empatou por 2 a 2 com o Friburguense. A partida foi realizada no estádio Conselheiro Galvão no último sábado e por isso os jogadores não treinaram ao longo da semana no gramado.

Reservas do Fla dão conta do recado, vencem o Madureira e colam no Flu

Globo Esportes

flamengo_alevidal

Os reservas do Flamengo mostraram mais uma vez que são capazes de dar conta do recado no Campeonato Carioca. Na noite desta quarta-feira, pela nona rodada da competição, eles venceram por 2 a 0 o Madureira, no Maracanã, para um público de 2.487 pagantes, com renda de R$ 117.620,00, mantendo o aproveitamento de 100% nos quatro jogos em que foram chamados pelo técnico Jayme de Almeida.

O resultado manteve o Flamengo na segunda colocação na Taça Guanabara, com os mesmos 22 pontos do líder Fluminense, mas com dois gols a menos de saldo. Na próxima rodada, o Rubro-Negro, desta vez com os titulares, enfrenta o Resende, sábado, em Volta Redonda.

Já o Madureira manteve a sétima colocação, com 12 pontos, mesmo com a derrota, mas pode perder duas posições no complemento da rodada nesta quinta-feira. O próximo confronto do Tricolor Suburbano é contra o Friburguense, sábado, em Conselheiro Galvão.

Outros jogos
Resende 1 x 3 Duque de Caxias
Bangu 0 x 2 Vasco da Gama
Friburguense 1 x 0 Nova Iguaçu
Macaé 0 x 1 Fluminense
Hoje
16h00
Audax x Boavista
19h30
Cabofriense x Bonsucesso
Botafogo x Volta Redonda

Perfeitos no Carioca, reservas do Fla entram em ação diante do Madureira

Globo Esportes

carloseduardo_cahemota_15

A definição está lá, impregnada, a cada citação: time reserva. Mas o Flamengo que estará em campo nesta quarta-feira para enfrentar o Madureira, às 22h (de Brasília), no Maracanã, não deve nada ao que é aclamado como time principal. Muito pelo contrário, tem retrospecto até melhor. Nas três vezes em que Jayme de Almeida optou por uma escalação alternativa, o Rubro-Negro venceu Audax, Volta Redonda e Boavista. O rival da vez é o Tricolor Suburbano, pela nona rodada do Campeonato Carioca, e a “equipe da Libertadores” assistirá tudo do sofá de casa.

Com 19 pontos – nove conquistados pelos reservas -, o Flamengo ocupa a vice-liderança da Taça Guanabara, atrás do Fluminense somente no saldo de gols: 11 a 8. Para partida desta quarta, Jayme de Almeida tem duas baixas que, teoricamente, ganhariam oportunidade: Carlos Eduardo e Paulinho. Os dois, que perderam espaço para Everton e Lucas Mugni, estão vetados pelo departamento médico. Outro ponto a se destacar entre os relacionados é a ausência de Marcos González. O chileno já tinha ficado fora da lista de 30 inscritos para Libertadores e agora perdeu espaço também para Frauches (Wallace, Samir, Chicão, Erazo e Welinton foram os zagueiros inscritos na disputa continental).

Mais jogos
16h00
Resende x Duque de Caxias
Bangu x Vasco da Gama
19h30
Friburguense x Nova Iguaçu
Macaé x Fluminense
Quinta
16h00
Audax x Boavista
19h30
Cabofriense x Bonsucesso
Botafogo x Volta Redonda

Com gol de estreante e quebra de jejum, Botafogo vence o Madureira

Lancenet

Titulares-Fogao-Madureira-Januario-Ricardo_LANIMA20140123_0288_38

No primeiro jogo com os jogadores considerados titulares nesta temporada, o Botafogo venceu a primeira partida oficial neste ano, na noite desta quinta-feira, em São Januário, ao bater o Madureira, por 2 a 1, em jogo antecipado da quarta rodada do Campeonato Carioca.

Os gols alvinegros foram marcados pelo estreante Jorge Wagner, de falta, e por Henrique, que finalmente desencantou com a camisa alvinegra. O atacante marcou o primeiro gol dele pelo Glorioso em 26 jogos disputados. Carlinhos descontou para o Tricolor Suburbano. De quebra, o resultado positivo também marcou a primeira vitória do técnico Eduardo Hungaro no comando da equipe.

Com o triunfo, o Alvinegro chegou aos cinco pontos, na segunda colocação do Campeonato Estadual. Os times voltam a campo no próximo domingo, quando o Botafogo enfrenta o Cabofriense, às 17h, em Macaé. Já o Madureira encara o Macaé, no mesmo horário, em Conselheiro Galvão.

Outro Resultado:
Nova Iguaçu 0 x 0 Cabofriense

Na volta de Conca, Flu perde para o Madureira na estreia no Carioca

Globo Esportes

conca_pho (1)

O Fluminense tem grandes aspirações para a temporada e chegou para a estreia no Campeonato Carioca animado com a primeira partida de Conca em seu retorno ao clube. Mas, neste sábado, o time de Renato Gaúcho não teve pernas para superar o Madureira e o forte calor de Moça Bonita. Depois de um primeiro tempo em ritmo forte, não conseguiu manter o ritmo e foi superado por 3 a 2.

O Tricolor das Laranjeiras sentiu o desgaste no primeiro jogo depois da pré-temporada em Mangaratiba. O Suburbano aproveitou a maior reserva física na etapa final e sobrou em campo para chegar à vitória. O Fluminense só ensaiou uma pressão nos minutos finais, já no desespero e porque o Madureira recuou muito para garantir o resultado, mas não foi suficiente para evitar a derrota.

Para a estreia no estadual, o cenário era desolador, pelo menos no visual do campo. O gramado de Moça Bonita apresentava imensos clarões com a grama queimada. A Federação se defendeu, dizendo que apesar de não estar bonito, o piso não prejudicaria o desempenho, e os próprios jogadores minimizaram o problema. Ainda assim, estava longe das condições ideais para uma partida de Primeira Divisão, ainda mais na abertura da competição.

Na segunda rodada, o Madureira volta a campo já na terça-feira, contra o Boavista, em Bacaxá. Já o Fluminense joga na quinta-feira, contra o Bonsucesso, no Maracanã.

Com Montoya e André, Vasco perde para o Madureira em jogo-treino

Globo Esportes

danielamorim_madureira_thalessoares3

Sem seus titulares, que fizeram uma atividade no mesmo horário no Cefan, o Vasco foi derrotado por 2 a 1 pelo Madureira, de virada, na manhã deste sábado, em Conselheiro Galvão. O colombiano Montoya se destacou apesar do resultado, com boas jogadas e dribles desconcertantes.

O Vasco até começou bem a atividade. Logo aos quatro minutos, Montoya fez boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Fábio Lima finalizar. O goleiro rebateu e André aproveitou para completar e fazer o primeiro gol do jogo-treino. No entanto, não demorou para o Madureira tomar conta do jogo, que contou com um pequeno público na arquibancada do estádio. Aos 14 minutos, Valdir cruzou da esquerda e Daniel Amorim fez, de cabeça, o gol de empate meio dos zagueiros do Vasco.

Daniel continuou se destacando no Madureira, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro. O atacante aproveitou nova falha da defesa para completar um cruzamento rasteiro de Luiz Paulo, aos 18, e virar o jogo. No segundo tempo, o Vasco voltou com Marlone, Thiaguinho e Richard nos lugares de Fábio Lima, Jhon Cley e Dieyson, além da troca de Michel Alves por Diogo Silva. O Madureira manteve o time e depois de 10 minutos fez sua primeira substituição, entrando Zeca no lugar de Luiz Paulo.

Aos 12 minutos, Montoya saiu aplaudido pelos poucos torcedores no estádio para a entrada de Thales. Ao mesmo tempo, Leonardo também substituiu André. O Madureira começou a fazer mais alterações a partir dos 20 minutos e o jogo caiu.
Com os dois times desfigurados, o placar se manteve em 2 a 1 a favor do Madureira. O jogo-treino foi disputado em dois tempos de 45 minutos.

O Vasco atuou com Michel Alves, Nei, Thadeu Paraguai, Rafael Vaz e Dieyson; Abuda, Fillipe Souto, Jhon Cley e Fábio Lima; Montoya e André. Entraram Diogo Silva, Richard, Marlone, Thiaguinho, Leonardo, Fabrício Baiano e Thales.
O Madureira jogou com Jonathan, Thiago Ryan, Daniel, Léozão e Luiz Paulo; Guaraci, Bruno Tiago, Ramon e Renan; Valdir e Daniel Amorim. Entraram Roberto, Luan, Gabriel, Carlinhos, Jefferson, Obina, Zeca e Raphael.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia