WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  



drupal counter

:: ‘Times’

Rodada positiva para as equipes da região Sudoeste no baiano de futebol da 2ª divisão

Blog da Resenha Geral

Estádio-Waldomiro-Borges2-300x199

As duas equipes representantes da região Sudoeste entraram em campo na 6ª rodada do campeonato baiano de futebol e venceram. A Associação Desportiva Jequié jogou em casa na tarde desse domingo contra o time de Itabuna, e venceu por 2×0.

No sábado o Flamengo de Guanambi enfrentou o Astro jogando fora de casa e goleou o adversário por 4×1. Com esses resultados o flamengo voltou a liderar o grupo 2 com 10 pontos ganhos. Já a ADJ permanece na 3ª posição do mesmo grupo, mas agora com 7 pontos.

No próximo domingo, 1º de junho, O flamengo e a ADJ voltam a campo e se enfrentam no estádio 2 de julho, em Guanambi. A partida começa às 16h00.

Simonassi empata com o Bangu e Juventus derrota o Vila da Conquista no futebol amador

Por Luciano Pina

DSCN5246

Se preparando para a disputa do Campeonato Municipal de Futebol, que começa no final deste mês, os times do Simonassi (foto) e Bangu ficaram no empate e o Juventus derrotou o Vila da Conquista.

Simonassi e Bangu fizeram um jogo bastante movimentado na tarde do último sábado (13), no campo do Bangu, na Urbis VI. Durante toda a partida as duas equipes criaram muitas oportunidades de gols, porém, os atacantes não estavam com a pontaria afiada e o placar não saiu do zero a zero.

Tanto Tico treinador do Simonassi, quanto Seu Antônio do Bangu saíram contentes com as atuações dos seus atletas.
O Simonassi foi a campo com a seguinte formação: Leandro, Adriel (Geovani), Brunho, Dhoni (Dedé), e Léo Oliveira, Valmir, Vaguinho (Elonei), Charles, Nei, Adilson (Léo) e Lanzinho.

Segundo Roberto, diretor da Simonassi é intenção da comissão técnica, realizar outro amistoso, no próximo final de semana, possivelmente contra o Santos, do Alto Maron.

Já na manhã deste domingo (14), o time do Vila da Conquista foi derrota pelo Juventus, pelo placar de 2 a 1, no Campo do Vila.

Entenda por que o campeonato baiano de futebol dá prejuízo para os clubes

Tribuna da Bahia

IMAGEM_NOTICIA_0

“Lamentável esse modelo de disputa do Campeonato Baiano”, começa seu texto o professor e estatístico Marcelo Lopes Monteiro.

Acompanhe os argumentos, vejam os equívocos da fórmula de disputa desse ano aprovada pelos dirigentes no Conselho Arbitral da Federação Bahiana de Futebol:

– Quatro dos nove times participantes (44,4% do total) só tem o direito de participar de oito partidas no campeonato e o pior é que nenhuma dessas oito partidas será contra Vitória ou Bahia, que são os times que levam renda nos jogos em que esses times do interior são mandantes. Isso significa que os quatro times que ficarão alijados da competição só tiveram prejuízo no campeonato baiano desse ano, com públicos fraquíssimos e agora vão ficar praticamente o resto do ano (ainda tem a Taça Governador do Estado) sem qualquer atividade no futebol profissional.

– Campeonato Baiano sem Vitória e Bahia não é campeonato Baiano, pois não existe motivação nem da mídia (que só agora depois da eliminação de Bahia e Vitória da Copa do Nordeste é que estão focando mais o Baianão) em transmitir os jogos e nem do público que não vê interesse em ir ao estádio presenciar partidas de nível técnico fraquíssimo (já é fraco com Bahia e Vitória, que dirá sem eles). O resultado disso tudo é a baixíssima média de público desse campeonato até aqui. O resultado é o prejuízo geral para os clubes.

– Os dois Campeonatos: Baiano e do Nordeste deveriam ser realizados concomitantemente (ao mesmo tempo) com jogos no meio de semana para uma competição e nos finais de semana para a outra competição. É assim que ocorre com a Libertadores, que não atrapalha os campeonatos estaduais de São Paulo, do Rio Grande do Sul, do Rio e de Minas Gerais. A Copa do Brasil também não atrapalha os estaduais e nem irá atrapalhar o Brasileirão desse ano. Os times pequenos poderiam jogar mais partidas no Baianão e ter uma renda melhor, pois entraria Bahia e Vitória desde o inicio.

4ª e 8ª rodadas foram as piores
Sem os principais times do estado na disputa, a primeira fase do Campeonato Baiano foi um fiasco de público e renda e deu prejuízo aos clubes. Totalizando todas as oito rodadas do Torneio que já foram disputadas foram 25.511 pagantes. A média é de 797 pessoas por partida.

A cada jogo o torcedor baiano foi decepcionando no quesito presença nos estádios. A 4ª rodada registrou o pior público desde o início da competição. 1809 torcedores compareceram nos estádios. A penúltima rodada realizada no último domingo totalizou 2.173 pagantes, contando todas as partidas. O maior público da rodada foi o triunfo do Vitória da Conquista sobre o Atlético, com 1.119 pessoas.

Em todo o torneio, a derrota do Serrano para o Vitória da Conquista teve o maior número de público. 1991 pagantes compareceram no Lomanto Júnior, em jogo válido pela 6ª rodada do Estadual.

Leia o restante da matéria :: LEIA MAIS »

85% dos clubes brasileiros ficam quase oito meses sem jogar depois dos Estaduais

Informações da Pluri Consultoria por Fernando Ferreira

esporte_3902

Um estudo elaborado pela Pluri Consultoria revela que 554 dos 654 clubes brasileiros participantes em Campeonatos Estaduais não têm jogos marcados no calendário ao término desses torneios.

Isto significa que 85% dos emblemas ficam cerca de oito meses sem partidas oficiais. Como consequência, um total de 10.309 jogadores são afetados.

Resta a tais clubes disputar competições regionais ou amistosas. Todavia, os times em questão enfrentam problemas financeiros e não conseguem manter os jogadores no elenco durante o ano todo. Para contornar a situação, são obrigados a contratar os atletas apenas para os Campeonatos Estaduais.

Quando o torneio termina, liberam os jogadores e voltam a contratá-los para a disputa dos Estaduais do ano seguinte. Tendo em conta que cada Estadual dura cerca de quatro meses, 10.309 jogadores têm que procurar outra atividade durante os restantes oito meses do ano.

A situação é uma bola de neve para os clubes, principalmente os pequenos. Sem campeonatos para disputar, a renda diminui consideravelmente. Por conseguinte, não há dinheiro para os custos administrativos do clube, nem para manter o elenco. O resultado é visível. Em outro relatório realizado pela Pluri, constata-se que 80 clubes fecharam as portas entre 2009 e 2012, fato que está ligado à redução das divisões de cada Estado.

São Paulo é o único a ter quatro divisões, depois da desativação da 6ª, em 2003 e da 5ª no ano seguinte. Os casos mais dramáticos ocorrem no Amapá e em Roraima, cada um com apenas seis participantes na primeira divisão de seus respectivos Estaduais, seguidos de perto pelo Piauí, cuja primeira divisão do Piauiense é disputada por oito times.

Nova diretoria da LCDT reúne com os clubes

Por Luciano Pina

Enquanto o Edvaldo Flores passa por reformas, o campeonato será disputado no Murilão

Enquanto o Edvaldo Flores passa por reformas, o campeonato será disputado no Murilão

A LCDT – Liga Conquistense de Desportos Terrestres realizou na noite da última segunda (25), a primeira reunião com os clubes na gestão da nova diretoria que foi eleita no mês de janeiro de 2013.

O encontro aconteceu na sede da entidade, no Ginásio de Esportes Raul Ferraz, onde teve a boa participação dos desportistas conquistenses que saíram satisfeitos e acreditando no trabalho da nova diretoria da LCDT.

O primeiro ponto discutido foi sobre a atualização dos documentos dos times filiados que devem apresentar uma ata de 2013 com a atual diretoria.

Nos próximos dias uma nova reunião deve acontecer para discutir sobre o inicio da competição, que inicialmente está previsto para acontecer no mês de abril.

A imprensa não foi convidada para participar do encontro.

opcao-468x60

Times do G5 do Baiano não trocaram de treinador

Galáticos Onlines

Treinador Sérgio Veloso do Serrano

Treinador Sérgio Veloso do Serrano

No Campeonato Baiano de 2013 apenas cinco equipes não mudaram de treinador e por coincidência todas essas equipe estão no G5, que é o grupo das equipes que garantem vaga na segunda fase.

Juazeiro, Serrano, Jacuipense, Botafogo e Juazeirense mantém os mesmos treinadores desde o início da competição, já Bahia de Feira, Conquista, Fluminense e Atlético já mudaram seus comandos técnicos.

O time que mudou mais vezes de treinador foi o Atlético, que chega ao terceiro em quatro jogos. Começou com Sérgio Odilon, depois o presidente Ferreira assumiu e agora será a vez de Osmar tentar salvar o time do rebaixamento.

No Fluminense de Feira Zanata começou, mas saiu após suspeita de esquema com empresários e entrou Pedro Mendes no seu lugar. O Bahia de Feira demitiu Arnaldo Lira depois de três anos no comando da equipe e contratou Nazareno Silva e o Vitória da Conquista começou com Fábio Giuntini, que entregou o cargo, agora a equipe é comandada por Moacir Júnior.

Os treinadores Janilson Brito (Juazeiro), Sérgio Veloso (Serrano), Uéslei (Jacuipense), Ricardo Silva (Botafogo) e Laelson Lopes (Juazeirense) seguem firmes no comando técnico das equipe e se mantiverem o ritmo irão desbancar os favoritos, levando os times que treinam para a segunda fase do Baiano.

Para se ter ideia da importância na manutenção do treinador durante toda a competição o Fluminense foi campeão brasileiro em 2012 tendo Abel Braga como treinador em toda série A, já na série B o Goiás e o Criciúma subiram para a elite tendo como comandantes durante toda a competição Enderson Moreira e Paulo Comelli, respectivamente.

Times do Interior prometem chegar com tudo para o Baianão 2013

FBF

IMAGEM_NOTICIA_0

Com expressivo número de jogadores experientes atuando por equipes do interior baiano, além da dupla BaVi, o Campeonato Baiano 2013 chega com todas as ferramentas de ser um espetáculo inesquecível. Somando-se à paixão e alegria do torcedor nas arquibancadas, a segunda competição mais antiga do país promete grandes duelos nos quatro cantos da Bahia.

As forças do interior, diferentemente de edições danteriores, investiram pesado em contratações para toda a temporada. Além do mais, as equipes estão se preparando forte desde o início de dezembro para chegar com tudo na competição.

Assim como a última edição, o Baianão 2013 terá mais estímulo e atratividade, visto que já na 1ª fase os dois primeiros colocados garantem vaga na Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2014, respectivamente. A disputa já começa no dia 20 deste mês e vai até 19 de maio.

Para Tiago Souza, presidente do Bahia de Feira, o time chega com o objetivo de ganhar mais uma vez o título, apesar de jogar as duas fases. Todavia, o tricolor do interior já montou praticamente todo seu elenco para esse ano, faltando apenas um lateral esquerdo. “Pretendemos disputar alguma competição nacional, pois a equipe está forte e focada para competições do ano todo” conclui.

Com realização da FBF e transmissão da Rede Bahia, o campeonato estadual teve apoio de todos os presidentes das agremiações para a mudança desta edição. Apesar das alterações no regulamento, os duelos serão mais competitivos e igualitários.

Segundo Felipe Carneiro, presidente da Jacuipense, a tendência é que todos montem uma boa equipe para os quatro meses de disputa e com o Leão Grená não será diferente. “Estamos com novos parceiros e buscamos jogadores do eixo Rio-São Paulo para formar uma equipe qualificada até mesmo para a disputa da Copa Governador”. Após voltar a elite do futebol estadual, o projeto do clube é permanecer no cenário nacional nos próximos vinte anos.

Por fim, Adalberto Lopes, presidente do Botafogo, promete fazer um dos projetos mais audaciosos do futebol local. Isso por que, nos próximos cinco anos, o mandatário do Glorioso vai investir cerca de R$ 16 milhões para colocar a equipe de volta entre os times de ponta. “No próximo ano, será o centenário do clube e vamos inaugurar a pedra fundamental do Centro de Treinamento” explicou. Nesta edição, assim como os outros clubes do interior, o Mais Simpático espera levantar também o caneco estadual.

unimarc-modelo-4

De olho no Campeonato Baiano, equipes realizam amistosos na pré-temporada

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A preparação para o Campeonato Baiano começa a se intensificar. A Pires Sports, empresa que atua na assessoria de atletas e profissionais do ramo esportivo anunciou amistosos do Jacuipense, Bahia de Feira, Botafogo-BA e Fluminense de Feira.

No dia 6 de janeiro, haverá os amistosos da Seleção de Santo Amaro X Jacuipense e Bahia de Feira X Botafogo-BA, que serão realizados na cidade de Santo Amaro, no Estádio Municipal Antônio Carlos Magalhães.

Já no dia 13 de janeiro, na cidade de Conceição do Jacuípe (Berimbau),haverá os duelos entre a Seleção de Conceição do Jacuípe X Jacuipense e o clássico Bahia de Feira x Fluminense de Feira, no Estádio Rosalvo de Matos Valadares (Roseirão).

A entrada nos jogos será através de ingresso, mais doação de alimento não perecível, que será entregue na Santa Casa de Misericórdia de Oliveira dos Campinhos, nos jogos de Santo Amaro, e na Creche Amae, nos duelos em Berimbau.

468x60_simonassi12

Times do interior já estão em atividade

Tribuna da Bahia

campeonato-baiano

O Campeonato Baiano de 2013 começa somente no dia 20 de janeiro, mas as equipes do interior do estado intensificam os trabalhos para a competição. Muitos dos times já estão preparando para a competição há alguns meses e realizando várias contratações, algumas delas inclusive de jogadores que tiveram passagens pela dupla Ba-Vi.
Com isso os times do interior do estado saem na frente de Bahia e de Vitória no quesito preparo físico e entrosamento de elenco.

Fluminense de Feira – a semana começou com a apresentação do ex-jogador do Bahia e do Vitória Rogério Sodré, de 31 anos. O zagueiro chega por indicação do técnico Zanata. “Já o conheço, é um jogador experiente e que vai somar muito ao elenco que estamos montando, que é muito jovem e que precisa de jogadores de mais experiência”, disse o comandante.
Bahia de Feira – a semana começou com um teste de resistência específica que consiste na realização de corridas de velocidade crescente, do tipo vai-e-vem, até a exaustão, cujo ritmo vai sendo ditado por uma gravação pré-programadas. Além disso, o técnico Arnaldo Lira confirmou o primeiro amistoso do “Tremendão” para o dia 30, possivelmente contra o Feirense.

Vitória da Conquista – A preparação para o Baianão 2013 começou na última terça, com apresentação do elenco e da comissão técnica para a torcida alviverde. Além dos atletas que já faziam parte do time na Copa Governador do Estado, se apresentaram os novos contratados; o goleiro Alex e o treinador Fábio Giuntini, que tem passagens por Grêmio Prudente/SP, Potiguar/RN, Roma de Apucarana/PR, Rio Preto/SP.

Botafogo – Time da capital recém-promovido para a primeira divisão, a diretoria anunciou a renovação de dois jogadores que fizeram parte da campanha do acesso: o atacante Diego Higino e do volante Totinga.

Atlético de Alagoinhas – a diretoria anunciou toda comissão técnica na última terça, comandada pelo técnico Ferreira, que já foi campeão em 2006 com o Colo-Colo de Ilhéus.A diretoria também anunciou alguns reforços como o goleiro Batista, os laterais Jorginho e Nino Pernambucano, o zagueiro Léo Gama, os volantes Pink e Joílson, e o meia-campista Souza. O presidente do Atlético, José Aparecido Ferreira garantiu que o time irá disputar todas as competições da base.

petala-500px-100px

Pequenos clubes baianos ‘somem’ da cena nacional

Globo Esportes

serrano

O ano de 2013 promete ser mágico para o futebol da Bahia. Depois de 10 anos, o clássico Ba-Vi voltará a ser disputado na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Além disso, Salvador terá de volta a Fonte Nova, reconstruída como arena. O estádio vai receber a Copa das Confederações, com direito a um Brasil x Itália e Uruguai contra uma seleção africana. No entanto, o ano seguirá a tendência de temporadas anteriores. Nenhum clube baiano do interior vai figurar nas duas principais divisões do futebol brasileiro. E desde que foi a criada a Série D, a Bahia não tem representantes sequer na Série C. A Quarta Divisão, que tem vagas obrigatórias para baianos, é a única onde os pequenos da Boa Terra são vistos.

Os números mostram um enfraquecimento dos clubes pequenos do estado. Além da dupla Ba-Vi, o último time baiano a frequentar a elite do nacional foi o Leônico em 1985, em um campeonato que teve 44 clubes. Na Série B, a última vez que os baianos de menor expressão estiveram presentes foi em 1991, quando Catuense e Fluminense de Feira disputaram a competição. Naquele ano, a Segunda Divisão teve 64 clubes, e a Bahia só teve representantes devido ao formato que dava vagas obrigatórias aos estados.

Das 10 federações mais bem colocadas, ainda levando em conta o antigo ranking da CBF (SP, RJ, RS, MG, PR, PE, BA, GO, SC e CE), apenas a baiana não teve uma equipe pequena ou do interior figurando na Série B no século 21. A última vez que um clube de menor expressão do estado figurou no cenário nacional foi na Copa João Havelange de 2000, quando o Juazeiro ficou em terceiro lugar no módulo verde e branco da competição, que era equivalente à Série C. Além disso, o estado chegou a ficar sem representantes nas Séries A e B. Em 2006, a dupla Ba-Vi disputou a Série C. O Bahia ainda permaneceu por mais um ano na Terceirona, em 2007, enquanto o Vitória ficou por uma temporada.

Clubes menores nos seus estados como Guaratinguetá-SP, Americano-RJ, Ipatinga-MG, Malutrom-PR, Salgueiro-PE, Anapolina-GO, Marcilio Dias-SC e Icasa-CE, já disputaram pelo menos uma edição da Série B desde 2001. Santa Catarina é o exemplo de maior sucesso com clubes menores e do interior. Em 2013, o estado terá um representante na Série A e quatro na Série B, além de dois na Série D, por vaga obrigatória. Apenas dois destes – Avaí e Figueirense – são da capital catarinense.

O presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, admite a má situação da federação que comanda desde 2001, mas ressalta que, para ele, a entidade tem cumprido o seu papel. No entanto, os planejamentos dos clubes e os formatos das competições de acesso prejudicavam as agremiações. No entanto, o dirigente espera que a partir de 2013, a situação mude, a partir do novo formato da Série D, Quarta Divisão nacional.

Times já confirmados na Copa do Brasil de 2013

Por Luciano Pina

Confira os times já estão confirmados para a Copa do Brasil que vai de 03 de abril a 27 de novembro de 2013:

Rio Branco – Campeão do Estadual do Acre 2012
CRB -Campeão do Estadual de Alagoas 2012
ASA – Vice-campeão do Estadual Alagoas 2012
CSA – Melhor colocado no Estadual Alagoas 2012, após os finalistas
Oratório – Campeão do Estadual do Amapá 2012
Nacional – Campeão do Estadual do Amazonas 2012
Fast Clube – Vice-campeão do Estadual do Amazonas 2012
Bahia – Campeão do Estadual da Bahia 2012
Vitória – Vice-campeão do Estadual Bahia 2012
Vitória da Conquista – Campeão da Copa Governador do Estado da Bahia de 2012
Ceará – Campeão do Estadual do Ceará 2012
Fortaleza – Vice-campeão do Estadual do Ceará 2012
Guarani de Juazeiro – Campeão da Copa Fares Lopes de 2012
Ceilândia – Campeão do Metropolitano do Distrito Federal 2012
Luziânia – Vice-campeão do Metropolitano do Distrito Federal 2012
Sobradinho – Terceiro colocado no Metropolitano do Distrito Federal 2012
Aracruz – Campeão do Estadual do Espírito Santo 2012
Desportiva – Campeão da Copa Espírito Santo de 2012
Goiás – Campeão do Estadual de Goiás 2012
Atlético Goianiense – Vice-campeão do Estadual de Goiás 2012
CRAC – Terceiro colocado no Estadual de Goiás 2012
Sampaio Corrêa – Campeão do Estadual do Maranhão 2012
Luverdense – Campeão do Estadual do Mato Grosso 2012
Mixto – Campeão da Copa Governador de Mato Grosso de 2012
Águia Negra – Campeão do Estadual do Mato Grosso do Sul 2012
Naviraiense – Vice-campeão do Estadual do Mato Grosso do Sul 2012
América – Vice-campeão Estadual de Minas Gerais 2012
Tupi – 3º colocado no Estadual de Minas Gerais 2012
Cruzeiro – 4º colocado no Estadualde Minas Gerais 2012
Cametá – Campeão do Estadual do Pará 2012
Remo – Vice-campeão do Estadual do Pará 2012
Águia de Marabá – 3º colocado no Estadual do Pará 2012
Campinense – Campeão do Estadual da Paraíba 2012
CSP – Campeão da Copa Paraíba 2012
Coritiba – Campeão do Estadua do Paraná 2012
Atlético Paranaense – Vice-campeão do Estadual do Paraná 2012
Arapongas – 3º colocado do Estadual do Paraná 2012
Cianorte – 4º colocado do Estadual do Paraná 2012
Santa Cruz – Campeão do Estadual de Pernambuco 2012
Sport – Vice-campeão do Estadual de Pernambuco 2012
Salgueiro – 3º colocado no Estadual de Pernambuco 2012
Parnahyba – Campeão do Estadual do Piauí 2012
Flamengo – Campeão da Copa Piauí de 2012[5]
Botafogo – Vice-campeão do Estadual do Rio de Janeiro 2012
Flamengo – 3º colocado no Estadual do Rio de Janeiro 2012
Vasco da Gama – 4º colocado no Estadual do Rio de Janeiro 2012
Resende – 5° colocado no Estadual do Rio de Janeiro 2012
Bangu – Vice-campeão da Copa Rio 2012
América – Campeão do Estadual do Rio Grande do Norte 2012
ABC – Vice-campeão do Estadual do Rio Grande do Norte 2012
Baraúnas – 3º colocado no Estadual do Rio Grande do Norte 2012
Internacional – Campeão do Estadual do Rio Grande do Sul 2012
Caxias – Vice-campeão do Estadual do Rio Grande do Sul 2012
Veranópolis – 4º colocado no Estadual do Rio Grande do Sul 2012
Brasil de Pelotas – Vice-Campeão da Copa FGF 2012
Ji-Paraná – Campeão do Estadual de Rondônia 2012
São Raimundo – Campeão do Estadual de Roraima 2012
Santos – Campeão do Estadual de São Paulo 2012
Guarani – Vice-campeão do Estadual de São Paulo 2012
Ponte Preta – 4º colocado no Estadual de São Paulo 2012
São Bernardo – Campeão da Série A2 do Estadual de São Paulo 2012
Noroeste – Campeão da Copa Paulista 2012
Avaí – Campeão do Estadual de Santa Catarina 2012
Figueirense – Vice-campeão do Estadual de Santa Catarina 2012
Itabaiana – Campeã do Estadual de Sergipe 2012
Confiança – Campeão da Copa Governo do Estado de Sergipe de 2012
Gurupi – Campeão do Estadual do Tocantins 2012

Com a definição dos 70 representantes das federações estaduais e dos 6 representantes classificados diretamente às oitavas-de-final, mais 10 clubes serão apurados pelo Ranking da CBF 2012 que sofrerá alterações devido à mudança na sua metodologia.[7]

Classificados diretamente às oitavas-de-final
Corinthians Campeão da Copa Libertadores de 2012
Palmeiras Campeão da Copa do Brasil de 2012
Fluminense Campeão do Campeonato Brasileiro Série A 2012
Grêmio Classificado pelo Campeonato Brasileiro Série A 2012, posição a definir
Atlético Mineiro Classificado pelo Campeonato Brasileiro Série A 2012, posição a definir
São Paulo 4° Colocado pelo Campeonato Brasileiro Série A 2012

Caso um time brasileiro vença a Copa Sul-Americana de 2012, este ocupará a vaga que seria do 4° colocado do Campeonato Brasileiro da Série A 2012. Com o término do Campeonato Brasileiro de Futebol de 2012, mais vagas poderão ser abertas nos campeonatos estaduais ou no ranking da CBF.

Times começam a se preparar para o Baianão 2013

Por Luciano Pina
Fonte Bahia Noticias

Os times que não participaram da Copa Estado, já começaram a se movimentar para o Baianão 2013. O Serrano é o que já está mais adiantado no processo de contratações. Anunciou o técnico Sérgio Veloso e o goleiro Gil (foto). E ainda tem alguns jogadores apalavrados.

Juazeirense possui alguns jogadores emprestados e tem uma base. O time sondou alguns treinadores e a expectativa é que se confirme os nomes até semana que vem. 

Botafogo-BA intensificou os contatos nas últimas semanas e deve anunciar uma parceria com um time da Série A . Enquanto o Juazeiro atravessa uma crise financeira grande e vários processos trabalhistas. Para completar, vive um imbróglio pela disputa pela presidência do clube. Se não resolver essas problemas jurídicos e financeiros, já entra como sério candidato a degola.

Nos próximos dias a FBF deverá reunir com os clubes para discutir a fórmula de disputa do campeonato. Bahia, Vitória e Feirense que vão disputar a Copa do Nordeste sé entram na 2ª fase da competição.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia