WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Seleção Brasileira’

Seleção vence o Canadá e chega invicta à final

CBF

20151216235402_0

A Seleção Brasileira Feminina conquistou mais uma vitória no Torneio Internacional de Natal. Nesta quarta-feira (16), pela terceira rodada, a equipe comandada pelo técnico Vadão venceu o Canadá por 2 a 1, na Arena das Dunas, e garantiu a vantagem do empate na grande final. Para chegar à decisão, foram três vitórias, 19 gols marcados e apenas um sofrido.

Brasil e Canadá entraram em campo classificados à final da competição, que será no domingo (20), às 18h30 (de Brasília). Entretanto, a vitória valia vantagem na grande decisão. E o resultado positivo foi da equipe brasileira. Apesar do jogo equilibrado, a Seleção levou mais perigo a gol. Logo aos cinco minutos de partida, Marta cruzou forte na área para boa defesa da goleira Labbe. Em seguida, a camisa 10 cruzou na área, e a bola sobrou para Beatriz Zaneratto, que obrigou a arqueira canadense a fazer outra bela defesa.

Arriscando mais, o Brasil chegou ao gol aos 11 minutos, em bola parada. Andressa Alves cobrou falta com categoria no canto esquerdo de Labbe e abriu o placar. Aos 39, Marta fez grande jogada pelo lado esquerdo, se livrou da marcação e rolou para Debinha chutar no meio e ampliar. Minutos depois, em jogada parecida com a do segundo gol brasileiro, Sinclair limpou a área e tocou para Belanger descontar para o Canadá: 2 a 1.

Na volta do intervalo, Formiga deu lugar a Andressinha aos nove minutos. Boa em cobranças de falta, a jovem meia teve duas boas oportunidades. Vadão também substituiu Marta, Debinha, Andressa Alves e Beatriz Zaneratto, por Gabi Zanotti, Raquel, Thais e Juliete. Com o resultado positivo, a Seleção Brasileira segurou o placar até o final da partida e garantiu a vitória sobre as canadenses.

Brasil: Bárbara, Poliana, Mônica, Rafaelle e Tamires; Thaisa, Formiga (Andressinha) e Marta (Gabi Zanotti); Beatriz (Juliete), Andressa Alves (Thais) e Debinha (Raquel).

Seleção Feminina enfrenta Canadá nesta 4ª

CBF

20150720030632_7

Brasil e Canadá se enfrentam nesta quarta-feira (16) pela terceira rodada do Torneio Internacional de Nata, às 20h45 (21h45 de Brasília), na Arena das Dunasl. As duas seleções já estão classificadas para a final da competição, mas a disputa vale a vantagem do empate na grande decisão de domingo (20).

Para o confronto desta quarta, a Seleção Brasileira Feminina tem a vantagem do empate devido ao saldo de gols: 17 contra sete. Apesar disso, as jogadoras e os integrantes da comissão técnica não têm essa opção na cabeça.

– Quando um time entra em campo para empatar, ele pode acabar perdendo. Nós vamos entrar para ganhar e, mesmo se empatarmos, teremos a vantagem na final – explicou Andressinha.

O Brasil é pentacampeão do Torneio, entretanto o Canadá é a única equipe, além da Seleção, que já ficou com o título. Em 2010, na final, a vantagem do empate era canadense e a partida final terminou em 2 a 2 no Pacaembu, em São Paulo.

De lá para cá, as duas seleções se enfrentaram três vezes. Em 2012, na Copa da Suíça, preparatória para as Olimpíadas de Londres, a partida terminou 2 a 1 para o Brasil. No Torneio Internacional em 2013, no quadrangular, empate sem gols. A última vez foi nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015: 2 a 0 para a Seleção Brasileira.

Brasil goleia o México em Natal: 6 a 0

CBF

20151213185549_0

A Seleção Brasileira Feminina segue arrasadora no Torneio Internacional de Natal. Depois de fazer 11 a 0 em Trinidad e Tobago na estreia, o Brasil goleou o México por 6 a 0 na tarde deste domingo (13), na Arena das Dunas, pela segunda rodada da competição. A torcida viu Marta brilhar e marcar mais dois gols com a camisa canarinho.

O começo de jogo das brasileiras foi fulminante. No primeiro lance da partida, aos 13 segundos Andressa Alves foi derrubada na área. Marta bateu no canto e abriu o caminho para mais uma goleada. O México até tentou reagir, mas quando era atacado, sua defesa ficava perdia. Aos oito minutos, foi a vez de Formiga sofrer pênalti. Novamente, Marta foi para a bola e mostrou o poder da artilheira: 2 a 0. O terceiro foi feito por Debinha, que recebeu na área, deixou a goleira para trás e mandou para as redes aos 17. Aos 32, Debinha fez jogada pela esquerda e cruzou para Andressa Alves marcar o quarto.

O intervalo serviu para a Seleção recuperar as energias e dar sequência ao show no segundo tempo. Logo aos sete minutos, Formiga chutou da entrada da área, a bola desviou na zagueira mexicana e encobriu a goleira. A zagueira Poliana também deixou sua marca ao desviar de cabeça uma cobrança de falta, aos 23 minutos. O técnico Vadão ainda aproveitou a partida para testar outras jogadoras que corresponderam e mantiveram o nível do time. O Brasil continuou chegando com facilidade ao ataque e só não aumentou o placar por boas defesas da goleira mexicana.

O Brasil lidera a competição com seis pontos conquistados, seguido pelo Canadá, que tem três e enfrenta Trinidad e Tobago ainda neste domingo. Na quarta-feira (16), às 21h45 (horário de Brasília), as brasileiras encaram as canadenses na Arena das Dunas.

Brasil: Bárbara, Poliana, Mônica, Rafaelle e Tamires; Debinha (Gabi), Thaisa, Formiga (Andressa) e Andressa Alves (Juliete); Marta (Raquel) e Beatriz Zaneratto.

Marta faz cinco gols e Brasil vence por 11 a 0

CBF

20151210002829_0

Buscando o hexacampeonato do Torneio Internacional de Futebol Feminino, disputado este ano em Natal, a Seleção Brasileira começou a competição com uma bela goleada.

Nesta quarta-feira (9), Marta comandou o baile por 11 a 0 do Brasil sobre Trinidad e Tobago, na Arena das Dunas. A camisa 10 marcou cinco vezes, e os outros gols foram de Beatriz Zaneratto (três vezes), Debinha, Raquel e Rilany.

O próximo compromisso das meninas brasileiras será diante do México, no domingo (13), às 17h (de Brasília), na Arena das Dunas. A equipe mexicana perdeu por 3 a 0 para o Canadá na estreia.

Seleção Feminina é campeã do Sul-Americano Sub-20

CBF

20151203224228_2

Título e classificação para o Mundial garantidos! Nesta quinta-feira (3), a Seleção Brasileira Feminina venceu a Argentina por 3 a 1, na Vila Belmiro, e garantiu o heptacampeonato do Sul-Americano Sub-20, realizado este ano em Santos (SP).

Os gols brasileiros foram marcados por Kélen, Jennifer e Marjorie.

Com a vitória da Venezuela por 2 a 1 sobre a Colômbia, no primeiro jogo do dia, o Brasil entrou em campo precisando vencer a Argentina para conseguir uma vaga no Mundial da categoria de 2016.

Além disso, se conseguisse um saldo de gols maior que o da a seleção venezuelana, ficaria na primeira posição e garantiria o título. As meninas se empenharam e alcançaram os dois objetivos.

Neymar é finalista do prêmio Bola de Ouro

CBF

20150814182456_8

Nesta segunda-feira (30), a FIFA anunciou os finalistas do prêmio Bola de Ouro, e Neymar, camisa 10 e capitão da Seleção Brasileira, disputa a honraria de melhor jogador do mundo. O atacante do Barcelona aparece na lista ao lado do colega de clube, o argentino Lionel Messi, recordista e vencedor em quatro ocasiões, além do português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, eleito nos dois últimos anos.

Neymar já conhecia a sensação de estar entre os melhores do mundo. Pela quinta vez seguida, o craque foi indicado entre os 23 jogadores candidatos ao prêmio Bola de Ouro, mas, depois de 44 gols e 13 assistências durante os 60 jogos disputados no período aberto à votação, Neymar aparece entre os três finalistas. O último representante brasileiro a configurar na lista final e a levar o prêmio foi Kaká, em 2007. Desde então, Messi e Cristiano Ronaldo se alternam no título de melhor jogador do mundo.

O vencedor do prêmio Bola de Ouro será conhecido no dia 11 de janeiro, em cerimônia realizada na sede da FIFA, em Zurique, na Suíça.

Com atuação segura, Brasil vence o Peru: 3 a 0

Ogol

imgS620I164890T20151118011500

O Brasil tomou alguns sustos contra o Peru, mas acabou por vencer com tranquilidade, por 3 a 0, na Fonte Nova. Douglas Costa esteve em destaque com um gol e participação nos outros dois. Titular, Renato Augusto também deixou sua marca.

Aos 21 minutos a seleção brasileira abriu o placar. William fez a jogada pela direita e cruzou rasteiro. Douglas Costa fechou na pequena área e desviou da forma que foi possível, o suficiente para empurrar para o gol.

Douglas Costa puxou a marcação pela direita e rolou para a meia-lua. Renato Augusto chegou batendo, no canto, e fez o segundo gol brasileiro.

Douglas Costa, melhor em campo, foi responsável também pelo terceiro gol. Aos 31 minutos, o meia-atacante cortou da direita para o centro e bateu forte. O goleiro espalmou para o lado e Filipe Luís apareceu para completar o serviço.

Com a vitória, o Brasil foi a sete pontos, com a terceira posição nas eliminatórias, atrás de Equador e Uruguai e empatado com Chile e Paraguai. O Peru, com três pontos, é o oitavo colocado.

Outros resultados:
Colômbia 0 x 1 Argentina
Venezuela 1 x 3 Equador
Paraguai 2 x 1 Bolívia
Uruguai 3 x 0 Chile

Dunga faz mistério e não adianta escalação: ‘Todos têm condições de jogar’

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.obk5RffN-c

Comandante da Seleção Brasileira, o técnico Dunga adotou a tática do mistério e evitou a adiantar a escalação do time canarinho para o duelo contra o Peru, terça-feira (17), às 21h, na Arena Fonte Nova, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. “Todos que estão na Seleção têm condições de jogar”, resumiu.

Dunga ainda destacou as dificuldades encontradas no início da competição. “Não é novidade para ninguém como será disputadas as Eliminatórias. Os três primeiros jogos encontramos adversários fortes. É somar pontos o mais rápido possível, pensando na classificação para a Copa do Mundo. Temos que jogar com as características de nossos jogadores e surpreender o adversário.

Todos que estão jogando as Eliminatórias passam por situações adversas. É jogo quinta e depois apenas dois dias para treinar. Os jogam junto tem uma facilidade e os outros vão ter que superar”, afirmou.

A tendência é que o Brasil entre em campo com a seguinte formação: Alisson; Daniel Alves, Miranda, Gil e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Lucas Lima, Willian e Douglas Costa; Neymar.

Seleção ostenta invencibilidade na Fonte Nova

CBF

1570507475

Na próxima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a Seleção Brasileira encara o Peru na Arena Fonte Nova, em Salvador, na terça-feira (17), às 22h. No que diz respeito à superstição, os torcedores podem ficar tranquilos: o Brasil nunca foi derrotado no estádio. Ao todo, foram 12 partidas, sete vitórias da Seleção e cinco empates.

A história do time canarinho na Fonte Nova começou no dia 6 de julho de 1969, em um amistoso contra o Bahia. A partida terminou com a vitória da Seleção por 4 a 0, coincidentemente, o maior triunfo da equipe nesse palco. Dez anos mais tarde, a adversária foi a Seleção Baiana, e o resultado foi um empate em 1 a 1. O primeiro duelo com uma seleção internacional foi em 8 de julho de 1981. Vitória por 1 a 0 sobre a Espanha, gol de Baltazar.

A última partida antes da reforma da Fonte Nova foi o empate em 2 a 2 no amistoso contra a Holanda, em 1999. Um jogão que repetiu a semifinal da Copa do Mundo de 1998. Amoroso e Giovanni colocaram o Brasil em vantagem no primeiro tempo, mas Kluivert e Peter Van Vossen deixaram tudo igual na segunda etapa.

A Fonte Nova foi demolida e reconstruída para sediar a Copa do Mundo de 2014. Também fez parte da Copa das Confederações de 2013, na qual foi palco da vitória do Brasil por 4 a 2 sobre a Itália, na primeira fase da competição. Dante, Neymar e Fred – duas vezes – balançaram as redes dos italianos, que descontaram com Giacherini e Chiellini.

A partida contra o Peru será a primeira da Seleção Brasileira na Fonte Nova em Eliminatórias, e a expectativa é que o estádio continue ajudando a equipe.

Seleção Olímpica goleia os Estados Unidos: 5 a 1

CBF

20151115193330_0

A Seleção Brasileira Olímpica realizou neste domingo (15) o seu último amistoso no ano. No Mangueirão, em Belém, o time comandado por Rogério Micale saiu atrás no placar logo no início da partida, mas jogou bem, se impôs em campo, virou e conseguiu golear.

Com direito a gritos de “olé” das arquibancadas, o Brasil venceu os Estados Unidos por 5 a 1.

Os EUA abriram o placar com um gol contra de Marlon, mas Gabriel (duas vezes), Felipe Anderson (duas vezes) e Luan marcaram para a grande vitória do Brasil.

O Brasil jogou com: Uilson; Zeca (Fabinho), Lucão, Marlon (Fred) e Jorge (Wendell); Rodrigo Caio, Walace (Lucas Silva) e Valdívia (Felipe Anderson); Gabriel, Vinícius Araújo (Gabriel Jesus) e Gustavo Scarpa (Luan).













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia