WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



drupal counter

:: ‘Sem’

Campeonato Municipal de Futebol sem jogos neste final de semana

Da Redação

carleta-420

Após as duas partidas que foram realizadas neste final de semana válidas pelas quartas de final, , o Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT, dará uma pausa para os festejos junino.

Os jogos serão retomados no outro fim de semana com amais duas partidas. No sábado (02), as 15h45, jogam Beira-Mar e Moicama e no domingo (03), as 09h45, se enfrentam Ponte Preta e Vitória da Conquista.

Os times do Moicana e Vitória da Conquista jogam por dois resultados iguais (dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols) para chegar à semifinal.

Pedalada comemora o Dia Mundial sem Carro em Vitória da Conquista

Blog do Rodrigo Ferraz

11988257_892566627458287_812096307803266680_n-860x280

Em Vitória da Conquista, a quarta edição da Pedalada do Dia Mundial Sem Carro será realizada neste domingo (20), a partir das 08h30, com concentração em frente ao G Barbosa, localizado na Avenida Olívia Flores (bairro Candeias).

O evento é organizado pelo movimento CicloMobilidade, que busca formas de apresentar uma cidade criativa com uma forte consciência social, cultural, histórica, ambiental e pessoal.

A ideia da pedalada no Dia Mundial Sem Carro é incentivar o uso da bicicleta, do transporte coletivo e da carona solidária, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população. As inscrições poderão ser efetuadas no local, com 2kg de alimentos.

O Dia Mundial Sem Carro, celebrado em 22 de setembro, é uma iniciativa popular que vem se difundindo no mundo para diminuir a poluição e efetivar a mobilidade urbana. No Brasil, desde 2001, movimentos ambientalistas e cicloativistas colocam a prática do Dia Mundial Sem Carro em atividade, não tão somente deixando o uso do automóvel, mas promovendo incentivos para que as pessoas utilizem meios alternativos de deslocamento nas cidades. Fonte: Revista Gambiarra

Sem nenhum brasileiro, seleção dos melhores atletas é dominada pelo Chile

Gazeta Esportiva

t_156542_equipe-ideal-da-copa-america-conta-com-os-dois-artilheiros-e-o-melhor-goleiro-do-torneio

Um dia após a decisão do torneio, a organização da competição divulgou, no site oficial da Copa América, a seleção dos melhores jogadores. Escalada com três zagueiros, a relação não apresenta nenhum brasileiro. No entanto, conta com cinco chilenos, três argentinos, dois peruanos e um colombiano. O argentino Sampaoli foi eleito o melhor técnico da competição após conduzir a Roja ao título inédito.

No gol, Claudio Bravo foi unanimidade. O goleiro do Barcelona, eleito como o menos vazado pelos três gols tomados, foi escalado na meta da seleção ideal do torneio. A sua frente, o arqueiro tem a companhia do compatriota Gary Medel, que forma a zaga ao lado do argentino Otamendi – que vem sendo especulado no Real Madrid – e do colombiano Murillo, contratado nesta janela de transferências pela Inter de Milão.

Assim como na linha de defesa, o meio-campo também tem predomínio do time campeão. Fora o argentino Mascherano, vice-campeão com a Argentina pela terceira vez, e o peruano Cueva, Marcelo Diáz e Arturo Vidal representam a seleção chilena na armação. O último, inclusive, que teve a habilitação suspensa após dirigir embriagado e ocasionar um acidente, tem seu nome vinculado ao Real Madrid nos jornais chilenos.

O trio ofensivo do time ideal é composto pelos dois artilheiros da competição. O chileno Eduardo Vargas e o peruano Paolo Guerrero, com quatro gols, foram os maiores goleadores desta edição da Copa América e acompanham Lionel Messi na linha de frente do time. Vencedor da Bola de Ouro em quatro oportunidades, o argentino marcou apenas um gol na Copa América e deu três assistências.

outdoor_pq

Com a desistência do Jacuipense, vaga na Serie D está sem dono segundo a FBF

Por Luciano Pina
Fonte Globo Esportes

11cf9d6e37ca5009487a55be19cfdb35

O Jacuipense não vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. A decisão foi confirmada ao GloboEsporte.com pelo presidente do clube, Felipe Sales, que alegou inviabilidade financeira para participar da competição. Por causa da falta de patrocinadores, existe a preocupação em não conseguir honrar os compromissos da equipe, que, segundo o mandatário, hoje estão em dia.

– Enviamos uma notificação formal para a Federação [Bahiana de Futebol] alegando os motivos. Basicamente, é a questão da dificuldade financeira, aliado a esse argumento de que a gestão sempre buscou equilibrar o clube financeiramente, e a participação pode colocar em risco a sobrevivência do clube – afirma.

Segundo o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, por enquanto, a vaga está sem dono. A federação vai analisar o caso com base no regulamento da Copa Governador.

– Não sei [quem vai ficar com a vaga], porque não estou com o regulamento na mão. A vaga é da Copa Governador, então vai ter que verificar quem é o clube classificado. O Vitória da Conquista, campeão, ficou com a vaga na Copa do Brasil, foi eliminado até pelo Palmeiras – disse Ednaldo ao Globo Esportes.

O Jacuipense conquistou o direito de disputar a Série D de 2015 após garantir o vice-campeonato da Copa Governador do Estado do ano passado – o time perdeu na final para o Vitória da Conquista. O Serrano, que caiu nas semifinais, é o atual 3º colocado, seguido da Catuense, que ficou com a 4ª colocação.

Problemas deixam 9 dos 12 times baianos sem campo para jogar

A Tarde

650x375_joia-da-princesa_1478791

O Baianão-2015 vive uma desesperada corrida contra o tempo. Há cinco semanas da abertura, nove dos 12 times estão sem mando de campo confirmado. As exceções são Bahia, Vitória e Vitória da Conquista. Isso porque, fora  Fonte Nova, Barradão e Lomanto Júnior, os estádios da Bahia ainda não obtiveram os laudos que os autorizam a sediar partidas oficiais. O grande problema é com o gramado.

Pituaçu, mando do Galícia,  até possui um campo reconhecidamente bom, mas seus laudos da vigilância sanitária e do Corpo de Bombeiros estão vencidos. A questão está sendo solucionada. Outra exceção é a Toca do Gaiamum, em Porto Seguro, mando do Serrano. Neste caso, o gramado, reformado para servir de centro de treinamento na Copa, está impecável. O problema são estruturas complementares para jogos oficiais, como tribuna de imprensa e um alambrado que separe a torcida do campo.

De resto, nenhum gramado se salva. Um dos dramas é o Joia da Princesa, em Feira de Santana, que servirá de mando a  Bahia de Feira e Feirense.

“Na última inspeção que fizemos (na primeira quinzena de dezembro, foram inspecionados todos os estádios), o Joia ainda estava em péssimas condições. O campo não tem passado por cuidados. Quando você anda nele, percebe que está cheio de buracos e ondulações. O gramado afundou”, comenta o coronel da Polícia Militar Jorge Inácio Diniz, responsável por inspecionar os estádios.

A última inspeção antes de começar o campeonato será entre 5 e 10 de janeiro, momento em que a Federação Baiana de Futebol (FBF) oficializará a tabela. Os clubes que não tiverem os estádios aprovados terão o mando de campo arbitrado pela entidade. Depois, quem quiser voltar à sua casa precisará, com antecedência mínima de oito dias úteis da partida, provar que o estádio estaria então em condições de uso.
Enquanto isso, a corrida contra o tempo segue. E alguns  admitem que não cruzarão a linha de chegada no prazo. “Alagoinhas, por exemplo, não tem chance de uso. A Catuense, ciente disso, já nos enviou um ofício indicando Serrinha como mando alternativo. Só que Serrinha também não oferece nenhuma condição. Outra situação difícil é a de Riachão do Jacuípe, que está atrasada em sua reforma. Já apelamos para a prefeitura, para deputados da região, para empresários locais… Precisamos que a coisa ande”, declara o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues.

Com cofres vazios, Aidar diz que não tem como pagar grandes estrelas

Globo Esportes

aidar-saopaulo-marceloprado-1

Além de explicar o fato de pagar comissão à sua namorada e da briga política com o ex-presidente Juvenal Juvêncio, Carlos Miguel Aidar também falou sobre futebol e sobre os planos de reforçar a equipe que voltará a disputar a Taça Libertadores da América em 2015. Para começar, o cartola deixou claro que não há dinheiro para fazer grandes contratações.

– O São Paulo está pobre de dinheiro. Sozinhos não temos condições de pagar os salários de atletas como Conca, Dudu, Diego e outros que estão sendo comentados. O que o Conca ganha ninguém no Brasil pode pagar. Não adianta a Unimed ter saído. Eu não consigo fazer uma parceria com a Unimed São Paulo. As empresas são independentes – afirmou o mandatário.

O dirigente também comentou sobre o volante Thiago Mendes, do Goiás, que é alvo de disputa entre Palmeiras e São Paulo.

– É um grande jogador e nos interessa. Mas acontece que existem outros interessados. É preciso deixar claro que não estamos disputando nada com o Palmeiras. Contratamos o Alan Kardec porque não houve acordo do Palmeiras com o jogador. Simples. Palmeiras e São Paulo vão se enfrentar em campo, somente isso – ressaltou.

Aidar também se lembrou de jogadores que ficaram e outros que logo estarão à disposição da comissão técnica.

– Nosso primeiro grande reforço foi a renovação de contrato do Rogério. Nós temos hoje o Souza em definitivo, numa operação ocorrida no início de novembro. Renovamos o Hudson por três anos, temos o Breno voltando agora. Tenho certeza de que 2015 será um grande ano para o São Paulo – finalizou.

Sem reforços, Flamengo retorna ao trabalho e segue para Atibaia

Terra

thomas_flamengo_thiagobenevenutte_95

Depois do período de descanso oferecido às equipes do Campeonato Brasileiro devido à disputa da Copa do Mundo, os times começam a voltar aos trabalhos. Um exemplo é o Flamengo, que retornou às atividades na tarde desta segunda-feira, no Ninho do Urubu. A reapresentação aconteceu sem grandes novidades, a qual ficou por conta apenas de Thomás, cria do Rubro-Negro, que voltou após passagem pelo Siena, da Itália.

A delegação, no entanto, não ficará no Rio de Janeiro. O grupo segue para Atibaia, no interior de São Paulo, onde ficará por uma semana num sistema semelhante ao de concentração, isolada da torcida, que vem protestando devido ao mau desempenho no Campeonato Brasileiro. O clube da Gávea ocupa a penúltima colocação da competição e apresenta apenas sete pontos.

Nos últimos dias, o Flamengo sondou alguns nomes como o de Júlio César, goleiro da Seleção, os argentinos Milton Casco e Hector Canteros e o meia-atacante Fernandinho, ex-Galo. Porém, nenhuma negociação foi concretizada.

Outro problema que necessita ser resolvido pela diretoria é a questão da vice-presidência de futebol, cargo vago desde a saída de Wallim Vasconcellos. Por enquanto, o presidente Eduardo Bandeira de Mello assume o posto.

Após 23 anos, Brasil volta a ficar fora das semifinais da Libertadores

Globo Esportes

torcidacruzeiro_ae

A eliminação do Cruzeiro para o San Lorenzo foi o item que faltava para consolidar a Libertadores de 2014 como a pior para os brasileiros na história recente da competição. Após o fiasco na primeira fase, quando o Brasil teve as inéditas três eliminações, agora o país não terá um representante nas semifinais pela primeira vez depois de 23 anos. A última ocasião em que o futebol brasileiro ficou sem times entre os quatro melhores da América foi em 1991.

Naquele ano, o Flamengo chegou às quartas de final como o único clube do país e foi eliminado pelo Boca Juniors. O Colo Colo seria o campeão. A partir de 1992, os brasileiros estiveram em todas as semis e apenas em três edições não foram finalistas – 1996, 2001 e 2004. Com a queda da Raposa, o Brasil também perde a chance de ter o quinto título consecutivo na Libertadores, algo inédito na história da competição. E quebra-se ainda a série de brasileiros na final, que durava desde 2004.

Nos últimos quatro anos, Internacional (2010), Santos (2011), Corinthians (2012) e Atlético-MG (2013) foram campeões. Caso o Cruzeiro conquistasse o tri, seria o recorde de taças consecutivas de um país no torneio – a Argentina tem dois “tetracampeonatos”, com Racing (1967) e Estudiantes (1968/69/70) e Independiente (1972/73/74/75).

Os argentinos também mantiveram o bom retrospecto diante de brasileiros. O jogo desta quarta foi o de número 170 entre os dois países pela Libertadores. Os Hermanos têm 71 vitórias, contra 67 verde-amarelas. Houve ainda 32 empates. No retrospecto envolvendo os confrontos entre os dois países em mata-matas, a Argentina também leva vantagem: 27 vezes eliminou o rival, contra 20 dos brasileiros.

O San Lorenzo terá a chance de aumentar o número de títulos da Argentina, que é de 22. O Brasil vem em seguida no número de conquistas, com 18. Depois vêm Uruguai, com oito, Paraguai, com três, Colômbia, com duas, Equador e Chile com uma.

Fim de semana será sem jogos para torcedores do interior da Bahia

Galáticos Online

1769,fbf-adia-6-rodada-da-segunda-divisao-do-baianao-0

A exemplo do que aconteceu com os jogos da dupla BaVi, que entrariam em campo neste meio de semana para jogar pela Copa do Brasil, a segunda divisão do Campeonato Bainao também foi afetada pela greve da Polícia Militar no estado.

Em nota na quinta-feira, a FBF anunciou que a 6ª rodada da segundona foi adiada, e só vai ser disputada no próximo dia 27 de abril, com todas as partidas acontecendo no mesmo dia.

Mesmo após o final do movimento grevista, a entidade não voltou atrás na decisão e manteve a suspensão dos jogos. Com isso, o final de semana será sem futebol para os torcedores do Interior do Estado.

Confira a nota publicada pela FBF:

“A Federação Bahiana de Futebol (FBF), tendo em vista o movimento grevista de parte da Polícia Militar do Estado, comunica o adiamento da 6ª rodada da Segunda Divisão do Baianão 2014, que seria realizada entre este sábado (19) e a próxima quarta-feira (23).

Todos os cinco jogos da rodada serão realizados no dia 27 de abril. Posteriormente, a entidade máxima do futebol baiano divulgará a adequação da tabela às alterações”.

unimarc-modelo-4

Vitória da Conquista fica sem nenhum árbitros na abertura do Intermunicipal

Por Luciano Pina

interrogação-pessoa

Famosa por sempre ter o maior número de árbitros escalados em quase todas as rodadas do Campeonato Intermunicipal de Futebol, promovido pela FBF, a cidade de Vitória da Conquista não conseguiu emplacar nenhum árbitro na abertura da competição deste ano que segue neste domingo (11), com o complemento da 1ª rodada.

O único conquistense escalado foi Silvano Freire da Silva, que vai trabalhar como assistente na partida entre a seleção de Tremedal e Macaúbas, no estádio municipal de Tremedal.

Fica uma dúvida no ar: será que isto é reflexo da falta de união que existe entre as associações de árbitros da nossa cidade?.

CSA completa 360 minutos sem marcar sequer um gol nesta Série D

Globo Esportes de Alagoas

crb_x_csa06

São mais de dois meses sem balançar as redes dos adversários. A última vez que o torcedor do CSA comemorou um gol do Azulão numa partida válida por uma competição oficial foi aos 33 minutos do segundo tempo, no dia 18 de maio, contra o CRB, na final do Campeonato Alagoano. O autor do tento foi o volante Elyeser. De lá para cá, em jogos oficiais, o CSA chegou na marca de 360 minutos sem marcar sequer um gol. Foram quatro jogos disputados na Série D deste Brasileiro e nenhum gol assinalado pelo ataque marujo.

A campanha do Azulão no Grupo A 4 é digna de rebaixamento. O time do Mutange perdeu na estreia, fora de casa, para o Vitória da Conquista por 2 a 0. Após o recesso para a Copa das Confederações, o Azulão foi derrotado pelo Botafogo-PB por 1 a 0, em casa. Contra o Sergipe, o CSA também amargou outra lamentação no Estádio Rei Pelé, pelo mesmo placar de 1 a 0. Já no último domingo (21), o Azulão perdeu para o Juazeirense por 1 a 0, na Bahia.

Contando com jogos não-oficiais, o último gol do CSA saiu no dia 26 de junho, numa cabeçada do meio-campista Cecel, contra o Ypiranga-PE, no Estádio Rei Pelé. A partida amistosa serviu como preparação para disputa da Série D.

O Azulão do Mutange vive uma enorme crise, dispensou mais da metade do elenco e trocou de treinador. O CSA não pontuou na Série D e ocupa a lanterna do Grupo A 4. Os jogadores azulinos têm a chance de afastar esse ‘tabu’, contra o Sergipe, no próximo domingo (28), às 16h, no Estádio Fernando França. A partida é válida pela 6ª rodada da Série D.

Sem mistério, CSA embarca no 4-3-3 e Lino diz que pressão sempre vai existir

Globo Esportes de Alagoas

onibus_saindo

O CSA embarcou na manhã desta sexta-feira (19) sem segredos a esconder ao Juazeirense. Ao longo da semana, o técnico Lino fez vários experimentos na equipe, mas encontrou a fórmula ideal no 4-3-3, mesclando jogadores experientes com os recém-promovidos das categorias de base. Apesar da má campanha, o treinador afirma que a pressão no Azulão sempre vai existir e a oportunidade que está sendo oferecida aos jovens deve ser aproveitada ao máximo.

– Primeiro, [tentei passar] confiança, acreditar, falar para eles que a oportunidade está sendo dada, dada não, conquistada por eles, porque se não estivessem em um bom momento aqui não estariam no jogo. Então, estavam treinando, com vontade de jogar, outros jogadores chegaram, é uma mescla de jovens com jogadores experientes. Agora, é ter tranquilidade e estudar o adversário quando chegar na cidade.

Para a partida contra o Juazeirense, o CSA deve entrar em campo com: Flávio; Alves, Sinval, Cléberson e Paulinho; Róbson, Acácio, Patrick; Wilson, Rony e Pedrinho. A partida está marcada para o domingo (21), às 16h, no Estádio Adauto Morais.

Com nenhum ponto em três jogos conquistados, o Azulão precisa desesperadamente da vitória para sair da lanterna do Grupo A4 e ainda sonhar com a classificação para a próxima fase.

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia