WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘PÚBLICO’

Jogo do Vitória da Conquista teve maior público da 1ª rodada do Baiano

Por Luciano Pina

DSCN4258

A partida Vitória da Conquista e Botafogo que aconteceu na tarde deste domingo (20), no estádio Lomanto Junior registrou o maior público da 1ª rodada do Campeonato Baiano.

Confira público e renda dos jogos:
Vitória da Conquista 1 x 1 Botafogo – Estádio Lomanto Junior

Público: 1724 – Renda: R$ 16.845,00
Atlético 1 x 2 Serrano – Estádio Antônio Carneiro
Público: 1.288 – Renda: R$12.730,00
Jacuipense 0 x 1 Fluminense – Estádio Mariano Santana (Serrinha)
Publico: 1.060 – Renda: R$10.600,00
Bahia de Feira 1 x 1 Juazeirense – Estádio Alberto Oliveira
Público: 664 – Renda: R$3.495,00

A Chevrolet sorteará um Carro Zero Km no final da primeira fase e mais um no final do campeonato. Para isso é importante que o torcedor, ao apresentar o seu ingresso na portaria do estádio, destaque e guarde a sua parte, pois o sorteio será feito através dos ingressos.

Corinthians tem melhor média de público de todas divisões em 2012

Globo Esportes

Qualquer torcedor de futebol se empolga com o time à beira de um título, uma arrancada na competição, ou mesmo na briga contra o rebaixamento. Na grande maioria das vezes, há um fator que os motiva a ir ao estádio e torcer para seu time. Mas o campeão de público de 2012 rema contra a maré. Depois de vencer a Libertadores, o Corinthians começou a competição com os reservas e lançou os titulares aos poucos, tratando como um laboratório para o Mundial de Clubes. Sem jamais lutar pelo título nacional da temporada, o Timão sempre teve o “bando de loucos” a seu lado. E, desta forma, fecha o ano com média de 25.222 torcedores por jogo, a maior entre todas as séries do Brasileirão, à frente de Santa Cruz, São Paulo, Grêmio e Sampaio Corrêa.

A adoção do molde europeu de associação de torcedores e compra antecipada de bilhetes têm garantido o sucesso nas arquibancadas em jogos do Corinthians. O sócio-torcedor paga uma anuidade (em planos a partir de R$100) que garante a preferência na aquisição de ingressos com desconto em setores específicos. O sucesso fica estampado no público que se vê no estádio. Na primeira rodada do campeonato, 14.791 pessoas pagaram ingresso para assistir a Corinthians x Fluminense, o jogo mais vazio do clube na competição.

Apaixonado como poucos, o torcedor do Santa Cruz fez bonito em 2012 nas arquibancadas. Com o time na Série C, uma média de 24.347 pessoas foram ao Arruda nas nove partidas que o Tricolor disputou na competição. A precoce eliminação ainda na primeira fase evitou que os adeptos pudessem atingir marca ainda mais expressiva. Campeão invicto da Série D, o Sampaio Corrêa também deu show. Foram oito jogos como mandante na competição e uma média de 19.527. O número poderia ser ainda maior, já que o Castelão só foi reinaugurado nas oitavas de final, com 40.000 pagantes para assistir a vitória por 4 a 1 sobre o Vilhena.

Na Série B, a massa rubro-negra empurrou a equipe até o fim e o Vitória conseguiu o acesso à elite do futebol brasileiro com uma média de 16.192 torcedores no Barradão, a nona maior entre todos os times do Brasil. O campeão Goiás, na arrancada final, também lotou o Serra Dourada, alcançando média de 14.185 ao longo da competição.

Por outro lado, o Cerâmica, na Série D, teve a pior média entre os 100 clubes que disputaram as quatro divisões do país. Com melhor público de 52 pagantes e menor de 24 torcedores, o time do Rio Grande do Sul fechou o ano com média de 39 pessoas por jogo, nas quatro partidas que disputou na competição. Foram duas vitórias, um empate e uma derrota em casa.

No Brasileirão, Bahia tem sexta melhor média de público

Bahia Notícias

Em campo, o Bahia, apesar do revés para o Internacional, na última rodada, é o líder do segundo turno em pontos e número de gols marcados. Porém, fora das quatro linhas, terá a oportunidade, na próxima rodada, de fazer parte dos quatro primeiros colocados no ranking de público do Brasileirão.

Hoje, sexta colocada, a torcida do Bahia apresenta uma média de 16.089 torcedores por partida em Pituaçu. Foram treze partidas no Estádio Roberto Santos, que recebeu o maior público no dia 15 de julho, 29.206 espectadores, no jogo diante do Flamengo.

Na próxima partida, contra o Botafogo, o tricolor pode pular duas casas. O São Paulo (4º) e o Sport (5º) atuarão fora de casa e com isso facilitará a ultrapassagem da torcida do Bahia, que está há 545 torcedores do time pernambucano e 581 da equipe paulista.

Ao todo, em 13 rodadas, Pituaçu recebeu 209.156 torcedores.

Público da rodada de clássicos do Baiano mais uma vez decepciona

Por Luciano Pina

A 15ª rodada do Campeonato Baiano foi marcada pelos clássicos regionais. Porém, a média de público mais uma vez decepniona. O jogo que teve maior público no clássico BaVi, no estádio Barradão que registrou 23.093 pagantes. Já a partida entre Atlético e Camaçari, no estádio Mariano Santana apenas 124 torcedores pagaram ingressos.

Confira o público da rodada:
Vitória 3 x 2 Bahia – Estádio Barradão
Público 23.093 – Renda R$533.095,00 – Despesas R$231.237,94
Serrano 0 x 0 Vitória da Conquista – Estádio Lomanto Junior
Público 1.157 – Renda R$16.287,50 – Despesas R$8.479,31
Fluminense 2 x 2 Bahia de Feira – Estádio Alberto Oliveira
Público 957 – Renda R$9.740,00 – Despesas R$8.669,15
Juazeiro 0 x 1 Juazeirense – Estádio Adauto Moraes
Público 896 – Renda R$8.610,00 – Despesas R$6.653,70
Itabuna 2 x 3 Feirense – Estádio Luiz Viana Filho
Público 424 – Renda R$3.935,00 – Despesas R$5.988,20
Atlético 3 x 0 Camaçari – Estádio Mariano Santana
Público 124 – Renda R$1.165,00 – Despesas R$5.203,55

Feirense tem uma das piores médias de público do Campeonato Baiano

Blog do Walter

Enquanto o time faz bonito nas quatro linhas, a torcida vai de mal a pior. No ultimo jogo domingo (11) quando o Feirense venceu o Fluminense de Feira, pelo placar de 4 a 2, somente 819 torcedores contabilizaram uma renda de R$ 8.190,00

O Feirense está em oitavo lugar no critério público pagante com uma média de 1.040 torcedores por partida. Segundo o presidente do Feirense Esporte Clube, Dílson Gamela, todos os jogos no estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim, tiveram prejuízo financeiro.

A “bola mucha” nas arquibancadas, por enquanto, não afetou o desempenho da equipe que ocupa o terceiro lugar na tabela de classificação, atrás apenas do Bahia e Vitória.

Público da 14ª rodada do Campeonato Baiano ainda foi decepcionante

Por Luciano Pina

A 14ª rodada do Campeonato Baiano que aconteceu neste domingo (11) teve um público total de 14.667, que da uma média de 2.444 torcedores por partida. A partida que teve menor público aconteceu no empate entre Juazeirense e Serrano, no estádio Adauto Moraes, com apenas 262 pagantes. O jogo que teve melhor número de torcedores foi no empate entre Bahia e Juazeiro, no estádio de Pituaçu com 10.965.

Confira o público e rendas dos jogos:
Bahia 1 x 1 Juazeiro – estádio de Pituaçu

Público 10.965 – Renda R$182.610,00 – Despesas R$99.634,84
Camaçari 1 x 4 Vitória – Estádio Armando Oliveira
Público 1;223 – Renda R$24.500,00 – Despesas R$11.278,05
Vitória da Conquista 2 x 1 Itabuna – Estádio Lomanto Junior
Público 860 – Renda R$8.230,00 – Despesas R$7.072,24
Feirense 4 x 2 Fluminense – Estádio Pedro Amorim
Público 819 – Renda R$8.190,00 – Despesas R$7.736,45
Atlético 0 x 0 Bahia de Feira – Estádio Mariano Santana
Público 538 – Renda R$5.380,00 – Despesas R$5.912,30
Juazeirense 2 x 2 Serrano – Estádio Adauto Moraes
Público 262 – Renda R$2.620,00 – Despesas R$5.692,50

Público do Baianão decepciona mais uma vez

Galáticos Online

Líder de público em estádios no futebol brasileiro por muitos anos, o torcedor baiano vem comprovando, cada vez mais, descontentamento com o seu campeonato estadual. A cada rodada, a média de público no Baianão 2012 decepciona os amantes do esporte em todo o país.

Neste final de semana, 11850 pessoas acompanharam os seis jogos da 13ª rodada da competição, média de público de apenas 1975 torcedores por partida. Com capacidade para 7 mil espectadores, o Estádio Armando Oliveira registrou o maior fracasso do domingo (4). Somente 94 torcedores compraram ingressos para assistir ao empate de 1 a 1 entre Camaçari e Serrano.

Já o confronto de maior torcida da rodada foi registrado em Feira de Santana. Fluminense de Feira e Bahia levaram 5.475 pessoas ao Estádio Jóia da Princesa. O tricolor da capital venceu o adversário por 2 a 0. A média de público mostra, também, a desaprovação do público à ausência do Sua Nota é um Show. Se foi prejudicial para uns, o programa do Governo da Bahia deixou saudades nos torcedores e clubes do Interior do Estado.

Nos cinco jogos realizados longe da capital, apenas 7.037 pessoas prestigiaram os protagonistas do futebol baiano.

Porém, os números podem mudar. O torcedor baiano tem 13 rodadas até o final do campeonato (em 13 de maio) para mostrar porque sempre encantou e contagiou o Brasil com sua alegria e desenvoltura nas arquibancadas dos estádios.

Confira o público e renda da 13ª rodada do Baiano

Por Luciano Pina

Confira o público, renda e despesas dos jogos que aconteceram neste final de semana válidos pela 13ª rodada do Campeonato Baiano:

Fluminense 0 x 2 Bahia – Estádio Alberto Oliveira
Público 5.475 – Renda R$109.450,00 – Despesas R$41.714,25
Vitória 5 x 0 Atlético – Estádio Barradão
Público 4.813 – Renda R$41.970,00 – Despesas R$43.038,99
Feirense 3 x 1 Vitória da Conquista – Estádio Pedro Amorim
Público 841 – Renda R$8.410,00 – Despesas R$7.531,50
Juazeiro 1 x 0 Itabuna – Estádio Adauto Moraes
Público 374 – Renda R$3.740,00 – Despesas R$6.443,50
Bahia de Feira 3 x 0 Juazeirense – Estádio Alberto Oliveira
Público 253 – Renda R$2.530,00 – Despesas R$6.028,35
Camaçari 1 x 1 Serrano
Público 94 – Renda R$940,00 – Despesas R$4.772,30

Público e renda da 12ª rodada do Baiano

Por Luciano Pina

Confira o público e a renda dos jogos que aconteceram na noite desta quarta (29), válidos pela abertura da 12ª rodada do Campeonato Baiano:

Bahia 5 x 1 Camaçari – estádio de Pituaçu
Público 8.849 – Renda R$140.330, 00 – Depesas R$77.246,00
Itabuna 2 x 2 Fluminense – Estádio Luiz Viana Filho
Público 926 – Renda R$8.830,00 – Despesas R$6.411,30
Bahia de Feira 3 x 4 Feirense – Estádio Alberto Oliveira
Público 570 – Renda R$5.790,00 – Despesas R$7.301,10
Serrano 1 x 0 Vitória – Estádio Lomanto Junior
Público 377 – Renda R$4.910,00 – Despesas R$7.230,70
Atlético 2 x 1 Juazeirense – Estádio Mariano Santana
Público 272 – Renda R$2.650,00 – Despesas R$5.038,70

Público e renda da 8ª rodada do Baiano

Por Luciano Pina

Confira o público e renda da 8ª rodada do Campeonato Baiano, que aconteceu na tarde deste domingo (12). O menor público foi registrado na partida Camaçari e Atlético, no estádio Armando Oliveira e o maior no clássico Bahia e Vitória, no estádio de Pituaçu.

Bahia 0 x 0 Vitória – Estádio de Pituaçu
Público 29.388 – Renda R$771.015,00
Vitória da Conquista 3 x 0 Serrano – Estádio Lomanto Junior
Público 1.722 – Renda R$16.840,00
Bahia de Feira 1 x 0 Fluminense – Estádio Alberto Oliveira
Público 1.617 – Renda R$32.580,00
Juazeiro 3 x 3 Juazeirense – Estádio Adauto Moraes
Público 1.152 – Renda R$11.520,00
Feirense 1 x 0 Itabuna – Estádio Pedro Amorim
Público 485 – Renda R$4.850,00
Camaçari 1 x 0 Atlético – Estádio Armando Oliveira
Público 245 – Renda R$2.450,00

Público e renda da 7ª´rodada do Baiano

Por Luciano Pina

Mais uma vez o público que compareceu aos estádios na 7ª rodada do Campeonato Baiano foi decepcionante. A partida entre Camaçari e Itabuna, no estádio Armando Oliveira registrou o pior público de todas as rodadas. Confira:

Bahia 2 x 0 Vitória da Conquista – Estádio de Pituaçu
Público 4.808 – Renda R$51.510,00
Juazeirense 3 x 2 Vitória – Estádio Adauto Moraes
Público 1.163 – Renda R$23.260,00
Atlético 0 x 2 Feirense – Estádio Mariano Santana
Público 480 – Renda 4.785,00
Bahia de Feira 2 x 0 Serrano – Estádio Alberto Oliveira
Público 296 – Renda R$3.010,00
Camaçari 0 x 0 Itabuna – Estádio Armando Oliveira
Público 195 – Renda R$1.950,00
A rodada será complementada hoje com Juazeiro e Fluminense, no estádio Adauto Moraes.

Média de público do Campeonato Baiano é de 2.057 pessoas

Globo Esportes

Após as seis primeiras rodadas do Campeonato Baiano, a torcida ainda não se empolgou. Até aqui, a média de público da competição, com 36 partidas já disputadas, é de 2.057 pessoas.

O maior público pagante do Baiano aconteceu na primeira rodada. Na estreia do Bahia, em Pituaçu, 11.264 torcedores foram ao estádio para acompanhar o confronto com o Atlético-BA, que terminou empatado em 3 a 3.

Coincidência ou não, a primeira rodada foi a que registrou o maior público. Foram 23.846 pessoas nos seis jogos de abertura do Campeonato Baiano.

Por outro lado, o menor público aconteceu no jogo entre Camaçari e Juazeiro, no estádio Armando Oliveira. Se dentro de campo, os dois times fizeram uma partida com chuva de gols – o Camaçari venceu por 5 a 3 – apenas 209 pessoas pagaram ingressos.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia