Fonte: Futebol Baiano
Foto: Arquivo Google

Em meio à Copa do Mundo, às vésperas do São João, numa quarta-feira à noite e com as duas equipes sem os seus principais jogadores. Assim será o BaVi válido pela terceira rodada do Campeonato do Nordeste, em Pituaçu.

Os atrativos são quase que inexistentes, se não fosse a ferrenha rivalidade que por si só, motiva o maior clássico do Norte/Nordeste do País. Ambos seguem sem vencer na competição e tentam o primeiro triunfo justamente diante do maior rival.

No Vitória a expectativa é pelo aproveitamento do meia Ramon Menezes, novamente relacionado após estar recuperado de contusão. Outro que voltou a figurar na lista foi o zagueiro Anderson Martins, que não joga desde o dia 31 de Março.

Entre os dois, Ramon é o que tem mais chances de iniciar a partida. Caso isso se concretize, ou Evandro ou Lenilson sentará no banco de reservas. O lateral esquerdo Maurim não vem agradando a comissão técnica e deve perder a vaga para Rafael Granja.

Com isso, Fernando entra no meio campo ao lado de Marconi e Jonas retorna à sua posição de origem, que é a lateral direita. A defesa será formada por Vilson e Gabriel Paulista e no ataque, Schwenck joga ao lado de Renan Oliveira.

No Bahia, o técnico João Marcelo tem apenas uma dúvida para definir os 11 que iniciarão a partida. Recuperado de contusão, Cacá está à disposição e briga pela vaga no ataque ao lado de Aleílson com o jovem Wilson Júnior.

Como o tricolor não conseguiu regularizar o goleiro Renê a tempo, George, que falhou no jogo passado, segue defendendo a meta do time. O restante da equipe é o mesmo que foi derrotado para o América, em Natal.

Maurício já está recuperado de lesão, mas como não participou de nenhum treinamento com bola, deve ficar apenas como opção no banco de reservas.