WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘URUGUAI’

Uruguai perde para a Venezuela e está eliminado da Copa América

Gazeta Esportiva

000_BO9E3-1024x646

O Uruguai foi a surpresa negativa da Copa América Centenário. Na noite desta quinta-feira, a Celeste sofreu uma nova derrota, desta vez para a classificada Venezuela, por 1 a 0, na Filadélfia, e está eliminada da competição ainda na primeira fase.

Novamente sem Suárez, o Uruguai se mostrou pouco efetivo no ataque e não chegou a assustar o adversário. O gol da vitória venezuelana foi marcado aos 36 minutos, com o artilheiro Salomon Rondón, em lance originado em falha de posicionamento do goleiro Muslera.

Para a Venezuela, a vitória representou a classificação adiantada para as quartas de final e levou a equipe aos mesmos 6 pontos do México (fez 2 a 0 sobre a Jamaica mais tarde) no grupo C, com dois triunfos. Os venezuelanos voltarão a campo na próxima segunda-feira, contra os mexicanos, para fechar a primeira fase e definir o líder da chave. No mesmo dia, o Uruguai enfrentará a Jamaica.

Uruguai consegue vitória histórica sobre a Bolívia na altitude

Lancenet

Eliminatorias_-_Bolivia_x_Uruguai_-foto-AFP_LANIMA20151008_0168_52

No jogo que abriu oficialmente as Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia, o Uruguai conseguiu excelente resultado ao derrotar por 2 a 0 a Bolívia nesta quinta-feira, no Estádio Hernando Siles, em La Paz, que recebeu lotação máxima, 32 mil lugares (esgotados desde a segunda-feira).

Foi um gol em cada tempo, de Cáceres e do capitão Godín, ambos iniciados em cruzamentos certeiros de Sánchez. Esta foi a primeira vitória do Uruguai na altitude de La Paz na história da competição.

Já a Bolívia segue o seu mau momento. Na Eliminatória para a Copa de Brasil, em seus domínios, só venceu duas partidas em oito (uma delas contra o Uruguai). E na campanha para 2018, começa fracassando.

outdoor_pq

Brasil decepciona, sofre virada para o Uruguai e disputará o bronze

Gazeta Esportiva

t_158545_uruguaios-nao-chegavam-a-uma-final-de-pan-desde-a-edicao-de-caracas-em-1983-foto-omar-torres

O futebol brasileiro amargou mais uma dolorida eliminação na noite desta quinta-feira. Na semifinal dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, a Seleção perdeu por 2 a 1 para o Uruguai, de virada, e deu adeus à competição.

A derrota adquire um peso ainda maior levando em conta o fato de o Uruguai ter jogado com um jogador a menos desde os seis minutos da etapa inicial. Mesmo sem jogar bem e com dificuldades para furar a defesa celeste, os garotos brasileiros abriram o placar aos 27 do segundo tempo, com Clayton cobrando pênalti.

No entanto, a vantagem numérica desapareceu com a explsão do atleticano Dodô, dez minutos após o gol de Clayton. O time brasileiro sentiu o baque e sofreu uma virada relâmpago, aos 40 e aos 41 minutos da etapa final.

Com a derrota, a Seleção Brasileira masculina não conseguiu quebrar o jejum de 28 anos sem conquistar o ouro pan-americano e vai disputar o bronze contra o Panamá, que na noite desta quinta perdeu por 2 a 1 para o México na outra semifinal. A partida está marcada para as 14h05 (de Brasília) deste sábado. A final, entre mexicanos e uruguaios, acontece no dia seguinte, no mesmo horário.

Chile domina nervoso Uruguai, vence e volta à semifinal após 16 anos

Gazeta Esportiva

t_155464_com-valdivia-na-articulacao-de-jogadas-o-chile-dominou-a-posse-de-bola-e-as-acoes-ofensivas-do-jogo

O Chile confirmou seu favoritismo e, em jogo nervoso, voltou à semifinal da Copa América após 16 anos. Na noite desta quarta-feira, a seleção anfitriã dominou a partida e bateu o Uruguai por 1 a 0. Nervosa na segunda etapa, a Celeste teve dois expulsos: Cavani e Fucile, e não conseguiu reagir diante da inferioridade numérica. Assim, o sonho do título inédito para a Roja segue vivo.

A equipe anfitriã não era semifinalista da competição desde 1999, quando disputou uma vaga na decisão com o próprio Uruguai e acabou derrotada.

O Chile chegou às quartas de final da edição atual após se classificar como líder do Grupo A, com a melhor campanha da primeira fase do torneio. A Roja havia vencido o Equador por 2 a 0, empatado com o México por 3 a 3 e goleado a Bolívia por 5 a 0.

A Celeste, por sua vez, começou com triunfo por 1 a 0 sobre a Jamaica, depois sofreu derrota também pelo placar mínimo para a Argentina e classificou-se como 3º colocado do Grupo B após empate por 1 a 1 com o Paraguai.

Enquanto o Uruguai se despede da competição, o Chile volta a campo nesta segunda-feira (29), quando enfrenta o vencedor de Bolívia e Peru (jogo desta quinta) pela semifinal, novamente no Estádio Nacional.

Aguero fura Uruguai, e Argentina se recupera em duelo tenso

Terra

agueroalegriajuancarloscardenasefe

A Argentina teve mais uma vez seu sistema ofensivo colocado à prova neste sábado, na cidade de La Serena, no Chile, em jogo válido pela segunda rodada da Copa América . Assim como contra o Paraguai, quando tiveram que furar uma forte retranca, os comandados por Tata Martino encontraram um Uruguai muito recuado, e, dessa vez, tiveram sucesso total, balançando as redes e batendo um de seus maiores rivais por 1 a 0.

Após bela assistência de Zabaleta, Aguero foi o responsável por marcar o único gol da partida e garantir a vitória em um clássico recheado tensão e rivalidade.

Com o resultado positivo, a Argentina divide, literalmente, a liderança do Grupo B com o Paraguai, já que possuem os mesmo quatro pontos e empatam em todos os outros critérios de desempate. Já o Uruguai fica em situação delicada, com três pontos, na terceira posição.

Após estreia sem brilho, Argentina e Uruguai duelam em primeiro clássico da Copa América

Uol

622_cfcb838a-a228-37f5-9217-037992a08f03

Argentina e Uruguai fazem o primeiro grande clássico da Copa América nesta terça-feira, às 20h30 (de Brasília), no Estádio La Portada, em La Serena, no Chile, após terem deixado a desejar na estreia. Enquanto os argentinos cederam empate por 2 a 2 com o Paraguai após abrirem 2 a 0, os uruguaios sofreram para bater a frágil Jamaica por 1 a 0, mas aparecem na liderança do grupo B com três pontos. Um triunfo garante a equipe celeste nas quartas.

Apesar do clima de dívida que cerca ambos os times, os dois treinadores preferem a tranquilidade e falam que ainda não há motivo para desespero.

“Não vejo motivos para mudarmos tudo aquilo que estamos fazendo apenas porque empatamos um jogo. Logicamente que não ficamos felizes com a estreia, mas seguimos com boas chances de classificação e por isso temos que ter muita tranquilidade contra o Uruguai, pois trata-se de um clássico”, disse o técnico da Argentina, Gerardo Martino.

Já o treinador do Uruguai, Óscar Tabárez, exaltou o bom desempenho apresentado pela Jamaica, que participa da Copa América pela primeira vez na história. Ele também pede o foco no duelo com os argentinos.

“Acho que trataram a Jamaica como a Cinderela do grupo e queriam que goleássemos, mas futebol não funciona dessa maneira. O fato é que superamos o primeiro obstáculo mesmo sem jogarmos bem e agora estamos pensando no jogo contra a Argentina, que vai ser ainda mais complicado”, declarou Tabárez.

Mesmo em outro grupo na competição, o Brasil estará representado na partida desta terça-feira no trio de arbitragem. Sandro Meira Ricci vai apitar o clássico, sendo auxiliado pelos seus compatriotas Emerson de Carvalho e Fábio Pereira.

Brasil enfrenta o Uruguai de olho nas quartas-de-final

CBF

20150607082311_0

Chegou o momento do Mundial Sub-20 em que qualquer erro ou acerto pode ser decisivo para o Brasil. Nesta quinta-feira, a Seleção Brasileira enfrenta o Uruguai pelas oitavas de final da competição. Quem perder volta para casa. A partida está marcada para as 19h30 (4h30 de Brasília) em New Plymouth.

Primeiro colocado no Grupo E da competição, o Brasil chega embalado para esta partida. Em três jogos na primeira fase foram três vitórias: 4 x 2, 2 x 1 e 3 x 0, contra Nigéria, Hungria e Coreia do Norte, respectivamente. Se conta a fase preparação na Austrália, pode somar mais duas vitórias aí na conta: 1 x 0 e 1 x 0, contra Portugal e a própria Austrália.

Os uruguaios, por sua vez, tiveram uma trajetória mais complicada na primeira fase. Classificados em segundo lugar do Grupo D, os vizinhos sul-americanos marcaram apenas quatro pontos. Derrotaram a Sérvia por 1 a 0 na estreia, perderam para o México por 2 a 1 e empataram com Mali em 1 a 1.

– Nada disso importa quando se chega nesta fase da competição. Agora é mata mata. Qualquer erro pode ser fatal, mas estamos preparados para este jogo. Pelo que vem demonstrando na competição, essa equipe já mostrou que tem condições de ir longe, mas sabemos que será um jogo difícil – disse o técnico Rogério Micale.

Com algumas dúvidas ainda na escalação da equipe, o técnico só irá divulgar os 11 jogadores que iniciam a partida na tarde desta quinta-feira, seguindo as regras estabelecidas pela competição.

Brasil cai em ‘clima de guerra’ uruguaio e perde no Sul-Americano sub-20

Uol

nathan_cotugno_reu

Nervosismo, confusões, cotoveladas e muitas falhas defensivas marcaram o duelo entre Brasil e Uruguai. E, empurrado pela torcida em casa, os uruguaios levaram a melhor neste sábado ao vencer por 2 a 0.

Com esse resultado, o Uruguai lidera de maneira isolada a chave em que brasileiros e chilenos aparecem na segunda posição com três pontos. O Chile, que venceu a Venezuela, tem um saldo superior.

O Brasil volta a campo na próxima segunda-feira quando terá o duelo contra a Venezuela pela frente. O adversário é o mais fraco desta fase para a seleção.

Para chegar à próxima fase, o Brasil terá de ficar entre os três melhores colocados de seu grupo. Os quatro melhores do torneio garantem vaga no Mundial da Nova Zelândia.

Brasil passa Uruguai e sobe uma posição na ranking da Fifa

Terra

20140913142714_0

A Seleção Brasileira subiu uma posição no ranking da Fifa de setembro e, agora, está na sexta colocação da lista. A liderança permanece com a atual campeã mundial, a Alemanha, seguida pela vice-campeã, Argentina.

O Brasil ultrapassou o Uruguai, que caiu para o sétimo posto. A curiosidade da lista divulgada nesta quinta-feira é a presença da Colômbia em terceiro, superando a Holanda, que está em quarto, mesmo tendo perdido o amistoso para a Seleção Brasileira por 1 a 0. Porém a derrota holandesa para a República Tcheca, por 2 a 1, pelas Eliminatórias para a Eurocopa, pesou mais.

Veja o top 10 do ranking da Fifa:
1º Alemanha 1765 pontos
2º Argentina 1631 pontos
3º Colômbia 1488 pontos
4º Holanda 1456 pontos
5º Bélgica 1444 pontos
6º Brasil 1291 pontos
7º Uruguai 1243 pontos
8º Espanha 1228 pontos
9º França 1202 pontos
10º Suíça 1175 pontos

Não houve mudanças no grupo das 10 primeiras seleções em relação ao ranking anterior divulgado pela Fifa, há um mês.

Inofensivo, Uruguai cai em Maracanaço de artilheiro colombiano

Gazeta Esportiva

t_119378_uruguai-e-colombia-prometiam-um-duelo-sul-americano-de-muito-equilibrio-no-maracana

Sem Luis Suárez, suspenso de nove jogos pela mordida no italiano Giorgio Chiellini, o Uruguai foi um adversário dócil para a Colômbia, no fim da tarde deste sábado, no Maracanã. Perdeu por 2 a 0, com dois belos gols de James Rodríguez (agora artilheiro da Copa do Mundo com cinco), e se tornou a quarta das oito seleções campeãs a ser eliminada de forma precoce do torneio, juntando-se a Espanha, Itália e Inglaterra. Já os colombianos avançam para enfrentar o Brasil, nas quartas de final.

De volta ao palco em que ganharam o título de 1950 (seu segundo e último até aqui), sobre o anfitrião Brasil, os uruguaios não repetiram o feito exitoso de seis décadas atrás, historicamente conhecido como Maracanaço. Pelo contrário: foram surpreendidos por uma seleção que passa das oitavas de final pela primeira vez na competição. E que tentará mais um passo diante justamente dos anfitriões, os quais, mais cedo, passaram nos pênaltis pelo Chile.

O novo duelo sul-americano ocorrerá em Fortaleza, às 17 horas (de Brasília) de sexta-feira, quando o técnico José Pekerman buscará pôr em prática de novo o que se viu neste sábado. Como ele havia prometido na véspera, a Colômbia foi um time maduro, que impôs seu estilo de jogo e abriu o placar, o que lhe possibilitou deter a bola em seu campo de defesa por bastante tempo, com direito a gritos de “olé”, ainda na primeira etapa.

468x60_simonassi127

Godín usa cabeça, Uruguai elimina a Itália na raça e vai às oitavas

Gazeta Esportiva

t_118839_aos-35-minutos-do-segundo-tempo-o-zagueiro-godin-marcou-o-gol-da-classificacao-do-uruguai-as-oitavas

O torcedor do Uruguai está acostumado a sofrer, e a história de sua seleção na Copa do Mundo não poderia ser diferente. Nesta terça-feira, na Arena das Dunas, em Natal, a Celeste Olímpica precisava da vitória para evitar a eliminação na primeira fase e conseguiu o resultado heroico apenas no final do segundo tempo. Depois de muita pressão, o zagueiro Godín se aventurou ao ataque em cobrança de escanteio, subiu mais alto do que a marcação e desviou de cabeça para garantir a vitória por 1 a 0 e a vaga nas oitavas.

Com a vantagem de jogar pelo empate por causa do saldo de gols, a Itália, mesmo com um homem a menos desde o início do segundo tempo, tentou segurar o resultado, mas foi castigada aos 35 minutos do segundo tempo. Depois de salvar sua equipe com ótimas defesas, Buffon não foi capaz de evitar o gol de cabeça. Nas oitavas de final, o Uruguai terá a Colômbia pela frente. O compromisso sul-americano está marcado para sábado, às 17 horas (de Brasília), no Maracanã.

No outro confronto do ‘grupo de morte’, a Costa Rica, que surpreendeu Itália e Uruguai nas primeiras rodadas, segurou o empate sem gols com a Inglaterra e confirmou a classificação às oitavas de final na primeira colocação. O time tricolor enfrentará o segundo colocado do Grupo C, a Grécia, que eliminou a Costa do Marfim na última rodada da chave.

Rooney desencanta, mas Suárez deixa Uruguai vivo e complica ingleses

R7

t_118257_no-primeiro-tempo-suarez-recebeu-o-passe-de-cavani-e-desviou-de-cabeca-para-inaugurar-o-placar-em-sao-paulo

Maior aposta inglesa, Rooney conseguiu nesta quinta-feira fazer seu primeiro gol em Copas do Mundo, mas o atacante e sua seleção perderam para alguém mais habituado a balançar as redes. Recém-recuperado de cirurgia no joelho esquerdo, Suárez estreou no Mundial apenas nesta tarde, e marcou os dois gols da vitória uruguaia por 2 a 1 no estádio de Itaquera.

A capacidade decisiva do atacante do Liverpool encaminha a eliminação britânica. Os campeões mundiais em 1966, sem nenhum ponto em dois jogos até agora, só chegarão à última rodada do grupo D com chances de classificação se a Itália vencer a Costa Rica nesta sexta-feira. Qualquer outro resultado já acaba com a participação do time na Copa.

O Uruguai, por sua vez, enfrenta a Itália na terça-feira, às 13 horas (de Brasília), em Natal, dependendo somente de si para se classificar, já que somou seus primeiros três pontos nesta quinta-feira. A Inglaterra, por sua vez, depende da Itália para saber se não entra em campo apenas para cumprir tabela diante da Costa Rica, também ás 13 horas de terça-feira, no Mineirão.

A definição do grupo chamado da morte se deve a Suárez. O atacante aproveitou cruzamento preciso de Cavani aos 38 minutos do primeiro tempo para abrir o placar. aos 29 da etapa final, Ronney fez seu primeiro gol em Copas do Mundo, mas Suárez, destaque uruguaio há quatro anos, foi ainda mais decisivo ao receber contra-ataque e definir o placar aos 29 da etapa final.

10363571_400533933422057_6760002703095188692_n





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia