WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  



drupal counter

:: ‘TUDO’

Vitória da Conquista aposta tudo no Nordestão

Jornal a Tarde

conquista(3)

Dividido entre duas competições e sofrendo com o desgaste das viagens, o Vitória da Conquista acabou de fora das quartas de finais do Baianão e comprometeu o restante do calendário deste ano. Apesar do cenário ruim, o Bode segue com chances de avançar às finais da Copa do Nordeste.

Com o rendimento fraco no Estadual, o técnico Evandro Guimarães pediu demissão e Sérgio Araújo, que já comandou a Juazeirense neste ano, vai assumir o cargo. Vice-campeão baiano em 2015, o Vitória da Conquista vai disputar, pela 1ª vez em seus 11 anos de história, o ‘Torneio da Morte’, que vai decidir as duas equipes rebaixadas para a 2ª Divisão.

Nesse cenário, a classificação para as quartas de finais do Nordestão ganha uma importância ainda maior, já que a premiação da equipe passaria de R$ 505 mil para R$ 935 mil. “As cotas da Copa do Nordeste seguraram as contas e uma classificação seria muito importante para a sequência da equipe”, comentou o presidente Ederlane Amorim.

A derrota para o Galícia, no último domingo, prejudicou o calendário do 2° semestre do Bode, já que não tem chances de garantir vaga na Série D e não deve jogar a Copa Governador do Estado, disputada pelas seis primeiras equipes do Baianão e os finalistas da Segundona do Estadual. “Preparamos um elenco para disputar as competições neste início de ano, mas jogamos longe da torcida e sofremos com o desgaste físico e financeiro”, afirmou Amorim, destacando a ausência do Estádio Lomanto Júnior no planejamento do clube.

Depois de atrasos na reforma, o Vitória da Conquista vai estrear no Lomantão em 2016 na quinta, quando recebe o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste. “Estou contente com o retorno à nossa casa e vamos jogar agora todas as partidas com força máxima”, comentou Amorim. Se vencer, o Bode vai para a última rodada do Nordestão, contra o Ceará, em Fortaleza, precisando de um empate para se classificar.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Tudo pronto para a estreia do Flamengo de Guanambi neste domingo

Guanambi Notícias

83-500x333

Toda logística de segurança pronta, infraestrutura sendo finalizada e todos os detalhes necessários estão sendo feitos para o grande e histórico jogo de futebol, onde o Flamengo de Guanambi enfrentará o Vitória da Conquista, pela série A, do Campeonato Baiano 2016, neste domingo (31), às 16 horas no Estádio Municipal 02 de Julho.

“Está chegando o grande dia, estamos com o sentimento de missão cumprida, o estádio está ficando impecável e tudo está saindo como o previsto”, disse o prefeito Charles Fernandes.

A Federação Baiana de Futebol disponibilizou a carga de 2.590 ingressos para o público. Os portões serão abertos às 13 horas de domingo. Nesta sexta-feira (29), os ingressos começarão a serem disponibilizados para os torcedores, o ponto de venda será a loja do Flamengo de Guanambi, situada na Praça Manoel Novaes, no Centro e também na bilheteria do estádio no domingo pela manhã. Os ingressos custam R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada).

“Estamos no estádio diariamente, os últimos detalhes estão sendo feitos para garantir toda a estrutura necessária para o grande jogo, e com muita fé, será com uma grande vitória do time de Guanambi”, disse o Secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Victor Boa Sorte.

Na praça esportiva, foi feito reforma completa de vestiários, total revitalização do gramado, construção de novas cabines de rádio e Tv, revitalização da iluminação, e todas as demais adequações exigidas. O Governo do Estado, através da Sudesb investiu R$ 500 mil e a prefeitura de Guanambi R$ 900 mil, onde a reforma atendeu a todas as exigências da Federação Baiana de Futebol, sendo um dos primeiros estádios a ter prontamente atendidos, todos os laudos técnicos exigidos.

Apesar do clima, dirigente afirma que tudo está sob controle no CSA

Cada Minuto

05324123d5f733ae08b2ced9bbe86e66

A derrota para o Coruripe e o empate diante do Comercial deixaram um clima de insatisfação na diretoria do CSA, que cobrará melhor desempenho dos atletas e até dispensas podem acontecer. Além disso, o diretor de futebol Roberto Mendes pediu afastamento do clube sem motivo divulgado. Mesmo com essas situações, outro representante do departamento de futebol, Fabiano Melo, afirma que tudo está sob controle no clube do Mutange.

Apesar de ter sido o primeiro time alagoana a iniciar o período de pré-temporada, os primeiros testes ainda não foram satisfatórios para a diretoria. A derrota para o Coruripe e o empate diante do Comercial mostrar a fragilidade do time montado pelo técnico Oliveira Canindé.

Críticas após o jogo não faltaram, tanto da comissão técnica como da diretoria azulina. Por conta da insatisfação, rumores dão conta de que algumas dispensas podem acontecer. O principal nome que surgiu foi do volante Geninho.

Com relação a dispensas, Fabiano Melo deixou claro que jogadores que já tem contrato com o clube não serão dispensados. A avaliação ficará a cargo do técnico Oliveira Canindé, que fará um relatório, seguido de uma lista com os nomes de jogadores em fase de testes e das categorias de base, que ficam e que serão desligados e emprestados.

Atualmente, estão em fase de testes no CSA os atletas Leomir,Tauan,Léo Maceió e alguns da base, que não tiveram nomes revelados, uma vez que parte será emprestada e outros serão definitivamente incorporados ao elenco profissional.

Por fim, o dirigente fez questão de demonstrar o bom momento do clube, mas se necessário mudanças, serão feitas. “Problemas são normais no período de pré-temporada. Estamos ajustando tudo isso para entrarmos 2014 no ponto. Ainda não recebemos comunicado algum do Canindé. Temos 35 jogadores e não poderemos ficar com todos. Se for preciso liberar alguns e contratar outros, assim faremos”, finalizou

Tite diz que sabe tudo sobre Vasco: ‘Não dá para ser surpreendido’

Globo Esportes

Cristóvão Borges ainda não confirmou a escalação do Vasco, mas Tite garante que não se surpreenderá com nenhuma formação do adversário na partida desta quarta-feira, às 21h50m, em São Januário, pelas quartas de final da Taça Libertadores. Seja com Juninho Pernambucano ou Felipe, o treinador corintiano diz que está pronto.

– Eu tenho de preparar minha equipe para as situações, com os dois (Juninho e Felipe), com o Diego Souza e para as outras diversas (possibilidades). Não dá para ser surpreendido neste momento. Estaremos preparados – afirmou.

No treino de segunda-feira, Cristóvão fez apenas uma mudança em relação ao time que empatou e avançou diante do Lanús. Juninho Pernambucano permaneceu na academia para um treino específico e deu lugar a Felipe. A tendência, porém, é de que o Reizinho participe do jogo.

O técnico, aliás, já escalou o Corinthians. Alessandro entra na lateral direita no lugar de Edenílson, com o pé esquerdo fraturado. No ataque, Willian perdeu a vaga para o meia Alex, enquanto Jorge Henrique volta de suspensão. Apesar de dar os nomes, o comandante não quer falar sobre como a equipe atuará.

Pressionado, Vitória é tudo ou nada contra a Ponte

A Tarde

Passado o baque causado pela goleada de 4 a 0 sofrida para o Sport, no último sábado, 24, o Vitória tem novo jogo decisivo às 20h30 desta terça-feira, 27, contra a Ponte Preta, no Barradão, pela 26ª Rodada da Série B 2011.

Oitavo na tabela de classificação, com insuficientes 36 pontos ganhos e com uma carga negativa por jamais ter adentrado o G-4, o rubro-negro baiano, pressionado, reencontrará o seu torcedor com um compromisso maior do que o de apenas conquistar mais três pontos diante de uma desfalcada Ponte Preta: acima de tudo, chegou a hora de o Leão vencer e de transmitir segurança à nação rubro-negra.

Para superar a Ponte, um dos times com os quais concorre diretamente, o Vitória, do técnico Vágner Benazzi, que faz mistério com a escalação, não deverá ter grandes mudanças. Certa é a entrada do goleiro Douglas (foto) em lugar de Fernando, que recebeu o terceiro cartão amarelo na Ilha do Retiro e está suspenso.

Para Lira, “tudo seria mais fácil” com Diones, João Neto e Jair

Bahia Noticias

O Bahia de Feira é o atual líder do grupo 4A do Campeonato Brasileiro da série D, mas o técnico Arnaldo Lira ainda encontra dificuldades para montar uma equipe ideal. E o treinador acredita que se ainda pudesse contar com Diones, João Neto e Jair, negociados com o Bahia logo após a conquista do Campeonato Baiano de 2011 pelo Tremendão, as coisas ficariam mais fáceis.

“Não é reclamação. Mas, se tivéssemos aqui os jogadores que hoje estão na Série A, tudo seria mais fácil. Mas isso não aconteceu e temos que encarar a realidade e ver que o time ainda busca a sua melhor formação e isso não acontece assim da noite para o dia. É preciso ter paciência”, ponderou.

Lira sente falta dos seus antigos comandados, porém confia no elenco que tem nas mãos. Para partida do próximo sábado, às 20h , contra o Coruripe (AL), em Alagoas, o comandante contará com o retorno do meia Elanardo, que cumpriu suspensão na derrota contra o Treze de Capina Grande, por 2 a 1. Outro que retorna ao time é Edson, que volta de lesão. O técnico continua com o time indefinido. “O Alex é bom jogador, mas vem numa sequência de jogos intensa. De repente o Edson, descansado, pode dar uma boa resposta”, disse.

Semifinais do baianão: favotirismo não é tudo

Por: Danilo Pereira

Clássico é clássico, é, beleza. Mas para ter humildade não precisa de mentira, Bahia de Feira e Vitória já tinham vantagem nas semifinais, e fariam o primeiro jogo fora de casa, fizeram, venceram, agora o favoritismo é evidente e quase gigante, pois além de jogar em casa, tem a vantagem estabelecida no regulamento e aumentada na primeira partida, mas é bom usar o “pé-no-chão”, faltam alguns detalhes, e não vai ter moleza, e quem quiser chegar na final vai ter que provar a superioridade dentro de campo.

No dia em que o Bahia não puder fazer 2 x 0 no Vitória, encerra-se o clube que tem algo errado, é muita ignorância torcedor rubro-negro bater no peito e dizer que já era o Bahia, o Vitória joga no Barradão e tem uma vantagem legal, mas deve ser um jogão, que uni além de clima de decisão, o clima clássico. Na boa, nesse clima de já ganhou pra uns, ainda dá pra outros, eu penso é no que vai acontecer após o jogo, dá pra rodar treinador, rescindir com jogador e mais alguns fatos. O Lopes tá bem tranquilo, cumprindo a meta de maneira apropriada, o Renê tem a confiança de muitos, mas a cisma de outros, ambas as torcidas querem que mexa no time, ninguém está satisfeito com toda formação.

Na semifinal do interior, o Bahia de Feira fez em Conquista o que o Vitória fez em Pituaçu, ampliou a vantagem, agora em casa, com um time super badalado ofensivamente, o time feirense, só precisa se defender, enquanto o Serrano, vai ter que desvendar o mistério de como vencer o Bahia de Feira, essa vaga na final, vale muito mais pra Bahia de Feira e Serrano do que pra Vitória e Bahia, logo, vão ter que pôr o pé com muito mais vontade, valerá muito para o futuro próximo do clube.

Os finalistas estão desenhados, mas não está decidido, o jogo mesmo que com boa vantagem para dois, segue na mesa, tem tudo pra ser jogos inesquecíveis, quem se defende melhor, quem ataca com qualidade, e segura o contra-ataque, é jogo pra torcedor ver de perto, e treinador mostrar que conhece.

“Nem tudo está perdido”, diz técnico do Camaçari

Arena Nordeste

Na última colocação do Grupo 4 do Campeonato Baiano, o Camaçari precisa de uma combinação improvável para chegar às semifinais. Além de vencer o Vitória, na noite deste sábado, no Barradão, a equipe terá de torcer para que o Serrano não vença o Feirense – o empate seria o ideal – e tirar a desvantagem no saldo de gols (-1 contra -4 no caso do Serrano, já que o saldo é igual do Feirense).

Mesmo com toda esta matemática, o técnico do Camaçari, Sérgio Araújo, mantém a esperança da classificação. “Nem tudo está perdido. Temos uma decisão e o grupo está consciente da responsabilidade, da difícil tarefa de ganhar do Vitória”, afirmou.

Para o treinador, o fato de o rubro-negro entrar em campo com seis jogadores considerados reservas pode ser um desafio a mais. “Mais difícil do que jogar contra um time tido como titular é quando você coloca aquele pessoal que está esperando uma oportunidade. É muito mais difícil jogar com uma equipe tida como mista” opinou.

Em relação ao time do Camaçari, o treinador adiantou que não vai fazer muitas modificações em relação à equipe que empatou com o Feirense no último domingo. A única alteração será a ausência de Murilo Touchê, que cumprirá suspensão automática.

Coração aos pulos: Fla e Guarani jogam em clima de tudo ou nada

Fonte: Globo Esportes


Luxa e seus comandados: pressão no Engenhão
(Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo)

Tensão, pressão, angústia, sofrimento. Vai ter um pouco de tudo isso no Engenhão neste sábado, às 19h30m (de Brasília). E gente. Pelo menos 35 mil pessoas. Os rubro-negros atenderam ao chamado dos jogadores do Flamengo, vão ao estádio, mas querem algo em troca. Querem sossego, um fim de ano mais tranquilo, três pontos no bolso e o fim desse papo de rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. De longe, lá em Campinas, os torcedores do Guarani, um pouco mais preocupados, querem o mesmo. Os bugrinos já estão no Z-4, com a corda no pescoço. Entretanto, há chances de afrouxar o nó nesta 36ª rodada.

O Flamengo não vence há cinco partidas (três empates e duas derrotas). A vantagem para a área de risco já foi de cinco pontos, mas agora é de três. O time de Vanderlei Luxemburgo é o 14º, com 40 pontos. O Avaí, o primeiro do Z-4, tem 37, a mesma pontuação do Guarani, o 18º. O Bugre não vence desde a 25ª rodada. Nas dez últimas, somou apenas quatro pontos. O ataque não tem funcionado. Em sete jogos, fez só um gol.

Confira a 19ª rodada do Brasileirão:
Sábado
19h30
Flamengo-RJ x Guarani-SP
Grêmio-RS x Atlético-PR
Grêmio Prudente-SP x Ceará-CE

Tudo pronto para o clássico do Sudoeste neste sábado pela Copa Governador do Estado

Por: Luciano Pina


Os treinadores só divulgarão as escalações momentos antes do jogo.

Neste sábado (1º) a população da maior cidade da região irá presenciar um momento histórico para o esporte da cidade. O clássico do Sudoeste, entre Vitória da Conquista e Serrano, que acontece no estádio Lomanto Júnior, às 16h, com cobertura total das Rádios Cidade AM e Clube FM.

No Vitória da Conquista o atacante Binho já participou do treino coletivo realizado na tarde de ontem (30), na Toca do Bode, sob o comando do treinador Edson Leivinha e poderá ficar como opção para o banco de reserva. Hoje (01) pela manhã aconteceu na Toca do Bode um treino recreativo.

Já o Serrano realizou na manhã desta sexta (01), no estádio Lomanto Junior, um treino recreativo sob o comando do treinador Elias Borges. O meia Narcisio recém contratado continua intensificando a parte fisica, enquanto aguarda a sua regularização para poder estrear com a camisa Rubro Verde.

As escalações das duas equipes só momentos antes da partida.

Feirense parte para o ‘tudo ou nada’ contra o Conquista

Fonte: Ofutebol

Após quatro derrotas seguidas no certame estadual, o Feirense recebe o Vitória da Conquista hoje a tarde, no Estádio Jóia da Princesa. A Águia do Sertão tem apenas cinco pontos ganhos e ocupa a lanterna do grupo 02. O adversário vive situação totalmente oposta: com 20 pontos conquistados, o Bode detém a segunda melhor campanha desta primeira fase, atrás apenas do Vitória, que tem 22. Só o triunfo interessa a Águia no jogo de hoje.

Para o confronto, o treinador Paulo Sales terá alguns problemas. O volante Germínio, expulso contra o Atlético, cumpre suspensão automática e desfalca o time. Por outro lado tem a volta do lateral Sandro. No entanto, esta mudança forçada pode até ser benéfica, pois o volante Tite, que fará sua estreia, é mais ofensivo que o titular e tudo que o Feirense precisa é fazer gol (fez somente seis em nove partidas). Tite foi indicado pelo próprio técnico, que trabalhou com o jogador ano passado no Madre de Deus.

Fora de campo inicia-se um desmanche do elenco, que foi reduzido com a dispensa de Téo, Biriguidi e Marcos Neves. Os dois últimos estavam entre os principais nomes da equipe em 2009, mas decepcionaram este ano. Foram negociados com uma equipe de Tobias Barreto, em Sergipe.

No duelo dos rubro-negros, tudo igual no Barradão

Fonte: Futebol Baiano

Um jogo para quem tem coração forte. O Vitória fez uma grande partida contra o Flamengo, mas sofreu o empate no finalzinho e frustrou os torcedores que foram ao Barradão. Seis gols numa partida em que os velhinhos, comandaram as ações e mostraram com se bate na bola.

Um primeiro tempo eletrizante, onde o Flamengo antes do Vitória os caminhos do gol. Zé Roberto carregou em velocidade e tocou para Denis Marques, que chutou forte e contou com o desvio da zaga para abrir o placar no Barradão.

Quatro minutos depois, Ramon Menezes cobrou escanteio da direita na cabeça de Roger, que enfim, empurrou pra dentro. Foi o décimo terceiro gol do artilheiro rubro-negro na competição. A alegria durou pouco, porque dois minutos depois, aos 18, Petkcovic cobrou uma falta venenosa direto para o gol de Gléguer. :: LEIA MAIS »

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia