WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: ‘Rio’

Times tentam cativar público da Primeira Liga com promoção de ingressos

MSN

BBoFc8E.img

A novela sobre a Primeira Liga tem data para terminar: 27 de janeiro, quando começa o torneio, uma alternativa aos Estaduais e ao calendário da Confederação Brasileira de Futebol. Para cativar o público, lotar as arquibancadas e dar uma resposta política, as equipes apelarão para o bolso: pelo menos na primeira rodada, os ingressos contam com promoções raras para os estádios nos últimos anos.

O Criciúma abre a competição na quarta-feira, às 19h30, contra o Cruzeiro. Para comparecer ao setor de arquibancadas do Estádio Heriberto Hulse, o torcedor precisará pagar apenas R$ 20,00, preço baixíssimo em comparação aos bilhetes do restante da temporada. Há ainda os bilhetes de meia-entrada no valor de R$ 10,00.

Para o setor mais caro (as cadeiras), as entradas custarão R$ 120,00 (R$ 60,00 a meia) para os torcedores do clube catarinense.

Ainda na quarta-feira, mais dois jogos contarão com vantagens para o torcedor. Talvez no confronto mais aguardado da primeira rodada, o Atlético-MG receberá o Flamengo, às 21h45, sob a expectativa de um Mineirão lotado.

As vendas para o público geral começam na terça-feira sob o preço de R$ 40,00 para todos os setores do estádio; sócios Galo na Veia Prata pagam R$ 20,00.

Também às 21h45 da quarta-feira, o Internacional recebe o Coritiba no Beira-Rio. Os sócios-torcedores do clube colorado gastarão apenas R$ 10,00 nas arquibancadas inferiores e superiores. As cadeiras centrais são negociadas por R$ 20,00 cada entrada. A venda começa nesta segunda, a partir das 10h.

A exceção a esta regra ocorre em Avaí x Grêmio, marcado para quinta, às 21h45. Para faturar com a presença gaúcha no interior do estado, o clube de Florianópolis mandará o jogo na Arena Condá, em Chapecó. Para a geral, os bilhetes custam R$ 60,00. Os bilhetes para a social estão orçados em R$ 80,00 cada, enquanto as cadeiras estão em R$ 120,00.

Mesmo com os preços mais elevados, quem apresentar a carteirinha de sócio do Avaí levará vantagem. O Avaí deu o maior benefício possível para este tipo de torcedor: terá a catraca liberada, sem cobrança pelo ingresso.

Os outros dois confrontos válidos pela primeira rodada da Primeira Liga ainda não possuem planejamento para a venda de ingressos. Na quarta, o Fluminense recebe a partir das 19h30 o Atlético-PR no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Um dia depois, às 19h30, o América-MG duela contra o Figueirense no Independência.

Confira a primeira rodada da Primeira Liga:

27 de janeiro
19h30
Criciúma x Cruzeiro
Fluminense x Atlético-PR
21h45
Internacional x Coritiba
Atlético-MG x Flamengo
28 de janeiro
19h30
América-MG x Figueirense
21h45
Avaí x Grêmio

Goleiro Neto, ex-Vitória da Conquista acerta com Rio Branco para o Paulista da Serie A2

Por Luciano Pina

3917_718762581559242_569023619662759549_n

O goleiro Neto, vice-campeão Baiano pelo Vitória da Conquista foi contratado pelo Rio Branco-SP, para a disputa do Campeonato Paulista da Serie A2.

Neto se apresentou no último sábado (2), e começou a treinar juntamente com o elenco. Além de Neto, o time conta com mais dois goleiros: Gilvan e Vinicius

A estreia do Rio Branco, no Paulista será contra o Santo André, no próxino dia 31, às 16 horas.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Globo encaminha acordo para transmitir Primeira Liga, diz Gilvan

MSN

BBnZAMN.img

Ao que tudo indica, a dúvida quanto aos direitos de transmissão da Primeira Liga está bem próximo de chegar ao fim. Em entrevista ao LANCE! nesta segunda-feira, o presidente da Liga Sul-Minas-Rio, Gilvan de Pinho Tavares, confirmou que um acordo para que a Rede Globo transmita as partidas da competição está bem próximo de ser selado:

– A Globo vai assinar o contrato com a Liga Sul-Minas-Rio. Está praticamente tudo resolvido, e a competição vai começar no dia 27 (de janeiro).

O presidente do Cruzeiro afirmou que há poucos detalhes contratuais para acertar com a emissora. Uma reunião deve ocorrer no início de janeiro para selar o acordo.

A competição iniciará no dia 27 de janeiro, com 12 clubes, e terá sua decisão em 31 de março.

CBF pede prazo para dar resposta sobre realização da Sul-Minas-Rio

Globo Esportes

carrossel_liga_rio_sul_minas_524x567

Representantes dos clubes participantes da Liga Sul-Minas-Rio participaram nesta quinta-feira de uma reunião na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tentar o seu apoio. Depois do encontro, dirigentes de Atlético-MG, Atlético-PR, Flamengo, Fluminense, Cruzeiro, Coritiba e Avaí saíram otimistas quanto à realização com o aval da CBF, apesar de a entidade ter pedido um prazo de dois dias para dar uma resposta. Para o executivo-chefe da Liga, Alexandre Kalil, a competição deve nascer com a chancela.

– A reunião foi surpreendentemente espetacular. A Liga está formada, e temos que colocá-la em cinco ou seis datas no primeiro semestre. O problema era político, não jurídico. O assunto está na rua, é legal e histórico, então o presidente (da CBF, Marco Polo Del Nero) ficou de me comunicar (a resposta). Ele falou que está de acordo, que é um avanço – disse Kalil, explicando como cuidará do torneio. – Vou tomar conta da Liga, ou seja, trabalhar e vender esse produto. Os clubes passam por um momento difícil, e a Liga é um passo histórico e definitivo.

O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, mostrou-se menos empolgado que o ex-presidente do Atlético-MG, mas acredita que Del Nero veja com bons olhos a ideia da Copa Sul-Minas-Rio.

– Ele recebeu a documentação e a confecção da competição, comprometendo-se a estudar em conjunto com a área jurídica para se posicionar. Foi uma reunião muito tranquila. O presidente reconhece que existe uma experiência boa com a Copa do Nordeste e com a Copa Verde. Nós temos que evitar o conflito que muitas vezes acontece, por isso nos colocamos à disposição. É cedo dizer que será aprovado, mas ele vai estudar em conjunto com alguns departamentos.

Os presidentes de Flamengo e Fluminense ressaltaram mais uma vez a necessidade de os clubes se unirem, criticando mais uma vez o modelo dos estaduais.

– Entregamos os estatutos e o pedido de autorização da CBF. A recepção foi ótima. É a criação de um instrumento para valorizar o futebol, e ela (CBF) prometeu dar a resposta em 48 horas. O presidente pediu o prazo, mas não existe nada que possa impedir esse projeto. Não queremos substituir os estaduais. (A Liga) será jogada paralelamente, e Flamengo e Fluminense optaram por jogar o estadual com times mistos. Em 2016, ele não é prioridade para o Flamengo. Vamos disputar porque somos obrigados, então precisamos lutar pelos nossos valores – disse Eduardo Bandeira de Mello, mandatário rubro-negro.

Peter Siemsen, do Tricolor, ainda lembrou do potencial econômico do torneio.

– É bom ver os clubes unidos trabalhando para melhorar o futebol. O foco era falar com o presidente. Ele (Del Nero) gostou porque existe uma união entre os clubes. Ele me pareceu muito favorável. Podemos trabalhar com a TV, pois são jogos com apelo. Está todo mundo empolgado com a competição.

A Liga Sul-Minas-Rio conta com 15 clubes: América-MG, Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional, Joinville, Grêmio e Paraná. A primeira edição, no entanto, contaria apenas com 10 participantes – Paraná e América-MG, que se filiaram por último, se juntariam a Chapecoense, Criciúma e Joinville, o grupo que ficaria fora em 2016.

Após eliminação, Vasco chega ao Rio sob gritos de “time sem vergonha”

Globo Esportes

vasco06

A paciência do torcedor já havia acabado no sábado, quando o Vasco foi goleado por 5 a 0 para o Avaí, em São Januário. A pressão nas arquibancadas e o resultado vexatório fizeram com que Adilson Batista deixasse o cargo de técnico. Na manhã desta quarta-feira, após a eliminação para o ABC da Copa do Brasil, quatro torcedores compareceram ao aeroporto do Galeão para protestar. Sob gritos de “time sem vergonha” e “vamos jogar”, a delegação desembarcou às 6h40. Acompanhados de seguranças, os jogadores e o diretor de futebol Rodrigo Caetano não quiseram dar declarações e foram direto para o ônibus.

Os primeiros a aparecerem foram Douglas e Rodrigo. O camisa 10 foi expulso na derrota por 2 a 1 na Arena das Dunas, e o zagueiro acabou se desentendendo com o goleiro reserva Jordi após o término do confronto. Apesar de não ter comprometido contra o ABC e ter realizado boas defesas, Diogo Silva escutou gritos de “goleiro frangueiro”.

Os torcedores questionaram a derrota de sábado, para o Avaí.

– Onde já se viu perder de cinco para o Avaí. Isso é Vasco. Vamos jogar! Se não subir, já sabem! – gritava um dos torcedores.

Após o pequeno tumulto, o presidente Roberto Dinamite passou pelo saguão, mas também não falou com a imprensa.

O maior objetivo do Vasco agora para amenizar a crise é voltar ao G-4 da Série B. Ao ser derrotado para o Avaí, o time caiu para o quinto lugar. Mas tem apenas um ponto a menos do que o quarto colocado, Joinville.

O próximo compromisso é contra o América-MG, vice-líder, sábado, no Independência. A partida será realizada às 16h10 (de Brasília). No primeiro turno, as duas equipes empataram em São Januário por 1 a 1.

Com provocação de flamenguistas, Atlético-PR desembarca no Rio

Globo Esportes

desembarque1

Os jogadores do Furacão desembarcaram no Aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro, no começo da tarde desta terça-feira, com provocação de flamenguistas e assédio da imprensa. Eles, que tinham saído de Curitiba com festa da torcida atleticana, viajaram ao lado de aproximadamente dez torcedores do clube carioca. Enquanto o meia Paulo Baier dava entrevista para a imprensa, os rivais provocaram:

– Vai perder! Aposenta, Paulo Baier – gritavam os flamenguistas.

A chegada do Furacão teve um pelotão de jornalistas – mais de 30 profissionais, contando repórteres, cinegrafistas e fotógrafos – e apenas dois atleticanos. O diretor de futebol Antônio Lopes e o presidente Mario Celso Petraglia, primeiros a passar pela imprensa, não quiseram dar entrevista. O técnico Vagner Mancini e a maioria dos jogadores também não falaram.

O único a conceder entrevista foi o meia Paulo Baier, que comentou sobre como o time deve entrar em campo, em jogo marcado para 21h50m (horário de Brasília) de quarta-feira, para sair do Maracanã com o título da Copa do Brasil: – Primeiramente, tem que jogar bem. Se a gente jogar bem, consegue buscar o título, que vai ser importante para todos nós, jogadores, comissão técnica e clube. A gente sabe das dificuldades, mas a gente acredita muito. Jogando fora de casa, em um campo bom, a gente está confiante para buscar esta vitória.

O jogo do Atlético-PR contra o Fla está marcado para 21h50m de quarta-feira, no Maracanã. Quem vencer será campeão. O empate sem gols dá o título aos cariocas. O 1 a 1 leva a disputa para os pênaltis. E empate com dois ou mais gols beneficia o time paranaense.

Sem Maracanã, Flamengo joga três partidas longe do Rio de Janeiro

Terra

manoapontamauropimentelterra

Sem acordo com o Consórcio Maracanã S.A., o Flamengo vai jogar três de seus mandos de campo em Brasília, no Estádio Mané Garrincha. O clube rubro-negro carioca viaja no dia 5 de julho e só retorna à cidade no dia 18.

O grupo enfrenta o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro, no dia 6 de julho, no Mané Garrincha, em Brasília, e em seguida voa para Maceió. Depois, viaja até Arapiraca, onde joga contra o ASA, pela Copa do Brasil. De Alagoas o grupo volta para a capital federal, onde enfrenta o Vasco da Gama, no dia 14 de julho, pelo Brasileiro e o ASA de Arapiraca, no dia 17 de julho, no jogo de volta pela Copa do Brasil.

O meia-atacante Gabriel lamentou não poder jogar no Maracanã e se disse conformado em jogar no Mané Garrincha. “Todo mundo quer usar e jogar no Maracanã. Ainda mais sabendo que é a casa do Flamengo. Mas como ainda não tem condições, não podemos reclamar. O estádio em Brasília é excelente. Todos sempre querem jogar no Maracanã, mas como não tem condições, o de Brasília está muito bom”, disse o atleta.

Para o jogador. as constantes viagens não chegam a ser um problema. Gabriel ainda lembrou o fato da equipe ser bem recebida quando joga na capital federal. “Na minha opinião, as viagens não desgastam em campo. Quando você entra focado, dando o melhor, não atrapalha em nada. Sabemos que o Fla joga em casa em qualquer lugar. Eu me senti muito bem jogando lá e fomos sempre bem recebidos”, finalizou.

Ferj vai tentar que a final da Taça Rio seja disputada no Maracanã

Globo Esportes

rubenslopes_raphaelzarko

O público do Rio de Janeiro pode ter de volta o Maracanã como palco dos jogos de seu campeonato estadual ainda na edição 2013 do Campeonato Carioca. Pelo menos é esse o desejo da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Neste domingo, em entrevista à Rádio Tupi, o presidente da entidade, Rubens Lopes, revelou que vai tentar que a decisão da Taça Rio, marcada para o dia 5 de maio, seja disputada no estádio. A reabertura do Maracanã será no próximo sábado, 27 de abril, num amistoso entre Amigos de Bebeto e Amigos de Ronaldo.

– Nós já manifestamos a nossa intenção ao secretário de Esporte (e Lazer), André Lazaroni, e ficamos de nesta semana, depois do feriado, para saber se essa ideia é viável. Ele já tem conhecimento da nossa intenção e não vejo nenhum impedimento no que diz respeito ao Comitê Organizador Local (da Copa) e à Fifa. No Mineirão, já aconteceu um Atlético-MG x Cruzeiro, na Arena Fonte Nova, um Ba-Vi, e o Castelão está entregue aos jogos regulares. Eu penso que o Maracanã, que vai ter condições de abrir o primeiro jogo-teste com 20 mil pessoas, no outro teste a Fifa recomenda até um número maior, não vejo por que não fazermos um jogo-teste com dezenas de milhares de pessoas que não sejam os torcedores, que estão ávidos para voltar ao Maracanã – declarou.

O presidente da Ferj revelou ainda que vai tentar que o estádio seja usado pelo Fluminense, no jogo de volta pelas oitavas de final da Libertadores, contra o Emelec, marcado para 8 de maio. – Também estou postulando que o Fluminense jogue a partida de volta da Libertadores no Maracanã. É jogo de uma torcida só. Poderia muito bem também ser jogado no Maracanã o próximo jogo aqui no Rio de Janeiro – contou o presidente.
Semifinais da Taça Rio

Rubens Lopes informou ainda datas e horários das duas semifinais da Taça Rio, que serão disputadas no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. No sábado, às 18h30m, o Botafogo mede forças com o Resende. No domingo, às 16h, o Fluminense encara o Volta Redonda.ao Maracanã – declarou.

Flamengo abre disputa da Taça Rio diante do Resende

Agência Estado

Treino-Flamengo-Foto-Andre-PortugalLANCEPress_LANIMA20130312_0103_48

Time com melhor pontuação na fase de classificação da Taça Guanabara, embora tenha sido eliminado na semifinal diante do Botafogo, o Flamengo estreia nesta quarta-feira como favorito na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, em jogo contra o Resende.

O jogo será disputado no Engenhão, às 22 horas, o que dificultará o regresso de vários torcedores para casa, além de afastar tantos outros que gostariam de um horário mais aceitável para ver a partida.

Como os clubes não têm ingerência nessa decisão – a emissora detentora dos direitos de transmissão define os horários e os comunica à Federação de Futebol do Rio -, o Engenhão deve receber em torno de oito mil pessoas, público que é considerado desprezível para jogos do Flamengo.

O Flamengo vai ter duas modificações para a estreia na Taça Rio, em jogo isolado nesta quarta-feira – o restante da primeira rodada será no fim de semana. Na zaga, entra Alex Silva na vaga de Wallace. E no meio, Carlos Eduardo, badalado reforço que vinha de atuações irregulares, cede a vez para Rodolfo.

Governo do Rio envia projeto para liberar bebida na Copa

Agência Estado

O governo do Rio enviou à Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) projeto de lei que libera a venda de bebida alcoólica no Maracanã durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014. Em 20 de novembro, o Estado de Pernambuco aprovou liberação semelhante, atendendo desejo da Fifa.

Segundo o texto enviado pelo governo do Rio, não se aplicam às duas competições as normas estaduais que restringem o consumo de bebidas alcoólicas, salvo as proibições destinadas a pessoas menores de 18 anos. “As regras e os critérios relativos ao consumo e comercialização de alimentos, bebidas e produtos nos locais oficiais de competição serão definidos exclusivamente pela Fifa”, diz o projeto.

Outro ponto do texto é que não vão valer as normas estaduais de meia-entrada. “O preço dos ingressos será determinado pela Fifa, não se aplicando as normas referentes a redução de preço, meia-entrada e reserva de quantidade absoluta ou porcentual de ingressos para quaisquer categorias de pessoas”.

A Lei Geral da Copa, aprovada em maio no Congresso e sancionada em junho pela presidente Dilma Rousseff, prevê meia-entrada para estudantes, idosos com mais de 60 anos e beneficiados por programas federais de transferência de renda, como o Bolsa Família. Mas a legislação federal deixou para cada Estado decidir se irá liberar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante os eventos da Fifa.

Tímido, mas sorridente, Cáceres chega ao Rio ‘pronto para jogar’

Globo Esportes

Cáceres desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim na manhã desta terça-feira para assinar contrato de quatro anos com o Flamengo. Tímido, mas receptivo, o volante revelou sua felicidade e garantiu estar pronto para vestir a camisa rubro-negra.

– Estou muito feliz por chegar ao Flamengo. Vir para o Brasil era um projeto antigo. Estou pronto para jogar – afirmou Cáceres, logo depois do desembarque, ao lado do pai e do irmão.

Cáceres tem exames médicos previstos para a manhã desta quarta-feira. Logo depois, assinará contrato de quatro anos. A apresentação está prevista para o treino da tarde desta quarta no Ninho do Urubu. Caso os detalhes burocráticos sejam resolvidos e o jogador consiga o visto de trabalho, ele já ficará à disposição de Joel Santana para o clássico de domingo, contra o Fluminense, no Engenhão.

Rio Branco-AC e Araguaína recuam; Treze mantém ação na Justiça comum

Globo Esportes

Após a reunião definitiva realizada no início da tarde desta segunda-feira do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), apenas Treze-PB e Brasil-RS continuarão com ação nos tribunais comuns. Araguaína-TO e Rio Branco-AC aceitaram retirar seus processos e o procurador-geral do STJD, Paulo Schmitt, escolhido para mediar as tratativas, avisou que dará início nesta semana aos procedimentos para responsabilização dos dois clubes que insistiram em não acatar as decisões da esfera desportiva.

Ele, contudo, não dá previsão oficial de início das Séries C e D do Brasileiro. Esta decisão deve ser tomada até esta terça-feira na CBF. A possibilidade mais provável é que seja iniciada a Série D, pois o Treze, se não conseguir garantir a vaga na C, não disputará nenhuma competição, e também o grupo da Série C que não inclui os clubes envolvidos no imbróglio judicial.

O diretor de competições da CBF, Virgílio Elíseo (foto), que participou do encontro, preferiu o silêncio, alegando se tratar de um tema jurídico e pedindo que os jornalistas presentes que procurassem o diretor jurídico da entidade, Carlos Eugênio Lopes. Schmitt, contudo, esclareceu que, enquanto o Treze-PB estiver protegido por liminar judicial, não poderá sofrer sanções da CBF, mas que a entidade fará uso provavelmente das penas mais pesadas previstas no seu estatuto, o que pode significar até mesmo a desfiliação, tão logo consiga reverter esse quadro.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia