Futebol Interior

Depois de dez dias parado, por conta da Data Fifa, onde foram realizadas mais duas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026, o Brasileirão está de volta. Nesta quarta-feira, a bola rolou para a 27ª rodada, com seis jogos, que movimentaram principalmente a parte de baixo da tabela.

Fazendo valer o mando de campo, Goiás, Bahia e Vasco venceram seus jogos e acirraram a briga na parte de baixo da tabela. Já na condição de visitantes, Athletico-PR, Cuiabá e Botafogo foram ingratos e conquistaram os três pontos.

No duelo que abriu a 27ª rodada, o Grêmio perdeu a chance de assumir a vice-liderança. Mesmo saindo na frente, acabou derrotado, de virada, para o Athletico-PR, por 2 a 1, em casa, na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Com o resultado, o Grêmio chegou ao terceiro jogo sem vitória, mas manteve a terceira colocação provisoriamente, com 44 pontos. O Athletico-PR, vem logo atrás, em quinto, agora com a mesma pontuação do adversário, mas leva a pior no número de vitórias (13 contra 12). Palmeiras e Flamengo que ainda jogam na rodada também tem a mesma pontuação e podem ultrapassa-los.

Com direito a “bis” de Júnior Santos, o Botafogo venceu mais um duelo sob o comando de Lúcio Flávio. Na Arena Independência, o Fogão venceu o lanterna América-MG por 2 a 1 e segue mais líder do que nunca, aumentando provisoriamente para 12 pontos de vantagem para o vice-líder.

Com a derrota, o Coelho segue com apenas 18 pontos na lanterna da competição e vive uma situação de drama, com chance de rebaixamento superior a 99%. Na outra ponta, o Botafogo venceu e alcançou 58, provisoriamente 12 a frente do Red Bull Bragantino, vice-líder que ainda joga na rodada.

O Cuiabá segue firme na sua missão de garantir mais uma temporada na elite do futebol nacional. Encarando o desesperado Coritiba, o time do centro-oeste brasileiro venceu pelo placar de 3 a 0 e ganhou terreno contra a zona de rebaixamento, no Couto Pereira. Os gols foram marcados por Deyverson, Isidro Pitta e Raniele.

Com mais três pontos, o Cuiabá já aparece na primeira parte da tabela, em 10º lugar, com 36 pontos, se distanciando ainda mais da zona de rebaixamento e ficando próximo dos mágicos 45 pontos. Já o Coritiba segue no seu drama. O time é o vice-lanterna, com 20 pontos, e não esboça nenhuma reação no campeonato e começa a ver o cerco se fechar.

O triunfo do Bahia poderia ter sido mais tranquilo. O time baiano teve três gols anulados, corretamente, mas conseguiu superar o Internacional pelo placar mínimo de 1 a 0 na Arena Fonte Nova e se manteve fora da zona de rebaixamento da competição, O gol da vitória foi marcado por Biel, na reta final do primeiro tempo.

Com o resultado positivo, o time de Rogério Ceni soma 31 pontos e aparece em 13º lugar, a um ponto do Santos, que abre o Z-4, mas ainda atua na rodada. Já o Internacional segue oscilando. Após vencer o Gre-Nal, o time não consegue embalar e ocupa a 12ª posição, com 32 pontos.

Depois de dois jogos sem vencer, o Vasco voltou a comemorar uma vitória ao lado de sua torcida ao bater o Fortaleza por 1 a 0, em São Januário. Foi um jogo movimentado e parelho e decidido com um gol do meia Payet, que balançou as redes pela primeira vez com a camisa vascaína.

O Vasco, que vinha de empate sem gols com o São Paulo em casa, agora passou a ter 30 pontos, em 16.º lugar, e fora do Z-4 – zona de rebaixamento. Mas a briga está equilibrada, porque abaixo aparecem Santos e Goiás, ambos com 30 pontos. O time paulista ainda vai estar em campo, quinta-feira, diante do Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro.

Finalista da Copa Sul-Americana, o Fortaleza não perdia há seis jogos, nas duas competições. No Brasileirão vinha de duas vitórias e dois empates. Permanece com 42 pontos, em sétimo lugar, ainda fora do G-6 – que é seu objetivo. Assim garante vaga na Copa Libertadores de 2024. A final da Sul-Americana será contra o LDU, do Equador, no dia 28, em Maldonado, no Uruguai.

O São Paulo continua com sua sina de não vencer como visitante no Campeonato Brasileiro. O time Tricolor teve uma atuação sonolenta e acabou derrotado pelo Goiás por 2 a 0 no Estádio Hailé Pinheiro. A falta de objetividade foi novamente o calcanhar de Aquiles dos comandados de Dorival Junior. O controle da bola não resultou em chances reais de gol, enquanto o time esmeraldino foi muito eficaz e saiu de campo vencedor, com direito a um golaço de Hugo.

O resultado negativo faz o São Paulo ficar mais próximo da zona de rebaixamento. Com 35 pontos, apenas cinco a mais que o Goiás, que está no Z-4, a equipe do Morumbi deve ligar o sinal de alerta para não deixar o título da Copa do Brasil eliminar a motivação do grupo para o restante da temporada 2023.