WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘TJD’

TJD-BA confirma realização do duelo entre Juazeirense e Vitória

Bahia Notícias
IMAGEM_VITORIA_5

O Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA) decidiu nesta sexta-feira (8), que o duelo entre Juazeirense e Vitória, pela primeira partida da semifinal do Campeonato Baiano, está mantido para domingo (10), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Na última quinta (7), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu pela suspensão da partida, após o Bahia ter ingressado com um mandado de segurança, na qual acusa juntamente com o Flamengo de Guanambi, de o zagueiro Victor Ramos ter atuado irregularmente no triunfo do Vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo de Guanambi.

No entanto, o STJD deixou a decisão nas mãos da corte baiana. Porém, a novela “VR3” está longe de um desfecho, já que ainda cabe recurso.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

TJD manda representantes para conferir última rodada da segundona do Baianão

Galáticos Online

fluminense gol marcelo oliveir

Procurando evitar irregularidades e polêmicas na rodada que define os times que se classificam para a elite do futebol baiano, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-BA) vai enviar representantes para conferir três partidas da segundona estadual, de onde podem sair os novos componentes da primeira divisão.

Líder da competição, o Flu de Feira recebe o vice-lanterna Atlético de Alagoinhas no estádio Jóia da Princesa, com o confronto sendo supervisionado pelo Procurador Leonardo Dunham.

Em Juazeiro, onde a equipe da casa precisa vencer o Ypiranga e ainda contar com uma combinação de resultados para voltar à elite, o TJD designou o secretário da procuradoria, Josenilton Cerqueira. Para conquistar a tão sonhada vaga, a equipe de Salvador precisa de um triunfo.

No terceiro e último jogo, o terceiro colocado Guanambi recebe o lanterna Jequié em casa, com o secretário do TJD, Roberto Araújo, sendo o escolhido para acompanhar o andamento do jogo.

Presidente do TJD nega pedido do Flamengo de paralisação da 2ª divisão

Galáticos Online

IMAGEM_NOTICIA_2

A polêmica da possível escalação de um jogador irregular pelo Colo Colo, que pode render ao time de Ilhéus a perda de seis pontos e consequentemente o acesso à Primeira Divisão do Baianão 2015 ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira (16). O presidente do TJD-BA, João Paulo Oliveira, negou o pedido de suspenção da competição feito pelo Flamengo.

O clube de Guanambi principal interessado na punição ao Tigre, já que com a perda dos pontos do rival seria ele o novo integrante da elite ao lado do Jacobina, tentou uma queria uma liminar que suspendesse a final da competição, entre o time de Ilhéus e o Jacobina, que terá sua primeira partida disputada neste sábado (17).

Mas, João Paulo Oliveira confirmou que não seria possível paralisar a Segundona sem sequer uma denúncia por parte da Procuradoria do TJD. Segundo ele, o que houve apenas foi uma narração da possível infração pelo Flamengo.

Oliveira ainda destacou que a realização das finais não trará qualquer prejuízo ao processo, já que o próximo baianão só será iniciado em janeiro de 2015 e, até lá, sendo comprovada a irregularidade do Colo Colo, terá tempo suficiente para reverter o quadro atual e possibilitar o acesso do time de Guanambi à primeira Divisão.

468x60_simonassi127

TJD aceita pedido de procurador e suspende jogos da semifinal do Mineiro

Superesportes

estadio-independencia-reinaugurado-em-25-de-abril-de-2012-em-bh-1336249065327_615x300

A decisão é reversível, mas o fato é que, na noite desta terça-feira, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais, Guilherme Santos Rodrigues, aceitou pedido do procurador-geral da casa, Antonio Augusto Mesquita Fonte Boa, e suspendeu os dois jogos de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, marcados para o próximo fim de semana.

Em contato com o Superesportes, Guilherme Santos Rodrigues não quis dar detalhes do despacho e informou que sua decisão estará à disposição da imprensa nesta quarta-feira, na secretaria do TJD-MG.

Fonte Boa discorda da realização no Estádio Independência dos dois jogos de ida das semifinais, ambos com mandos dos clubes do interior: Tombense x Atlético, marcado para sábado, às 16h, e Villa Nova x Cruzeiro, programado para domingo, às 16h. Segundo ele, isso configura inversão de mando de campo. As equipes de Tombos e Nova Lima decidiram transferir as partidas para Belo Horizonte para lucrar com maiores rendas.

O magistrado acredita que o acordo feito entre os clubes (Villa Nova, Tombense, Cruzeiro e Atlético) e a Federação Mineira de Futebol, pela “inversão” de mando de campo, é proibido pela legislação. Com o mesmo argumento, a própria FMF vetou, na primeira fase do Estadual, que o Villa Nova transferisse o jogo com o Cruzeiro de Nova Lima para o Mineirão. Na ocasião, a organizadora do Mineiro tratou o caso como inversão de mando.

“Para que isso pudesse acontecer (a transferência dos mandos para BH), o regulamento teria que ser diferente e uma série de providências outras teriam que se tomadas. Essa inversão é proibida pela legislação”, disse Antonio Augusto Mesquita Fonte Boa.

Como o procedimento judicial realizado pelo procurador-geral foi aceito pelo presidente do TJD, os jogos programados para o fim de semana ficam temporariamente suspensos.

TJD suspende resultado e Flamengo volta a ter chances na Taça Rio

Gazeta Esportiva

jogadoresflareclamamjuizdhavidnormandofutura

Depois de ter derrotado o Remo por 3 a 0 e garantir a vaga na segunda fase da Copa do Brasil, o Flamengo voltou a ter chances de chegar às semifinais da Taça Rio. Isso porque o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), José Teixeira Fernandes, concedeu, a pedido do clube, um mandado de garantia para suspender o resultado do jogo entre Flamengo e Duque de Caxias, válido pela quinta rodada. Naquela ocasião o clube da Gávea alegou que o gol marcado pelo atacante Hernane e anulado alguns minutos depois de ter sido validado pelo trio de arbitragem mostra que houve interferência externa na decisão, algo proibido pela Fifa. O duelo terminou empatado por 1 a 1.

Na próxima quinta-feira à tarde, será realizada uma audiência de instrução no TJD, da qual participarão os advogados de Flamengo e de Duque de Caxias, além do árbitro Pathrice Maia, dos assistentes Paulo Paladino e Tarsio Monteiro, do delegado Marcos Trindade e do presidente da Comissão de Arbitragem, Jorge Rabello. Se ficar comprovado que houve ajuda externa o Tribunal pode decidir por validar o gol, mudando para 2 a 1 o resultado do jogo, ou simplesmente anular a partida, que seria remarcada.

Caso isso aconteça, o Flamengo voltará a ter chances de chegar às semifinais da Taça Rio. No caso da remarcação do jogo o Flamengo poderá avançar se vencer o reencontro com o Duque de Caxias, derrotar o Macaé neste sábado e o Fluminense, no domingo, for superado pelo Bangu. Hoje os flamenguistas aparecem na quarta posição do Grupo B com oito pontos, cinco a menos que o Fluminense, segundo colocado. Em caso de anulação até o Duque de Caxias, terceiro colocado com nove pontos, poderia se classificar. O quadro só não muda a classificação do líder Resende, que tem 15 pontos.

TJD-BA já tem novo presidente

Galáticos Online

Após a eleição realizada nesta terça-feira, 7, o advogado Domingos Arjones foi eleito presidente do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA). O novo presidente substitui o Dr. Ruy João, que teve seu mandato encerrado à frente do Tribunal.

Em entrevista Dr. Arjones falou dos seus objetivos no novo desafio. “Foi uma eleição de bate chapa em que tivemos êxito. Graças a Deus conseguimos levar a confiança depositada no meu nome. Agora, é dar continuidade ao trabalho feito pelo Dr. Ruy João. Quero acompanhar todas as ligas, municípios. Vamos estar em todos os municípios onde há futebol na Bahia”, destacou.

TJD-BA marca julgamente de Albino Leite e dirigente pode pegar um ano de suspensão

Ibahia

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-BA) marcou para a próxima segunda (18) o julgamento de Albino Leite, presidente do Atlético, em virtude da agressão ao assistente Alessandro Álvaro Rocha Matos na partida entre o Carcará e o Bahia, em Alagoinhas. A sessão está marcada para começar às 18h30.

Albino Leite foi enquadrado em seis artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e pode pegar até um ano de suspensão. Além da agressão, o presidente do Atlético vai responder por invasão de campo e prejuízo a sua equipe.

O lance ocorreu aos 29 minutos do segundo tempo, quando o assistente levantou a bandeira e assinalou impedimento do lateral Carlos Alberto. O cruzamento resultou em gol de Robert, para o Atlético. Na sequência, após reclamação dos jogadores, Albino Leite de uma trombada em Alessandro pelas costas, que o fez cair no gramado. O assistente sofreu um trauma no pescoço.

“Foi uma agressão covarde. Ele vai responder por isso”, bradou Alessandro, que prestou queixa logo após a partida, ainda em Alagoinhas. Albino Leite rebateu. “Não foi agressão. Apenas tentei empurrar ele para perguntar o que aconteceu”.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia