WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: ‘Palmeiras’

Palmeiras sofre pressão, mas sela volta com virada sobre o Criciúma

r7

t_112012_o-goleiro-fernando-prass-teve-trabalho-para-segurar-o-ataque-do-criciuma-e-possibilitar-a-virada-do-palmeiras

O retorno do Palmeiras à elite do futebol brasileiro foi sofrida, mas o torcedor alviverde pôde fazer festa no fechamento da primeira rodada da edição de 2014 da competição nacional. No Estádio Heriberto Hulse, o Verdão saiu atrás do marcador, sofreu muita pressão do Criciúma, mas foi buscar a virada nos minutos finais do segundo tempo, selando a volta com o triunfo por 2 a 1.

Depois de vero Criciúma abrir o placar no primeiro tempo, na bola para do experiente Paulo Baier, o Palmeiras foi se recuperar apenas no final do segundo tempo, depois de sofrer muita pressão. Leandro recebeu o passe de Valdivia, bateu de fora da área, e contou com desvio na zaga para empatar. Alan Kardec recebeu o cruzamento de Wesley e testou para o fundo das redes.

Na próxima rodada, para tentar manter o embalo, o Palmeiras faz o seu primeiro jogo diante de sua torcida. No sábado, o Verdão recebe o Fluminense, às 21 horas (de Brasília), no estádio do Pacaembu. O Criciúma, por sua vez, tenta se recuperar no domingo, contra o Goiás, às 18h30, no Serra Dourada.

468x60_simonassi127

Com dois de Bruno César, Palmeiras vence Vilhena e evita vexame

Terra

brunocesarparteeduardovianaal

O Palmeiras sofreu mais que o esperado, levou bola na trave e irritou os poucos torcedores que compareceram ao Pacaembu na noite desta quarta-feira, mas conseguiu evitar mais um vexame. Com dois gols de Bruno César, incentivado por boa atuação de Marquinhos Gabriel, o time alviverde venceu o Vilhena-RO por 2 a 0 e confirmou classificação à segunda fase da Copa do Brasil.

A equipe, que vem de uma eliminação para o Ituano na semifinal do Campeonato Paulista, jogou com vantagem do empate por ter vencido por 1 a 0 no jogo de ida. Agora, terá pela frente o vencedor do confronto entre Interporto e Sampaio Correa, que na primeira partida empataram por 2 a 2 e agora voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira.

Ituano elimina o Palmeiras no Pacaembu e vai à final do Paulistão

r7

t_109874_o-palmeiras-sofreu-com-os-problemas-clinicos-de-seus-principais-atletas-e-foi-eliminado-pelo-ituano

O Palmeiras passou os primeiros meses de seu centenário exaltando o elenco de qualidade que montou para 2014. Neste domingo, a teoria se comprovou errada. Por lesão, Valdivia começou o jogo no banco e Alan Kardec e Fernando Prass tiveram que ser sacados. Os substitutos não foram suficientes. O clube acumula mais uma frustração: perdeu por 1 a 0 para o Ituano no Pacaembu lotado.

O roteiro que colocou o time do interior no caminho do Santos na decisão do Campeonato Paulista começou com a informação de que Valdivia foi vetado no vestiário. Alan Kardec saiu durante o primeiro tempo e Fernando Prass, no intervalo. No desespero, o Verdão foi à frente e não havia ninguém para evitar que Marcelinho fizesse o gol da partida, aos 38 minutos do segundo tempo.

Ao Palmeiras, resta a Copa do Brasil, pela qual o time recebe o Vilhena na quarta-feira, no Pacaembu, podendo empatar para chegar à segunda fase. Já o Ituano faz o papel que o Verdão queria, enfrentando o Santos nas duas finais do Estadual.

Palmeiras cumpre sua missão, elimina Bragantino e está na semifinal

Gazeta Esportiva

t_109662_alan-kardec-aproveita-falha-de-alexandre-para-encher-o-pe-abrindo-o-placar-da-vitoria-palmeirense-no-pacaembu

O Palmeiras ainda pode sonhar com o título paulista. Sem sustos, a equipe impôs seu jogo durante a maior parte da partida única das quartas de final e sai do Pacaembu nesta quinta-feira classificado com a vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, garantido na semifinal da competição.

O Verdão tem no Estadual o seu primeiro objetivo de taça no centenário, e mostrou isso em campo. Acuou o retrancado e violento Bragantino e abriu o placar com Alan Kardec, aos 21 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, Valdivia acordou e o time chegou a jogar sob o som de “olé” de quase 25 mil pagantes, selando o placar com Wesley, aos 17 minutos.

No domingo, o Palmeiras busca a vaga na decisão em confronto único diante do Ituano, novamente no Pacaembu. O Bragantino, por sua vez, passa a pensar na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Verdão vence, mas poças e faltas do Vilhena garantem jogo de volta

Gazeta Esportiva

t_108572_leandro-saiu-do-banco-para-garantir-a-vitoria-no-fim-do-jogo-credito-da-foto-cesar-greco-ag-palmeiras-divulgacao

Horas antes da estreia da Copa do Brasil, a diretoria do Vilhena reclamou por não conseguir respostas do Palmeiras ao convite de um jantar. E o campeão rondoniense realmente não foi hospitaleiro, com um campo cheio de poças e um time abusando da violência para garantir o jogo de volta. Conseguiu. O Verdão fez gol no fim com Leandro, mas só ganhou de 1 a 0.

Com dificuldades para tocar a bola, os comandados de Gilson Kleina pararam em faltas até desleais dos anfitriões no Portal da Aamazônia no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Juninho acertou a trave e deu gols para Vinicius e Eguren, que perderam. Só aos 42 minutos, com jogada de três atletas que saíram do banco, Mendieta lançou para Bruno César superar seu marcador e dar a assistência para Leandro.

Como não venceu por, ao menos, dois gols de diferença, o Palmeiras reencontrará o Vilhena em 10 de abril, no Pacaembu, jogo que ocorrerá entre os dois jogos da final do Paulista, que o Verdão espera de participar. O time agora retoma a luta para superar o Santos e ficar com a melhor campanha da primeira fase do Estadual: no sábado, ás 16 horas (de Brasília), recebe a Ponte Preta.

Kardec e Valdivia marcam e Palmeiras volta a vencer

r7

8n8tt9igds_23yob7fva9_file

Com o retorno de vários titulares, o Palmeiras se recuperou da primeira derrota do ano e venceu o São Bernardo por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (27), no Pacaembu.

Com o triunfo, o Verdão chegou aos 26 pontos e abriu nove para o segundo colocado Bragantino no Grupo D.

De volta à equipe, o artilheiro Alan Kardec manteve a ótima fase e abriu o placar aos 24 minutos. Wendel avançou pela direita e cruzou para o camisa 14, que se antecipou à zaga e completou de direita.

Já na segunda parte, o craque Valdivia mostrou estar recuperado do soco no rosto sofrido no treino e deu números finais à partida com um chute cruzado de direita.

Ambas as equipes só voltam a campo depois do Carnaval. O Verdão encara a Portuguesa na próxima quinta-feira (6), novamente no Pacaembu. Já o time do ABC receberá o Rio Claro, um dia antes.

Palmeiras sofre gol de carrasco, mas arranca empate do Corinthians

Gazeta Esportiva

t_106755_romarinho-so-nao-marcou-mais-de-um-gol-porque-parou-na-bela-saida-do-goleiro-fernando-prass

O Corinthians quase reencontrou a paz. Neste domingo, dois dias após se unir ao Palmeiras para combater a violência no clássico do Pacaembu, o time dirigido por Mano Menezes chegou a abrir o caminho para a vitória sobre o rival com um gol do atacante Romarinho, com status de carrasco palmeirense. Mas os visitantes reagiram e chegaram ao empate por 1 a 1 através do centroavante Alan Kardec, no final.

Na tentativa de ser o primeiro time a vencer o Palmeiras em 2014, temporada do centenário do clube adversário, o Corinthians contou com uma grande atuação do estreante Jadson. O meia vindo do São Paulo teve uma postura completamente diferente daquela apática do atacante Alexandre Pato e comandou as investidas do seu time. Bruno Henrique também estreou no meio-campo, e o goleiro Cássio voltou de contusão.

Apesar de festejar as novas alternativas que ganhou para ajustar o Corinthians – e lamentar a queda de rendimento na hora decisiva do clássico –, Mano Menezes ainda não desfruta de tranquilidade na tabela de classificação do Campeonato Paulista. A sua equipe figura na última colocação do grupo B, com 8 pontos ganhos, e não vence há seis rodadas (quatro derrotas e dois empates).

Já o Palmeiras, vibrando com a reviravolta diante do grande rival, não viu abalada a sua situação confortável na chave D. O time liderado por Gilson Kleina ostenta a liderança isolada, com 20 pontos. Na noite de quarta-feira, quando o Corinthians visitará o Oeste, retornará ao Pacaembu para jogar contra o Ituano.

Outros jogos
Botafogo 3 x 1 Mogi Mirim
XV de Piracicaba 3 x 2 Oeste
Osasco Audax 0 x 0 Rio Claro
Comercial 0 x 0 São Bernardo
Atlético Sorocaba 1 x 0 Ponte Preta
São Paulo 0 x 0 Portuguesa
Penapolense 4 x 1 Santos
Linense 1 x 0 Paulista
Ituano 2 x 0 Bragantino

Palmeiras bate Comercial em Ribeirão Preto e mantém 100% no Paulistão

r7

227h4fylzs_48bc5mbb2s_file

O Palmeiras nem precisou se esforçar muito para chegar à sua segunda vitória no Paulistão. Nesta quinta-feira (23), o time alviverde construiu a vantagem ainda na primeira etapa e venceu o Comercial por 2 a 0, no estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto.

Com gols de Juninho e Wesley, a equipe chegou a seis pontos e se manteve na liderança do grupo B, ao lado do Bragantino.

A partida marcou a estreia do zagueiro Lúcio, que com apenas um minuto de jogo aplicou um belo drible no atacante adversário e levantou a torcida palmeirense em Ribeirão Preto.

Na próxima rodada, o Verdão vai visitar o Atlético de Sorocaba, no domingo (26). O Comercial, por sua vez, pega o Bragantino, no mesmo dia.

Palmeiras vira contra Linense e começa centenário em paz com torcida

Gazeta Esportiva

t_104401_alan-kardec-foi-o-autor-do-gol-da-vitoria-do-palmeiras-na-rodada-de-abertura-do-paulistao

O Palmeiras levou um susto, mas venceu o primeiro jogo oficial que disputou no ano em que festeja seu centenário. Na tarde deste sábado, o time do técnico Gilson Kleina derrotou o Linense de virada, por 2 a 1, no estádio do Pacaembu, na rodada de abertura do Campeonato Paulista.

O placar positivo garantiu a festa da torcida, que chegou a ameaçar uma vaia no momento em que o Verdão estava com resultado adverso. Depois de muitos protestos no ano passado, a equipe assegura pelo menos um início de 2014 em paz com as arquibancadas.

O Linense abriu o placar em falha de Fernando Prass, que foi aproveitada pelo atacante Anselmo, revelado nas categorias de base do próprio Verdão. No entanto, no segundo tempo, o time de Gilson Kleina virou. Destaque da partida, Mazinho fez o gol de empate e mostrou que pode ter espaço nesta volta de empréstimo do futebol japonês.

Já o atacante Alan Kardec marcou o segundo. Apesar de ter contratado sete reforços para 2014, o Palmeiras teve as estreias de apenas dois: Diogo foi titular, enquanto França entrou no segundo tempo. Já Rodolfo ficou no banco o tempo todo. Os demais contratados sequer foram relacionados, por questões físicas.

Nesta primeira rodada, jogadores importantes também ficaram fora, como Valdivia, Mendieta e Leandro, que ainda estão em processo de preparação para a temporada. Apesar de o aniversário de 100 anos ser apenas em agosto, o clube vive grande expectativa da torcida desde este início de temporada.

Na próxima rodada do Estadual, o Palmeiras enfrentará o Comercial, na noite de quinta-feira, no Palma Travassos. Já o Linense buscará sua reação diante do Rio Claro, na terça, no Gilberto Siqueira Lopes

Palmeiras vence o Veloso e fica com o título no Pela Jegue

Por Luciano Pina

IMG_8293

Foi conhecido na manhã deste domingo (29), o campeão do Campeonato de Futebol Society, do Pela Jegue organizado pelos desportistas Nelson e Tifá.

O time do Palmeiras ficou com o título após golear a equipe do Veloso, pelo placar de quatro a um. Wesley duas vezes, Kim e Zé Linguiça marcaram os gols do Palmeiras. Mateuzinho descontou para o Veloso.

Wesley do Palmeiras foi escolhido como a revelação da competição. Já o artilheiro foi Igor do Veloso. Enquanto Rafinha do Palmeiras foi escolhido o melhor goleiro.

Um bom número de torcedores compareceu para prestigiar este evento.

Em dia de Bom Senso e casamento no gramado, Palmeiras bate o Boa e é bicampeão da Série B

r7

CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 ? SÉRIE B: PALMEIRAS X BOA ESPORTE

A torcida pode até não ter comemorado, mas a conquista do bicampeonato da Série B pelo Palmeiras, confirmada com a vitória por 3 a 0 sobre o Boa Esporte neste sábado (16), no Pacaembu, foi marcada por protestos e pela festa de um casal em especial.

Sidnei e Patrícia, que comemoraram sete anos de casados, resolveram adotar o gramado do Pacaembu como palco dos festejos, com direito a vestido de noiva e chutes na bola antes de a redonda rolar para a partida.

O primeiro minuto de jogo também foi diferente. Assim como ocorreu na última rodada da Série A, os jogadores de Palmeiras e Boa Esporte tocaram a bola de lado a lado, como forma de protestar contra a CBF.

uma série de dificuldades diante do time mineiro e levou ao menos dois sustos, ambos proporcionados pelo atacante Karanga (em um deles foram precisos recursos eletrônicos para definir se a bola entrou ou não), mas saiu de campo vencedor.

O gol que abriu caminho para a vitória foi marcado ainda no primeiro tempo, pelo meia Felipe Menezes, mas a festa maior ficou para a etapa final.

No segundo tempo o artilheiro Leandro ampliou logo no início, o contestado Juninho fez o terceiro, e acabou sendo o suficiente para assegurar a segunda conquista da equipe na Série B, fato até então inédito no Campeonato Brasileiro.

468x60_simonassi12

Sob vaias, Palmeiras empata com São Caetano, mas volta à Série A

Gazeta Esportiva

t_99035_vestido-de-amarelo-azul-e-branco-em-homenagem-a-selecao-brasileira-o-palmeiras-voltou-a-serie-a-com-um-empate

O Palmeiras não conseguiu derrotar o São Caetano, mas o empate por 0 a 0, na tarde deste sábado, foi suficiente para garantir seu retorno matematicamente à elite do futebol nacional. Em jogo nervoso, com arbitragem polêmica, o Verdão atuou com um uniforme semelhante ao da Seleção Brasileira e teve um desempenho que não agradou a uma parte da torcida, que vaiou no fim da partida, enquanto o time deixou o gramado sem comemorar, no estádio do Pacaembu.

Apesar do clima de festa de antes do confronto, com as presenças de ex-jogadores no gramado, a torcida se mostrou impaciente por não ter comemorado um gol durante os 90 minutos. O principal protesto partiu da organizada, mas pessoas presentes nas numeradas também criticaram Gilson Kleina. Já quando a uniformizada passou a xingar o time todo, o restante das arquibancadas defendeu o grupo.

Com o resultado, o time de Gilson Kleina chegou aos 69 pontos e já garantiu uma das quatro vagas, mesmo restando ainda seis rodadas para o término da Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo ainda teve polêmicas no primeiro tempo, com reclamação dos palmeirenses por dois pênaltis que teriam acontecido. Wilson Luiz Seneme chegou a marcar um deles, mas desistiu depois de conversar com o assistente.

Nesta partida em que voltou ao Pacaembu depois de seis rodadas longe da capital paulista, o Palmeiras estreou a camisa verde e amarela, com calção azul e meião branco. O uniforme foi lançado em comemoração ao centenário, que será completado em 2014.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia