WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








março 2016
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

drupal counter

:: 16/mar/2016 . 17:30

Comemoração do 23º aniversário do Movimento Cultural Consciência Negra

MCCM

12721963_943488679098753_2133138452_n

O Movimento Cultural Consciência Negra foi fundado em 03 de março de 1993, na Rua do Triunfo, Vitória da Conquista – BA, por Gomar Santos Novais – Mestre Pantera. Na época eram apenas 06 integrantes, hoje centenas de associado(a)s. Com 08 professores efetivos e 08 convidados, desenvolvem o trabalho em diversos bairros de baixa renda, de concentração de negros, em Vitória da Conquista.

São crianças, adolescentes, jovens e adultos de ambos os sexos, em sua predominância, excluídos socialmente e economicamente. Atualmente, o Movimento tem 300 aluno(a)s (crianças, adolescentes, jovens e adultos). O público prioritário é formado por crianças. A trajetória do Movimento é marcada por atividades cotidianas focadas nas culturas afro-brasileiras de forma prática e teórica, envolvendo: a luta da Capoeira Angola e Regional; a Dança Afro; o Samba de Roda; o Maculelê; a Puxada de Rede; Dança Mitológica dos Orixás de Candomblé Nação Ketu; a música tradicional de cada uma dessas manifestações; a percussão e a confecção de instrumentos tradicionais.

Prioriza o intercâmbio com grupos culturais afins de vários Estados do Brasil e principalmente, da Bahia, no intuito de fortalecer, valorizar e preservar o “Estado – mãe” da Capoeira Angola e Regional. O Movimento investe em viagens para socialização de saberes e fazeres e pesquisas sobre as temáticas trabalhadas. Além disso, mantém um programa de formação em culturas afro-brasileiras, atividade que gera a culminância de dezenas de eventos realizados, como por exemplo, oficinas, seminários, congressos, palestras, campeonatos, mini-cursos, batizados e diversas apresentações em eventos locais e em outras regiões.

Confira a programação pela passagem do aniversário
Sábado
14:00
Oficina de Dança Afro
Oficina de Capoeira
Festival de Música de Capoeira
Inscrições abertas: R$ 20,00
Local: sede do MCCM – Avenida Aracaju, nº 233, bairro Brasil

Após bom início de temporada, atletas do Náutico sonham com a conquista da Copa do Brasil

Diário de Pernambuco

20160316003011844942o

O Náutico não tem um título nacional. Na Copa do Brasil, competição pela qual entra em campo nesta quinta-feira, sua melhor campanha foi a semifinal em 1990, na qual foi eliminado pelo Flamengo, que se sagraria campeão. No embarque para Vitória da Conquista, onde o Timbu enfrenta o time local pela primeira fase do segundo maior torneio do país, Ronaldo Alves e Renan Oliveira não escondem o desejo de levar o alvirrubro o mais longe possível na competição. Para isso, prometem entrar concentrados para estrearem com uma vitória em território baiano. Quem sabe, eliminando logo o jogo da volta.

Não vai ser fácil. Os jogadores alvirrubros sabem bem disso. Porém, para Ronaldo Alves, nada pode impedir os atletas de sonharem. E é com a taça da Copa do Brasil em mente que o zagueiro vai encarar a competição, cuja final está prevista para 30 de novembro. “A gente entra para alcançar o lugar mais alto. É claro, sabemos da dificuldade, mas a gente entra forte para que possa medir forças com as grandes equipes. E a gente tem que sonhar. Tem que sonhar que a gente possa chegar longe nesta competição também”, afirmou.

Sonho compartilhado pelo companheiro Renan Oliveira. “Em toda competição a gente entra para dar o nosso melhor. O nosso objetivo é chegar sempre nas finais. A gente sabe que é uma competição difícil, complicada. Tem que saber jogar, é mata-mata”, acrescentou o meia-atacante.

Apesar de não esconderem a ambição audaciosa no torneio, os timbus mantêm os pés no chão e se mostram conscientes de que, antes de pensar mais adiante, é preciso se concentrar no primeiro adversário. E reconhecem que o Vitória da Conquista, que não se classificou para o mata-mata do campeonato baiano e tem chances de avançar na Copa do Nordeste, não vai ser um oponente fácil.

“Vai ser um jogo difícil, contra uma equipe qualificada. E a gente vai preparado para que a gente faça um bom jogo”, disse Ronaldo Alves. “A gente tem que entrar como entrou contra o América, focados. Desde o primeiro minuto nossa equipe tinha o objetivo da vitória. É entrar concentrado e aproveitar as oportunidades”, complementou Renan.

Os alvirrubros, entretanto, não descartam a possibilidade de eliminarem, de cara, o jogo de volta. Para isso, basta ao Timbu vencer o Bode baiano por dois ou mais gols de diferença. “Já que a gente tem essa vantagem, caso aconteça, vai ser bom. A gente vai forte para tentar sim definir logo essa classificação, que a gente quer muito”, comentou Ronaldo. “A gente tem que ir lá beliscar um gol e, quem sabe, fazer os dois gols que a gente precisa para não ter a partida de volta”, finalizou Renan.

unimarc-modelo-4

Dos 26 mil aos 173: Baianão tem média de 2, 8 mil pessoas por jogo na 1ª fase

Globo Esportes

foto4

Sobraram gols, dribles, emoção, mas faltou público. O fim da primeira fase do Campeonato Baiano revelou o que era esperado, mas que até então não era possível ser confirmado em números: o baixo número dos torcedores nos estádios baianos. Ao todo, os 36 jogos da fase de grupos do Baianão levaram 103.403 pessoas para as arquibancadas, o que resultou em uma média de 2.872 torcedores por partida.

O jogo “líder” em média baixa de público foi a partida entre Feirense e Colo Colo, ainda na segunda rodada do Baianão, que teve 173 pagantes no estádio Eliel Martins. Ironicamente, este confronto, que teve renda total de R$ 1.730, ainda arrecadou a mais que outro jogo do Feirense, desta vez contra o Galícia, na última rodada, que teve maior público – 219 pagantes -, mas renda de R$ 840.

Além de ser dono das partidas com menor público e menor renda, o Feirense também é a equipe que reuniu menos torcedores dentro de casa em toda a primeira fase. Na soma de público de todos os três confrontos em seus domínios, a Águia do Sertão conseguiu levar para o estádio 801 pessoas.

o outro lado

Bahia de Feira x Bahia; Pedro Amorim (Foto: Divulgação/EC Bahia)Sem poder contar com o Joia, Bahia de Feira mandou seus jogos no estádio Pedro Amorim (Foto: Divulgação/EC Bahia)

Sobraram gols, dribles, emoção, mas faltou público. O fim da primeira fase do Campeonato Baiano revelou o que era esperado, mas que até então não era possível ser confirmado em números: o baixo número dos torcedores nos estádios baianos. Ao todo, os 36 jogos da fase de grupos do Baianão levaram 103.403 pessoas para as arquibancadas, o que resultou em uma média de 2.872 torcedores por partida.

O jogo “líder” em média baixa de público foi a partida entre Feirense e Colo Colo, ainda na segunda rodada do Baianão, que teve 173 pagantes no estádio Eliel Martins. Ironicamente, este confronto, que teve renda total de R$ 1.730, ainda arrecadou a mais que outro jogo do Feirense, desta vez contra o Galícia, na última rodada, que teve maior público – 219 pagantes -, mas renda de R$ 840.

Além de ser dono das partidas com menor público e menor renda, o Feirense também é a equipe que reuniu menos torcedores dentro de casa em toda a primeira fase. Na soma de público de todos os três confrontos em seus domínios, a Águia do Sertão conseguiu levar para o estádio 801 pessoas.
tabela; públicos; campeonato baiano (Foto: GloboEsporte.com)Tabela mostra altos e baixos do Baianão 2016

Bom dizer que, na verdade, o Feirense não tem jogado, de fato, em casa. O estádio Joia da Princesa passa por reformas e só será liberado para a segunda fase do Baianão. Por isso, a Águia do Sertão, o Bahia de Feira e Fluminense de Feira tiveram que mandar os seus jogos em outros lugares ao longo do Baianão. Os estádios Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim, e Pituaçu, em Salvador, foram os escolhidos.

Em contato com o GloboEsporte.com, Jodilton Sousa, presidente do Conselho do Bahia de Feira, informou que acredita que o Joia da Princesa só esteja disponível no final do mês de maio. Segundo ele, nesta segunda fase do Baianão o Tremendão continuará com seus jogos no estádio Pedro Amorim.

Juazeirense e Vitória da Conquista também compartilharam o problema de Feirense e Bahia de Feira. Com o Adauto Moraes em obras, o Cancão de Fogo mandou seus jogos em Pituaçu e no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Com isso, teve no geral 5.009 pessoas presentes em todos os três jogos. Nesta segunda fase do Baianão, o Juazeirense contará com a sua casa de volta.

O Vitória da Conquista, por sua vez, vivenciou o problema da “falta de casa” por menos tempo. O Bode não teve o Lomanto Júnior nos dois primeiros jogos da primeira fase e, por isso, teve que jogar no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus. No último confronto, a equipe de Vitória da Conquista pôde, enfim, atuar em seus domínios. Coincidentemente ou não, este último jogo foi o que o Conquista teve maior público em um só jogo: 1.454 pessoas foram ao Lomanto Júnior.

Sem surpresas, a lista com as equipes que tiveram maior público neste primeira fase foi integrada por Bahia e Vitória. Nas três partidas em que jogaram em casa, o Tricolor reuniu 39.175 pessoas, enquanto o Leão teve 16.400. A grande diferença nos números dos times se deve ao Ba-Vi do último domingo, que teve 26.634 pagantes na Fonte Nova e contou com mando de campo do Bahia.

Quanto aos outros clubes, o Galícia foi quem teve melhor média de público nos três jogos com seu mando de campo: 7.592 pagantes no total. O detalhe desses números é que o único jogo em que o time granadeiro teve mais de mil pessoas no estádio foi na sua estreia, contra o Jacobina. A partida, contudo, havia sido adiada e foi realizada somente no dia 11 de fevereiro, na Arena Fonte Nova, momentos antes de o Bahia entrar em campo para a segunda rodada. Neste caso, Galícia e Bahia tiveram o público contabilizado junto.

FBF altera data de confrontos no Baianão Sub-20

Da Redação
Foto Luciana Flores

12729236_1289155157778331_8275608888416308264_n

A FBF divulgou, na tarde da última segunda (14), alterações na tabela do Campeonato Baiano Sub-20 – Edição 2016. As partidas entre Flamengo e Vitória da Conquista e Poções e Colo Colo, válidas pela 6ª rodada da competição foram modificadas.

Anteriormente marcado para sábado (19/03/16), os duelos foram transferidos para o domingo (20/03/16), mantendo mesmo horário e locais.

Flamengo de Guanmbi e Vitória da Conquista se enfrentam às 15 horas, no estádio 02 de Julho. No mesmo horário, Poções e Colo Colo jogam no estádio Edvaldo Flores.

Série D terá mais oito clubes em 2016

CBF

Índice

A Série D do Campeonato Brasileiro ganhou uma novidade para a edição de 2016. Com o objetivo de integrar cada vez mais clubes ao calendário anual das competições, oito agremiações foram incorporadas ao torneio deste ano. Assim, a Série D passa a ser disputada com 48 times.

Para a distribuição das oito vagas criadas, levou-se em consideração o Ranking Nacional das Federações de 2016. Com isso, o futebol paulista vai ser o mais beneficiado, pois ganhou duas das oito vagas e agora terá quatro participantes na Série D deste ano. As vagas restantes vão ser distribuídas entre seis Estados. São eles: Minas Gerais e Rio de Janeiro, que passarão a ter três times na Série D, além Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas e Pará, todas agora com duas equipes na quarta divisão nacional, como já ocorria com Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco, Goiás e Bahia.

Com a novidade, o sistema de disputa será alterado para 12 grupos de quatro clubes cada, com jogos de ida e volta dentro do grupo. Classificam-se para a segunda fase os dois primeiros de cada grupo e os oito melhores terceiros colocados, totalizando 32 clubes. A partir da segunda fase, a competição será disputada através do sistema mata-mata até a sua conclusão.

Agenda do futebol amador

Da Redação

Índice

Confira os jogos que serão realizados neste final de semana válidos pelo futebol amador.

Campeonato Municipal de Futebol
Sábado
16:00
Vila da Conquista x Grêmio
18:00
Beira Mar x Santos
Domingo
10:00
Vitória da Conquista x Íris Sport
Campeonato do Country Club Primavera
Trintinha

Sabado
14:45
Virtual Cred x N. B. Assessorias
Domingo
10:00
Força Car x Alecrim
Quarentinha
Sabado
16:00
Chapada x Sudoeste
Domingo 11:15
Atlético x Mauricio Motores
Cinquentinha
Sabado
17:15
Americano x Confiança
Domingo
08:45
Barra x Sport
Copa Creche de Futebol
Sabado
14:45
Os Galaticos x Os Malas – Campo da Creche
Estrela Jr. x Santa Helena – 7 Campos
15:45
Gaviões do Jurema x Desportivo 7 Campos
Domingo
09:30
Juventude x Sem Vergonha – Campo da Ister
10:30
Nossa Senhora de Lourdes x Maritimos – Campo da Ister
Campeonato Cidade de Futebol Máster
Domingo
09:15
Dyana Bar x Amigos de Mamá
10:15
Flamaster x Ajax da Urbis VI
Campeonato de Futebol da Zona Rural
Domingo
No Periperi
Portuguesa x Independente
Na Caiçara
Serraninho x Itapirema
Na Lagoa das Flores
Flamengo x Cabeceira
Na Santa Marta
Santa Marta x Boca Junior
Em São Sebastião
São Sebastião x 100 Parea
Na Baixa do Cedro
Baixa do Cedro x José Gonçalves
Em José Gonçalves
Serrano x Boqueirão
Na Roseira
Roseira x Xavier
No Simão
Palmeiras x Lazio
No Periquito
Periquito x Goiás
Aspirantes 13h45 e Titulares 15h30

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Contra o Náutico, treinador Sérgio Araujo deverá repetir mesma equipe que goleou o Colo Colo

Da Redação

Em-pé-conquista-4x1-Colo-Colo-13-03-2016-018-cópia

O treinador Sérgio Araújo comanda na tarde desta quarta (16), no estádio Lomanto Júnior o coletivo apronto que define o time que inicia partida contra o Náutico, na noite desta quinta (17), as 19h15, pela Copa do Brasil.

Em entrevista ao repórter Elias José, da Rádio Clube FM, o treinador sinalizou que poderá mandar a campo a mesma equipe que goleou o Colo Colo, no último domingo (13), pelo Campeonato Baiano.

Caso isto aconteça, o Bode enfrenta o Timbú com a seguinte formação: Carlos, Artur, Sílvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho, Edimar, Maicon Costa, Diego Aragão, Kleber, Rafael da Granja e Tatu.

Para levar vantagem no confronto de volta, em Recife, o Bode vai levar em conta o fator mando de campo para sair com um resultado positivo.

Os ingressos estão a venda na Farmácia Ultra Econômica e Falcão Calçados, pelo valor de R$ 30,00 inteira e R$ 15,00. Porém, a meia entrada só será vendida na bilheterias do estádio no dia do jogo.

Timbu embarca para a estreia na Copa do Brasil

Site do Clube

IMG_6829r

Líder do Campeonato Pernambucano, o Náutico mudou foco de competição a partir desta terça-feira (15). Os alvirrubros seguiram viagem para Vitória da Conquista-BA, nesta tarde, para a estreia na Copa do Brasil.

O Timbu enfrentará os donos da casa, nesta quinta-feira, pelo jogo de ida da primeira fase. “É uma competição totalmente diferente. A gente entra para alcançar o melhor lugar possível. Sabemos da dificuldade, mas entramos fortes e sonhando em chegar longe”, afirmou o zagueiro Ronaldo Alves, artilheiro do Estadual, com quatro gols. “Vivo um momento bom dentro do clube, me sinto bem e confortável. Vou me dedicar ainda mais para continuar fazendo os gols e dar alegria ao torcedor”, completou.

O objetivo do Náutico é manter o mesmo ritmo do Pernambucano, mas sabendo jogar a Copa do Brasil. “Vai um jogo difícil, contra uma equipe qualificada, que está bem na Copa do Nordeste, mas vamos preparados para fazer um jogo seguro e conseguir a vitória”, declarou o defensor, que deverá formar a dupla de zaga com Rafael Pereira, já que Fabiano Eller foi poupado.

Renan Oliveira manteve o discurso do companheiro. “Copa do Brasil é um jogo que tem de atacar defendendo. Fora de casa temos menos oportunidades e temos de aproveitar”, disse o meia, que teve atuação destacada na vitória por 5×0 contra o América. “Espero manter a regularidade, fazer bons jogos para que meu futebol possa aparecer e eu possa ajudar o Náutico a crescer”, acrescentou.

Os alvirrubros treinam na tarde desta quarta-feira em Vitória da Conquista. O jogo da volta está marcado para o dia 7 de abril.

Relacionados para a partida

Goleiros: Júlio César e Rodolpho
Zagueiros: Rafael Pereira, Rafael Ribeiro e Ronaldo Alves
Laterais: Gastón Filgueira, Henrique, Joazy e Walber
Volantes: Eduardinho, Niel e Rodrigo Souza
Meias: Caíque Valdívia, Esquerdinha e Renan Oliveira
Atacantes: Daniel Morais, Jefferson Nem, Rony e Thiago Santana

Fora de casa, Bahia estreia na Copa do Brasil diante do Globo-RN

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

Na noite desta quarta-feira (16), no estádio Barretão, em Ceará-Mirim (RN), o Esquadrão dará o pontapé inicial em mais uma participação na Copa do Brasil. O Esquadrão enfrentará o Globo-RN na partida de ida da competição nacional.

Derrotado no clássico Ba-Vi do último domingo (13) após uma larga sequência de triunfos em jogos oficiais, o Bahia deverá ter algumas mudanças em sua formação. O zagueiro Gustavo e o lateral-esquerdo João Paulo, machucados, foram vetados pelo departamento médico.

Caso vença o time potiguar por dois ou mais gols de diferença, o Bahia avança de fase sem precisar da partida de volta. Se passar, enfrenta o América Mineiro ou o Red Bull Brasil (SP) na segunda fase.

As melhores campanhas do clube na competição nacional foram nos anos 2012, 2002, 1999, 1990 e 1989. Nas ocasiões, o Esquadrão chegou até as quartas de finais.

Confira os jogos de hoje
20h30
Linense x Botafogo-PB
Paraupebas x Londrina
Goianésia x ABC
21h45
Rio Branco x Santa Cruz
Confiança x Flamengo
Imperatriz x Fortaleza
Globo-RN – Bahia

Em festa para Aracaju, Confiança e Flamengo duelam na Copa do Brasil

Globo Esportes

img-20160131-wa0082

O cenário de festa está armado. O jogo entre Confiança e Flamengo é também parte das comemorações do aniversário de Aracaju, que completa 161 anos nesta quinta-feira. O Estádio Batistão tem totalmente vendidos os mais de 15 mil ingressos disponíveis. Mas dentro de campo, o clima será de disputa intensa na partida desta quarta, às 21h45, que marca a estreia das duas equipes na Copa do Brasil de 2016.

Para a torcida do Confiança, o duelo contra o Flamengo, pela primeira rodada da Copa do Brasil, foi batizado de ”Jogo do Século”. O técnico Betinho optou pelo mistério e fez dois treinos fechados para a imprensa e torcedores nesta semana. O time pode ter a estreia do meia Kariri, que estava no Vila Nova-GO e foi apresentado na última segunda-feira. Um dos objetivos do time sergipano é fazer com que aconteça o jogo de volta no Rio de Janeiro para ficar com toda a renda da partida, que vai ultrapassar o valor de R$ 1 milhão. O dinheiro vai ajudar o clube a se reforçar para a disputa da Série C do Brasileirão.

Embora não esconda que seja grande o desgaste físico dos jogadores por conta das muitas viagens neste início de temporada, Muricy Ramalho vai colocar em campo o que tem de melhor. Até porque um dos objetivos do Flamengo nesta quarta é vencer o Confiança por dois ou mais gols de diferença, o que eliminaria a partida de volta e daria alguns dias a mais de descanso ao elenco.

Apita o jogo o árbitro Emerson Luiz Sobral (PE), auxiliado por Clovis Amaral da Silva (PE) e Esdras Mariano Lima de Albuquerque (AL).

outdoor_pq













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia