WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘ranking’

Euro leva Portugal à 6º posição do ranking da Fifa, e Brasil cai para 9º

Globo Esportes

soccer_euro_2016_port_amar

Os torneios continentais realizados no último mês tiveram grande impacto na edição de julho do ranking mundial da Fifa, divulgada nesta quinta-feira. Com a conquista inédita da Eurocopa, a seleção portuguesa subiu duas posições e chegou ao sexto lugar, deixando para trás o Brasil, que caiu para a nona colocação depois de ter sido eliminado na fase de grupos da Copa América Centenário.

O ranking da Fifa ganhou grande importância nos últimos anos, uma vez que se tornou o critério oficial da entidade para definir os cabeças de chave da próxima Copa do Mundo. Como a anfitriã Rússia tem uma vaga garantida para 2018, os sete primeiros colocados ficarão com a vaga – ou seja, se o Mundial fosse realizado hoje, o Brasil pela primeira vez na história não estaria entre os escolhidos.

O top 5 da lista não contou com alterações, mantendo a Argentina na liderança depois do vice-campeonato no torneio nos Estados Unidos, enquanto o Chile, campeão das Américas, manteve-se em quinto. Bélgica e Colômbia mantiveram-se em segundo e terceiro, respectivamente, e a Alemanha, em quarto. Quem teve grande impulso com a Euro 2016 foi a anfitriã França, que ganhou 10 posições e alcançou o sétimo posto, ultrapassando a Espanha, que foi para oitavo. A Itália, eliminada nas quartas de final, ganhou duas posições e voltou a figurar no top 10, na 10ª colocação.

Uma das grandes sensações da Euro, o País de Gales é quem teve o maior salto em termos de pontos: ganhou 291 ao chegar às semifinais, figurando agora em 11º. Croácia e Polônia tiveram bons ganhos, chegando a 15º e 16º, respectivamente – enquanto a Holanda (que não se classificou para a Eurocopa) despencou para a 26ª posição.

Campeã da Oceania, a Nova Zelândia foi quem mais ganhou posições (54), chegando à 93ª colocação. O Kosovo apareceu na lista da Fifa pela primeira vez na história.

Veja o top 10 do ranking mundial da Fifa:

1) Argentina – 1585 pontos
2) Bélgica – 1401 pontos
3) Colômbia – 1331 pontos
4) Alemanha – 1319 pontos
5) Chile – 1316 pontos
6) Portugal – 1266 pontos
7) França – 1189 pontos
8) Espanha – 1165 pontos
9) Brasil – 1156 pontos
10) Itália – 1155 pontos

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Timão e Verdão lideram ranking de sócios há 7 meses

Terra

56d609e7b2daa

Líderes do Campeonato Brasileiro, Corinthians e Palmeiras já figuram há sete meses na ponta do Torcedômetro, ranking de sócios-torcedores entre os clubes brasileiros. Com quase 129 mil sócios, o Timão é o líder, enquanto o Verdão tem cerca de 126,6 mil sócios, de acordo com o Movimento por um Futebol Melhor.

A última vez em que os rivais do Dérbi não ocuparam juntos o topo foi no fim de novembro de 2015, quando o Internacional apresentava 147.800 sócios – o maior número até agora registrado. O Colorado, porém, hoje apresenta 112.756, segundo sua última atualização da base de dados.

Nos 12 meses do ano passado, o Fiel Torcedor foi o plano que mais angariou novos clientes, com 69.541 sócios. Já o Avanti, segundo colocado, ganhou 62.456 sócios.

Desde o fim de 2015, inclusive, o Top 10 do Torcedômetro do Movimento por um Futebol Melhor nunca se alterou. Uma mudança foi o crescimento do São Paulo, que ultrapassou a barreira dos 100 mil sócios, tomando o quarto lugar do Grêmio e incomodando o Internacional. A outra foram as subidas de Santos e Atlético-MG, que assumiram sétima e oitava colocações, respectivamente, jogando o Flamengo para o nono lugar.

Confira os 10 primeiros
1º-Corinthians
2º-Palmeiras
3º-Internacional
4º-São Paulo
5º-Grêmio
6º-Cruzeiro
7º-Santos
8º-Atlético-MG
9º-Flamengo
10º-Sport

Ranking da Fifa mantém Argentina e Bélgica na ponta; Brasil segue em 7º

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Pelo menos a partir do ranking mundial, a Argentina é a favorita ao título da Copa América, da mesma que forma que a Bélgica, em segundo na lista, é a melhor equipe do Velho Continente às vésperas da Eurocopa. É isso que o mostra a nova atualização do ranking da Fifa, publicada nesta quinta-feira pela entidade máxima do futebol. O Brasil continua em sétimo.

Sem partidas oficiais para influir no ranking, as mudanças são poucas na comparação com o mês passado. No grupo dos 10 primeiros, destaque para as subidas de Colômbia (em terceiro, igualando sua melhor posição) e Alemanha (quarto), que passaram o Chile. O atual campeão da Copa América caiu duas posições e está em quinto.

A Áustria voltou Top 10, no décimo lugar, ultrapassando a Inglaterra. A equipe austríaca também fica à frente da Itália (12.ª colocada) e da Holanda (14.ª). A França, que vai receber a Eurocopa e, por isso, não fez jogos oficiais pelas Eliminatórias, está em 17.º lugar, após subir quatro postos.

A seleção brasileira aparece em sétimo lugar, mantendo-se na média das posições dos últimos meses. Desde o fim de 2014, o Brasil sempre oscilou apenas entre o quinto e o oitavo lugares. Nesse ano, foi sexta colocado nos três primeiros meses, subindo para sétimo em seguida.

CONFIRA OS 10 PRIMEIROS DO RANKING:

1º – Argentina, 1.503 pontos
2º – Bélgica, 1.384
3º – Colômbia, 1.328
4º – Alemanha, 1.310
5º – Chile, 1.293
6º – Espanha, 1.267
7º – Brasil, 1.257
8º – Portugal, 1.181
9º – Uruguai, 1.150
10º – Áustria, 1.077

Ranking aponta Bahia como o quarto maior campeão do futebol brasileiro

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

O Esporte Clube Bahia está entre os grandes campeões do futebol brasileiro. De acordo com ranking levantado pela Revista Placar, o tricolor baiano figura na quarta posição entre os maiores vencedores, com 51 títulos conquistados.

A apuração considerou os seguintes títulos: 46 Campeonatos Baianos, três regionais (duas Copas do Nordeste e um Torneio dos Campeões do Nordeste), o título do Campeonato Brasileiro em 1988 e a Taça Brasil conquistada no ano de 1959.

O líder do ranking é o Internacional, que soma 56 títulos considerados pela revista.

Confira os dez maiores campeões do Brasil:
1° – Internacional- 56
2º – Cruzeiro – 54
3º – ABC-RN – 54
4° – Bahia – 51
5º – Paysandu – 51
6° – Atlético-MG – 50
7° – Flamengo – 48
8º – Remo – 48
9° – Grêmio – 47
10º – Sport – 47

outdoor_pq

Argentina mantém liderança e Seleção fica em sétimo no ranking da Fifa

r7

thumb.aspx

A Argentina manteve a liderança do ranking da Fifa, divulgado nesta quinta-feira pela entidade. A Bélgica está em segundo lugar e o Chile em terceiro.

A Seleção Brasileira ficou na sétima colocação na lista referente ao mês de maio, e segue atrás de Colômbia, Alemanha e Espanha.

Ranking da Fifa em maio:

1. Argentina
2. Bélgica
3. Chile
4. Colômbia
5. Alemanha
6. Espanha
7. Brasil
8. Portugal
9. Uruguai
10. Inglaterra.

Ranking da Fifa: Brasil segue em sexto, e Palestina dá maior salto do mês

Globo Esportes

gettyimages-461614178_1

Após um mês sem confrontos importantes entre seleções, a nova edição do ranking da Fifa não apresentou grandes mudanças. A edição de fevereiro da lista não trouxe mudanças nas 10 primeiras colocações, mantendo o Brasil na sexta colocação e a Bélgica na liderança, seguida por Argentina, Espanha, Alemanha e Chile. Portugal e Colômbia completam as oito primeiras posições, que dão vaga de cabeça de chave para a Copa do Mundo de 2018.

As únicas mudanças no top 20 foram as entradas de Hungria e Turquia, em 19º e 20º, respectivamente – graças à queda da Costa do Marfim, que perdeu nove posições e agora é a 28ª colocada. É a melhor colocação dos húngaros desde que o ranking foi criado, em 1993.

O maior salto do mês veio do Oriente Médio. A Palestina ganhou 21 posições e chegou ao 110° lugar. Outras seleções que apresentaram boa ascensão foram Arábia Saudita – que chegou à 55ª posição, subindo 20 postos – e Coreia do Sul, que subiu 18 colocações e agora está em 95º na lista da Fifa.

Confira o top 10 do ranking da Fifa:

1- Bélgica – 1494 pontos
2- Argentina – 1455 pontos
3- Espanha – 1370 pontos
4- Alemanha – 1347 pontos
5- Chile – 1293 pontos
6- Brasil – 1251 pontos
7- Portugal – 1219 pontos
8- Colômbia – 1211 pontos
9 – Inglaterra – 1106 pontos
10 – Áustria – 1091 pontos

outdoor_pq

Real Madrid segue liderando ranking dos mais ricos do mundo

Terra

images

Pela 11ª vez consecutiva, o Real Madrid terminou a temporada de 2014/2015 como o clube mais rico do mundo em ranking da empresa de consultoria financeira Deloitte. Ao todo, o clube merengue teve 577 milhões de euros de receita, o equivalente a mais de 2,5 bilhões de reais na cotação atual.

O salto de 27,5 bilhões de euros em relação à temporada de 13/14, segundo a Deloitte, tem explicação no crescimento do clube no âmbito comercial. O título da Liga dos Campeões no meio de 2014 também explica o aumento das receitas, principalmente no que diz respeito aos ganhos com bilheteria nos jogos disputados em Santiago Bernabéu.

Quem também teve um grande crescimento na temporada foi o Barcelona. Com campanhas arrasadoras em todas as competições que disputou no ano, o Barça teve rendimento total de 560,8 milhões de euros (cerca de R$ 2,4 bi) e ultrapassou o Manchester United na vice-liderança do ranking.

Confira o ranking das equipes mais ricas do mundo:

1. Real Madrid (R$ 2,57 bilhões*)
2. Barcelona (R$ 2,49 bilhões)
3. Manchester United (R$ 2,31 bilhões)
4. Paris Saint-Germain (R$ 2,14 bilhões)
5. Bayern de Munique (R$ 2,11 bilhões)
6. Manchester City (R$ 2,06 bilhões)
7. Arsenal (R$ 1,94 bilhão)
8. Chelsea (R$ 1,87 bilhão)
9. Liverpool (R$ 1,74 bilhão)
10. Juventus (R$ 1,44 bilhão)

Corinthians, agora líder, e Palmeiras superam o Inter em sócios-torcedores

Globo Esportes

rib6321

O Corinthians é o novo líder do ranking de sócios-torcedores organizado pelo Movimento por um Futebol Melhor. Em lista divulgada nesta terça-feira, o Timão assumiu a ponta com 135.166 membros do seu programa Fiel Torcedor. Na vice-liderança aparece o Palmeiras, com 126.903 sócios Avanti. Os dois rivais paulistas superaram o Internacional, que agora é terceiro.

A mudança nas posições aconteceu por conta da recontagem de sócios do Inter, que era o primeiro colocado desde junho de 2013, data de sua entrada no programa. De acordo com o último balanço divulgado pelo clube gaúcho, são 112.756 os sócios adimplentes.

O Inter registrou uma perda de 14.775 sócios-torcedores em relação ao total registrado no final de 2014, que era de 127.531. Ainda este ano, o clube chegou a 148 mil sócios-torcedores.

A sequência do “Torcedômetro” tem Grêmio, com 88.714 sócios, e São Paulo, com 80.388. Ao todo, o Movimento por um Futebol Melhor reúne mais de 1 milhão de sócios em 67 clubes.

Confira os dez primeiros colocados no ranking de sócios-torcedores:

1 – Corinthians (135.166 sócios)
2 – Palmeiras (126.903 sócios)
3 – Internacional (112.756 sócios)
4 – Grêmio (88.714 sócios)
5 – São Paulo (80.388 sócios)
6 – Cruzeiro (73.028 sócios)
7 – Flamengo (64.929 sócios)
8 – Santos (61.759 sócios)
9 – Atlético-MG (48.025 sócios)
10 – Sport (41.829 sócios)

Conmebol divulga ranking da Libertadores e Cruzeiro é o melhor clube brasileiro

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.iPcpIZb2VA

Na noite da última segunda-feira (21), a Conmebol divulgou o ranking da Copa Libertadores da América, que será utilizado para definir o sorteio de grupos da próxima edição do torneio continental. E mesmo sem conseguir a classificação para o campeonato de 2016, o Cruzeiro é a equipe brasileira mais bem colocada na tabela, ficando atrás de Boca Juniors, River Plate e Peñarol.

Para definir o posicionamento das equipes, a entidade sul-americana utilizou critérios como desempenho na Libertadores dos últimos 10 anos, coeficiente histórico das edições entre 1960 e 2005 e pontuação para os campeões nacionais entre 2006 e 2015. Nesse caso, a pontuação máxima (50 pontos) é dada ao campeão do ano vigente e cai 10% para cada temporada posterior.

Confira os 10 melhores do ranking da Copa Libertadores e a colocação dos clubes brasileiros:

1)Boca Juniors (Argentina) – 5949 pontos
2)River Plate (Argentina) – 4884 pontos
3)Peñarol (Uruguai) – 4453 pontos
4)Cruzeiro (Brasil) – 4425 pontos
5)Nacional (Uruguai) – 4315 pontos
6)Internacional (Brasil) – 3944 pontos
7)Olímpia (Paraguai) – 3682 pontos
8)Santos (Brasil) – 3662 pontos
9)Corinthians (Brasil) – 3651 pontos
10)Vélez Sarsfield (Argentina) – 3599 pontos
11)São Paulo (Brasil) – 3598 pontos
13)Atlético Mineiro (Brasil) – 3190 pontos
16)Grêmio (Brasil) – ­3096 pontos
23)Fluminense (Brasil) – 2360 pontos
30)Flamengo (Brasil) – 1790 pontos
31)Palmeiras (Brasil) – 1774 pontos
46)Vasco da Gama (Brasil) – 990 pontos
61)Atlético Paranaense (Brasil) – 552 pontos
69)Botafogo (Brasil) – 446 pontos
80)Sport Recife (Brasil) – 276 pontos
83)São Caetano (Brasil) – 228 pontos
98)Guarani (Brasil) – 138 pontos

PS: Com três participações na Libertadores, o Bahia também apresenta pontuação no ranking. Pelos critérios da entidade, o clube tem 68 pontos por conta das seis vitórias e cinco empates conseguidos na soma de suas campanhas, anteriores a edição 2006. Entretanto, o Tricolor de Aço não aparece na classificação publicada no site oficial, que contempla apenas as 100 melhores associações. Outros clubes brasileiros que já participaram do torneio foram Coritiba, Santo André, Paulista de Jundiaí, Bangu, Criciúma, Goiás, Juventude, Náutico, Paraná Clube e Paysandu

Conmebol planeja ranking para definir os cabeças de chave da Libertadores

Globo Esportes

rib6522_1

O presidente da Conmebol, Juan Angel Napout, anunciou que planeja fazer mudanças no futebol sul-americano. Uma delas seria implementar um ranking de clubes que definiria, por exemplo, os cabeças de chave da Taça Libertadores. A medida já passaria a valer a partir de 2016, e a lista deve ser feita com base em números de títulos e pontos ganhos acumulados ao longo da última década.

– Vamos ter um ranking de clubes. E os cabeças de chave desse ranking serão definidos de acordo com esse ranking. Estamos trabalhando arduamente para fazer o torneio ainda mais emocionante, lançando esse ranking com base no histórico e no desempenho dos clubes nos últimos dez anos. Ao mesmo tempo, queremos dar maior valor aos clubes pela sua participação – disse Napout, em entrevista publicada no site oficial da entidade.

Outros pontos foram abordados, como as mudanças nos contratos de transmissão. Além disso, o presidente disse que pretende fazer mudanças no sistema de classificação para a Recopa Sul-Americana. O assunto entra em pauta por conta da situação do River Plate, atual campeão da Libertadores e da Sul-Americana (nesta temporada, o time argentino já está na semifinal novamente).

– Pode repetir o caso do Olímpia em 90, que ganho a Libertadores e a Supercopa e levou a Recopa sem jogar. Se isso acontecer, podemos escolher vice-campeões. O Comitê Executivo vai estudar uma forma na qual a final da Recopa seja sempre jogada com representantes da Libertadores e da Copa Sul-Americana.

Até o momento, Corinthians e Atlético-MG são os brasileiros garantidos na próxima edição da Libertadores. O Grêmio está praticamente classificado, enquanto São Paulo, Inter e Santos brigam pelo último lugar no G-4. O Peixe ainda decide a Copa do Brasil com o Palmeiras e pode garantir o sua vaga por lá também.

Brasil sobe para quinto, e Bélgica supera a Alemanha no ranking da Fifa

Globo Esportes

ranking-fifa

Em razão de uma grande queda da Holanda, o Brasil ganhou um posto no ranking da Fifa divulgado nesta quinta-feira, subindo de sexto para quinto. Mesmo com o vice da Copa América, a Argentina segue na liderança, enquanto a grande novidade vem logo em seguida: a Bélgica tomou o lugar da Alemanha e subiu para a segunda colocação, deixando a atual campeã mundial na terceira posição.

As mudanças no ranking foram sensíveis, e o que houve de mais significativo foi a queda de Holanda e Uruguai. Em má fase nas eliminatórias para a Euro, a Laranja perdeu sete posições e agora está na 12º lugar. O Uruguai, antes 13º, virou o 18º, após não conseguir defender o seu título na Copa América. O Chile, que já tinha galgado oito posições com a conquista em casa, entrou agora no top 10.

Mudança mesmo provocou a Copa Ouro. O campeão México foi da 40ª para a 26ª colocação. Já a Jamaica foi a seleção que mais subiu no ranking: foram 21 posições conquistadas, o que a levou para o 55º lugar da lista. Fora da América do Norte, destaque ainda para a Albânia, que pulou para 22º.

outdoor_pq

Com Brasil ainda em 5º, ranking da Fifa tem Bélgica na vice-liderança

Globo Esportes

firmino1_ap

O ranking da Fifa em sua edição de junho e divulgado na manhã desta quinta-feira tem novo vice-líder. Ultrapassando a Argentina (1.496 pontos), a seleção da Bélgica (1.509) assume a segunda colocação, ficando agora atrás somente da Alemanha (1.775), última campeã mundial. O Brasil (1.392) segue na quinta posição, uma abaixo da Colômbia (1.435), completando a relação dos cinco primeiros.

Outra modificação entre os dez melhores foi a subida da França (1.164) do 11º para o nono lugar, empurrando a Espanha (1.147) para fechar o Top 10, que conta também com Holanda (6º, 1.378), Portugal (7º, 1.229) e Uruguai (8º, 1.183).

Confira o top 20 do ranking mundial da Fifa:

1) Alemanha – 1775 pontos
2) Bélgica – 1509
3) Argentina – 1496
4) Colômbia – 1435
5) Brasil – 1392
6) Holanda – 1378
7) Portugal – 1229
8) Uruguai – 1183
9) França – 1164
10) Espanha – 1147
11) Suíça – 1146
12) Romênia – 1115
13) Itália – 1101
14) Costa Rica – 1056
15) Inglaterra – 1051
16) República Tcheca – 1036
17) Eslováquia – 1012
18) Croácia – 992
19) Chile – 989
20) Áustria – 946





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia