WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘Sair’

Argentina pode sair da Copa América e Boca da Libertadores

Terra

5748f4fc3b43d

A noite da última segunda-feira ficou marcada por uma atitude que pode impactar diretamente na Copa América Centenário e na Copa Libertadores. Isso porque o governo da Argentina interveio na Associação de Futebol Argentino (AFA) e, como punição, pode ver a seleção local e o Boca Juniors serem excluídos de suas respectivas competições continentais.

A Inspeção Geral de Justiça (IGJ), entidade independente e estatal da justiça argentina, adiou as eleições da AFA, que aconteceriam em 30 de junho e devem agora acontecer em 90 dias. A IGJ nomeou duas pessoas com poder de decisão na federação de futebol do país por causa de recentes irregularidades denunciadas contra cartolas e da crise institucional e econômica da AFA.

O comitê executivo da AFA vai se reunir nesta terça para definir as atitudes que serão tomadas após a intervenção do presidente Mauricio Macri.

– O comitê decidirá se as atividades do futebol serão suspensas e se a seleção retorna dos Estados Unidos – afirmou Damián Dupelliet, secretário-geral da AFA, à rádio “La Red”.

Se não for retirada da Copa América, que será realizada nos Estados Unidos, a Argentina estreia no dia 6, diante da seleção chilena, pelo Grupo D – que conta ainda com Bolívia e Panamá.

Diferente da seleção de Gerardo Martino, o Boca Juniors seria prejudicado com uma competição em andamento, já que está nas semifinais da Libertadores, onde terá o Independiente del Valle como próximo adversário.

Caso a seleção de Messi e companhia seja excluída, terá que ser paga uma multa de 5 milhões de dólares (cerca de R$ 18 milhões). Outra punições seriam a exclusão da Argentina das duas próximas edições da Copa América e mais um valor extra pelos danos causados à competição.

Dez clubes confirmam boicote a São Paulo e Copa São Paulo de Futebol Jr.

Tribuna da Bahia

taca-sao-paulo

Faltam três meses para o início da 45ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas a competição já está fervendo. Isso porque dez clubes já confirmaram o boicote ao torneio, caso o São Paulo não seja excluído. Entre eles, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, América-MG, Atlético-MG, Cruzeiro, Coritiba, Sport e Vitória. O motivo: as acusações de aliciamento do Tricolor a jogadores da base dos rivais.

Nos últimos anos, clubes como Vasco, Ponte Preta, Coritiba, Goiás, Vitória e Portuguesa têm reclamado do assédio do Sampa a jogadores de suas bases. O time do Morumbi estaria infringindo um acordo de cavalheiros firmados pelos dirigentes, para proteger jogadores da base que não tenhamcontratos profissionais – antes dos 16 anos é proibido firmar este tipo de vínculo.

A gota d’água para a decisão dos clubes foi a última acusação feita pela Ponte Preta. Há algumas semanas, o goleiro Lucão sumiu da Macaca e começou a treinar no CT de Cotia. O jogador havia acabado de ser um dos destaques da Copa do Brasil Sub-17 e fora convocado para Seleção Brasileira da categoria.

A lista de “rebeldes”, no entanto, pode ser ainda maior. Atlético-PR, Figueirense, Goiás e Ponte Preta também já cogitam a possibilidade de aderir ao movimento. Os quatro clubes também são contra as atitudes do Tricolor paulista, mas pretendem avaliar se o boicote não os afetará politicamente.

Torneio de base mais tradicional do Brasil, a Copa SP de Futebol Júnior já teve sua 45ª edição confirmada para iniciar em 04 de janeiro e encerramento, como de costume, no dia 25, aniversário da cidade de São Paulo. As equipes convidadas por participar do campeonato poderão inscrever atletas nascidos nos anos de 1994, 1995, 1996, 1997 e 1998.

Tatu, ex-Conquista, pode sair do Fortaleza a qualquer momento

Fonte: Galaticosonline

O artilheiro do Fortaleza no Campeonato Cearense 2010, Tatu, que tem contrato com o São Caetano/SP, pode deixar o clube sem gerar qualquer receita ao Tricolor do Pici. Mas o clube paulista ainda não se pronunciou se pretende tirar o atacante do Pici, por isso Tatu segue no Leão se preparando para a partida contra o Tigres/RJ, pela primeira eliminatória da Copa do Brasil 20h50min desta quarta-feira.

Na negociação entre Fortaleza e São Caetano pelo jogador, ficou acordado entre os clubes que o atacante poderia voltar ao clube paulista a qualquer momento da temporada 2010. Em caso de uma eventual saída de Tatu, o Leão do Pici não receberia nenhuma indenização por isso. A saída do atacante não é confirmada, pois não houve, até o momento, qualquer tipo de contato do São Caetano.

Se não houver interesse do São Caetano, Tatu fica no Pici até 30 de novembro de 2010.

IBIRAPUERA TENTA SAIR DA ZONA DE REBAIXAMENTO

Por Luciano Pina/Patrícia Oliveira/Jaqueline Jack

dsc01549

Começar o 2º turno com uma vitória e, conseqüentemente, fugir da zona do rebaixamento. É esse o pensamento do time do Ibirapuera, que enfrenta na manhã desta quinta-feira (02), na partida principal no estádio Edvaldo Flores, a equipe do Bacelar.

O Ibirapuera foi o penúltimo colocado no 1º turno, somando apenas 04 pontos, e os comandados do treinador Pretinho (foto) sabem que começar o 2º turno com uma vitória é essencial para, além de sair do rebaixamento, tentar uma classificação para as finais do campeonato. Segundo Pretinho, a base da equipe neste turno será a mesma quem vem disputando a competição, pois está muito difícil conseguir reforços a essa altura do campeonato.

No Bacelar o intuito do treinador Jai é melhorar o desempenho da equipe, pois a meta é fugir das últimas colocações e buscar a classificação.

“Sair na frente” é a arma do Flu para se classificar em Pituaçu

Fludefeira

A derrota para o Bahia no Jóia da Princesa em pleno domingo de Micareta foi uma verdadeira ‘ducha de água fria’ nos torcedores do Fluminense de Feira. Com o 2 a 1 no placar para os visitantes, o Touro tem que vencer por dois gols de diferença para passar para a final do certame. O técnico Nazareno Silva lamentou os dois erros individuais que sacramentaram o resultado, mas acredita na classificação.

“Perdemos uma partida muito importante, mas saímos daqui conscientes de que possamos chegar lá e reverter o quadro. Vamos buscar fazer logo um gol no primeiro-tempo, depois temos mais 45 minutos para fazer outro gol. E eu acredito que a partir do momento que a gente iguale as coisas, fazendo um gol, consequentemente o Bahia vai se preocupar. Então acho que é fundamental a gente trabalhar para fazer um gol, sair na frente”, explica.

A partida de volta já acontece hoje, a partir das 20h30, no Estádio Roberto Santos. “Nada é impossível. Nós temos qualidade para ir atrás dessa diferença, e temos que acreditar. Descançar também, porque foi um jogo forte no domingo e vai precisar de um grupo inteiro na quarta-feira”, destacou Nazareno. O técnico também exaltou a reação da equipe na segunda etapa.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia