WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: ‘Náutico’

Flamengo vence Náutico nos Aflitos e afasta de vez risco de rebaixamento

Lancenet

Num jogo nervoso nos Aflitos, o Flamengo venceu o Náutico por 1 a 0 na noite deste domingo e afastou de vez qualquer risco de rebaixamento para a Segunda Divisão. O gol saiu de um lance polêmico, em que Wellington Bruno foi seguro dentro da área e originou o pênalti que Renato convertou, já na parte final do jogo.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 47 pontos e não tem mais qualquer chance de rebaixamento, já que abriu uma distância de dez pontos para a zona da degola, faltando três rodadas para o fim do Brasileirão. Com a terceira derrota em casa, o Náutico caiu três posições e, em 13º, está oito pontos acima do rival Sport, primeiro no grupo dos quatro últimos.

Flamengo e Náutico foltam a campo no próximo domingo, às 17h. Enquanto o alvirrubro visita o São Paulo, no Morumbi, o Rubro-Negro recebe o Palmeiras no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Com a derrota para o Fluminense, o Flamengo pode rebaixar o alviverde paulista.

Náutico vence Inter e mantém série invicta no Recife

Terra

O Náutico superou o Internacional por 3 a 0, neste domingo, no Estádio dos Aflitos, e aumentou para 11 jogos a série invicta atuando em seus domínios no Campeonato Brasileiro. Souza, duas vezes, e Kieza marcaram os gols da vitória alvirrubra que dificultou a vida do time colorado na busca por uma vaga à Libertadores da América 2013.

Nos aflitos, o time pernambucano não é derrotado desde a 12ª rodada do Nacional, quando foi derrotado pelo Coritiba. Antes, o time havia sido superado pelo Fluminense, na sétima rodada.

Com o resultado, o Náutico chega a 45 pontos, conta considerada pelos matemáticos suficiente para se livrar do rebaixamento. No entanto, Sport e Palmeiras, 17º e 18º colocados, respectivamente, ainda podem atingir essa pontuação.

O Inter, por sua vez, desperdiçou a chance de diminuir a diferença para o São Paulo, quarto lugar. A equipe gaúcha soma 51 pontos, oito a menos que o time do Morumbi, a quatro jogos do término do Brasileiro.

Em jogo fraco e com pênalti perdido pelo Náutico, Santos empata

r7

Santos e Náutico fizeram um jogo sem grandes emoções, na noite desta quinta-feira, na Vila Belmiro. Em uma partida na qual a marcação prevaleceu, poucas chances de gol foram criadas. Os pernambucanos chegaram a desperdiçar um pênalti no primeiro tempo, com Kieza, mas o placar não saiu do 0 a 0.

Com o empate, os santistas permanecem na 11° posição da Série A, com 43 pontos. O Timbu, por sua vez, caiu para o 13° lugar, com um ponto a menos em relação aos paulistas.

Os alvinegros voltam a campo diante do Cruzeiro, no dia 3, na Arena Independência. Já os pernambucanos recebem o Internacional-RS, no dia 4, nos Aflitos.

Náutico e Lusa empatam nos Aflitos e não garantem tranquilidade

Gazeta Esportiva

Náutico e Portuguesa fizeram jogo morno neste domingo, nos Aflitos, e não passaram de um empate por 0 a 0. O resultado ainda não garante a tranquilidade que as equipes buscam neste Campeonato Brasileiro: restando seis jogos para o final da competição, a dupla tenta manter-se longe da zona de rebaixamento nesta fase de decisiva.

Apesar da força do Náutico atuando em sua casa, foram da Portuguesa as melhores chances no confronto desta tarde: Boquita, no primeiro tempo, viu Rhayner tirar seu chute em cima da linha de gol. No segundo, Moisés tomou a bola de Alemão e partiu livre dentro da área. O armador, porém, pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo.

Com 41 pontos, o Náutico está na 12ª colocação e tem nove pontos de folga para a zona da degola. A Lusa, por sua vez, conquistou 39 pontos neste Brasileirão e, na 14ª colocação, também precisa ficar atenta com o risco de rebaixamento: os rubro-verdes têm sete mais que o Palmeiras, primeiro time dentro do grupo dos quatro piores.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Náutico vai até Santos para enfrentar o Peixe, na Vila Belmiro, nesta quinta-feira. Já a Portuguesa continua fora de casa para enfrentar o ameaçado Figueirense, sábado, no Orlando Scarpelli.

Coritiba vence Náutico, prolonga boa fase e dá boas-vindas a Alex

Terra

Em noite do atacante Deivid, o Coritiba derrotou, nesta quarta-feira, o Náutico por 2 a 1 e contabilizou o quarto triunfo consecutivo na Série A do Campeonato Brasileiro. No intervalo, o time da casa anunciou oficialmente a volta do meio-campista Alex, que, por meio de um vídeo exibido nos telões do Estádio Couto Pereira, convocou a torcida para a apresentação, marcada para as 16h (de Brasília) da quinta.

No próximo sábado, o Coritiba, agora com 41 pontos, irá a Porto Alegre (RS) enfrentar o Grêmio, um dos candidatos ao título do torneio. Já o Náutico, que ficou com 40, receberá um dia depois a Portuguesa.

Náutico mantém hegemonia em casa e amplia má fase do Palmeiras

Terra

Está cada vez mais difícil para o Palmeiras evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, pela 30ª rodada da Série A, o time paulista foi ao Estádio dos Aflitos, no Recife, e perdeu para o Náutico por 1 a 0, com gol marcado por Kieza no primeiro tempo.

Jogando em casa, o time pernambucano ampliou seu impressionante retrospecto favorável: em 15 jogos no estádio alvirrubro, a equipe comandada por Alexandre Gallo venceu 11 vezes, com dois empates (contra Cruzeiro e Vasco) e apenas duas derrotas (Fluminense e Coritiba). O Náutico agora tem 40 pontos, confortavelmente no meio da tabela.

Para o Palmeiras, porém, a situação é mais dramática a cada partida. Com 26 pontos, o time permanece estacionado na 18ª colocação, a nove pontos do Bahia (16º colocado). O Atlético-GO, lanterna, tem 23 pontos após vencer o Internacional neste sábado.

Os dois times voltam a entrar em campo na quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, em duelos que podem definir ainda mais a zona de rebaixamento da competição. Enquanto o Náutico visitará o Coritiba, o Palmeiras enfrentará o Bahia fora de casa.

Ponte Preta vira sobre o Náutico e abre distância da degola

Gazeta Esportiva

Depois de um início arrasador, o Náutico recuou demais e permitiu a virada por 2 a 1 da Ponte Preta no Moisés Lucarelli. O gol salvador da Macaca foi marcado por Marcinho, que converteu pênalti já na reta final da partida, feito que não ocorria há seis meses no time campineiro.

Com o resultado conquistado no Moisés Lucarelli, o time paulista chega aos 37 pontos e consegue, pelo menos, manter a distância dos times que brigam contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Já no Timbu, a derrota encerra a sequência de duas vitórias seguidas e deixa a equipe a frente dos pontepretanos pelo número de vitórias, mas com os mesmos 37 pontos.

Na próxima rodada, a 30ª da competição nacional, o Náutico recebe o desesperado Palmeiras nos Aflitos às 16 horas (de Brasília) de domingo. No mesmo dia, mas às 18h30, a Macaca viaja para o Rio de Janeiro, onde encara o líder Fluminense em São Januário.

Em jogo marcado por protesto, Náutico bate Atlético-GO com 2 de Kieza

Terra

A vitória por 2 a 0 do Náutico sobre o Atlético-GO, pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, foi marcada pelo clima tenso entre a torcida do time pernambucano e a arbitragem. O juiz Leandro Vuaden se negou a dar o apito inicial enquanto um grupo de torcedores não retirasse das arquibancadas uma faixa com os dizeres “Não irão nos derrubar no apito”. Os fãs só atenderam ao pedido do do árbitro depois de uma conversa com os jogadores do clube alvirrubro.

Com o resultado, o Náutico subiu três posições na tabela e agora é o 11º colocado, com 34 pontos. Já o Atlético-GO permanece na lanterna da competição, com apenas 20 pontos.

Na próxima rodada, o Náutico enfrenta o Corinthians no dia 6 de outubro, às 16h20, no Estádio dos Aflitos. No mesmo horário, o Atlético-GO recebe o Vasco no Serra Dourada.

Com Deco de volta, líder Flu recebe o Náutico, que ainda não pontuou no RJ

Globo Esportes

A derrota por 2 a 1 para o lanterna Atlético-GO, na última rodada, preocupou a torcida do Fluminense, que precisou secar o Atlético-MG para continuar líder do Campeonato Brasileiro. E quem ajudou o Tricolor foi o próprio Náutico, que agora será seu adversário. A seu favor, o Flu joga com os números para evitar novo tropeço no segundo jogo seguido no Raulino de Oliveira: no estádio de Volta Redonda (RJ), o time tem 65,3% de aproveitamento em 78 partidas. Além disso, o Timbu não pontuou nas três vezes que atuou no estado do Rio de Janeiro na competição, e terá sua última chance de triunfar em solo fluminense neste sábado.

Para não ficar só na teoria dos números, o técnico Abel Braga também tem dois motivos para comemorar em campo: os retornos de Fred, artilheiro do campeonato com 11 gols, após suspensão, e de Deco, recuperado de um estiramento muscular que o tirou de cena por quase dois meses. Com 53 pontos e dois de diferença para o segundo colocado, a equipe tenta ampliar a vantagem e dar início a uma nova sequência invicta: o Flu já ficou uma série de 11 e outra de 12 jogos sem perder neste Brasileiro.

O Náutico encerrou a sequência negativa de quatro partidas sem vencer contra o vice-líder Atlético-MG nos Aflitos. A missão agora é tentar parar o líder, mas o desafio de encarar Fred, Wellington Nem, Deco e companhia se torna mais difícil uma vez que o jogo é longe do Recife. Até o momento, o Timbu só venceu uma partida fora de casa (contra o Atlético-GO) e acumula uma série de derrotas quando ultrapassa os limites da capital pernambucana.

Atlético-MG não aproveita chance, perde para o Náutico e deixa liderança com Fluminense

Uol

Beneficiado pela derrota do Fluminense para o lanterna Atlético-GO, por 2 a 1, no sábado, o Atlético-MG entrou em campo neste domingo dependendo apenas dele para reassumir a liderança do Campeonato Brasileiro, mas não aproveitou a chance. O time mineiro foi derrotado pelo Náutico, por 1 a 0, no estádio dos Aflitos, no Recife, e permaneceu como vice-líder do Campeonato Brasileiro, atrás do tricolor carioca. A equipe pernambucana encerrou sequência negativa de quatro jogos sem vencer na competição.

Com a derrota, a terceira no Brasileiro, o Atlético permaneceu com 51 pontos, dois a menos que o Fluminense, que se manteve na liderança da competição. O time mineiro, que tem um jogo a menos por causa do confronto adiado com o Flamengo, desperdiçou a oportunidade de abrir um ponto do tricolor carioca e se isolar na ponta.

O Náutico, que vinha de três derrotas e um empate, reagiu na competição e subiu três posições na tabela. O time pernambucano assumiu o 11º lugar com 31 pontos. Foi a primeira vitória da equipe em setembro. O último triunfo havia sido em 29 de agosto, sobre o Figueirense, por 3 a 2.

Grêmio vence Náutico no Olímpico e mantém perseguição aos líderes

Terra

O Grêmio continuou na briga pelo título da Série A do Campeonato Brasileiro. Nesta quinta-feira, o time tricolor derrotou o Náutico por 2 a 0 e se manteve no páreo. O duelo foi realizado no Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).

O resultado, além de reabilitar a equipe que havia perdido no último domingo para o Corinthians, elevou o Grêmio aos 47 pontos, quatro a menos que o vice-líder Atlético-MG e seis atrás do ponteiro Fluminense. Já o Náutico seguiu com 28 e perto da zona do rebaixamento.

No próximo domingo, o compromisso do Grêmio, do técnico Vanderlei Luxemburgo, será contra o Flamengo no Rio de Janeiro. Enquanto isso, os pernambucanos receberão o Atlético-MG.

Náutico domina, mas não sai de empate diante do Vasco

r7

Depois de perder para o Cruzeiro, o Náutico se distanciou um pouco dos líderes do Campeonato Brasileiro e recebeu o Vasco da Gama para voltar a vencer. Sem Dedé, Felipe e Juninho Pernambucano, os cariocas buscavam confirmar a reação após a vitória na última rodada. Empurrado pela fanática torcida, o Timbu pressionou, saiu na frente, mas saiu do gramado lamentando o empate por 1 a 1.

Sem dar chances para os vascaínos, o Náutico dominou todo o primeiro tempo, mas demorou a abrir o placar. Retornando de lesão e jogando no sacrifício, o artilheiro Kieza se mostrou eficiente e marcou o sétimo dele no Brasileirão. Acordado no segundo tempo, o Vasco empatou com um golaço de Fellipe Bastos e suportou a pressão pernambucana mesmo com dois jogadores lesionados em campo.

Na próxima rodada, a 23ª da competição nacional, o Náutico viaja para o Rio de Janeiro, onde encara o Botafogo, no Engenhão, às 16 horas (de Brasília) de domingo. Também no domingo da capital fluminense, o Vasco recebe o Bahia no gramado de São Januário, às 18h30.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia