WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘Treinador’

Série D: Juazeirense acerta contratação do técnico Quintino Barbosa

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Um velho conhecido da torcida da Juazeirense está de volta ao comando do clube. Trata-se do técnico Quintino Barbosa, que chega para a disputa da Série D. A informação foi confirmada na manhã deste sábado (28) por Roberto Carlos, deputado estadual e presidente da agremiação.

“Analisamos friamente entre os nomes colocados e decidimos por Quintino Barbosa. Um treinador experiente e que já trabalhou com a gente. Ele classificou o nosso time no ano passado para a Copa do Nordeste. Ele se apresenta na segunda para começar os trabalhos em busca do acesso para a Série C”, disse o parlamentar-cartola, em entrevista ao Bahia Notícias.

Segundo Roberto Carlos, a tendência é que o clube contrate de três a quatro jogadores para o certame. A base do time que disputou a Copa do Nordeste e o Campeonato Baiano foi mantida.

“Queremos contratar de três a quatro atletas. Nós renovamos com a maioria dos jogadores que atuaram na Copa do Nordeste e Campeonato Baiano. Na semana que vem iremos bater o martelo”, finalizou.

A primeira passagem de Quintino Barbosa na Juazeirense foi em 2013, quando levou o time para as semifinais do estadual e conquistou o título de melhor treinador. Ele ainda trabalhou na agremiação em 2014 e 2015.

A Juazeirense estreia na Série D contra o Icasa, no dia 12 de junho, no Estádio Adauto Moraes. O Cancão de Fogo integra o Grupo A5 da competição juntamente com o Icasa, Altos-PI e Maranhão.

unimarc-modelo-4

Martelo batido: Evandro Guimarães é o novo treinador do Salgueiro

Globo Esportes

img_6721

A diretoria do Salgueiro definiu quem será o técnico da equipe na disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. O nome escolhido foi o de Evandro Guimarães, que estava treinando o Juazeirense, da Bahia. O treinador se despediu da equipe baiana na derrota de 2 a 1 para o Botafogo, válida pela segunda fase da Copa do Brasil, na noite da última quinta-feira.

De acordo com Geraldo Neto, a escolha do treinador foi feita levando em consideração o perfil dos técnicos que trabalharam recentemente no Carcará, a exemplo de Sérgio China e Marcelo Chamusca.

– Seguimos a mesma linha de treinador. A linha de Sérgio China, Marcelo Chusma. Evandro tem bons resultados. Foi vice-campeão baiano com o Vitória da Conquista, ontem, com a Juazeirense, fez um bom jogo contra o Botafogo, um time organizado – afirmou o presidente do Salgueiro.

Evandro Guimarães é baiano, nascido na cidade de Itabuna e se destacou treinado times do seu estado natal. Até agora, o melhor resultado do treinador foi com o Vitória da Conquista, quando conseguiu o vice-campeonato estadual, perdendo a decisão para o Bahia.

Ates de acertar com o Carcará, Evandro estava trabalhando no Juazeirense. Com o Cancão de Fogo, ele conseguiu o terceiro lugar no Campeonato Baiano, garantindo a equipe nas Copas do Brasil e do Nordeste de 2017 e na Série D deste ano. O treinador também tem passagens pelo Barueri e Coruripe.

unimarc-modelo-4

Evandro Guimarães mira triunfo no Adauto para a Juazeirense carimbar vaga na Copa do Nordeste

Esporte Total

Evandro-Guimaraes-treino-Juazeirense-chacara-05-05-2016

Exatos dois meses após a chegada do técnico Evandro Guimarães, a Juazeirense decide o terceiro lugar do Campeonato Baiano no domingo (08) diante do Fluminense de Feira, às 16h, no Adauto Moraes. Já garantido na Série D deste ano e também na segunda fase da Copa do Brasil, o Cancão precisa de um empate para confirmar a vaga na Copa do Nordeste 2017.

Mas nem por isso a equipe vai entrar pensando no regulamento. “O primeiro jogo foi difícil, mas tivemos oportunidades e não soubemos aproveitar. Nós estamos jogando em casa e vamos em busca da vitória assim como em Riachão. Queremos muito essa classificação para Copa do Nordeste”, ressalta o técnico Evandro Guimarães, que encerrou a preparação neste sábado (07) pela manhã, no Adauto.

Em relação ao 0x0 no jogo de ida em Riachão do Jacuípe, dessa vez Evandro tem a disposição o zagueiro e capitão Emerson, de fora dos dois últimos jogos por conta de uma lesão muscular na coxa direita. Com a equipe definida na cabeça, os onze titulares do Cancão só serão revelados minutos antes do jogo. O que não é mistério é a satisfação do treinador com a evolução da equipe, que vem de bons jogos diante do Cuiabá na Arena Pantanal, pela Copa do Brasil, e no duelo do domingo passado com o Flu de Feira.

“Eu consegui ver muito bem essa evolução nos dois últimos jogos. A compactação, as linhas jogando mais próximas e o encaixe da marcação. Quando estamos coma bola, espalhamos de um jeito e sem a bola encaixamos de uma forma diferente. É um resultado que demanda tempo de trabalho. É um time bem diferente de quando cheguei no clube”, entende Evandro.

A vaga na Copa do Nordeste também é um combustível a mais para a equipe começar a pensar a partir de segunda no Botafogo, adversário do dia 12, outra vez no Adauto Moraes, só que pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. “Será uma grande oportunidade para mostrarmos o nosso trabalho, mas qualquer conversa sobre o Botafogo só irá começar depois de domingo”, alerta Evandro, que quer o grupo totalmente focado na decisão estadual.

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n

Dal Pozzo revela preocupação com a exibição do Náutico: “Pior jogo do ano”

Globo Esportes

mco_58681

Dentro de casa, diante de um adversário modesto e em pleno aniversário de 115 anos. Para o técnico Gilmar Dal Pozzo, pior do que tudo isso na eliminação do Náutico foi o desempenho do time – classificado pelo comandante como o pior do Timbu no ano.

– O resultado incomodou muito, mas mais nos incomodou a produtividade. Nossa equipe não jogou bem. Foi, talvez, o nosso pior jogo do ano. Eu falava, nas coletivas desta semana, que, no futebol e na vida, tudo é merecimento. E não fizemos por merecer.

Para o treinador, o Náutico falhou em todos os aspectos. Técnica, tática e emocionalmente, o time esteve abaixo do padrão, na visão do comandante. Dal Pozzo fez uma mea culpa.

– Nós temos que rever essa questão de três atacantes. É aí que me culpo. Nossa equipe normalmente joga com mais jogadores no meio de campo, hoje optei por usar mais homens na frente e não deu certo.

A baixa performance da equipe nos dois últimos jogos preocupa o treinador para a sequência da temporada e para a reta final do Campeonato Pernambucano.

– Sim (preocupado). Primeiro é reconhecer quando a equipe joga mal contra o Central, domingo, ficamos muito abaixo no primeiro tempo. No segundo, melhorou, mas o Central teve três jogadores a menos. Hoje, mais uma vez fomos mal. Temos que trabalhar e rever conceitos. Mas na semifinal, começa outro campeonato, totalmente à parte do início.

Após rebaixamento, Sérgio Odilon nega ‘abandono’ e detona diretoria do Colo Colo

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Depois do triunfo entre Vitória da Conquista e Colo Colo, onde o Bode venceu o Tigre por 2 a 1 e rebaixou a equipe auriazul do Baianão 2016, circulou nas redes socias que o treinador do clube ilheense, Sérgio Odilon, foi abandonado pela diretoria de seu ex-time e teve que retornar a Salvador com a ajuda de dirigentes e amigos de Conquista. Entretanto, o próprio comandante nega o ocorrido, mas não deixa de criticar a postura do clube durante a sua estada na disputa do certame estadual.

“Não aconteceu nada disso. Na verdade, eu não quis retornar com a equipe depois do confronto e reportei isso ao próprio presidente Raimundo Borges. Me desliguei ali mesmo depois do confronto”, afirmou o treinador em entrevista ao Bahia Notícias, onde explicou que a sua atitude foi para evitar uma provável confusão com um dos dirigentes do Tigre. “O que aconteceu é que desde o segundo tempo da partida, um supervisor do Colo Colo se alterou no estádio e passou a dirigir palavras para mim e a equipe. Disse que a culpa do rebaixamento era minha. Aí depois da partida, conversando com amigos, eles me aconselharam para não voltar com o grupo e evitar algum incidente no ônibus”, finalizou o comandante, que identificou o dirigente apenas pelo prenome Flávio. “Ele acha que manda no clube”.

Já em Salvador, Odilon falou do seu curto tempo na equipe e explicou os problemas que enfrentou no Colo Colo para evitar o rebaixamento. “Quando eu cheguei lá, o time já estava montado e não havia possibilidade de contratar outros jogadores por conta da situação financeira. Contamos com o que estavam lá e tivemos que utilizar esse ano. Aconteceram coisas internas na administração do clube que não cabe a mim opiniar, e isso atrapalhou o nosso trabalho também”, lamentou Sérgio, que se mostrou decepcionado com a situação. “Agora é descansar, dar uma refletida, porque o futebol baiano tem problemas muito graves. Eu não entendo como tem equipes que ainda procuram treinadores, se lá mesmo eles querem dirigir o time e não deixam o treinador trabalhar. Isso mancha o futebol baiano. Hoje só penso em ficar com a minha família e depois vou decidir o meu futuro”, finalizou.

Técnico é abandonado em Conquista após rebaixamento do Colo Colo

Só em Ilhéus

001

Dentre os desmandos ocorridos nesta edição do Campeonato Baiano, mais um fato bizarro foi adicionado à lista neste domingo (27), em Vitória da Conquista. Sérgio Odilon, treinador do Colo Colo, foi abandonado pela delegação do Tigre, que acabou rebaixado para a segunda divisão do estadual após ser derrotado pelo Bode, por 2 a 1.

O profissional precisou da ajuda de Ederlaine Amorim, presidente do Conquista, para comprar passagens com destino a Salvador.

O treinador é experiente, e acumula passagens no comando de divisões de base no Corinthians, Bahia, Vitória, Galícia e Fluminense de Feira, e que comandou times principais de Bahia de Feira, Atlético de Alagoinhas, Catuense e Conquista.

“É como um título de campeonato”, avalia treinador do Conquista

Blog da Resenha Geral
Foto Rafael Gusmão

DSC_0640

A luta contra o rebaixamento terminou com resultado positivo para o Vitória da Conquista. Dentro de casa, o time conquistense venceu o Colo Colo pelo placar de 2X1 e se manteve na primeira divisão do Campeonato Baiano.

O resultado da partida foi sacramentado ainda no primeiro tempo. O Conquista marcou seus gols com Todynho e Tatu, já o Colo Colo respondeu com Darlan. No segundo tempo, as duas equipes demonstraram o desgaste da reta final de campeonato e mantiveram o resultado até o apito final.

“O resultado é como um título de campeonato. O Vitória da Conquista não merecia estar disputando o torneio da morte. O clube está no local certo, na primeira divisão, mas agora é lutar para fazer um bom campeonato no próximo ano”, avaliou o treinador do Conquista, Sérgio Araujo.

Após as eliminações no Campeonato Baiano e Copa do Nordeste, o objetivo do Conquista é avançar para a segunda fase da Copa do Brasil. “Vamos concentrar os esforços para a Copa do Brasil, onde teremos uma tarefa difícil contra o Náutico. Mas tenho certeza que podemos conseguir um resultado simples lá em Recife”, concluiu o técnico do Conquista.

No apagar das luzes, Feirense muda de treinador para escapar do rebaixamento

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Mesmo com apenas um jogo para encerrar a sua participação na edição 2016 do Campeonato Baiano, o Feirense anunciou mais uma mudança de treinador na temporada. Para escapar do rebaixamento, a Águia do Sertão confirmou a contratação do técnico Zanata, que chega a sua terceira participação no clube do interior baiano.

Esse será o quarto técnico do Feirense em 2016, que já teve os treinadores Henry Laua, Ionay da Luz, e Ado Almeida a frente do time gameleiro. Para Zanata, a meta é derrotar o Jacuipense no jogo de volta do Torneio da Morte. Qualquer triunfo garante o time de Feira de Santana na elite estadual em 2017.

Zanata já comanda a equipe e prepara o elenco para o jogo do próximo domingo (27), às 13h45, contra o Jacuipense na Arena Fonte Nova.

Paulo Foiani pede demissão do Jacuipense; Carlos Rabello assume a equipe

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A dança das cadeiras dos técnicos do Campeonato Baiano segue em ritmo acelerado. Após o Galícia anunciar a saída de Carlos Rabello do comando da equipe (leia aqui), foi a vez do Jacuipense oficializar o desligamento de Paulo Foiani na manhã desta terça-feira (15). Para a vaga, o clube contratou justamente Rabello, que ficou poucas horas desempregado.

“Paulo Foiani pediu demissão. Disse que o time não estava reagindo e nós aceitamos. Contratamos Carlos Rabello e ele já está aqui conosco para comandar o time nessa luta contra o rebaixamento”, disse Felipe Sales, em entrevista ao Bahia Notícias.

Rabello chega com a missão de salvar o Jacuipense da degola. A equipe vai disputar o “Torneio da Morte”. O novo treinador vai estrear no domingo (20), contra o Feirense, às 13h45, na Arena Fonte Nova.

outdoor_pq

Treinador Sérgio Araújo inicia trabalho no Vitória da Conquista visando o confronto contra o Sampaio Corrêa

Da Redação

E2A0088

O treinador Sérgio Araújo chegou na noite de ontem (7) e já comanda seu primeiro trabalho no Vitória da Conquista, na tarde desta terça (8).

No treinamento que aconteceu na Toca do Bode, já que o estádio Lomanto Júnior, não foi liberado, o novo comandante começou a esboçar o time que entra em campo contra o Sampaio Corrêa, nesta quinta (10), as 21h30, no Lomantão, pela penúltima rodada da fase de classificação da Copa do Nordeste.

Com sete pontos e ocupando a terceira colocação do Grupo E, uma vitória será de suma importância para o Bode continuar com chances de classificação para as quartas de final da competição.

A diretoria solicitou uma carga de 3.000 ingressos que custarão R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia). A venda antecipada começou a partir desta terça (8).

Sérgio Araújo é o novo treinador do Vitória da Conquista

Da Redação

IMAGEM_NOTICIA_5(20)

O Vitória da Conquista confirmou a contratação de Sérgio Araújo como o novo treinador da equipe. O técnico chega para ocupar a vaga de Evandro Guimarães que pediu demissão após a derrota para o Galícia.

Sérgio Araújo chega com a missão de tentar levar o Bode a uma vaga nas quartas de final da Copa do Nordeste, além de livrar a equipe do rebaixamento no Campeonato Baiano e levar o jogo de volta na Copa do Brasil.

Sérgio Araújo tem 50 anos e já passou por inúmeros clubes baianos: Como Catuense, Camaçari, Colo-Colo e Feirense. Foi auxiliar técnico de Mário Sérgio no Internacional, Figueirense e Ceará. Como treinador também comandou o Barueri-SP e o Al Nars, dos Emirados Árabes. Além do próprio Vitória da Conquista.

Araújo, já comanda o Alviverde na partida contra o Sampaio Corrêa, que acontece nesta quinta (10), no estádio Lomanto Júnior.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Carlos Rabello comanda treino do Galícia, em Pituaçu

Site do Clube

DSCN0030-1024x768

Em preparação para o jogo deste domingo (6), às 16 horas, no estádio de Pituaçu contra o Vitória da Conquista em partida válida pela quarta roda do Campeonato Baiano, os atletas do Granadeiro realizaram um treinamento técnico-tático na manhã desta quarta-feira (2) no campo de jogo.

Sob o comando de Carlos Rabello, os jogadores deram voltas no campo e logo após o treinador trabalhou o posicionamento dos Azulinos, parando algumas vezes para passar informações e terem um melhor entrosamento. Em determinado momentos, Rabello conversou com os atletas falando da importância de vencer esta partida, já que o clube pode chegar a 9 pontos na classificação geral da competição e dar um passo importante rumo a próxima fase.

No final, os jogadores trabalharam bola parada em cobranças de falta e escanteios ofensivos e defensivos.

O elenco retorna ao Pituaçu para mais um treinamento nesta sexta-feira (4) pela manhã.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia