WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘MUNDIAL’

Em estádio colorado, Inter de Milão bate Mazembe e é campeão mundial

Fonte: Globo Esportes


Zanetti levanta a taça do Mundial conquistada pelo Inter de Milão (Foto: Reuters)

nter campeão. Quando é que algum colorado poderia imaginar que a combinação dessas duas palavras machucaria tanto? É que o Inter campeão não veste vermelho, não é brasileiro, não levou uma multidão de fãs a Abu Dhabi. O Inter campeão mundial é azul e preto, fala italiano, teve torcida bem mais discreta em terras árabes. O Internazionale fez aquilo que seu xará gaúcho não conseguiu: bateu o Mazembe, da República Democrática do Congo, por 3 a 0 na noite deste sábado, no Zayed Sports City, e alcançou o topo do planeta.

É o primeiro título mundial do Internazionale no novo formato do torneio, com equipes de todos os continentes. Antes, o clube milanês havia vencido duas edições (1964 e 1965) na antiga fórmula, com duelo direto entre os campeões da Europa e da América do Sul. Ao Mazembe, resta a ressalva de ter sido o primeiro time africano a alcançar a final em um torneio organizado pela Fifa.

Sem alegria, seleção joga mal, mas confirma a quarta vitória no Mundial

Fonte: Globo Esportes

Depois da vitória por 3 sets a 0 sobre a perigosa Holanda, uma série invicta de três jogos no Mundial e diante de uma equipe que não intimidava, a torcida esperava que o Brasil fizesse um jogo tranquilo contra Porto Rico. Não foi o que aconteceu. O triunfo em sets diretos veio novamente (25/20, 25/18 e 25/20), mas a alegria, que havia comovido o público em Hamamatsu, no domingo, não apareceu em quadra nesta terça-feira. Sem vibração, a seleção, que está classificada para a segunda fase, jogou mal, mas manteve a invencibilidade no campeonato

Mais acionada no primeiro set, Natália foi a maior pontuadora do jogo, com 15 acertos. No lado de Porto Rico, Aurea Cruz somou 11, mas a equipe da América Central também ganhou 22 pontos em erros do Brasil.

O Brasil tem pouco tempo para se reencontrar. A alegria e o bom jogo têm que voltar em pouco mais de 24 horas. Na manhã desta quarta-feira, terá pela frente o maior desafio da primeira fase. A adversária será a Itália, a partir das 7h (de Brasília).

Inter perde do São Paulo, mas vai à final da Libertadores e ao Mundial

Fonte: Globo Esportes

Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, é longe, bem longe do Brasil. Mas os torcedores do Inter podem dizer, de peito cheio, que é logo ali. Afinal, na noite desta quinta-feira, o time gaúcho assegurou vaga no Mundial de Clubes de 2010 e vai lutar pelo bi do planeta. Mesmo com a derrota por 2 a 1 para o guerreiro (e aplaudido) São Paulo, no Morumbi, o Colorado, que venceu a primeira partida, no Beira-Rio, por 1 a 0, vai ao torneio porque na final da Libertadores vai encarar o mexicano Chivas.

Como pertence à Concacaf, o clube de Guadalajara não pode disputar a competição no lugar de um sul-americano. A primeira partida da final da Libertadores será na próxima quarta-feira, no México. Depois, no dia 18, o Inter recebe o rival no Beira-Rio.

No Morumbi, Alex Silva abriu o placar para os tricolores. Alecsandro empatou para o Colorado, e Ricardo Oliveira marcou o gol da vitória são-paulina com gosto de derrota. :: LEIA MAIS »

Brasil goleia Nova Zelândia, mas fica fora do Mundial Sub-20 feminino

Fonte Globo Esportes


Ludmila (20) comemora o primeiro gol do Brasil contra a Nova Zelândia (Foto: Getty Images)

A Seleção Brasileira sub-20 está fora do Mundial feminino da categoria, na Alemanha. Mesmo vencendo a Nova Zelândia por 4 a 1, nesta terça-feira, em Dresden, o time comandado por Marcos Gaspar não conseguiu garantir a vaga para as quartas de final do torneio. Dependendo de algumas combinações para avançar de fase, o Brasil precisava vencer e torcer por uma derrota da Suécia para a Coreia do Norte. Porém, as suecas bateram as norte-coreanas por 3 a 2.

Com o resultado, o Brasil terminou em terceiro no Grupo B, com quatro pontos. A Suécia ficou em primeiro com sete, seguida da Coreia do Norte com seis. A Nova Zelândia ficou na última posição com nenhum ponto.

Ludimila abriu o placar para as brasileiras aos 25 minutos da etapa inicial. No segundo tempo, Leah fez mais um, aos 14. Débora marcou aos 41 e 44 minutos. White descontou para a Nova Zelândia.

Brasil perde para Coreia do Norte na estreia do Mundial Sub-20 feminino

Fonte: Globo Esportes


Seleção brasileira perde na estreia do Mundial para a Coeia do Norte: 1 a 0 (Foto: Getty Images)

Há quase um mês, o Brasil estreava na Copa do Mundo da África do Sul derrotando a Coreia do Norte por 2 a 1 e pulava para a liderança de seu grupo. Nesta terça, os dois países se encontraram novamente dentro de campo, entretanto, no futebol feminino, no Mundial Sub-20, que está sendo realizado na Alemanha. Apesar de ser um time frágil no masculino, as meninas norte-coreanas são temidas na categoria: elas são as atuais vice-campeãs e, no penúltimo torneio, em 2006, conquistaram o título. A base do atual elenco vem de um título Mundial Sub-17, em 2008.

Resultado do jogo, a Coreia do Norte bateu o Brasil por 1 a 0 na estreia do Grupo B. A seleção brasileira está na chave ao lado da Suécia, Nova Zelândia e das norte-coreanas.

O único gol da partida aconteceu na etapa final, aos 24 minutos. Un Byol recebeu na entrada da área e bateu rasteiro na saída da goleira Aline para garantir a vitória da Coreia do Norte, em Bielefeld, no WC Stadium. O Brasil, que é comandado por Marcos Gaspar, joga novamente pelo torneio, na próxima sexta-feira, contra a Suécia, às 10h (horário de Brasília).

Os gols de Estudiantes 1 x 2 Barcelona pela decisão do Mundial de Clubes Fifa 2009

Fonte: Globo.com

Seleção sub-17 embarca para Mundial de olho nos ‘detalhes’ que eliminaram sub-20

Fonte: Globo Esportes


Philippe Coutinho, Neymar e João Pedro: confiança e muita brincadeira no embarque da seleção sub-17

O vice-campeonato da seleção brasileira sub-20 está fresco na memória dos ainda mais jovens da sub-17. Uma campanha sem derrotas, com direito a melhor defesa da competição, mas com “detalhes” – pênaltis – que fizeram a diferença no momento decisivo. O discurso antes do embarque para o Mundial da categoria, na Nigéria, não poderia ser diferente. Todos bateram na tecla: absorver o que a equipe do técnico Rogério Lourenço fez de melhor.

Como não há um voo direto para a Nigéria, o grupo fará uma breve escala em Paris, onde chegará por volta das 8h desta terça-feira (horário local), e de lá seguirá para Lagos, sede da seleção no Grupo B. A estreia será no sábado, às 16h (de Brasília), contra o Japão.

O gol de Brasil 1 x 0 Costa Rica pela semifinal do Mundial Sub-20

Fonte: Globo.com

Gol de Alan Kardec coloca o Brasil na final do Mundial Sub-20 contra Gana

Fonte: Globo Esportes


Um dos destaques do Brasil no Mundial, Alex Teixeira tenta roubar a bola

Mesmo sem ser brilhante e criando pouco, o Brasil conseguiu passar pela Costa Rica por 1 a 0 nesta terça-feira, na semifinal do Mundial Sub-20, e se garantiu pela sétima vez na decisão do torneio. O rival será Gana, sexta-feira, às 15h (de Brasília).

O gol do alívio saiu do pé direito de Alan Kardec, aos 21 minutos do segundo tempo, e deixou a seleção a um passo do pentacameponato mundial. Para isso, terá que vencer na final novamente Gana, que mais cedo bateu a Hungria por 3 a 2. Em 1993, o Brasil foi campeão sobre os africanos: 2 a 1. :: LEIA MAIS »

Maicon sai do banco, faz dois gols e coloca o Brasil na semifinal do Mundial

Fonte: Globo Esportes


Maicon (19) comemora com Wellington Júnior o segundo gol na vitória da seleção brasileira

O Brasil esteve longe de ser brilhante diante de uma Alemanha muito eficiente. Chegou a estar a cinco minutos da eliminação no Mundial Sub-20, mas com dois gols de Maicon, um no finalzinho do tempo normal e o outro no primeiro lance da prorrogação, conseguiu vencer por 2 a 1 e chegar às semifinais. O rival de terça-feira é a Costa Rica, que foi goleada pela garotada brasileira por 5 a 0 na estreia.

Foram duas horas de uma partida emocionante e com dois heróis brasileiros – o goleiro Rafael, competentíssimo nos momentos mais críticos do jogo, e o atacante Maicon, que saiu do banco de reservas para mudar o destino da seleção no torneio. O que seria uma eliminação precoce transformou-se numa vitória que deixou o Brasil com mais cara de campeão.

Com a base renovada, Brasil começa seu caminho no Mundial de Judô de Roterdã

Fonte: Globo Esportes


Equipe brasileira treina para o Mundial de Judô em Roterdã: aposta em promessas e judocas experientes

Com uma equipe formada por jovens promessas e judocas experientes, o Brasil chega ao Mundial de Roterdã cercado de expectativas. Depois de ter sua melhor participação em mundiais há dois anos, no Rio de Janeiro, a seleção brasileira terá a missão de mostrar que a aposta em revelações como Nacif Elias e Rafaela Silva no lugar dos consagrados Flávio Canto e Ketleyn Quadros foi acertada. O desafio começa na madrugada desta quarta-feira, no ginásio Sportspalace Ahoy,a partir das 04h30m.

No total, são cinco estreias em Mundiais (Rafaela Silva, Maria Portela, Rochelle Nunes, Nacif Elias e Leandro Cunha). No entanto, ainda que a base da seleção seja formada por revelações dos últimos anos, o Brasil terá também pela primeira vez dois campeões mundiais na equipe. Luciano Corrêa e Tiago Camilo, no entanto, terão expectativas diferentes na Holanda. Enquanto Corrêa defenderá seu título no meio-pesado (-100kg), Camilo disputará seu primeiro mundial na categoria peso médio, para onde migrou após as Olimpíadas de Pequim.

Vexame no Mundial de Berlim vai trazer mudanças no atletismo brasileiro

Fonte: Globo Esportes


Maurren Maggi era a maior esperança de vitória do Brasil no Mundial de Berlim

Foi o terceiro Campeonato Mundial sem medalhas do atletismo brasileiro – Stuttgart-1993 e Edmonton-2001-, um Mundial em que o país virou notícia em todo o planeta antes do início da competição por conta dos casos de doping descobertos às vésperas da competição e que tiraram sete atletas da equipe. Um Mundial em que os melhores resultados foram dois quinto lugares, com Fabiana Murer no salto com vara e com a equipe feminina do revezamento 4x100m. Um Mundial que vai representar mudanças.

No último Mundial, em Osaka, em 2007, Jadel Gregório trouxe uma medalha de prata no salto triplo, a única do país na competição. Em Berlim, Maurren Maggi, campeã olímpica do salto em distância, sofreu com dores nos joelhos e terminou em sétimo. Jadel, oitavo no salto triplo, e o revezamento 4x100m masculino também chegaram à final em Berlim. Vicente Lenilson, Sandro Viana, Basílio de Moraes Jr., José Carlos Moreira, que levaram a vaga depois da desclassificação dos Estados Unidos, ficaram em sétimo na prova em que Usain Bolt conquistou seu terceiro ouro. :: LEIA MAIS »

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia