WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘TESTA’

Com Fred e Conca, Flu testa espinha dorsal e novidades contra o Bayer

Globo Esportes

16255901415_1c155bf6a3_k

A versão 2015 do Fluminense será apresentada ao torcedor tricolor. Ainda não é o grupo completo, já que alguns jogadores não participam da pré-temporada nos Estados Unidos, mas será algo muito próximo do que o novo ano reserva. De contrato renovado por um ano, o técnico Cristóvão Borges tem nas mãos uma espinha dorsal. A base do time é a mesma que terminou 2014, mas a chegada de sete reforços, a volta de emprestados e a promoção de garotos da base mudaram muito o plantel.

O primeiro teste será em Orlando, nos Estados Unidos, e não será fácil. O time entra em campo com apenas oito dias de treinos desde a reapresentação no Rio de Janeiro. Desde a saída do Brasil, na sexta-feira à noite, realizou apenas quatro sessões de treinos. E a estreia no Torneio da Flórida será contra o Bayer Leverkusen, nesta quinta-feira, às 17h (20h de Brasília), no Complexo Esportivo da Disney.

O Bayer preocupa Cristóvão, principalmente pela marcação sob pressão que o adversário faz. O destaque é Karim Bellarabi, meia que já fez oito gols e inclusive foi convocado para a seleção alemã depois da Copa do Mundo.

O time é o atual terceiro colocado do Campeonato Alemão, praticamente não tem mais chances de título, mas estaria classificado diretamente para a fase de grupos da próxima temporada da Liga dos Campeões. Na edição atual, jogará as oitavas contra o Atlético de Madrid. O brasileiro Paulo Sérgio está entre os 10 maiores artilheiros da história do clube.

Inter testa estilo ‘ataque total’ contra líder da Série B no Beira-Rio

Uol

10-mai-2014--rafael-moura-tenta-jogada-em-inter-x-atletico-pr-no-beira-rio-1399762192736_615x300

O Internacional de Abel Braga gosta de atacar, de ser ofensivo. E nesta quarta-feira o Colorado tem um bom teste para esta filosofia. Encara o Ceará, líder da Série B do Brasileirão, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil em casa. A vitória dentro do Beira-Rio é vital para as pretensões do time, que promete abafar desde o primeiro minuto.

A formação do Inter terá pelo menos duas mudanças. Wellington Silva e Wellington estão fora, pois já atuaram por Fluminense e São Paulo – respectivamente, na competição. Cláudio Winck e João Afonso são os candidatos mais fortes as vagas. Nada que altere drasticamente a ideia de jogo do Colorado em casa.

Logo depois da vitória em cima do Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, Abel já avisou que não iria medir forças diante do Ceará. Justamente por ser um jogo eliminatório, em casa. O detalhe é que do outro lado do campo estará um time que vem embalado.

O Ceará, dirigido por Sérgio Soares, tem o melhor ataque da Série B do Brasileirão e lidera com folga o campeonato após 13 rodadas. A dupla de ataque é formada por dois veteranos: Magno Alves e Bill. E inspira cuidados no Beira-Rio, mas sempre com a ideia de que o ataque é a melhor defesa.

Felipão recebe espiões e testa Brasil em 2 dias para Chile

Terra

felipaocoleteafp

Na prática, a preparação brasileira para encarar o Chile começa nesta quinta-feira com o primeiro treinamento em campo do time titular na Granja Comary. Após dois dias reservados ao descanso e aos exercícios físicos, Felipão comandará uma atividade tática nesta quinta-feira na qual vai esboçar pela primeira vez a equipe para as oitavas de final de sábado, às 13h (de Brasília), no Estádio do Mineirão.

Uma substituição é quase certa: Fernandinho, que jogou muito bem o segundo tempo contra Camarões, deve entrar no lugar de Paulinho. Outra deve ser testada durante a atividade. A dica foi dada pelo treinador a Patrícia Poeta, apresentadora do Jornal Nacional. Ao final do programa de quarta-feira a jornalista disse ter conversado e ouvido de Felipão que ele pensa em até duas substituições para a partida.

O teste a ser analisado pelo treinador deve incluir Ramires no lugar de Hulk. A alteração foi feita no segundo tempo do duelo contra os camaroneses e deu mais consistência ao meio-de-campo brasileiro. O mesmo já foi testado no duelo contra o México, mas por conta de dores sentidas pelo atacante.

A avaliação é de que o Brasil precisa equilibrar as forças no meio-de-campo com o Chile e sair em rápida transição para o ataque. Durante conversa com os observadores Roque Júnior e Alexandre Gallo no treino de quarta-feira, o trio discutia a possibilidade de os chilenos atuarem com quatro jogadores na linha de defesa, como fizeram na estreia, ou com três, como optaram contra Holanda e Espanha.

O Chile treinou de portas fechadas já nesta quarta e Jorge Sampaoli não deve dar dica de qual time deve colocar em campo. Como tem sido habitual em Belo Horizonte, ele só vai abrir os 15 minutos finais para imagens.

Sem essa possibilidade por conta das características da Granja Comary, Felipão começará a preparação de portas abertas nesta quinta e fechará o treino de sexta em Belo Horizonte, quando irá tirar suas últimas dúvidas.

Sem volante, Marquinhos testa nova formação com Lincoln no meio

Galáticos Online

bahia relacionados(5)

Durante o treinamento realizado na manhã desta quinta-feira (13), o técnico Marquinhos testou uma nova formação para o time atuar na partida contra o Vitória da Conquista no domingo (16), às 16h, no Lomanto Júnior.

O time que treinou como titular estiveram os seguintes jogadores: Marcelo Lomba; Madson, Demerson, Titi e Guilherme Santos; Uelliton, Fahel, Lincoln e Anderson Talisca; Rhayner e Marcão.

Depois, o treinador colocou Pará na vaga de Guilherme Santos, Wilson Pittoni no lugar de Fahel no setor de meio de Campo e Diego Felipe na vaga de Madson, deixando Rafael Miranda de fora entre as opções do treinador.

Para esse jogo, Marquinhos não vai contar com Lucas Fonseca, que cumprirá dois jogos de suspensão.

No treinamento não participaram Maxi, poupado, Rafinha, Hélder e Galhardo, que seguiram tratamento no departamento médico. O primeiro com edema na coxa e os outros dois com conjuntivite.

O Bahia volta aos treinamentos na tarde desta quinta-feira, quando Marquinhos Santos pode fazer uma nova atividade com bola.

De volta aos treinos, Givanildo testa nova formação na defesa colorada

Globo Esportes

Givanildo pede mudança de postura e atitude

Givanildo pede mudança de postura e atitude

O Sergipe iniciou sua preparação para o jogo mais importante desde a final do estadual. Neste domingo, o time colorado enfrenta o Vitória da Conquista precisando somar apenas um ponto para avançar de fase na Série D. Nova derrota elimina os sergipanos da competição.

O treino desta terça-feira começou com o técnico Givanildo Sales pedindo mudança de postura na equipe. Ele cobra trabalho e atitudes diferentes para conquistar a classificação.

– Temos que trabalhar muito. Este é o ‘jogo do ano’ e a nossa maior mudança será no trabalho e na atitude que vamos ter nesta partida. Tivemos dois tropeços e agora vamos correr atrás do prejuízo. Podemos nos classificar com dois resultados: Empate ou vitória e vamos atrás deles – afirmou Givanildo.

Uma das mudanças que já começaram foi na formação da equipe. Com a ausência do meia Rafael, expulso no último jogo, o treinador iniciou os testes para o time titular do domingo. A equipe treinou uma formação defensiva com três zagueiros: Cláudio Baiano, Emerson e Moisés, que retornou aos treinos com bola no final da última semana. O restante do grupo teve David na lateral-esquerda, Magno na direita e os volantes Wallace e Rodrigo. Como o treino priorizou a parte defensiva, o ataque colorado ainda permanece em mistério.

Para não cansar a equipe para o jogo decisivo, a diretoria resolveu viajar de avião. O Sergipe embarca neste sábado no Aeroporto Santa Maria e o voo está marcado para as 7h50 da manhã. Com uma conexão que deverá durar cerca de uma hora em Salvador, a chegada em Vitória da Conquista está prevista para as 10h30.

Vilar testa o Botafogo-PB no 3-5-2, com Marcel e Mario entre os titulares

Globo Esportes da Paraíba

dsc_5789

Seguindo a rotina de treinos durante este recesso da Série D do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB fez um coletivo na tarde desta terça-feira no campo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). Durante a atividade, o técnico Marcelo Vilar testou o time no esquema 3-5-2, com os zagueiros Marcel e Mario entre os titulares.

Adepto do 4-4-2 desde que chegou ao Belo, Vilar variou a escalação no treino de hoje e deu indícios de que essa pode ser um alternativa usada durante a disputa da Série D. Desde que Thuran deixou o clube, ao final do Campeonato Paraibano, o time ficou carente de um companheiro de zaga para André Lima. Com as chegadas de Marcel e Mario, parecia estar surgindo uma disputa entre os dois pela vaga de titular, mas a atividade de hoje mostrou que, talvez, haja espaço para todos.

No amistoso do último sábado, quando o Botafogo goleou o Vera Cruz-PE por 5 a 1 no Almeidão, Marcel jogou o primeiro tempo ao lado de André Lima e Mario compôs a zaga com Éverton na segunda etapa.

A escalação inicial do coletivo de hoje foi a seguinte: Genivaldo, Mario, Marcel, André Lima; Ferreira, Zaquel, Pio, Doda e Celico; Warley e Thiaguinho. Com essa formação, os titulares abriram 2 a 0 nos reservas. Vilar ainda fez algumas substituições. O lateral-esquerdo Rodrigo Ninja entrou no lugar de Celico e logo na sua primeira jogada deu um passe para Warley marcar mais um gol.

Outra mudança considerável que Vilar fez no time foi no ataque, onde conta com várias opções. Assim como no amistoso contra o Vera Cruz, Warley e Thiaguinho começaram como titulares. A primeira alteração foi a entrada de Romarinho, que marcou dois gols no amistoso, no lugar de Thiaguinho. Depois, Warley deu lugar a Rafael Aidar e, assim, a nova dupla de ataque foi quem encerrou o coletivo.

CSA testa seu elenco no amistoso deste sábado contra o Miguelense

Globo Esportes de Alagoas

dsc08156

Após uma semana de trabalhos físicos e técnicos, o CSA enfrenta o Miguelense em amistoso, neste sábado, às 10h, no Estádio Manoel Ferreira de Amorim, em São Miguel dos Campos, visando o retorno da Série D após a pausa da Copa das Confederações.

Depois de perder para o Vitória da Conquista na estreia, por 2 a 0, o Azulão segue a preparação visando receber o Botafogo-PB, no Rei Pelé, no dia 7 de julho. O time do interior está aglutinando forças para a disputa da Segunda Divisão do Alagoano, quando atuará em parceria com o Dínamo.

Na noite dessa quinta-feira, o técnico Beto Almeida informou que o time está escalado para o amistoso em São Miguel dos Campos.- Vai ser uma movimentação importante para observamos alguns atletas que não atuaram na última partida. Vamos dar ritmo também a esses atletas. A equipe, inclusive, já tem uma escalação. A princípio, o Cleberson atuaria na zaga, mas ele sofreu uma pequena lesão e o Alisson vai jogar na defesa.

Já o Miguelense segue se preparando para a Segundona e, da equipe titular que vai enfrentar o CSA, oito devem defender o Dínamo na competição. O técnico Gamela aposta em uma mistura de jogadores da cidade com os jogadores que devem chegar para reforçar a equipe.

banner1

Flamengo testa nova casa em disputa de vaga com Campinense

Globo Esportes

flamengo_estadio_juizdefora3_gustavorotstein

Longe do Rio de Janeiro, mas se sentindo em casa. Acolhido por Juiz de Fora e pela torcida local, o Flamengo faz nesta quarta-feira seu primeiro jogo no Estádio Municipal da cidade mineira, que pode servir de lar durante o Campeonato Brasileiro. O clube busca um palco maior do que os de Volta Redonda e Macaé – já que o Engenhão foi interditado, e o Maracanã está fechado para a Copa das Confederações.

Os cariocas chegaram a receber também uma proposta da Fonte Nova, em Salvador, mas optaram por Minas Gerais pela proximidade e já têm uma segunda partida marcada no local: contra a Ponte Preta, dia 29. O teste da nova casa tem uma missão em dose tripla: avançar na Copa do Brasil, manter a boa fase após quatro vitórias consecutivas e garantir um começo em paz na competição nacional. Para isso, a equipe de Jorginho precisa despachar o Campinense, às 21h50m (de Brasília).

Como venceram por 2 a 1 na Paraíba, os cariocas podem empatar ou até perder por 1 a 0 que se classificam para encarar o ASA de Arapiraca, de Alagoas, na terceira fase do torneio. Aos paraibanos, resta vencer por dois gols de diferença – ou por um gol de diferença, desde que marquem três. Um 2 a 1 a favor da Raposa nordestina leva a decisão para os pênaltis.

opcao-468x60

Bota testa nova casa contra Sobradinho e tenta apagar estigma na Copa BR

Uol

24032013---doria-e-rafael-marques-comemoram-gol-do-botafogo-contra-o-madureira-1364155392774_615x300

O empate sem gols na partida de ida contra o Sobradinho deixou o Botafogo em situação incômoda no confronto válido pela primeira fase da Copa do Brasil. Para avançar sem necessidade de pênaltis e evitar mais uma eliminação precoce na competição, o Alvinegro precisa vencer o jogo marcado para as 19h30 desta quarta-feira em sua nova casa, o Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

O estigma alvinegro de eliminações precoces carrega no histórico quedas diante de Ipatinga e Paulista, por exemplo. Nos últimos anos, o Botafogo caiu na segunda fase frente a Americano (2009) e Santa Cruz (2010), e nas oitavas com Avaí (2011) e Vitória (2012). Em todos os confrontos, o time de General Severiano era considerado amplo favorito, como no desta quarta-feira.

“Apesar de não estar no passado, acompanhei [as campanhas]. [O clube] Não tem boas lembranças. Sabemos que são jogos difíceis. Principalmente contra os pequenos, mais motivados. Lá [no jogo de ida, em Gama-DF] o Sobradinho marcou muito. Sabemos da dificuldade. A diferença desse ano é que estamos motivados, unidos. Apesar de ser outra campanha, a motivação é a mesma do Carioca. Esperamos que possamos mudar esse estigma da Copa do Brasil”, disse Rafael Marques.

Para realizar essa mudança, a equipe precisa se adaptar de vez ao Raulino de Oliveira. O estádio passou a ser a principal casa alvinegra após a interdição do Engenhão, há quase um mês, e sediará as finais do Carioca a partir do próximo final de semana. O local, no entanto, ainda não é considerado um lar para alguns alvinegros. Após a vitória sobre o Volta Redonda por 1 a 0, pela Taça Rio, no último domingo, Oswaldo de Oliveira criticou as condições do gramado.

banner1

Cheio de desfalques, Jorginho faz tático e testa nova formação

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

Normalmente, no primeiro dia após uma partida oficial, os jogadores do Bahia realizam um trabalho regenerativo na sala da musculação ou com um simples treino físico em campo. Porém, logo na reapresentação do elenco tricolor, na tarde desta terça-feira (19), o treinador Jorginho botou a mão na massa e comandou o primeiro tático da semana.

O técnico, porém, teve uma série de desfalques. O goleiro Marcelo Lomba, com cansaço muscular, o zagueiro Brinner, o volante Hélder, com tornozelo inchado, o meia Zé Roberto e o atacante Souza ficaram de fora do treino com bola. Entretanto, o único que preocupa para partida do próximo domingo, em Pituaçu, é o veterano camisa 10, com dores no joelho.

Em campo, o comandante fez algumas mudanças na equipe, dentre elas uma nova formação. Com Marquinhos, os titulares treinaram com apenas dois volantes: Douglas Pires; Neto, Danny Morais, Titi e Magal; Fahel, Diones, Marquinhos e Rosales; Adriano e Obina. Enquanto isso, no time reserva, estiveram em campo os seguintes atletas: Renan; Pablo, Demerson, Diego e Jussandro; Anderson, Toró, Feijão e Talisca; Ítalo Melo e Matheus.

Nesta quarta-feira (20), em dois períodos, o Bahia volta ao batente.

Zanata testa base em coletivo

Site Oficial do Clube

redimensiona

O Fluminense realiza hoje coletivo-apronto para o amistoso contra o Bahia de Feira, o último na fase da pré-temporada antes do Campeonato Baiano. A partida acontece domingo, na cidade de Conceição do Jacuípe e o técnico Zanata deve fazer os últimos ajustes no time, que estréia no próximo dia 20 diante do Jacuipense, na cidade de Serrinha.

A rigor, Zanata tem poucas dúvidas, mas tem buscado manter uma base tanto nos treinos como nos amistosos: na defesa, Bastos é o goleiro titular; Carlos Alberto o lateral-direito; a dupla de zaga formada por Jefferson e Jadson e Demerson é o lateral-esuqerdo.

No meio-campo, Marcus Vinícius e Tiago Sena têm vagas certas; Cleiton, Serginho e Rogério disputam a terceira posição, enquanto Nem fecha o quadrado. Na frente, Geraldo e Maicon foram a dupla de atacantes. “Esta é a nossa base, nós já estamos trabalhando há algum tempo e pretendemos manter. Uma ou outra peça estamos testando porque é necessário se fazer variações. Estamos no caminho certo para ter um time equilibrado em campo”, disse Zanata

Sem González, Dorival testa Welinton e Renato Santos atrás e Amaral no meio

Lancenet

Em coletivo realizado no campo 5 do CT do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na tarde desta segunda-feira, Dorival Júnior promoveu diversas mudanças na equipe para o jogo de quarta-feira, contra o Corinthians, às 22h, no Pacaembu. A principal delas é na zaga: com o desfalque de González, com a seleção chilena, o treinador escalou a defesa com Welinton e Renato Santos, que pode fazer sua estreia. Frauches foi barrado.

Na lateral esquerda, Magal assume o posto de Ramon, que não pode enfrentar o Corinthians devido a uma cláusula em seu contrato de empréstimo por parte do clube paulista. Já o meio de campo foi composto por Amaral, Léo Moura, Renato e Cleber Santana.

Ao todo, foram quatro mudanças em relação ao time que empatou em 0 a 0 com o Bahia: Felipe, Wellington Silva, Renato Santos, Welinton e Magal; Amaral, Renato, Léo Moura e Cleber Santana; Liedson e Vagner Love.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia