WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: ‘Palmeiras’

Sem Valdivia, Barcos arma, Henrique vira artilheiro e Verdão vence

Gazeta Esportiva

t_78370_alvo-dos-torcedores-do-palmeiras-marcio-araujo-marcou-mais-um-no-paulistao-e-abriu-a-vitoria-no-pacaembu

Pela segunda vez em seis jogos no ano, o Palmeiras não pôde contar com Valdivia, desta vez com lesão na coxa esquerda. Mas o time mostrou nesta quinta-feira que sabe se virar sem o chileno. Com Barcos recuando e muitas vezes virando armador, a equipe contou mais uma vez com gol de Henrique, artilheiro do Verdão, e fez festa vencendo o Atlético Sorocaba por 2 a 0 no Pacaembu.

Mais do que provar força independentemente do frequente desfalque de seu camisa 10, a vitória injeta ânimo no contestado elenco, que ainda deve ser reforçado, e melhora a situação do clube no Campeonato Paulista. O Palmeiras termina a sexta rodada em quinto lugar, com os mesmos 11 pontos de Corinthians e Botafogo, mas superior nos gols marcados e no saldo, respectivamente.

Ascensão que se deve principalmente ao primeiro tempo realizado pelos comandados de Gilson Kleina. Com pleno domínio do adversário, o Verdão abriu o placar logo aos cincos minutos, com Márcio Araújo completando jogada iniciada com Barcos, e fez o segundo aos 30 com Henrique, que igualou Barcos na artilharia do time no ano com três gols. O desempenho foi tão bom que alguns torcedores até xingaram no segundo tempo o desperdício de gols, mas o time venceu sem sustos.

A equipe tenta, enfim, alcançar duas vitórias consecutivas visitando o Mogi Mirim, às 19h30 (de Brasília) de domingo. Já o Atlético Sorocaba, 14º colocado do Estadual e a um ponto da zona de rebaixamento, volta a campo também no domingo, às 17 horas, diante do Penapolense, em Penápolis.

Com gols de Barcos e Valdivia, Palmeiras vence e reencontra a paz

Gazeta Esportiva

t_77662_valdivia-voltou-a-ser-titular-do-palmeiras-na-noite-desta-quinta-e-marcou-seu-gol-na-vitoria

O Palmeiras se recuperou da derrota na rodada passada e conseguiu um pouco de paz, na noite desta quinta-feira, pelo Campeonato Paulista. Na volta de Valdivia ao time titular, o Verdão derrotou o São Bernardo por 3 a 0 e foi aplaudido pela maior parte da torcida presente no estádio do Pacaembu.

O atacante Hernán Barcos abriu e fechou o placar, enquanto o chileno assinalou o segundo. Vaiado pela Mancha Alviverde e aplaudido pelo restante do estádio no domingo, o Mago comemorou de forma tímida e apontou para a direção das numeradas, onde os fãs vibraram e gritaram seu nome.

O meio-campista não era titular desde 6 de outubro do ano passado, quando sofreu uma lesão no joelho em clássico contra o São Paulo. O resultado levou o time de Gilson Kleina aos sete pontos, no sexto lugar. Já os visitantes ainda não venceram na competição e ocupam a lanterna, com apenas um.

O Palmeiras volta a campo no domingo, quando enfrentará o XV de Piracicaba, no estádio Barão de Serra Negra. Já o time do ABC joga no mesmo dia contra outro time da região, o São Caetano, no Primeiro de Maio.

Mais resultados:
Atlético Sorocaba 2 x 2 Botafogo-SP
Guarani 1 x 3 Bragantino

Pressionado, Palmeiras perde para Penapolense em casa com um a mais

Terra

penapolensegolmagraompereiraterra

O Palmeiras voltou a decepcionar e ser pressionado em casa, neste domingo, pelo Campeonato Paulista. Depois de empatar com o Bragantino no primeiro jogo do ano, o time fez feio de novo, ao perder por 3 a 2 para o Penapolense. A derrota foi ainda mais vexatória porque o time alviverde ficou com um jogador a mais no segundo tempo, mas perdeu gols e ainda sofreu mais um. O resultado deixa o Palmeiras com quatro pontos em três jogos, enquanto a equipe de Penápolis agora está com seis.

O Palmeiras partiu para o ataque logo no começo do jogo e foi premiado por isso. Primeiro Maikon Leite perdeu grande chance, mas depois veio o gol: Guarú fez falta perto da área, e o lateral Ayrton abriu o placar com uma bela cobrança.

Porém, o Penapolense não recuou e também foi premiado por isso. Primeiro, aos 9min, após o juiz marcar toque de mão inexiste de João Denoni, Guarú empatou com outra boa cobrança de falta. A bola bateu na trave, nas costas de Fernando Prass e entrou no gol. E apenas cinco minutos depois veio a virada: em outra cobrança de falta, Rodrigo Biro tabelou pela esquerda e cruzou rasteiro para Magrão, que finalizou sozinho, de frente para o gol aberto.

Depois desse início agitado, finalmente o jogo esfriou, mas o Palmeiras não reagiu e até saiu vaiado para os vestiários, já que o Penapolense teve mais chances de gol, perdidas por Anderson Carvalho e Magrão. Por isso Gilson Kleina resolveu mudar o time da casa no vestiário, com as entradas de Valdivia e Vinicius.

E de fato a partida mudou logo no começo do segundo tempo: Jailton, que tinha acabado de receber cartão amarelo por falta em Valdivia, fez “cera” e foi expulso aos 10min. Com um a mais em campo, o Palmeiras enfim passou a criar chances de gol, mas Marcelo defendeu chutes de Barcos, Maikon Leite e Vinicius. E então aconteceu o terceiro gol do time de Penápolis: aos 29min, após cobrança de escanteio, Perez cabeceou para o gol. Luan, que saiu do banco, descontou aos 44min, mas não houve tempo nem qualidade para buscar o empate.

Palmeiras inicia era Nobre com vitória sobre Oeste e fim de jejum

Gazeta Esportiva

t_77065_valdivia-entrou-no-segundo-tempo-contra-o-oeste-e-deu-o-passe-para-luan-mandar-para-as-redes

O Palmeiras reencontrou a vitória nesta quarta-feira, depois de mais de três meses sem triunfar em um jogo oficial. No primeiro duelo desde que Paulo Nobre assumiu a presidência alviverde, o time de Gilson Kleina derrotou o Oeste por 3 a 1, em noite de redenção de Luan e retorno de Valdivia, no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto.

O resultado positivo acaba com um jejum que o Verdão carregava desde o dia 20 de outubro de 2012, quando bateu o Cruzeiro pelo Brasileirão. O argentino Hernán Barcos fez o primeiro gol alviverde nesta quarta e Patrick Vieira assinalou o segundo. Já Serginho descontou para os mandantes.

O Verdão retorna aos gramados no domingo, quando enfrenta a Penapolense, no Pacaembu. Já o Oeste busca a reação contra o São Caetano, no sábado, no estádio dos Amaros.

Outros Resultados
Bragantino 2 x 2 Linense
Guarani 0 x 0 São Bernardo
Ituano 0 x 0 Atlético Sorocaba

naturagua

Na semi da Copinha, garotos do Palmeiras e Santos se reecontram

Globo Esportes

mont_pal_san_62

O Campeonato Paulista acabou de começar, e as torcidas dos grandes times ainda terão de aguardar pela emoção dos clássicos. Palmeirenses e santistas, porém, já terão um aperitivo nesta terça-feira, a partir das 21h (horário de Brasília). Os juniores dos dois clubes disputarão a semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, na Arena Barueri. E o duelo, que é carregado de história entre os times de cima, também vem acumulando rivalidade nas categorias de base.

No último Campeonato Paulista Sub-20, as equipes empataram duas vezes nas semifinais, e o Peixe avançou à decisão por ter melhor campanha. Já na semi da Copinha de 2010, o Alvinegro eliminou o Verdão nos pênaltis, após um empate por 3 a 3 no tempo normal. Na ocasião, o time praiano era comandado por Narciso, atual treinador da garotada alviverde.

– Tenho um carinho especial pelo Santos, e minha família continua morando na cidade. Mas sou um profissional do futebol e agora meu único pensamento é o de levar o Palmeiras à decisão e também ao título inédito da competição – declarou Narciso, que acumula sua terceira semifinal de Copinha em quatro anos – em 2011, ele foi campeão com o Corinthians.

banner1

Barcos perde pênalti e Palmeiras estreia em 2013 com 0 a 0 e vaias

Gazeta Esportiva

t_76816_centroavante-deslocou-o-goleiro-mas-acertou-a-trave-ao-cobrar-penalti-e-o-time-nao-soube-conter-seu-nervosismo

A estrutura do time rebaixado no Campeonato Brasileiro de 2012 segue sem fazer o Palmeiras ganhar. Sem vencer desde 20 de outubro, quando bateu o Cruzeiro, o Verdão estreou neste domingo no Paulistão empatando sem gols com o Bragantino no Pacaembu, quando até seu maior astro falhou.

A grande chance do Verdão surgiu aos 13 minutos do segundo tempo, quando Souza, o melhor em campo, sofreu pênalti. Chance para Barcos dar alegria à torcida, mas o argentino, autor de 28 gols no ano passado, acertou a trave.

Com a falha do camisa 9 e capitão, a equipe, sem ritmo e entrosamento e com pouca qualidade, ficou nervosa demais para ir além de um 0 a 0. Mesmo assim, Mazinho ainda acertou o poste em rara chance em meio à retranca adversária. Por isso, a equipe toda saiu de campo vaiada, assim como o presidente Arnaldo Tirone e o vice-presidente Roberto Frizzo, xingados com palavrão.

O time terá nova chance de encerrar seu jejum de vitórias na quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), diante do Oeste, em São José do Rio Preto. No mesmo dia, também pela segunda rodada do Estadual, às 17 horas, o Bragantino recebe o Linense.

naturagua

Fluminense sonha com Riquelme, mas Palmeiras não se assusta

Gazeta Esportiva

juan-roman-riquelme_59852

O futuro do meia Riquelme movimenta os bastidores do futebol brasileiro. O presidente do Fluminense, Peter Siemsen, confirmou nesta segunda-feira o desejo de contratar o argentino, aumentando a concorrência do Palmeiras, que negocia com o atleta há semanas.
“É um jogador referência em termos de mercado mundial e que tem respeito muito grande na América do Sul. Para a Libertadores, ele seria ótimo, mas não depende só da gente”, afirmou o mandatário tricolor, durante evento na capital paulista.

A manifestação de Siemsen não assustou o presidente palmeirense, Arnaldo Tirone, que esteve na mesma cerimônia e defendeu o poder de seu clube na busca por reforços, apesar de, até agora, só ter contratado o goleiro Fernando Prass e o lateral direito Ayrton para 2013.

“O Palmeiras pode brigar de igual para igual com qualquer time, só depende da filosofia de trabalho e do investimento feito”, afirmou o dirigente, que deixa o cargo na segunda-feira. “Temos uma semana pela frente, o Palmeiras é muito grande e não vai se apequenar”.

Do outro lado, Siemsen evita utilizar o rebaixamento do concorrente à Série B do Brasileiro para tentar convencer o argentino a optar pelas Laranjeiras nesta temporada.

“A camisa do Palmeiras supera qualquer discussão de divisão. Acho que não será por divisão que o jogador vai escolher, porque é um orgulho também para qualquer um jogar lá”, concluiu o mandatário tricolor, que, em 2011, contratou o argentino Martinuccio quando o atleta estava praticamente acertado com o Verdão.

petala-500px-100px

Palmeiras sonda Cleiton Xavier para 2013

Futnet

cleitonxavier

O Palmeiras segue buscando grandes nomes para as competições que terá pela frente em 2013, onde ao mesmo tempo que estará na Série B do Brasileirão, disputará a competição mais importante das Américas, a Libertadores.

Assim, além do interesse em Riquelme, outro meia está na pauta do Verdão, este, um velho conhecido da torcida alviverde: Cleiton Xavier.

As informações são de fontes ligadas ao FutNet, que destacam o sonho da diretoria em repatriar o atleta, não esquecendo no entanto, das dificuldades da negociação, já que o atleta é um dos principais jogadores do Metalist, da Ucrânia, seu atual clube.

Cleiton Xavier, 29 anos, tem passagem marcante pelo clube do Palestra Itália, durante as temporadas de 2009 e 2010.

Tirone sofre pressão interna para desistir de Riquelme

Agência Estado

riquelme

O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, tem sofrido nos últimos dias muita pressão de conselheiros e membros do Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) do clube para desistir da contratação do meia Riquelme. Os críticos da aquisição do meia argentino argumentam que, pela sua condição física e seu comportamento, não vale a pena investir tanto no jogador.

Pessoas ligadas ao presidente alegam que o Palmeiras ofereceu para Riquelme algo em torno de US$ 300 mil mensais (cerca de R$ 624 mil). Tirone não fala em valores, mas admite que foi feita uma proposta oficial ao jogador, tanto que o vice-presidente do clube, Roberto Frizzo, e o gerente de futebol César Sampaio foram para a Argentina conversar diretamente com o atleta.

Riquelme jogou pela última vez no dia 4 de julho, data em que o Boca Juniors perdeu o título da Libertadores para o Corinthians. Desde então, o jogador treina com um personal trainer e teve seu contrato com o Boca suspenso. O meia alegou que não tinha mais condições físicas de atuar pelo seu time de coração. Por isso, iria decidir se mudaria de equipe ou se aposentaria.

Palmeiras recusa três propostas pelo atacante Luan

Agência Estado

luan-ae470

Um dos jogadores mais contestados pela torcida do Palmeiras, o atacante Luan está cheio de moral com a diretoria e o técnico Gilson Kleina. Tanto que em menos de 15 dias, o clube recusou três propostas oficiais para negociar o jogador.

Internacional, Atlético-MG e Fluminense tentaram contratar o atacante por empréstimo, mas as propostas não interessaram o Palmeiras, que sequer quis abrir negociação para tentar aumentar o valor ou mesmo tentar envolver trocas de jogadores.

A mais recente foi do Internacional. Dunga assumiu o comando técnico da equipe, no último dia 12, e poucos dias depois já solicitou a contratação do atacante, mas a diretoria alviverde recusou fazer acordo. Pouco depois do término do Campeonato Brasileiro, Fluminense e Atlético-MG também tentaram levá-lo, mas não conseguiram ir muito longe na negociação.

petala-500px-100px

Novo técnico do Boca pode atrair Riquelme, que interessa ao Verdão

Gazeta Esportiva

t_74229_o-meia-riquelme-ja-pode-ter-recebido-proposta-do-palmeiras-mas-volta-de-bianchi-ao-boca-e-empecilho

O sonho do Palmeiras em ter o meia Riquelme na próxima temporada pode ter um empecilho. Isto porque o técnico do Boca Juniors, Carlos Bianchi, que foi anunciado nesta segunda-feira, tem ótima relação com o jogador e deve contatá-lo nas próximas semanas para analisar a vontade de voltar a defender o clube argentino. De acordo com a imprensa local, o atleta não deve ceder.

“O presidente (Daniel Angelici) foi muito claro: o Román é jogador do clube e está afastado, mas pode voltar. Se o Carlos falar com ele e achar conveniente a sua volta, as portas estão abertas”, afirmou o dirigente xeneize Marcelo London à Rádio Mitre. “Bianchi foi quem perguntou pelo Riquelme. Conhecendo o Carlos, é certo que ele vá chamá-lo”, acrescentou.

Afastado desde o final da Copa Libertadores da América deste ano, após diferenças com o técnico Júlio Falcione e o próprio mandatário do Boca, Riquelme, mesmo contando com a idolatria da apaixonada torcida boquense, que clama pela sua volta, já descartou, anteriormente, esta hipótese. No entanto, a aposta é a de que Bianchi seja um fator ‘amenizador’ da crise.

E o Ole destaca no início desta semana, além da volta de Bianchi à Bombonera, o interesse do Verdão na contratação de Riquelme. De acordo com as informações dos bastidores, o clube de Palestra Itália já fez uma proposta por e-mail, e deve enviar um representante à capital argentina para tratar diretamente com o meia. Santos e Cruzeiro também estariam mirando o futebol do craque.

Elogio de Diego Souza convence Prass a assinar com o Palmeiras

Gazeta Esportiva

t_73955_goleiro-ja-tinha-boas-impressoes-das-vezes-em-que-treinou-na-academia-de-futebol-com-o-vasco

Diego Souza, já acertado com o Cruzeiro, saiu do Palmeiras no primeiro semestre de 2010 por desentendimento com a torcida. Mas o meia guarda boas lembranças do clube. Tanto que seus elogios em conversas com Fernando Prass, quando ambos eram colegas no Vasco, influíram na opção do goleiro em defender o Verdão mesmo na Série B do Campeonato Brasileiro.

“Quando o Diego Souza estava no Vasco, falávamos de vários assuntos e ele falou muito bem do clube. Quando o Palmeiras me ligou, lembrei dessas indicações”, relatou Prass, que nem procurou outras atletas para definir a equipe que defenderá a partir de 2013. “Não conversei com ninguém do futebol, nenhum jogador. Mas tenho amigos que trabalharam no futebol e me deram só indicações positivas.”

Mais até do que as opiniões de Diego Souza e de seus amigos, o novo dono da camisa 25 do Palmeiras tinha uma boa impressão já do centro de treinamento da equipe. Por diversas vezes quando o Vasco treinou em São Paulo, Fernando Prass usou as dependências da Academia de Futebol e gostou do que viu. “Foi uma decisão minha. Jogo profissionalmente há 15 anos. Apesar de nunca ter jogado aqui, conheço muito bem o futebol e praticamente todos os clubes”, relatou.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia