WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘SALÁRIO’

Dunga é o técnico com maior salário da Copa América

Globo Esportes

48846-2

O site “Finance Football” divulgou uma pesquisa que coloca Dunga como o dono do maior salário entre os 16 técnicos na Copa América Centenário. Segundo o levantamento, o técnico da seleção brasileira recebe € 225 mil (R$ 865,6 mil) por mês e fica logo à frente do alemão Jürgen Klinsmann, que comanda os Estados Unidos, com vencimentos mensais de € 191,6 mil (R$ 736,9 mil).

Os outros técnicos encontram-se em outro patamar. Tata Martino, da Argentina, e Ramón Díaz, do Paraguai, estão empatados na terceira posição da lista, com salários de € 150 mil (R$ 577 mil) por mês. Ex-treinador do São Paulo, Juan Carlos Osório, do México, tem o nono maior vencimento: € 87,5 mil (R$ 336,6 mil).

Do outro lado da relação, Oscar Ramírez, da Costa Rica, é quem menos recebe (€ 16,6 mil), atrás de Baldivieso, da Bolívia (€ 17,9 mil), e Marc Collar, do Haiti (€ 18 mil). Winfried Schäfer (Jamaica), Hernán Darío Gómez (Panamá), Noel Sanvicente (Venezuela) são outros treinadores com vencimentos abaixo dos € 500 mil (R$ 1,9 milhão) anuais.

Que riqueza? Quatro em cada cinco jogadores de futebol no Brasil ganham até R$ 1.000

Fonte Época

images

Barcelona no ataque, três contra dois. O espanhol Pedro domina na meia lua da grande área da Juventus e toca para Neymar. Toque de esquerda para ajeitar a bola, chute com a mesma perna no contrapé do veterano Buffon. O placar em 3 a 1, com o gol nos acréscimos, dá ao Barça o quinto título da Liga dos Campeões. É a consagração do brasileiro, artilheiro da competição ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo, com quem formaria mais para frente, em terceiro na Bola de Ouro, o trio de melhores jogadores do mundo em 2015. A rápida ascensão foi para lá de lucrativa. Aos 24 anos, Neymar ganha do clube só em salários, por mês, algo em torno de € 900 mil. São R$ 4 milhões no câmbio atual. Fora outros milhões em acordos publicitários que mais do que dobram a remuneração. Mas esta não é uma reportagem sobre Neymar. Esta é a história da fábrica de ilusões do futebol brasileiro que se inspira em figuras como ele.

Jogador de futebol “de verdade” ganha menos do que servente de obras. Não é metáfora, nem exagero. A diretoria de registro e transferência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) modernizou sistemas e pôde, pela primeira vez, diagnosticar com mais precisão o estado de saúde do futebol brasileiro. E ele está doente. Ao todo, há registrados 28.203 atletas profissionais no Brasil. Deles, 23.238 ganhavam até R$ 1.000,00 mensais em 2015. O servente, segundo o Ministério do Trabalho, teve salário médio inicial de R$ 1.000,17. Não só ele. Ganham mais do que 82,4% dos jogadores de futebol brasileiros também o ascensorista, o catador de material reciclável, o chapeleiro de senhoras, o garçom e o tratador de porcos.

Há, claro, quem ganhe mais do que o diretor de produtos bancários, profissional com salário médio inicial mais alto do país segundo o ministério, que chega à empresa com R$ 30.394,85 mensais. Existem 226 jogadores de futebol em solo brasileiro com contracheques acima R$ 50.000,01. Ora, ora, então esses atletas faturam pelo menos o dobro do que o banqueiro, provavelmente pós-graduado e com currículo de três páginas, às vezes sem nem terem terminado o ensino médio. É verdade. Só que eles representam 0,8% de todos os profissionais desta modalidade. São a exceção. Só um em cada centena ganha efetivamente mais do que um banqueiro. Na verdade, você acha que futebol paga salários obscenos porque só esses jogadores chegam à mídia – só jogos deles em grandes clubes são televisionados, só eles aparecem em programas, só fofocas sobre carrões, mulheres e “parças” deles ganham repercussão.

A realidade do jogador invisível piora consideravelmente quando se acrescenta outro dado da CBF sobre um termo que assusta qualquer brasileiro: desemprego. Dos 28.203 atletas profissionais que tinham contrato assinado em 2015, somente 11.571 chegaram a janeiro de 2016 com contrato ativo. Quer dizer que 59% dos jogadores, seis em cada dez, ficaram desempregados no decorrer da temporada. A taxa de desemprego para todo o país, que bota medo no governo de Dilma Rousseff, está na casa dos 9%. Como tanta gente pôde ficar sem clube em tão pouco tempo? Houve 7.973 rescisões de contratos, equivalentes a 48% de todos os jogadores que perderam o emprego na temporada. Outros 52% são de pessoas cujos contratos foram feitos para acabar antes do fim do ano mesmo. Aí entra uma das justificativas para salário baixo e desemprego alto: falta calendário.

A maioria dos clubes contrata em dezembro, funciona de janeiro a abril, durante campeonatos estaduais, e fecha as portas durante todo o restante da temporada. Se não tem jogo, não entra dinheiro, e aí não tem jeito. Todo mundo vai para a rua se aventurar em outras profissões para botar comida na mesa. A maioria daqueles 16.632 jogadores de futebol que perderam o emprego no decorrer de 2015 tentou encontrar trabalho compatível com seu nível de instrução. Talvez alguns tenham virado serventes de obras, catadores de materiais recicláveis e garçons, profissões que pagam tanto quanto o futebol, mas não têm o mesmo apelo emocional na cabeça do atleta. Por que alguém sonha em ser jogador de futebol no Brasil? Desinformação. Reprodução de clichês. A ideia de virar um Neymar e enriquecer da noite para o dia, estatisticamente restrita a 0,8% dos jogadores brasileiros, faz com insistam na ilusão do futebol.

Prefeitura anuncia antecipação de salários para o Dia do Servidor Público

Blog da Resenha Geral

prefeitura2

A Prefeitura de Vitória da Conquista anunciou que antecipará o pagamento dos salários dos servidores municipais, referente ao mês de outubro, para esta quarta-feira (28 de outubro), data em que é celebrado o Dia do Servidor Público. Normalmente, o pagamento acontece no último dia útil de cada mês.

A Administração Municipal já havia divulgado a alteração do feriado do Dia do Servidor Público para a sexta-feira (30). Já no dia 28 de outubro, o expediente será alterado das 7h às 13h. Os serviços públicos essenciais serão mantidos normalmente.

outdoor_pq

Família, adaptação e substituições fazem Conca ‘esquecer’ 8º salário do mundo por Flu

Uol

Três títulos em dois anos, oitavo maior salário do mundo e ídolo de uma torcida. De fora, é difícil crer que a situação do meia Darío Conca seja tão ruim no Guangzhou Evergrande para que o jogador queira voltar ao Brasil de qualquer maneira. Desde que se transferiu para o clube chinês, porém, o armador tem enfrentado uma série de problemas com a rígida autoridade dos dirigentes, atrito com técnicos por ser substituído e a pressão da família, que não se adaptou ao país mais populoso do mundo.

Contratação mais cara do futebol chinês, Conca está sempre ao lado de cifras astronômicas. O Guangzhou Evergrande pagou mais de R$ 16 milhões pelo jogador em 2011 e seu salário é o oitavo mais alto do mundo: pouco menos de R$ 2 milhões por mês. O valor supera os vencimentos de Messi e Cristiano Ronaldo, segundo lista do jornal espanhol Marca. O relacionamento nos quase dois anos na China, porém, é oposto ao que o argentino encontrava no dia a dia do Fluminense.

A dificuldade de adaptação também tem motivado o jogador a voltar para o Brasil. Para amigos próximos, o meia argentino reclama que precisa sempre se deslocar com um tradutor, por conta da dificuldade com a língua. Além disso, alimentação, questões culturais e a preocupação com a educação do primogênito também afligem a esposa do jogador, a brasileira Paula Araújo. Os problemas, porém, são minimizados pelo advogado do jogador.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia