WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter

:: ‘não’

Cartola argentino diz que seleção de futebol pode não vir para Olimpíada

MSN

AAi7Y3N.img

A crise pela qual passa o futebol argentino pode deixar o país sem equipe na Olimpíada do Rio de Janeiro. De acordo com o presidente do Comitê Olímpico Argentino (COA), Gerardo Werthein, as chances são de 50% de os hermanos não apareceram no Brasil.

– De 1 a 10, hoje tem 50% de chances da Argentina não apresentar equipe de futebol masculino nos Jogos Olímpicos. É um pouco do que acontece com a AFA (Associação de Futebol da Argentina). Faz 20 meses que não fala conosco – disse o dirigente, à rádio “Mitre”.

O cartola revelou que teve que dialogar com os clubes para negociar a liberação dos jogadores para a competição.

– A AFA não se mexe, não toma decisões, é uma AFA muda. O futebol é uma representação muito importante para o país. E hoje não se poder formar um elenco para competir no Rio é uma vergonha.

Devido à crise na entidade, o técnico Gerardo Martino teve que adiar em uma semana o planejamento de preparação para o torneio de futebol dos Jogos Olímpicos. A expectativa era que começasse na última segunda-feira.

Messi perdeu pênalti contra o Chile na Copa América (Foto: AFP)

A perda do título da Copa América Centenário nos pênaltis para o Chile acentuou ainda mais a crise na entidade. O presidente Luis Segura renunciou ao cargo recentemente. O craque Lionel Messi fez duras críticas à AFA e ameaçou que não jogaria mais pela seleção.

Kaká e Fabinho não treinam, e são as novas preocupações da Seleção

Globo Esportes

20160531212201_574e2aa9274b5_2gA6HEq

Kaká e Fabinho não treinaram no campo nesta terça-feira. Depois de quatro cortes – Ricardo Oliveira, Douglas Costa, Rafinha e Ederson –, os dois são as novas preocupações da seleção brasileira. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Panamá, em amistoso no último domingo, a dupla se queixou de dores musculares ao departamento médico.

– Procuramos individualizar situação de cada atleta, hoje Kaká e Fabinho vão treinar na academia, se queixaram de fadiga muscular depois do jogo, estão em observação médica. Eles se queixaram de desconforto, é importante observar as primeiras horas dessa evolução. Num presente momento não é preciso fazer exame – afirmou o médico Rodrigo Lasmar.

Por enquanto, é cedo para falar em risco de corte, mas a CBF só tem até a tarde de sexta-feira para substituir atletas, uma vez que a estreia na Copa América Centenário está marcada para sábado, às 23h (horário de Brasília), contra o Equador.

O volante Casemiro e o lateral-esquerdo Filipe Luís correram em volta do gramado nesta terça. Eles chegaram aos Estados Unidos na noite de segunda-feira, depois de disputarem, no sábado, a final da Liga dos Campeões, em Milão. O jogador do Real Madrid levou a melhor, nos pênaltis, sobre seu companheiro de Seleção.

Nesta semana, CBF ouviu “não” de Tite e disse “não” a Jorge Sampaoli

Globo Esportes

hor0264

Na mesma semana em que bancou a permanência de Dunga no comando da seleção brasileira, a CBF procurou Tite – e ouviu dele um “não”. Também nesta semana, empresários procuraram a CBF para oferecer o argentino Jorge Sampaoli. Então foi a vez de a CBF dizer “não”.

Não houve contato direto entre um funcionário da CBF e o técnico do Corinthians. Tudo se deu por intermediários – um da confederação, outro do treinador. O movimento da CBF deu-se à revelia do coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, que defende a continuidade de Dunga. A decisão de sondar Tite partiu da cúpula da entidade. O recado que chegou à CBF foi que Tite não largaria o Corinthians no meio da disputa da Taça Libertadores.

Jorge Sampaoli, campeão da última Copa América à frente da seleção chilena, está desempregado desde janeiro. Segundo o GloboEsporte.com apurou, Sampaoli toparia assumir o comando da seleção brasileira. Neste caso, a cúpula da CBF e Gilmar Rinaldi coincidiram na recusa ao treinador argentino.

Sem ter ouvido “sim” de Tite e tendo dito “não” a Sampaoli, a CBF resolveu bancar Dunga. O técnico ganhou o que pode ser definido ao mesmo tempo como um voto de confiança e um ultimato: ele será o técnico na Copa América Centenário, a ser disputada em junho, nos Estados Unidos.

Decisão do “caso Victor Ramos” não vai sair nesta sexta-feira

Galáticos Online

victor ramos chico

A novela envolvendo a regularização do zagueiro do Vitória, Victor Ramos, no Campeonato Baiano parece estar longe de um desfecho. Apesar da ansiedade dos torcedores e da imprensa, o subprocurador do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), Hélio Menezes, não vai dar seu parecer sobre o caso nesta sexta-feira (1º).

De acordo com a apuração do Galáticos Online, após o Flamengo de Guanambi entrar com a denúncia, na última segunda-feira (28), no TJD-BA, alegando que o jogador atuou de forma irregular no duelo entre as equipes, o subprocurador do órgão, já na quarta-feira (30), analisou a situação e solicitou os documentos, referentes à regularização de Victor Ramos, à Federação Bahiana de Futebol (FBF). A entidade baiana, por sua vez, tem até esta sexta-feira (1º) para responder à Hélio Menezes, o que deve ocorrer até o final desta tarde.

Em seguida, ao receber os documentos da FBF, Hélio Menezes, que deve ser notificado na próxima segunda-feira (4), vai ter dois dias, ou seja, até quarta-feira (6), para definir se arquiva a denúncia ou se o caso vira processo. Caso a denúncia seja arquivada, o Flamengo de Guanambi vai ser notificado e terá três dias para pedir o reexame da matéria ao procurador geral do TJD-BA.

Por outro lado, se o caso virar processo, estes autos serão remetidos ao presidente do órgão baiano, que terá que sortear uma Comissão do Tribunal para fazer o julgamento da ação. Nesta comissão será dado o veredito e o clube que “perder” o processo pode recorrer ao Tribunal Pleno e, em caso de uma nova derrota, poderá ir ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Sendo assim, nesta sexta-feira (1º), não haverá a decisão final do imbróglio da regularização do zagueiro Victor Ramos no Baianão 2016.

unimarc-modelo-4

Conquistenses participam da 3ª etapa da XII Pré-Temporada de Árbitros de Futebol da Bahia

Por Luciano Pina
Fonte FBF

Juliana Amaral representante feminina

Juliana Amaral representante feminina

A partir da próxima quinta (14), a FBF, através da Comissão Estadual de Árbitros de Futebol (Ceaf-BA), dará seguimento à XII Pré-temporada dos Árbitros de Futebol da Bahia. A terceira turma de profissionais do apito realizará suas atividades em preparação para as competições estaduais da temporada 2016.
 
Desta vez, 24 árbitros centrais e 22 assistentes foram convocados para a preparação. Os trabalhos, mais uma vez serão no SESI, em Simões Filho, Barradão e na sede da entidade m máxima baiana.

Nos três dias pela manhã, acontecerão exames teóricos, palestras sobre as regras da CBF/FIFA, mecânica de arbitragem, além das leituras das normas de ingresso Renaf. No periodo da tarde, após almoço, os árbitros e assistentes realizarão avaliações físicas conhecidas como FIFA TEST.
 
Entre os instrutores desta terceira etapa da XII Pré-Temporada, estão o presidente da Ceaf-BA, Wilsom Paim; o membro da comissão e instrutor FIFA, Kleber Moradillo; o também membro e assessor, Paulo Celso Bandeira e a secretária executiva Tania Regina. Já pela ENAF, estarão os instrutores FIFA Futuro III, Milton Otaviano e Raimundo Lopo.

Estarão participando desta etapa os seguintes conquisteses: Arleson Cleyson Barbosa Teixeira, Dorivan da Silva Gomes, Juliana Amaral Conceição dos Reis e Rubinei Almeida Santos

Marielson Alves Silva e Bruno Nogueira Prado participaram da 1ª e 2ª etapa, respectivamente.

Melhor do mundo 5 vezes, Marta não é nem citada em eleição pela 1ª vez desde 2002

O Estadão

marta

A eleição da melhor jogadora do mundo de 2015 mostrou que o reinado de Marta no futebol feminino definitivamente chegou ao fim. Laureada com este prêmio por cinco vezes consecutivas, de 2006 a 2010, a brasileira sequer foi citada por qualquer um dos eleitores como uma das três melhores do ano passado. Isso não acontecia desde 2002, quando ela tinha apenas 16 anos.

Assim como acontece entre os homens, as melhores jogadoras do mundo são definidas através de votação realizada pelos técnicos e capitães das seleções, além de um jornalista de cada país. E nenhum dos 377 eleitores citou Marta como uma das três principais atletas da modalidade.

De fato, Marta teve um ano bem abaixo do esperado. A jogadora de 29 anos passou sem brilho pela Copa do Mundo no meio do ano, na qual a seleção brasileira acabou eliminada logo nas oitavas de final, caindo diante da Austrália por 1 a 0. Ela marcou somente um gol no torneio, de pênalti, contra a Coreia do Sul.

Com isso, Marta abriu espaço para outras jogadoras. As dez finalistas do prêmio foram Nadine Angerer (Alemanha), Ramona Bachmann (Suíça), Kadeisha Buchanan (Canadá), Amandine Henry (França), Engúnie Le Sommer (França), Carli Lloyd (EUA), Aya Miyama (Japão), Megan Rapinoe (EUA), Celia Sasic (Alemanha) e Hope Solo (EUA). No fim, Carli Lloyd levou a melhor e ficou com o troféu.

A ausência de votos para Marta quebrou uma incrível sequência da brasileira. Em 2003, ainda aos 17 anos, ela ficou na décima colocação da eleição para melhor do mundo. De lá para cá, figurou em todas as finais. Em 2004 e 2013, ficou com a terceira colocação. Já em 2005, 2011, 2012 e 2014, foi a segunda.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Bahia de Feira ainda não sabe se mandará seus jogos em Senhor do Bonfim

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.tG_Z9d7tkb

O Bahia de Feira não sabe se irá poder mandar suas partidas no estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim. Com as obras no Joia da Princesa, em Feira de Santana, o Tremendão escolheu fazer sua pré-temporada e jogar o Baiano em Bonfim. Mas isso não é certo ainda, pois a Federação Bahiana de Futebol (FBF) vetou o local para o Baianão, por conta do gramado.

“Até a última revisão não tinha condições. Mas, graças a pedidos do Tiago Sousa [presidente do clube] e do Jodilton Sousa [presidente do Conselho do Bahia de Feira], o Coronel Diniz estará indo para lá no início do ano para reavaliar. Dia oito [de janeiro] já teremos a resposta”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da FBF, em entrevista ao Bahia Notícias.

Jodilton Sousa, por sua vez, acredita que o estádio terá totais condições de receber as partidas da equipe na próxima temporada. “Quando a FBF esteve lá o gramado estava realmente ruim. Mas eu conversei com Ednaldo, e falei que isso não está mais assim. Eu duvido que no interior da Bahia haja um gramado melhor que o de Bonfim. Dia 7 [de janeiro] a Federação irá lá para dar uma olhada. Acredito que conseguiremos jogar lá sim”, afirmou o dirigente.

O Bahia de Feira estreará no Campeonato Baiano no dia 31 de janeiro contra o Feirense, em estádio ainda a ser definido. O elenco do time já conta com 19 jogadores, que já estão em Senhor do Bonfim com o técnico Barbosinha. Segundo Jodilton, o Tremendão manteve a base da Copa Governador e mais jogadores chegarão.

Presidente da FBF não confirma realização de torneio com dupla BAVI e Fla-Flu

Galáticos Online

Ednaldo_Rodigues_presidente_da_FBF_jkpg

Parece que não será em 2016 que o torcedor baiano vai acompanhar um torneio de início de temporada. Anteriormente, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) chegou a revelar que uma competição envolvendo Bahia, Vitória, Flamengo e Fluminense seria realizada em janeiro do próximo ano, mas, agora, não deve acontecer.

De acordo com o presidente da entidade baiana, Ednaldo Rodrigues, o torneio está em ‘compasso de espera’ e a sua realização não está confirmada. “Estávamos aguardando a resposta do Flamengo e Fluminense que tinha uma competição fora do Brasil, mas estava tudo alinhavado. Outra situação fica por conta dos gramados. Vou marcar uma reunião com a Arena, pois quando conversamos era o outro presidente e agora terá restrições vindas do COL. No começo do projeto Bahia e Vitória deram sinal de positivo, mas a realiade agora é outra, um voltou para a Série A e o outro ficou na B. Então, temos que ouvir as duas partes”, destaca o mandatário em entrevista ao Galáticos Online.

A definição sobre a realização ou não do ‘torneio de verão’ deve acontecer nas próximas semanas.

unimarc-modelo-4

Adriano Apodi não fica no Bahia; jogador tem proposta do Vitória da Conquista

Bahia Notícias

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.NX35GcSTtV

Contratado para o Campeonato Brasileiro da Série B, o lateral direito Adriano Apodi não vai ficar no Bahia para a temporada de 2016. O jogador de 27 anos tem contrato até o fim deste ano e não renovará o seu vínculo.

O gerente de futebol Éder Ferrari falou ao Bahia Notícias sobre a saída do jogador. “O Adriano a gente vai liberar. Não iremos continuar com ele”.

O atleta, que atuou no Vitória da Conquista no começo do ano, tem uma proposta para retornar ao time do sudoeste baiano. Em entrevista à Rádio CBN Salvador, Ederlane Amorim, presidente do clube alviverde, afirmou que aguarda por uma resposta.

‘Esta não foi a melhor partida do Fluminense’, ressaltou Arnaldo Lira

Jornal Folha do Estado

40206-2

O empate em 1 a 1 com o Bahia de Feira no último sábado (14), no estádio Eliel Martin, na cidade de Riachão do Jacuípe, pela partida de volta da semifinal da Copa Estado. Além de garantir o “Touro do Sertão” na grande final também colocou a equipe na disputa de uma competição nacional, o que deixou o técnico Arnaldo Lira muito satisfeito.

Na coletiva de imprensa, logo após a partida na Arena Valfredão, o comandante do time tricolor disse que está satisfeito com seu trabalho no clube, e exaltou a atuação do time. “Eu não tenho dúvida que técnica e taticamente essa não foi a melhor partida que fizemos. Mas tudo isso é a prova de que estava faltando tranquilidade, pela necessidade de sempre buscar a vitória uma em cima da outra. Ganhamos a primeira partida, mas sabíamos que este jogo seria muito complicado porque qualquer vacilo poderia tirar a nossa classificação, e que iríamos enfrentar um grande adversário. Fizemos um bom primeiro tempo, porém na segunda etapa a equipe sentiu o desgaste físico, pois jogar em um horário desse prejudica qualquer atleta. Mesmo com todas as dificuldades do jogo a equipe está de parabéns porque lutou até o fim pela classificação”, disse Lira.

Com relação ao episódio que aconteceu antes da partida e que evolveu jogadores e comissão técnica do Bahia de Feira e Fluminense, por causa do vestiário principal Lira foi direto. “São coisas do futebol achei um desgaste desnecessário para ambas as equipes, pois a partida só se decide dentro de campo. É lamentável por se tratar de duas equipes da mesma cidade”, concluiu.

O Flu voltou os trabalhos nesta segunda-feira (16) visando a primeira partida da decisão da Copa Estado, contra a Juazeirense, no próximo domingo (22), no estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe.

Ederlane Amorim não pensa em acerto: “Se o Bahia fizer isso, é melhor fechar as portas”

Bahia Notícias
Foto Luciana Flores

10390484_1000056826682152_3853693998532599566_n

O Vitória da Conquista demitiu o técnico Fahel Junior e contratou Evandro Guimarães para a última rodada da primeira fase da Copa Estado da Bahia. Depois de perder duas partidas, o Bode precisa vencer o Colo Colo, no sábado (31), dentro de casa, além de torcer para existir um vencedor no confronto entre Bahia e Bahia de Feira.

Questionado pelo Bahia Notícias sobre a possibilidade de um “acerto” entre Bahia e Bahia de Feira, o que poderia gerar a eliminação precoce do time no campeonato, o presidente do Vitória da Conquista, Ederlane Amorim, prefere não acreditar em tal situação.

“Eu não quero pensar na possibilidade. São dois times profissionais. Se fizerem combinação é um desrespeito para as próprias marcas. Principalmente o Bahia da capital. Se o Bahia fizer isso é melhor fechar as portas”, disse o dirigente.

O dirigente aproveitou para explicar a saída de Fahel Junior do comando depois de dois jogos pela Copa Governador.

“Foi uma decisão comemorada pelo grupo. Ele ficou quarenta dias no time e não conseguiu estabelecer uma equipe titular. Os jogadores estavam desmotivados e escolhemos mudar. Trouxe o Evandro Guimarães porque acredito neste time e na classificação”, completou Ederlane, que também pediu o apoio da torcida na rodada decisiva.

Brasil não amedronta rivais e perde prestígio, diz imprensa europeia

Uol

20150627185748_1

Eliminada da Copa América nas quartas de final, a seleção brasileira foi alvo de análises críticas da imprensa europeia nesta segunda-feira. Em tom pessimista, o jornal francês L’Équipe e o periódico espanhol Marca apontam que o time de Dunga tem diversas razões para acreditar que o futuro a curto prazo não será melhor.

Eliminado nos pênaltis pelo Paraguai no último sábado, o Brasil soma fracassos e perde prestígio no cenário internacional. A análise dos espanhóis vai ao encontro com a dos franceses, que veem o time como “comum” e que já não amedronta mesmo adversários mais fracos.

“O Brasil tornou-se um time como qualquer outro, que não coloca medo em rivais até mesmo modestos e tem dificuldades para encontrar soluções humanas e técnicas para voltar a ser uma das melhores escolas mundiais”, ressalta o L’Équipe.

Os franceses apontam que o fracasso na Copa do Mundo de 2014 apavora jogadores importantes da seleção. Um ano depois, o técnico Dunga ainda não conseguiu controlar os nervos de Thiago Silva e David Luiz, exemplifica a publicação. Neymar – suspenso após a derrota para a Colômbia – mostra o mesmo problema.

A falta de um camisa 9 para a seleção é apontada como um problema grave pelos dois jornais. O Marca destaca que Diego Tardelli e Robinho são soluções “insuficientes para um país acostumado com atacantes únicos que marcaram época, como Pelé, Romário e Ronaldo”.

A falta de estrelas – Neymar é a exceção – também é vista pelos espanhóis como decisiva para um futuro que pouco anima a torcida brasileira. “Coutinho, William ou Douglas Costa não conseguem dar um passo à frente para se apresentarem como alternativas de primeiro nível quando Neymar não está ou tem um dia ruim”, cita o diário.

Tradicional jornal espanhol, o El País também é crítico ao falar sobre a seleção brasileira. “Para o Brasil, perder deixou de ser uma tragédia”, começa o texto em que analisa o vexame do time de Dunga no Chile. O diário completa a análise de forma contundente: “A seleção é uma equipe desorientada, previsível e perdedora cuja dependência de Neymar é prejudicial para o seu capitão”.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia