WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  



drupal counter

:: ‘MARCELO’

Marcelo Vilar não quer o Botafogo acuado contra o Vitória da Conquista

Portalcorreio

121102,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0

O treinador Marcelo Vilar arma o esquema tático com base numa máxima do futebol: a melhor defesa é o ataque. Por isso, diante do Vitória da Conquista lá na Bahia, neste domingo (04) é com esse objetivo que ele irá armar o time.

Para surpreender o adversário, o treinador Marcelo Vilar afirma que o Botafogo não pode ficar esperando ser atacado – nem nos minutos iniciais, quando o time da casa faz pressão. “A tática recorrente dos times que jogam em casa, querer fazer o resultado no início da partida. Então, o Botafogo não pode deixar de atacar. Este time pela qualidade dos jogadores, oferece esta condição”, segundo Vilar.

Mas o treinador não vê este desafio como fácil demais. “Jogar contra o Vitória da Conquista na condição de visitante é complicado, mas precisamos da vitória, resultado que nos deixará próximo da classificação”, disse.

Com 50 minutos de bola rolando, o Botafogo encerrou a preparação visando a partida diante Vitória da Conquista/BA. O trabalho aconteceu nesta tarde de quinta-feira (1º), no Estádio Evandro Lélis, o Mangabeirão.

A delegação deixou João Pessoa no início da manhã desta sexta-feira (02), a previsão de chegada à Vitória da Conquista é ainda nesta manhã, onde o grupo entra em concentração.

Marcelo de Lima Henrique será o árbitro do Ba-Vi deste domingo

Globo Esportes

arbitro

A arbitragem para o primeiro jogo da final do Campeonato Baiano foi divulgada na tarde desta quinta-feira pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). O responsável por comandar o jogo na Arena Fonte Nova será o carioca Marcelo de Lima Henrique.

A definição do árbitro se deu após um sorteio entre Marcelo de Lima Henrique e Péricles Bassols Pegado Cortez, que também faz parte do quadro da Fifa. Os auxiliares que trabalharão na partida são o gaúcho Altemir Hausmann e o carioca Rodrigo Henrique Figueiredo Correa. Os baianos Gleidson Santos Oliveira e Elicarlos Franco de Oliveira, do quadro nacional serão o quarto e quinto árbitros, respectivamente.

A decisão do Campeonato Baiano terá início neste domingo. O primeiro jogo será realizado na Fonte Nova. Por ter feito melhor campanha ao longo da competição, o Vitória tem a possibilidade de fazer a segunda partida dentro de casa e a vantagem de atuar por dois resultados com saldo de gols igual.

Marcelo Oliveira é o mais cotado para assumir o Vitória

A Tarde

O diretor de futebol do Leão, Raimundo Queiroz, garante que existe uma lista de nomes para assumir o posto de treinador do Leão. Porém, no topo da relação, ele não esconde a preferência por Marcelo Oliveira, que estava recentemente no Vasco. O técnico só passou dois meses no time carioca.

Para o diretor, o problema inicial é a conversa entre Oliveira e o Cruzeiro. Porém, isso já é passado, pois a Raposa admitiu que Marcelo Oliveira não é mais prioridade no clube. Dois outros nomes passaram a ser os preferidos dos mineiros: Jorge Fossati, atualmente no futebol paraguaio, e Mano Menezes, recém demitido da Seleção.

Com Marcelo Oliveira fora dos planos do Cruzeiro, o diretor Raimundo Queiroz se empolga ao falar do candidato a comandante do Leão. “É um nome muito cotado e que agrada a todos. Porém, não vou falar de especulações aqui. Marcelo Oliveira é um nome forte, mas ainda vamos conversar com ele. Temos outros nomes de qualidade. Em breve, anunciaremos para a torcida”, despistou.

Treinador Marcelo Chamusca tem apenas uma dúvida para escalar o Vitória da Conquista

Por Luciano Pina

O Vitória da Conquista encerrou na manhã deste sábado (10), os preparativos para o confronto de volta contra o Atlético que será realizado neste domingo (11), às 17 horas, no estádio Lomanto Junior, pela semifinal da Copa Governador do Estado.

Precisando vencer por qualquer placar para chegar à final da competição, o treinador Marcelo Chamusca tem apenas uma dúvida em relação ao time que inicia a partida. Sem poder contar com o volante Junior Gaúcho que cumpre suspensão, Chamusca ainda tem dúvida quanto ao seu substituto.

A provável equipe que enfrenta o Carcará deve ser: Rodolfo, Zé Leandro, Sílvio, Emílio e Márcio Panda, Edimar, Mica, Carlinhos, Paulo Roberto (Thales), Cacá e Roni.

Os ingressos continuam a venda pelo valor de R$5,00, em Falcão Calçados e na rede de Farmácia Melhor Preços. No dia do jogo o ingresso custará R$10,00.

Após seis derrotas seguidas, Marcelo Oliveira deixa o comando do Vasco

Globo Esportes

Depois da sequência de seis derrotas, Marcelo Oliveira não é mais o técnico do Vasco. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira, em “comum acordo”, segundo nota publicada no site oficial do clube. Depois da derrota para o Sport, no domingo, o treinador já havia anunciado que conversaria com a diretoria para decidir o seu destino profissional. O auxiliar Gaúcho vai comandar a equipe nas últimas quatro rodadas do Brasileirão.

Marcelo Oliveira assumiu o comando do Vasco no dia 12 de setembro, em substituição a Cristóvão Borges, que pedira para deixar o clube depois da derrota para o Bahia por 4 a 0. Sob o comando do treinador, o time disputou 10 partidas, com duas vitórias, dois empates e seis derrotas. Assim como seu antecessor, ele sai do clube após uma derrota elástica em casa: 3 a 0 para o Sport.

O técnico não resistiu ao conturbado ambiente do clube, com atrasos de salários e crise política. Ele também foi afetado pelos problemas financeiros e não recebeu um salário sequer na Colina. Ao ser contratado, ele chegou com discurso otimista, falando até em título brasileiro, porém sob seu comando chegou ao fim o recorde de 54 rodadas seguidas no G-4.

Sem surpresa, Marcelo Oliveira repete time derrotado para Botafogo

Terra

O técnico Marcelo Oliveira repetirá uma escalação pela primeira vez desde que assumiu o Vasco. O time testado nesta segunda-feira foi o mesmo que perdeu para o Botafogo, por 3 a 2, na última quinta-feira. A formação contará com Carlos Alberto no ataque e o volante Wendel improvisado na lateral esquerda.

Os treinos realizados em São Januário marcaram a reapresentação do elenco após a folga concedida pela comissão técnica no domingo. O time trabalhou com a mesma tática vista na última quinta e só teve uma mudança no coletivo: Auremir entrou no lugar de Jonas. Caso nenhuma alteração venha a prejudicar o planejamento de Marcelo Oliveira, o Vasco entrará em campo com Fernando Prass; Jonas, Dedé, Douglas e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos, Juninho e Felipe; Carlos Alberto e Eder Luis. A equipe irá enfrentar o Internacional, às 20h30 (de Brasília), em São Januário.

O duelo poderá reaproximar o clube do G-4 do Campeonato Brasileiro. O São Paulo foi derrotado no último domingo pelo Flamengo, por 1 a 0, e tornou a aproximação dos cariocas possível nesta rodada. O Tricolor aparece com 55 pontos ganhos e tem uma vantagem de cinco para o Cruz-Maltino na tabela de classificação do torneio.

Marcelo Oliveira ressalta importância de vitória do Vasco, mas já foca no São Paulo

Esportebr

Após o triunfo sobre Atlético-GO neste sábado, o técnico do Vasco, Marcelo Oliveira, fez questão de ressaltar a importância do resultado e minimizou a falta de pontaria da equipe, que só fez o gol da vitória aos 41 minutos do segundo tempo.

“Em um campeonato longo, vamos jogar bem e não ganhar em algumas ocasiões. Também podemos jogar mal e acabar conseguindo o resultado. As coisas funcionam dessa forma e neste sábado conseguimos a vitória, mesmo não atuando tão bem”, opinou.

O treinador também comentou sobre o duelo contra o São Paulo, que ocorre na próxima quarta-feira, no Rio de Janeiro. O confronto é considerado “de seis pontos”, já que ambas as equipes brigam pelo quarto lugar, posição que dá vaga à próxima Copa Libertadores da América. “Vamos bem focados para o confronto direto contra o São Paulo. É mais uma partida fundamental para as pretensões do Vasco e precisamos da vitória”, finalizou.

Com 50 pontos em 28 jogos, o Gigante da Colina é o atual quarto colocado do Brasileirão. A partida contra a equipe paulista é válida pela 29ª rodada do Brasileirão e ocorre nesta quarta-feira, às 22 horas, em São

Com desfalques, Marcelo Oliveira escala Vasco com Luan na lateral

Terra

O técnico Marcelo Oliveira começou a montar o Vasco para a partida deste sábado diante do Figueirense, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro, com mudanças no sistema defensivo e no posicionamento no meio-campo, que, como o ataque, conta com a volta de titulares.

Com três desfalques na defesa, o comandante cruz-maltino surpreendeu e escalou o zagueiro Luan improvisado na lateral direita. Fabrício ganhou a vaga na zaga ao lado de Dedé e Thiago Feltri ocupa a lateral esquerda por conta da suspensão de Jonas e Renato Silva e a lesão de William Matheus.

Outras mudanças na equipe foram as entradas do volante Nilton, que retorna ao time após cumprir suspensão, e do atacante Carlos Tenório, recuperado de dores que o deixaram de fora do jogo contra a Ponte Preta na rodada passada. Com isso, Eduardo Costa e Éder Luís voltam para o banco de reservas. Marcelo Oliveira trabalhou com a seguinte escalação nesta quinta-feira: Fernando Prass; Luan, Dedé, Fabrício e Thiago Feltri; Nilton, Juninho Pernambucano, Wendel e Felipe; Tenório e Alecsandro.

Marcelo Oliveira é apresentado e mira o título do campeonato

Lancenet

Novo técnico do Vasco da Gama, com contrato até o fim de 2013, Marcelo Oliveira foi apresentado pelo diretor de futebol Daniel Freitas no final da tarde desta quinta-feira. No primeiro discurso, o comandante cruz-maltino afirmou que a equipe tem qualidade e que tem tudo para brigar pelo título.

– Acho que o Vasco tem um elenco numeroso e podemos fazer uma boa equipe, competitiva e de qualidade. Em uma sequência curta vamos avaliar os jogos, diretoria vai estar atenta. A diferença para o primeiro colocado é grande, mas acho que dá para chegar, temos que lutar pelo título nacional, acho que os jogadores entenderam bem o nosso recado – disse.

Para quem não conhece o estilo de Marcelo como técnico, ele explicou que procura tratar os joagadores com respeito, não tolera indisciplina e prefere não se exaltar na área técnica no meio do jogo. – Gosto de tratar o atleta da forma que eu era tratado quando jogava. Respeito o atleta, tento discipliná-lo, cobro muito também. Sou intolerante com indisciplina e busco os objetivos intensamente. Não sou de gritar muito à beira do gramado porque acho que atrapalha a leitura panorâmica do jogo, gosto de falar com alguém proximo para no intervalo melhorar alguma coisa – explicou o técnico.

Oficial: Marcelo Oliveira é confirmado como novo técnico do Vasco

Globo Esportes

Marcelo Oliveira comandará seu primeiro treino na quinta (Foto: Gabriel Hamilko / GloboEsporte.com)

Depois de uma rápida negociação, a diretoria do Vasco anunciou nesta quarta-feira, através do site oficial do clube, a contratação do técnico Marcelo Oliveira. Ele chega para substituir Cristóvão Borges, que pediu demissão na segunda-feira. Oliveira, de 57 anos, desembarcou no Rio de Janeiro nesta manhã para se reunir com dirigentes cruz-maltinos, e o acerto foi rápido. O novo comandante assinou contrato até dezembro de 2013 e será apresentado nesta quinta, após o treino, em São Januário.

Na partida contra o Palmeiras, logo mais, às 22h, o interino Gaúcho ficará no banco de reservas. Mas Marcelo Oliveira estará no estádio e acompanhará o duelo do gabinete da presidência. A expectativa é a de que ele se encontre com os jogadores antes de a bola rolar. Sua comissão técnica também compõe a nova linha de frente da Colina. Trata-se do auxiliar técnico Cleocir dos Santos, o Tico, e o preparador físico Juvenilson de Souza.

Marcelo se destacou no comando do Coritiba, onde ficou de janeiro de 2011 até o último dia 6, quando foi demitido. No Coxa, o treinador conquistou o bicampeonato paranaense e foi duas vezes vice-campeão da Copa do Brasil, a primeira delas, em 2011, perdendo para o Vasco na final. Ele também passou por Atlético-MG, CRB, Ipatinga e Paraná. Como jogador, entre as décadas de 70 e 80, defendeu o Galo, o Botafogo e até a Seleção, entre outros.

Ypiranga acerta com Marcelo Ramos, ex-atacante de Bahia e Vitória

Ibahia

Ainda se reforçando na luta pelo acesso à elite estadual, o Mais Querido acertou com o atacante Marcelo Ramos, 38 anos e ídolo do Bahia. Ele já está treinando com o restante da equipe, mas não poderá estrear na quinta-feira (10), quando o Ypiranga encara o Cruzeiro na preliminar de Bahia x Portuguesa. O centroavante também acumula passagens por PSV (Holanda), Vitória e Cruzeiro.

O torcedor que comprar ingresso para ver o Tricolor, às 19h30, poderá assistir também ao duelo válido pela quarta rodada da segunda divisão do Baiano, às 17h15. Com três pontos em dois jogos, o Ypiranga está em terceiro no Grupo 1, atrás de Botafogo (cinco pontos em três jogos) e Galícia (quatro em dois).

A quarta rodada da Segundinha termina no sábado, com Ipitanga x Galícia, Colo-Colo x Jacuipense, ambos às 16h, e Jequié x Astro, às 19h30.

Marcelo Lomba pode ficar até dezembro

Futebol Bahiano

A torcida tricolor já sabia que seu ídolo, o goleiro Marcelo Lomba, ficaria no clube pelo menos até maio do ano que vem. Seria tempo suficiente para que o “paredão do Esquadrão”, que tem seus direitos federativos ligados ao Flamengo, ajudasse a equipe na conquista do Campeonato Baiano, título que não ganha há 11 anos.

Porém, uma notícia alegrou a torcida do Bahia: o goleiro titular do Flamengo Felipe, ex-Vitória, assinou contrato com a equipe carioca por quatro anos e, com isso, Marcelo Lomba corre menos riscos de ter de voltar ao seu time de origem logo após o final dos estaduais. Felipe estava vinculado ao Olé Brasil, de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

Após a prisão de Bruno, Marcelo Lomba assumiu o posto de primeiro goleiro do Flamengo, mas suas contestáveis atuações o fizeram ser preterido pelo treinador Vanderlei Luxemburgo. Quarto goleiro do time carioca durante o primeiro semestre, Lomba foi emprestado pelo Bahia, que também contratou Jair, campeão baiano pelo Bahia de Feira.

Porém, desde o início, Marcelo Lomba foi escolhido pelo treinador René Simões como o goleiro titular. Suas grandes atuações ajudaram a lhe manter no posto, e só deixou de jogar cinco partidas na Série A. Omar o substituiu na partida contra o Flamengo na segunda rodada, por Lomba ter vínculo com o clube carioca, e em outras quatro partidas devido a uma lesão na coxa.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia