WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: ‘Palmeiras’

Vasco revela interesse em três jogadores do Palmeiras

Agência Estado

Depois de perder o seu goleiro titular para o Palmeiras, o Vasco pode procurar reforços na lista de dispensa do clube paulista. A diretoria vascaína estaria interessada no lateral-direito Vitor, no goleiro Deola (foto) e no atacante Luan. Até agora, o time carioca acertou com o lateral-direito Elsinho e o atacante Thiaguinho e segue tentando a renovação de Juninho Pernambucano.

O atacante William Barbio, que não teve muito espaço na temporada, pode ser emprestado. Parte dos direitos econômicos sobre ele pertencem ao Nova Iguaçu e o time pretende emprestar o atleta, de 21 anos.

Segundo o presidente do clube da Baixada Fluminense, Jânio Quadros, há duas ou três propostas por William Barbio. Ele aguarda uma decisão da comissão técnica para definir o destino do atacante em 2013.

“Ele precisa respirar novos ares para reencontrar o bom futebol. O Vasco está ciente, mas estamos aguardando a definição deles. A prioridade é toda do Vasco”, disse o presidente do Nova Iguaçu.

Palmeiras rejeita dois atletas oferecidos: Alemão e Alex Silva

r7

A diretoria do Palmeiras anunciou, através de uma nota oficial, que não aceitou dois nomes oferecidos ao clube para a temporada 2013. O zagueiro Alex Silva, que brilhou no São Paulo na década passada, e o atacante Alemão, do Guaratinguetá, foram rejeitados.

O nome mais conhecido é, sem dúvida, o de Alex Silva. Neste momento, o jogador amarga uma fase com uma série de contusões no joelho. Ele pertence ao Flamengo, mas seu último clube foi o Cruzeiro, sem destaque.

Até o momento, o Palmeiras contratou apenas o lateral Ayrton, ex-Coritiba, para a disputa da temporada 2013. Em compensação, o clube – rebaixado novamente à Série B do Brasileiro – dispensou nove atletas e deixou outros 11 nomes em disponibilidade.

Palmeiras descarta contratação do atacante Edno

Agência Estado

O Palmeiras descartou oficialmente nesta quinta-feira a possibilidade de contratar o atacante Edno, que está jogando no Tigres, do México. O jogador foi oferecido por empresários e atraiu o interesse do técnico Gilson Kleina, mas a diretoria do clube negou que vá contratá-lo como reforço para a próxima temporada.

Na última terça-feira, Gilson Kleina parecia animado com a possibilidade de ter o reforço do atacante. “O Edno foi indicado, sim. Uma pessoa ligada ao Edno contou que ele vive grande fase e é querido no clube (Tigres), mas ouviria uma proposta. Segunda ela, o Edno disse que não ignoraria uma proposta porque o Palmeiras é ‘enorme'”, disse o técnico.

Nesta quinta-feira, porém, a diretoria palmeirense divulgou um comunicado sobre o assunto no Twitter. “O Palmeiras informa que o jogador Edno foi oferecido, mas o clube não tem interesse na contratação do atleta”, diz o texto do clube.

Por enquanto, o Palmeiras acertou apenas a contratação do lateral-direito Ayrton, que estava no Coritiba. Em compensação, 20 jogadores que fizeram parte do elenco palmeirense nesta temporada já foram liberados pelo clube, num grande processo de reformulação após o rebaixamento no Brasileirão.

Verdão dispensa mais quatro: Artur, Román, Correa e Thiago Heleno

Gazeta Esportiva

Depois de anunciar a dispensa de cinco jogadores na última quinta-feira, o Palmeiras divulgou nesta segunda os nomes de quatro jogadores que não terão seus contatos renovados para 2013. Após o fim dos contratos em 31 de dezembro, Artur, Román e Correa deixarão o clube. Thiago Heleno também não segue no Palestra Itália por não ter chegado a um acordo.

Assim como na última semana, a decisão foi tomada em conjunto entre diretoria e comissão técnica, que descartam os jogadores para a próxima temporada. Os nomes dos atletas se somam aos de Leandro, João Vitor, Daniel Carvalho, Betinho e Obina, que já foram comunicados não fazerem mais parte do elenco.

Outros 11 jogadores foram colocados à disposição para negociações. São eles: os laterais Fabinho Capixaba e Gerley, o zagueiro Leandro Amaro e o volante Tinga, além de Luís Felipe, Wellington, Patrik, Daniel Lovinho, Tadeu, Pregorari e Carlos. A lista negra alviverde já soma 20 atletas, de 39 atletas que fizeram parte do elenco profissional em 2012.

Sem pretensões, Santos e Palmeiras buscam motivação na despedida

r7

Um clássico entre Santos e Palmeiras geralmente é cercado pelo ambiente de decisão e rivalidade. Porém, neste sábado, nenhum dos oponentes tem qualquer pretensão no encerramento do Campeonato Brasileiro. Às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, Peixe e Verdão buscam ao menos uma despedida honrosa neste fim de competição.

O já rebaixado time de Gilson Kleina quer pelo menos interromper uma série de cinco jogos sem vitórias na temporada. Ao contrário da rodada passada, quando colocou o time repleto de garotos, o treinador aposta agora em uma base reforçada por atletas mais experientes, como o atacante Hernán Barcos, que cumpriu suspensão automática, assim como o volante Márcio Araújo e o zagueiro Román.

O zagueiro Maurício Ramos está quase recuperado de lesão muscular e vai jogar no sacrifício, permitindo que Artur volte a atuar como lateral direito. Independentemente da situação do Verdão no campeonato, Kleina acredita na disposição de seu time neste sábado.

“O jogador já tem de estar motivado só por vestir a camisa do Palmeiras. Sabemos o que representa este último jogo, que é contra o Santos, dando uma responsabilidade muito forte pela nossa profissão”, ponderou.

Palmeiras dispensa Daniel Carvalho e mais quatro e quer liberar 11

Gazeta Esportiva

Mesmo com o título da Copa do Brasil assegurado após quatro anos sem conquistas, o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro marcou a temporada do Palmeiras, a uma partida de encerrar 2012 em baixa. Antes de entrar em campo contra o Santos, a diretoria do clube divulgou uma lista de dispensas nesta quinta-feira, compreendendo cinco nomes que não terão a chance de jogar a Libertadores e a Série B em 2013.

Leandro, João Vitor, Daniel Carvalho, Betinho e Obina foram as primeiras vítimas do planejamento palmeirense visando à próxima temporada. No início da semana, o gerente de futebol César Sampaio, mesmo com o risco de fazer com que o técnico Gilson Kleina perdesse algumas peças para a última rodada do Brasileirão, anunciou que a divulgação da lista de jogadores liberados seria feita até o final da tarde desta quinta-feira, como cumpriu a assessoria do clube.

Como o horário das dispensas foi informado no início da tarde, o site do Palmeiras chegou a ficar fora do ar na expectativa da divulgação da lista. Além dos cinco dispensados, ficam à disposição para negociação os laterais Fabinho Capixaba e Gerley, o zagueiro Leandro Amaro e o volante Tinga, além de Luís Felipe, Wellington, Patrik, Daniel Lovinho, Tadeu, Pregorari e Carlos.

Dez anos depois, Palmeiras repete vexame e é rebaixado no Brasileiro

Terra

Dez anos e um dia depois do episódio mais triste da quase centenária história, o Palmeiras é mais uma vez rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. O empate amargo por 1 a 1 cedido ao Flamengo aos 44min do segundo tempo em Volta Redonda, aliado à vitória do Bahia contra a Ponte Preta e ao empate da Portuguesa diante do Grêmio, faz com que seja impossível o time se safar nas duas rodadas finais. Às 21h20, os palmeirenses tiveram a certeza do pior.

A desgraça palmeirense, no entanto, é anunciada há muito tempo, talvez mascarada por um Brasileiro que começou em marcha lenta: ainda no fim do primeiro semestre, o foco era a Copa do Brasil. O título veio, e com ele a tão sonhada volta à Copa Libertadores da América. O deslumbramento causado foi apontado por diversas pessoas ligadas ao clube como causa do problema de rendimento.

O time que quebrou o jejum de títulos nacionais batendo o Coritiba neste domingo completou a 28ª rodada entre 36 disputadas ocupando a zona de rebaixamento. Deu indícios de que ia reagir quando venceu o Náutico por 3 a 0, na 11ª rodada, ou quando fez 3 a 1 no ainda ameaçado Sport, já em setembro, na 22ª jornada no Brasileiro. Dias depois, o técnico ídolo Luiz Felipe Scolari foi demitido.

Há dez anos, o Palmeiras foi rebaixado à Série B com o zagueiro Alexandre como vilão e a gestão de Mustafá Contursi extremamente criticada. Em 2012, poucos meses depois de um de seus maiores títulos, não se sabe quem culpar: o presidente Arnaldo Tirone diz que é responsável, mas exalta que não deixou de trabalhar. O time tem até um destaque: Barcos, que prometeu 27 gols no ano e contribuiu ativamente, inclusive nos momentos mais difíceis.

Há três anos, Palmeiras e Fluminense se enfrentavam em situações opostas

Lancenet

Palmeiras e Fluminense são exemplos perfeitos de que muita coisa pode mudar em um espaço de três anos. No dia 8 de novembro de 2009, as equipes se enfrentaram no Maracanã com o Tricolor brigando para não cair e os paulistas mirando o título brasileiro. Exatos três anos depois, os dois duelam no domingo em situações completamente opostas.

O Tricolor tem a chance de ser campeão brasileiro com três rodadas de antecedência, mas precisa de uma combinação de resultados. Já o Palmeiras corre o risco de decretar o rebaixamento para a Série B, situação que assombrava o Flu naquele fatídico ano de 2009.

Naquela oportunidade, os donos da casa levaram mais de 60 mil pessoas ao Maracanã e saíram vitoriosos: 1 a 0, gol de Fred. A partida ainda contou com uma polêmica: Obina, que faz parte do elenco do Palmeiras em 2012, balançou as redes para os paulistas, mas o gol acabou sendo mal anulado pela arbitragem.

Quando Fluminense e Palmeiras se enfrentaram em 2009, a equipe carioca tinha mais de 90% de chances de ser rebaixada. Com os papéis invertidos, é a vez do Verdão viver esta situação. A equipe tem 97% de chances de cair e precisa de um milagre para evitar um novo rebaixamento à Série B.

Barcos volta a salvar o Palmeiras e marca dois em empate com o Bota

r7

O atacante Barcos, mais uma vez, salvou o Palmeiras nesta tentativa de livrar a equipe paulista do rebaixamento à segunda divisão nacional. Nesta tarde, na Fonte Luminosa, o atacante marcou duas vezes contra o Botafogo, chegou à meta de 27 gols pelo Verdão e decretou o empate com o Botafogo, por 2 a 2. Lodeiro e Elkeson fizeram para o time carioca.

O resultado faz com que o Verdão respire por aparelhos na luta contra a degola. Mesmo que tenha buscado a igualdade no final, a vitória do Sport sobre o Vasco, em São Januário, deixou o atual campeão da Copa do Brasil ainda mais longe de sair do grupo dos quatro piores. Até o final do torneio, o time enfrenta Fluminense, Flamengo, Atlético-GO e Santos.

Após 34 rodadas, o Palmeiras soma apenas 33 pontos e está a sete do Bahia, primeiro time fora da zona de rebaixamento, que venceu a Portuguesa, por 1 a 0, equipe com o mesmo número de pontos do tricolor baiano. O Botafogo, por sua vez, tem 51 pontos, na quinta colocação. Há, porém, ainda oito pontos de defasagem para o São Paulo, último clube dentro do G-4.

Com semana cheia para trabalhar, o Palmeiras volta a campo apenas no domingo, dia 11 de novembro, para enfrentar o líder Fluminense, em Presidente Prudente (SP), na última partida que a equipe fará como mandante longe da capital paulista. O Botafogo, por sua vez, recebe um dia antes a Portuguesa.

Resultado do jogo entre Internacional e Palmeiras é suspenso até julgamento

Bahia Notícias

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva comunicou na noite desta terça-feira (30) que, resultado da partida entre Internacional e Palmeiras está suspenso até o julgamento. Com isso, o jogo passa a não valer para a classificação do Campeonato Brasileiro.

De acordo com o diretor jurídico do Palmeiras, Piraci de Oliveira, o Internacional e os envolvidos na polêmica têm dois para se manifestar e a decisão final só deve acontecer no dia 08 de novembro.

– O Palmeiras recebeu o despacho do STJD. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) não vai homologar a partida, os pontos não vão ser contabilizados até o dia do julgamento. O certo é que os pontos não sejam contabilizados na tabela. O Inter tem dois dias para se manifestar, assim como os membros de arbitragem que estiveram no Beira-Rio. Essa notícia é ótima e mostra o bom senso das pessoas que comandam o futebol. Agora eles vão analisar se houve de fato a interferência e, se comprovada, a partida vai ser cancelada – declarou.

Barcos brilha, Palmeiras vence o Cruzeiro e resiste à ameaça de queda

Globo Esportes

Aos 42 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Tiago Real, o atacante Hernán Barcos, do Palmeiras, deixou o gramado da Arena da Fonte Luminosa ovacionado. Não era para menos. Graças a seus dois gols, o Verdão venceu o Cruzeiro, por 2 a 0, neste sábado, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, e respira na luta para escapar do rebaixamento. Os dois gols saíram na trave onde, antes da partida, um funcionário do Palmeiras derramou punhados de sal grosso. Na luta contra a queda, vale tudo.

Com 32 pontos, o time do Palestra Itália segue no Z-4, em 17º lugar, mas diminuiu a diferença para o Bahia, primeira equipe acima da linha vermelha, que empatou com o Corinthians, por 1 a 1, no Pacaembu, e continua com 36.

O Cruzeiro, por sua vez, não tem muito mais o que fazer na competição. Com 43 pontos, a Raposa está em nono lugar. Por enquanto. O time ainda pode ser ultrapassado por Santos e Coritiba neste domingo. A equipe de Celso Roth já pensa na próxima temporada.

O Verdão volta a campo no próximo domingo, para enfrentar o Internacional, em Porto Alegre. A Raposa buscará a reabilitação diante da Ponte Preta, em Campinas, na próxima quinta-feira.

Bahia perde para o Palmeiras e fica a 6 pontos do Z-4

A Tarde

Uma noite para ser esquecida pela torcida tricolor na noite desta quarta-feira, 17. Apresentando um futebol melancólico, sem empolgação em campo, o Bahia perdeu em casa para o Palmeiras por 1 a 0, em partida válida pela 31ª rodada da Série A.

Com o resultado, o Bahia permanece na 16ª posição com 36 pontos e vê sua distância para o rebaixamento cair para seis pontos, ao perder para um concorrente direto na disputa para fugir da degola. Já o Palmeiras respira na competição, chegando aos 29 pontos, e sobe para o 17º lugar.

Agora, tanto Bahia quanto Palmeiras torcem contra o Sport (19º lugar, 27 pontos), que joga nesta quinta-feira, 18, às 21h, contra o Ponte Preta, na Ilha do Retiro. Caso o time pernambucano vença seu confronto, o tricolor baiano vai terminar a rodada apenas cinco pontos acima da zona de rebaixamento. Quem também se aproximou na disputa para permanecer na Série A foi o Figueirense, ao vencer o Internacional fora de casa por 3 a 1, chegando ao 18º lugar com 28 pontos.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia