Futebol Interior

Dois times brasileiros entraram em campo nesta terça-feira, na abertura da quarta rodada da fase de Grupos da Copa Sul-Americana. Ambos na condição de visitantes, Corinthians e Cruzeiro foram bem, conquistaram os três pontos e seguem vivos na competição continental.

Vale lembra, que, na Sul-Americana, os primeiros colocados ao término da fase de grupos se classificarão automaticamente para as oitavas de final. Já os segundos de cada chave precisarão passar por um playoff contra os terceiros colocados dos grupos da Libertadores.

Com alguns desfalques, o Corinthians demorou para engrenar na partida. Somente na segunda etapa, o atacante Yuri Alberto e o lateral Matheusinho saíram do banco e garantiram a vitória por 2 a 0 sobre o Nacional-PAR, pelo Grupo F. Outro destaque foi o goleiro Carlos Miguel, que fechou o gol do estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai.

Com os três pontos, o Corinthians chegou a sete pontos e assumiu a vice-liderança, ultrapassando o Argentinos Jrs-ARG, que tem seis e foi derrotado para o Racing-URU, por 2 a 1. Os uruguaios lideram com oito e o Nacional é o lanterna, com apenas dois.

Após três empates seguidos, o Cruzeiro enfim venceu na Copa Sul-Americana. Fora de casa, no Armando Maestre Pavajeau, na Colômbia, o time mineiro superou o Alianza Petrolera por 3 a 0, e respirou no Grupo B. Lucas Silva, Arthur Gomes e Rafael Elias foram os autores dos gols.

Com a vitória, o Cruzeiro soma seis pontos, aparece na vice-liderança e agora seca o Unión La Calera-CHI, terceiro com seis, que encara o Universidad de Quito-EQU, líder com sete. O Alianza é o lanterna, com apenas um.

Pelo Grupo A, o Independiente Medellín-COL goleou o César Vallejo-PER por 5 a 1, fora de casa, e ocupa a vice-líderança, com nove. Os peruanos são os lanternas, ainda sem pontuar.

No Grupo E, do Athletico-PR, o Sportivo Ameliano-PAR venceu o Danubio-URU, de virada, por 2 a 1 e chegou a sete pontos, atrás do Furacão, com nove. Os uruguaios aparece em terceiro, com quatro.