WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



drupal counter

:: ‘MARCAÇÃO’

Doriva pede marcação especial em Marinho: ‘Temos que estar atentos’

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

O Bahia encara o Vitória, neste domingo (1º), às 16h, no Barradão, pela primeira partida da final do Campeonato Baiano. Para o duelo, um jogador deverá ter marcação especial dos tricolores: o atacante Marinho. O técnico Doriva elogiou o atleta e pediu atenção redobrada.

“O Marinho está atravessando um momento muito bom, é um grande jogador Temos que estar atentos. É um jogador que atua pelo lado direito, tem muita mobilidade. Temos que estar atentos, sempre um marcando e um na sobra, pois é um jogador que tem facilidade de driblar. Temos que estar precavidos nesse sentido para neutralizar o jogo dele”, declarou.

O comandante do Esquadrão de Aço confirmou o retorno de Lucas Fonseca na zaga e falou das críticas da torcida direcionadas ao jovem Robson.

“O Lucas volta. Em relação ao Robson, dentro do próprio jogo ele se recuperou. Tem o nosso apoio, é um atleta jovem, que tem muito a crescer. Independente das críticas, ele tem que lidar com as situações. Com certeza vai servir para a maturidade para ele”, finalizou.

A tendência é que o Bahia entre campo com a seguinte formação: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Éder e Moisés; Feijão, Danilo Pires e Juninho; Edigar Junio, Thiago Ribeiro e Hernane.

CSA: Beto Almeida não planeja marcação individual contra Sergipe

Globo Esportes de Alagoas

beto_almeida_conversa_com_comissao_tecnica

CSA e Sergipe se enfrentam, neste sábado (13), no Rei Pelé, em um encontro de opostos. Isto porque, enquanto o Azulão segue sem pontuar após duas partidas no Grupo A4, o Colorado está na liderança isolada, com sete pontos. Mesmo com a diferença na tabela, o técnico marujo afirmou que sua equipe não vai concentrar as atenções em um ou dois jogadores do adversário.

– Todo jogador que estiver com espaço, estiver livre, passa a ser perigoso. A gente não executa marcação individual sobre um jogador, e sim aquele que está com a bola, entrando no espaço vazio, seja ele qual for merece toda a nossa atenção. O treinamento de hoje foi todo feito em cima disso, de um trabalho de marcação forte, de pressão, coisa que, evidentemente, faltou no último jogo.

Na vitória por 6 a 1 sobre a Juazeirense, o técnico do Sergipe, Givanildo Sales, ousou ao lançar três atacantes [Fabinho Cambalhota, Lucão e Leandro Kível] entre os titulares. Ainda em contato com o Globoesporte.com, Beto Almeida disse acreditar que a escalação ofensiva se deu por uma situação emergencial, já que o treinador do Colorado estava iniciando as partidas com três zagueiros.

– Eu acredito que foi uma situação emergencial porque ele perdeu um zagueiro, ele vinha jogando sempre com três zagueiros, perdeu um e tinha o Leandro Kível para estrear. Como o jogo foi em casa, ele optou por essa situação, em vez de colocar mais um zagueiro, talvez não tivesse um de confiança para manter o sistema, ele lançou o Kivel junto com o Fabinho e o Lucão. E deu certo. Se ele vai manter ou não, ele até agora não divulgou, diz que já sabe o que vai fazer, mas vai divulgar isso apenas no momento do jogo – declarou.

O CSA enfrenta o Sergipe, neste sábado (13), às 17h, no Estádio Rei Pelé. Sob pressão, o Azulão precisa vencer para manter esperanças de classificação. Por outro lado, o Sergipe busca o triunfo fora de casa para praticamente eliminar um adversário na disputa pela classificação.

ccancer

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia