WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC IPTU

abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter

:: ‘quer’

Feirense quer vencer para ter vantagem na fuga da degola

Jornal Folha do Estado

44997-2

Já confirmado no Torneio da Morte, o Feirense vai a campo enfrentar o Galícia, na cidade de Senhor do Bonfim, no Estádio Pedro Amorim, em busca de um triunfo para entrar na disputa na próxima semana com a moral mais elevada e, além disso, garantir vantagens para a famigerada competição.

No momento, o Feirense é o nono colocado com três pontos e foi o único dos quatro clubes, que disputam a fuga da degola, que venceu no estadual. O triunfo mantém o time gameleiro como o melhor dos piores e com um pouco mais de tranquilidade para tentar se livrar do rebaixamento para 2017.

O desafio de tentar livrar a “Águia do Sertão” do rebaixamento coube ao treinador Ado Almeida, que aposta em jogadores que já têm identidade com o clube para cumprir esta difícil missão. A primeira batalha já será no domingo (13) diante do Galícia, na cidade de Senhor do Bonfim, quando a equipe precisa vencer para entrar com vantagem na disputa do “Torneio da Morte”, a partir do próximo dia 20 de março.

Ado já vem trabalhando com os atletas desde o começo da semana e nas atividades, atletas como os atacantes Fernando, Jaiminho e Didio, que não vinha tendo prioridade com os outros treinadores, vêm treinando entre os titulares e têm grandes possibilidades de começarem jogando contra os galicianos. “São atletas de reconhecida experiência e que pelo fato de terem uma identidade com o clube, podem dar algo a mais dentro das partidas. Eles têm também um grande espírito de liderança e podem ajudar muito na luta que teremos pela frente”, ressaltou o técnico.

Quanto a situação da equipe, Ado Almeida adiantou que apesar da dificuldade, o grupo precisa manter a tranquilidade. “Nós temos conversado bastante com os jogadores, porque o momento é dos mais difíceis, mas todos precisam manter o foco e principalmente a tranquilidade para livrar o time da degola”, declarou Ado.

Campeão em 2006, Colo Colo quer surpreender novamente

FBF

e160c5ad-58f4-4d2c-ae63-fe9887f58c08

Após disputar 24 partidas oficiais na última temporada, incluindo a Série D do Brasileirão e Copa Governador do Estado, um recorde na história recente do clube, o Colo Colo já tem definido seu próximo desafio para 2016: O Bicampeonato do maior estadual do Norte- Nordeste.

E para isso, a equipe comandada pelo técnico Fernando Dourado segue se preparando para a estreia contra o Fluminense de Feira desde o último dia 04 de janeiro, em Ilhéus.

Com 23 atletas no elenco e objetivo de chegar a mais uma decisão após dez anos, o Tigrão contará com a juventude do zagueiro Eliésio, com passagem pela seleção brasileira sub-20, a experiência do xerife Walter, que atuou no futebol da Arábia, e do atacante Tiago Almeida, homem-gol que já passou por Fortaleza, Ceará e Atlético-PR.

Ainda farão parte do grupo, jogadores que vieram do futebol de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, além dos destaques ilheenses Léo Soares e Léo Araújo. O Colo Colo acredita que o elenco mesclado fará a equipe forte na busca de uma vaga na Copa do Nordeste, Copa do Brasil ou Série D.

Foi o que afirmou o presidente do clube, Raimundo Borges, em entrevista ao portal da FBF. “Com toda humildade, nós trabalhamos para chegarmos em primeiro sempre. Estamos nos organizando extracampo, porém formamos uma equipe fechada, muito comprometida com o campeonato e que mescla jovens e experientes” finalizou.

Após rápida ascensão, Jacobina quer virar força estadual

Jacobina Notícias

Jacobina-Notícias-02-96

A história do Jacobina Esporte Clube, apesar de curta, já voltou aos noticiários esportivos de forma bastante rápida. Com grande ascensão desde 2014, quando voltou à elite do futebol estadual após vice-campeonato da 2ª divisão, a equipe segue se reestruturando profissionalmente e pretende virar de vez uma das potencias do futebol baiano.

E para a temporada de 2016, já de olho na estreia com o Galícia, o Jegue da Chapada está na cidade de Lapão, onde há 15 dias segue fazendo a pré-temporada.

Por outro lado, com um grupo mesclado de jovens promessas e atletas experientes, as novidades para o Baianão são as chegadas de Douglas Pires, campeão da Copa do Brasil pelo Sport e Corinthians, Alisson e João Neto, ambos campeões estaduais pelo Bahia de Feira, Ricardo Baiano, com passagem no América-RN, Diego Lomba, ex-Vasco e Caxias, o goleiro Tiago, ex-Chapeconse, além das apostas que vieram do Intermunicipal, Antônio Galego e Vitinho.

“Formamos um time bastante estruturado, diferente dos outros anos. Além disso, vamos atuar dentro de nossa casa, onde teremos o torcedor do nosso lado”, afirmou o atual presidente, Rafael Damasceno, ao site de notícias da FBF.

Ainda segundo o dirigente, a expectativa é de fazer uma campanha ainda melhor. “Queremos largar bem e sair na frente. É um tiro curto e não podemos perder. A expectativa é ficar entre os oito e depois entre os quatro para conseguir uma vaga no Nordestão, Copa do Brasil ou Série D do Brasileirão. Também estamos em fase final nas obras do Centro de Treinamento e o jogador terá toda a estrutura dentro do clube daqui pra frente” completou.

Deputado Herzem Gusmão solicita explicações sobre abandono de prédio no distrito dos Imborés

Ascom do Deputado

herzedm-imbores

Um requerimento solicitando informações sobre o não funcionamento de um prédio pronto e que está abandonado da Indústria de Medicamentos, localizado no distrito dos Imborés, em Vitória da Conquista, será encaminhado à Secretaria de Saúde do Estado. O pleito foi do deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) ao presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa, Alan Sanches, na manhã desta terça-feira (3).

“Aproveitei o momento em que estávamos discutindo sobre a Bahiafarma para pedir que fosse encaminhado um requerimento solicitando esclarecimentos à Secretaria competente sobre a indústria de medicamentos. À época que foi construída, o discurso do governo foi de que seria para reativar a Bahiafarma, a partir de Vitória da Conquista, e premiar o curso da UFBA, campus avançado Anísio Teixeira, com a promessa que iria produzir remédios para hipertensão, anti-inflamatórios e analgésicos. No entanto, o local está completamente abandonado. Até mato estava tomando conta. Mas, como estão sabendo que os deputados da oposição vão visitar esta semana, fizeram uma limpeza”, afirmou o peemedebista.

outdoor_pq

Colo Colo viaja para Alagoas e técnico avisa: ‘já perdemos pontos demais’

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O Colo Colo viajou, na manhã desta sexta-feira (24), para Alagoas, onde vai enfrentar o Coruripe, neste sábado, às 19h30, no estádio Gérson Amaral, pela 3ª rodada da Série D.

Antes da viagem, o técnico da equipe, Gilmey Aimberê, falou com o Bahia Notícias sobre a preparação do time.

“A semana de preparação foi boa, já temos mais peças para trabalhar e estamos esperando a regularização de alguns jogadores no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, como o zagueiro Rodrigo Goés e o lateral-esquerdo Danilo. Pegamos informações do Coruripe e percebemos que eles têm atacantes rápidos”, contou.

Gilmey também falou da necessidade de vencer a primeira partida na competição.

“O Colo Colo respeita muito o Coruripe, que é treinado pelo Evandro Lima Guimarães (ex-técnico do Vitória da Conquista). O Evandro conhece nosso time, pois fez seis jogos contra nós na época que treinava o Conquista, mas vamos para cima. Já perdemos pontos demais e temos que propor o jogo”, completou o treinador.

O time de Ilhéus só conquistou um ponto dos seis disputados e está na lanterna do grupo 3 da Série D.

Fifa quer ficha limpa e limite de mandatos nas entidades nacionais

O Estadão

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.EpOH3zKXlz

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) quer que entidades nacionais, como a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), publiquem os salários de seus cartolas, que implemente uma “ficha limpa” para aqueles que sejam eleitos e ainda que haja um limite de mandatos para quem está no poder. Nesta segunda-feira, Joseph Blatter, presidente da Fifa, concedeu sua primeira entrevista coletiva desde que renunciou ao cargo e deixou claro que a ausência de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF, na reunião do comitê executivo da entidade foi ignorada por ele. O evento também foi marcado por um protesto, que deixou Blatter visivelmente abalado.

“Os membros do comitê executivo são convidados a participar de encontros”, disse Blatter. “Não tivemos todos eles e um, como no caso da CBF, decidiu não vir. Mas esse é seu problema. Não teve qualquer influencia nas decisões da Fifa”, garantiu o presidente da Fifa.

Del Nero, depois da prisão de José Maria Marin, ex-presidente da CBF, decidiu não sair mais do Brasil. Na reunião mais importante da Fifa em anos, a confederação brasileira não foi representada, o que causou críticas.

Na reunião, a Fifa aprovou a criação de um grupo de trabalho para avaliar uma reforma na entidade. Mas Blatter deixou claro que a condição é de que todas as entidades, regionais e nacionais, também sigam o mesmo processo. “A Fifa não pode fazer as coisas sozinha”, disse.

Entre as propostas ainda está a aplicação de uma exigência de que os dirigentes tenham uma “ficha limpa” antes de assumirem qualquer cargo. Outra medida proposta é a de colocar limite a mandatos, algo que Blatter nunca aceitou, permanecendo como presidente da Fifa por quatro mandatos. Segundo ele, foi a Uefa que vetou no passado a adoção de limites. “É importante reduzir o numero de mandatos de todos, nas Fifa, nas confederações e nas entidades nacionais”, acrescentou.

Por fim, ele quer a publicação do salário de todos. Questionado se revelaria quanto ganha, Blatter se recusou. “Todos terão de apresentar suas rendas. Podem me perguntar quantas vezes quiserem. Mas o farei quando todos o farão”, disse.

Blatter ainda desfez qualquer dúvida se pode continuar no comando da Fifa. Ele convocou eleições para o dia 26 de fevereiro e garantiu que não será candidato. “Um novo presidente será eleito”, disse. O suíço indicou que, depois de 40 anos na Fifa, quer trabalhar numa rádio e falar de geopolítica. “O rádio é o mais popular. Espero que alguém me queira”, disse.

No Bode desde o 1º jogo do clube, Silvio quer taça como consagração

Globo Esportes

vc

Feira de Santana, 29 de julho de 2006. O Vitória da Conquista, recém fundado, entrava em campo pela primeira vez na história como profissional para enfrentar o Astro-BA, no estádio Joia da Princesa. Na zaga do time conquistense, um então jovem defensor, filho de Vitória da Conquista, vestia a braçadeira de capitão. Era Sílvio da Silva Almeida, na época com 25 anos. Após dez anos, na defesa do Bode, lá está ele. Mais experiente, com menos cabelos, mas a mesma raça e dedicação. Com mais de 330 jogos com a camisa do Alviverde, Sílvio é o Bode em pessoa.

Na véspera da partida de ida da decisão do Campeonato contra o Bahia, em Vitória da Conquista, o técnico Evandro Guimarães fez um rateio de ingressos entre jogadores e membros da comissão técnica. O massagista Thales foi um dos contemplados. No entanto, ao perceber que o goleiro Viáfara ainda não tinha ingresso, o treinador, visivelmente chateado, pediu que Thales entregasse o seu bilhete ao colombiano – que, afastado do local, não acompanhou o cena. Observador do episódio, Sílvio prontamente chamou Guimarães e lhe deu o ingresso para que fosse repassado para o massagista.

– Rapaz… Você é ídolo mesmo, viu? Tem que ser ídolo para fazer um negócio desse! Você é “retado”! E que moral hein, Thales? – disse o treinador.

O simples e humilde ato do capitão retrata bem a postura do zagueiro de 34 anos. No clube desde antes da sua fundação, quando a Conquista era ainda um projeto social com a intenção de formar jogadores, Sílvio viu a equipe passar de escolinha a força do futebol baiano.

– Aqui começou do zero. Era uma escolinha. O presidente tornou profissional, foi agregando. O que se mantém desde o início é organização e profissionalismo. As outras coisas foram agregando, como a torcida que abraçou o time, os empresários ajudando, é isso que vem desenvolvendo e mostrando a força desse time. Eu estou desde o início, em 2006, quando fomos campeões baianos invictos da Segunda Divisão, que foi o primeiro ano profissional do clube. Eu joguei no primeiro jogo da história do clube. Depois em 2008, tivemos um bom time, que encantou, só que o sistema de disputa era diferente, era pontos corridos, e não teve final. Esse ano, completamos dez anos e chegamos na final – disse o zagueiro ao GloboEsporte.com. Leia o retante da matéria :: LEIA MAIS »

Súmula aponta que Jacuipense mandou jogador suspenso a campo; Paraná quer vaga

Galáticos Online

nadson(1)

O Paraná quer tirar a vaga da Jacuipense na Copa do Brasil. O time tricolor, que perdeu nos pênaltis após ser derrotado por 1 a 0 no tempo normal, vai tentar se valer de uma ocorrência registrada na súmula pelo árbitro da partida, Flávio Henrique Ribeiro Teixeira, que relatou uma irregularidade de um dos atletas da equipe baiana.

De acordo com o árbitro, o zagueiro Luciano estaria suspenso e não poderia atuar, a mas a Jacuipense o mandou a campo mesmo sendo avisada do problema.

“Informo que o atleta manoel luciano carneiro dos santos, número 03 da equipe jacuipense constava com restrição “atleta com suspensão pendente – stjd”. a equipe foi informada em tempo hábil e sua presença foi confirmada pelo sr. clayton mendes da silva, rg 917289676, auxiliar técnico”, escreveu o árbitro.

A imprensa paranaense já adiantou que o tricolor vai mesmo tomar medidas jurídicas, afim de conseguir passar para a segunda fase e enfrentar o Náutico, tarefa que atualmente cabe a Jacuipense.

Os paranaenses vão tentar enquadrar a Jacuipense no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD):

Incluir atleta que não tenha condição legal de participar de partida, prova ou equivalente. PENA: perda do dobro do número de pontos previstos no regulamento da competição para o caso de vitória e multa de R$ 5 mil a R$ 50 mil.

468x60_simonassi127

Com 16 contratações, presidente do Serrano quer o título baiano

Galáticos Online

josé alfredo-anton roos classe a(1)

Foram 16 contratações para as disputas do Baianão e da Copa do Nordeste. Entre elas, está o técnico Ricardo Silva, que traz na bagagem um título baiano e um vice-campeonato da Copa do Brasil pelo Vitória.

É com a experiência do treinador e os novos reforços que o Serrano espera surpreender nas duas competições. O presidente do clube, José Alfredo garantiu que o Mongoió brigará por grandes conquistas.

“Queremos o título inédito, claro, e o mínimo que devemos fazer é chegar à semifinal da competição porque, daí, poderemos participar pela primeira vez da série D do Brasileirão”, disse ao portal da FBF.

O dirigente ainda garantiu que o elenco do Rubro-Verde, que deve ter de 32 a 34 atletas, ainda não está fechado. “Contratamos já 16 jogadores para chegar com força máxima ao Baianão, assim como o Nordestão. Se houver algum outro atleta dentro de nossas expectativas, contrataremos para fechar o elenco”, completou.

468x60_simonassi127

Vitória tenta quebrar um tabu e vencer time do Bahia pela terceira vez seguida

Tribuna da Bahia

20130510100342_vitorramos

O Vitória defende no clássico de domingo à tarde na Arena Fonte Nova, uma sequência de dois anos e seis jogos sem derrotas para o Bahia. Mas no primeiro Ba-Vi pelas finais do Campeonato Baiano, o time rubro-negro vai tentar quebrar um tabu de 18 anos sem conseguir vencer seu tradicional rival por três partidas seguidas.

A última vez que o Vitória venceu o Bahia por três jogos consecutivos foi em 1995 na disputa do Campeonato Baiano deste ano, quando o rubro-negro tinha uma equipe liderada pelos meias Adoílson e Ramon Menezes e Dão no ataque.

Os três jogos vencidos na competição foram de 1 a 0, gol de Adoílson, dia 12 de abril, em Pituaçu; 4 a 1, gols de Ramon Menezes (2), Flávio Tanajura e Adoílson, descontando Lima, dia 14 de maio, no Barradão, e 1 a 0, gol de Adoílson, dia 11 de junho, o clássico válido pelas finais do 2º turno, no Estádio Manoel Barradas, na Toca do Leão, com público de 22 mil 720 pagantes.

Este ano o time rubro-negro sob o comando do técnico Caio Júnior vem de dois triunfos consecutivos sobre o tradicional rival, ambos na Arena Fonte Nova. O Vitória goleou o Bahia por 5 a 1, dia sete de abril, na inauguração da Arena, e venceu o segundo Ba-Vi por 2 a 1, dia 28 de abril, ambos válidos pela segunda fase do Campeonato Baiano.

O primeiro clássico pelas finais do Campeonato Baiano será disputado no domingo, dia 12 de maio, Dia das Mães. Nesta data o time Rubro-negro tem vantagem na história dos confrontos contra o tradicional adversário Tricolor. Foram 10 Ba-Vis realizados nessa data, e o Vitória venceu cinco partidas, o Bahia venceu três jogos e houve dois empates, com 13 gols marcados pelo time do técnico Caio Júnior, e 10 pelo time do técnico Joel Santana.

O último clássico entre Bahia e Vitória realizado no dia das Mães foi no ao passado, na decisão do título do Campeonato Baiano no Estádio Governador Roberto Santos, no Parque de Pituaçu. O empate de 3 a 3 neste Ba-Vi garantiu ao Tricolor a conquista do título de campeão baiano de 2012.

petala-500-100

Flamengo quer Lulinha, Mas dirigente banca permanência

Ibahia

Em entrevista à Rádio Transamérica, o diretor de futebol tricolor, Paulo Angioni, revelou o interesse do Flamengo e de outras equipes no meia-atacante Lulinha, que tem contrato com o Bahia até final do ano. Porém, Angioni disse que conta com o jogador para a próxima temporada e pretende mantê-lo no elenco.

Segundo o dirigente, o próprio Lulinha quer permanecer. “A coisa mais satisfatória que a gente tem é ver as pessoas querendo continuar no Bahia. Ele (Lulinha) tem essa preocupação. Eu conversei com ele, ele quer ficar e vamos fazer o possível para que ele fique”, disse o dirigente”.

Lulinha chegou ao Bahia no final do Baianão 2011 e, desde então, nunca conseguiu se firmar como titular. Mas pela sua velocidade e disciplina tática é considerado um reserva importante no elenco. Em 2012, porém, não encontrou seu melhor futebol. Foram 44 partidas e apenas cinco gols. Nenhum deles marcado no Brasileirão.

Técnico do CSA quer amistoso com equipe de Série A para o sábado

Primeira Edição

Após derrotar o Vitória da Conquista (BA), o CSA terá 13 dias de preparação antes da próxima partida do Campeonato Brasileiro da Série D contra o Feirense (BA), que será no dia 8 de julho, às 16h, no estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim (BA). E durante esse tempo de espera, o técnico Lorival Santos disse que já solicitou à diretoria do Azulão para agendar um amistoso para este próximo sábado (30). E como adversário, o treinador azulino gostaria de enfrentar um time que disputa a Série A.

O pedido audacioso de Lorival Santos tem o objetivo de manter o ritmo de jogo entre os jogadores azulinos e também contribuir com a direção do CSA na arrecadação de recursos com a renda da partida para o caixa do clube no sentido de arcar com os salários dos jogadores, no decorrer da Série D.

“Quero fazer o amistoso com equipes de renome para trazer recursos para o CSA. No caso de equipes da Série A, eu gostaria de jogar até mesmo como time B desses clubes”, disse.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia