WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

abril 2013
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter

:: 6/abr/2013 . 19:05

Vitória da Conquista vence o Feirense e permanece vivo no Baiano

Por Luciano Pina

caca-conquista

O Vitória da Conquista não conseguiu repetir as boas atuações que fez contra o Bahia e Sport, porém, conseguiu vencer o Feirense, pelo placar de 1 a 0, na tarde deste sábado (06), no estádio Alberto Oliveira, pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

O único gol da partida saiu aos trinta minutos da segunda etapa, após uma falha do volante Flavinho que tentou recuar a bola e entregou no pé do atacante Cacá (foto) que driblou o goleiro Naldo e mandou para o fundo da rede.

Apesar da vitória o Bode não foi beneficiado pelos resultados da rodada e permanece na última colocação do grupo 03 com 05 pontos, mesmos números de pontos do Bahia de Feira, mas, perdendo no número de gols marcados.

O Alviverde atuou com: Alex, Mica, Sílvio, Heverton e Raul, Junior Gaúcho, Renilton, Alessandro Azevedo, Tiaguinho (Ila), Carlos Alberto (David Bala) e Cacá (Dunga).

O Vitória da Conquista volta a campo no próximo domingo (14), contra o Bahia, às 16 horas, na Arena Fonte Nova.

Outros resultados
Botafogo 1 x 2 Bahia de Feira
Juazeiro 1 x 4 Juazeirense

Neymar faz 2, Brasil goleia frágil Bolívia e vence a 1ª com Felipão

Terra

neymardriblaap

Depois de enfrentar adversários difíceis – Inglaterra, Itália e Rússia -, a Seleção Brasileira teve um adversário mais frágil neste sábado e aproveitou a chance de voltar a vencer. Em Santa Cruz de la Sierra, a equipe nacional goleou a Bolívia por 4 a 0, com dois gols de Neymar, um de Leandro Damião e outro de Leandro. O time, formado apenas por atletas que atual no Brasil, foi responsável pela primeira vitória do técnico Luiz Felipe Scolari em seu retorno à Seleção.

Além de Neymar e Damião, chamaram atenção as atuações de Jean e Jadson, que se entenderam pela direita e formaram uma dupla perigosa. Ronaldinho também se destacou na armação de jogadas pelo centro. Já Alexandre Pato, que entrou após o intervalo e criou grandes expectativas, viu o Brasil atuar de maneira mais acomodada e não conseguiu se destacar. Agora a Seleção Brasileira viverá a expectativa pela convocação para a Copa das Confederações.

O jogo já ficou tranquilo para o Brasil aos aos 3min. Ronaldinho Gaúcho fez lançamento para Jadson, que passou para Jean. Volante improvisado, ele foi para linha de fundo como um legítimo lateral e tocou rasteiro para Leandro Damião, que se antecipou ao zagueiro e finalizou para o gol sem problemas. Logo depois, Ronaldinho teve a chance de marcar o seu, após passe de Neymar, mas chutou fraco de dentro da área.

A marcação da Bolívia era fraca, quase ingênua, por isso o Brasil não tinha qualquer dificuldade para criar chances. Em uma cobrança de falta, aos 8min, três jogadores ficaram livres, mas não conseguiram fazer o segundo gol. Logo depois, Neymar recebeu bom passe de Ronaldinho e finalizou na trave. Três minutos depois, Damião chutou de dentro da área e só não marcou de novo porque um defensor tirou a bola em cima da linha.

O Brasil diminuiu o ritmo na sequência e até mostrou displicência, mas mesmo assim marcou dois gols com Neymar: primeiro, aos 31min, Ronaldinho recebeu a bola fora da área e acertou um belo passe para ele, que finalizou sozinho. Já aos 41min, o passe perfeito foi de Jadson, com finalização tranquila, de esquerda, feita pelo camisa 11 do Brasil, que fechou o placar do primeiro tempo.

Para a etapa final Felipão tirou os dois jogadores que fizeram gols e colocou Osvaldo e Alexandre Pato. Porém, o novo ataque mostrou pouca eficiência e criatividade em campo. Tanto que a primeira chance de gol mais contundente só saiu aos 22min e foi elaborada pela Bolívia: Marcelo Moreno recebeu cruzamento da esquerda, subiu mais que Réver e cabeceou com perigo, mas para fora. Empolgado com o lance, o atacante do Grêmio ainda teve outra oportunidade aos 28min, mas, de frente para Jefferson, chutou para fora.

Mesmo mais acomodado, o Brasil ainda conseguiu assustar a defesa boliviana até o fim. Jadson, por exemplo, teve o gol livre pela frente, mas mandou a bola para longe. Depois, aos 41min, foi a vez de Osvaldo ter boa chance pela esquerda, após fazer individual pela esquerda, mas Galarza defendeu. Até que, aos 46min, saiu um golaço: após rápida tabela entre Pato e Osvaldo, o palmeirense Leandro finalizou de dentro da pequena área e marcou logo na sua estreia pela Seleção.

Bahia de Feira vence o Botafogo

Galaticos

images (1)

Em partida realizada na tarde deste sábado (6), o Bahia de Feira encerrou o jejum sem triunfos e venceu o Botafogo-BA, por 2 a 1, em partida realizada no Estádio de Pituaçu.

Com esse resultado, o Bahia de Feira assumiu a terceira posição do grupo 3 com cinco pontos conquistados. Já o Botafogo-BA, permanece na última colocação do Grupo 2, com um ponto conquistado.

Rômulo (foto) e Copete marcaram para o Bahia de Feira. Gusmão descontou para o Botafogo.

Na próxima rodada, o Botafogo-BA encara o Vitória, às 16h, no dia 13 (sábado), na Arena Fonte Nova. Já o Bahia de Feira joga contra o Juazeiro, às 16h, no Adauto Morais.

Com polêmica, Fla arranca empate do Duque, mas fica longe da vaga

Terra

jogadoresflareclamamjuizdhavidnormandofutura

O Flamengo complicou ainda mais a sua situação no Campeonato Carioca. Neste sábado, os comandados do treinador Jorginho ficaram apenas no empate com o Duque de Caxias, por 1 a 1, em Moça Bonita, e precisam de um verdadeiro milagre para conquistar um vaga nas semifinais da Taça Rio. O duelo válido pela 5ª rodada da competição teve muita reclamação por parte do time rubro-negro com a arbitragem, que voltou atrás e anulou gol de Hernane. O Fla só conseguiu o gol da igualdade aos 47min do segundo tempo, com Cleber Santana.

Com o resultado, o Flamengo chega aos cinco pontos ganhos e segue com chances remotas de avançar às semifinais da Copa Rio. O time rubro-negro tem que torcer para que o Fluminense perca os próximos três jogos no campeonato. O primeiro duelo será ainda neste sábado, diante do líder Resende, às 18h30 (de Brasília). Caso o time tricolor vença o confronto, o Fla estará eliminado da competição.

Na próxima rodada, o time comandado por Jorginho terá justamente o clássico contra o Fluminense, no Raulino de Oliveira. Já o Duque de Caxias, que chegou aos seis pontos, visita no próximo sábado o Boavista, no Estádio Eucy Resende, na tentativa de fugir do rebaixamento para a segunda divisão.

opcao-468x60

Sem Edimar, Vitória da Conquista busca reabilitação contra o Feirense

Por Luciano Pina

images

Sem poder contar com o volante Edimar que se machucou na derrota para o Sport, na noite da última quarta (03), o Vitória da Conquista busca a reabilitação no Campeonato Baiano, contra o Feirense, na tarde de hoje (06), às 17 horas, no estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana.

Vindo de dois empates e uma derrota na competição, o Bode precisa vencer o Tricolor do Sertão e ainda torcer por tropeços do Bahia de Feira e Juazeirense, que enfrentam Botafogo e Juazeiro, respectivamente, para se aproximar da liderança.

Com a ausência de Edimar, o treinador Bira Veiga ainda tem dúvidas da formação que mandará a campo nesta tarde. Segundo Bira a escalação do time só será anunciada momentos antes da partida.

Apita o jogo Moisés Ferreira Simão, da cidade de Maracás, auxiliado por Antônio Fernando Santos Ribeiro e Arlã José Estrela de Souza, das cidades de Catu e Salvador, respectivamente. O 4° árbitro será o feirense Reinaldo Silva de Santana.

Em busca da liderança, Flu encara o surpreendente Resende no Raulino

Globo Esportes

abelbraga_treino2_nelsonperez.jpg_95

O objetivo está mais do que claro: vencer e encaminhar a classificação para a semifinal da Taça Rio. É isso que o Fluminense busca na partida deste sábado contra o Resende, às 18h30m (de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela quinta rodada do segundo turno do Campeonato Carioca. Nas Laranjeiras, a preocupação maior é terminar a fase de grupos na primeira colocação geral para ter a vantagem do empate até a decisão.

Atualmente com 10 pontos, o Tricolor ocupa a segunda posição do Grupo B e está atrás apenas do próprio Resende, que tem 12. Para este confronto entre líderes, o técnico Abel Braga tem alguns problemas para escalar a equipe. Serão duas mudanças em relação ao time que venceu o Boavista na última rodada. Jean, convocado para a Seleção, dá lugar a Valencia, e Rafael Sobis volta ao time titular na vaga de Marcos Junior, que sofreu um estiramento muscular durante a semana. Deco segue no banco.

Grande surpresa da Taça Rio, o Resende pode garantir uma vaga nas semifinais em caso de vitória neste sábado. Para isso, o técnico Eduardo Allax aposta na força ofensiva do time, que tem o melhor ataque do segundo turno, com nove gols.

Contra Duque de Caxias, Flamengo tenta se manter vivo na Taça Rio

Gazeta Esportiva

t_83357_rafinha-foi-o-destaque-no-ultimo-jogo-do-flamengo-marcando-um-golaco-na-vitoria-por-1-a-0-sobre-o-remo

Em situação muito delicada, o Flamengo busca se manter vivo na Taça Rio tentando derrotar neste sábado, às 16 horas (de Brasília), o Duque de Caxias no estádio Moça Bonita. A equipe tenta se recuperar da derrota por 2 a 1 sofrida para o Audax na última rodada.

O Rubro-Negro tem quatro pontos conquistados, um a menos do que seu adversário. O Flamengo está a seis pontos do Fluminense, que fecha a zona de classificação, e somente em caso de triunfo vai manter vivo o sonho de chegar às semifinais.

Enquanto isso, o representante da Baixada Fluminense, embalado pelo triunfo por 3 a 1 sobre o Macaé, tem dez pontos na classificação geral, que leva em consideração o somatório dos dois turnos, e pretende afastar de vez o risco de queda.

A má fase do Flamengo no Campeonato Carioca gerou uma certa crise na Gávea, amenizada apenas pelo triunfo por 1 a 0 sobre o Remo na estreia na Copa do Brasil. O técnico Jorginho chegou a jogar a toalha a respeito das chances de classificação, mas agora garante que ainda sonha com a classificação. “O Flamengo é superação e estamos pensando em classificação para as semifinais. O momento é de focar apenas na nossa parte, pois precisamos vencer o Duque de Caxias. Depois observamos o que aconteceu com o restante das partidas de nossa chave”, afirmou o treinador.

naturagua

Grêmio enfrenta o Cerâmica com pensamento no Fluminense

Terra

zerobertotocalucasuebelgremiodiv

Tudo o que o Grêmio fez nas últimas quatro semanas foi pensando no jogo da próxima quarta, contra o Fluminense. Mudanças de esquema, alternativas de banco, opção para o lugar do suspenso Elano, entre outras medidas. Neste sábado, o Tricolor enfim realizará seu último ensaio para o jogo decisivo da próxima quarta, pela Libertadores. O adversário é o Cerâmica, pela penúltima rodada da fase de grupos da Taça Farroupilha, na Arena.

Se Elano já tem jogado pouco justamente para que o técnico Vanderlei Luxemburgo possa encontrar seu substituto, uma lesão sofrida no treino desta quinta tirou de vez o camisa 7 do jogo deste final de semana. O meia sentiu dores no joelho, e ainda será reavaliado para saber o tempo de parada. Zé Roberto também deixou o treino com dores, mas jogará normalmente. O substituto de Elano, tanto contra o Cerâmica quanto diante do Fluminense, deve ser Marco Antônio.

Na lateral esquerda, como André Santos foi convocado por Luiz Felipe Scolari para o amistoso contra a Bolívia, neste sábado, Fábio Aurélio começará pela primeira vez uma partida como titular do Grêmio. Contra o Passo Fundo, ele finalmente fez sua estreia, entrando no segundo tempo, após nove meses de seguidas lesões que o impediram de atuar pelo Tricolor Gaúcho.

Histórico de Felipão faz de amistoso com Bolívia uma disputa relevante

Uol

felipao_palestra2_ap.jpg_95

Uma partida amistosa contra uma equipe de menor expressão, marcada por uma questão política e sem a força máxima da seleção brasileira. É neste cenário que o Brasil enfrenta a Bolívia neste sábado, em Santa Cruz de la Sierra, às 16h30 (horário de Brasília). O que poderia ser um jogo sem grande importância, no entanto, transforma-se em uma disputa relevante por espaço por conta do histórico de Luiz Felipe Scolari.

Famoso pelo clima de confiança que costuma criar entre seus comandados, o treinador não costuma tratar partidas tidas como menores, como esta contra a Bolívia, como simples compromissos de uma agenda atribulada. Em seu discurso, Felipão faz questão de ressaltar que o amistoso pode ser decisivo na confecção da lista de convocados para a Copa das Confederações.

A postura de Scolari condiz com seu histórico na própria seleção brasileira. Em 2002, amistosos aparentemente sem importância mudaram a cara e os nomes do time que viria a ser campeão da Copa na Coreia do Sul e no Japão. Depois de uma classificação sofrida nas eliminatórias, Felipão reservou os últimos meses antes da Copa do Mundo para fazer jogos amistosos contra seleções menores. Bolívia, Arábia Saudita, Islândia e Iugoslávia apareceram no caminho do Brasil, que além disso ainda jogaria contra Portugal antes de definir a lista dos convocados para a Copa de 2002.

Mais que os resultados positivos, já esperados, Felipão conseguiu definir seus 23 convocados. Foram nesses jogos, por exemplo, que Kleberson e Anderson Polga receberam suas primeiras chances pela seleção. Gilberto Silva, igualmente, estreou como titular depois de ter feito apenas figuração no banco de reservas durante algumas partidas das eliminatórias.

Leia o restante da matéria :: LEIA MAIS »

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia