WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘BaVi’

Bahia faz nos acréscimos e arranca empate com Vitória

Atarde

650x375_baxvi_1412561

O clássico baiano foi emocionante até o apito final. Jogando em casa, na Arena Fonte Nova, o Bahia marcou seu gol já nos acréscimos e conseguiu empatar com o rival Vitória por 1 a 1, na noite deste domingo, em Salvador, pela quarta rodada do Brasileirão.

O empate no clássico levou o Bahia aos sete pontos, agora em quarto lugar no Brasileirão. Já o Vitória está com cinco pontos, na 12ª colocação.

O Bahia manteve maior volume de jogo durante quase todo o tempo, tendo muito mais posse da bola, mas perdeu muitas oportunidades de finalização. Assim, foi o Vitória que conseguiu chegar primeiro ao gol, aos 38 minutos da etapa inicial. No lance, Marquinhos levantou para Souza, que cabeceou direto para as redes, sem chance de defesa.

No segundo tempo, o Bahia voltou pressionando o adversário, na busca pelo empate. Assim, quase marcou aos seis minutos, quando Talisca provocou boa defesa de Wilson. Aos 13, nova oportunidade, dessa vez desperdiçada por Maxi Biancucchi, em outra defesa do goleiro.

O Vitória também levava perigo. Foi o que aconteceu aos 26 minutos, quando Marquinhos finalizou de fora da área, mas Marcelo Lomba espalmou. Logo em seguida, uma discussão entre Uelliton e Souza resultou na expulsão de ambos, deixando cada equipe com dez jogadores em campo.

Como não desistiu de buscar o empate até o final, o Bahia acabou premiado já aos 46 minutos, quando Pará conseguiu fazer o gol, definindo o placar no clássico baiano na Arena Fonte Nova.

Agora, pela quinta rodada do Brasileirão, o Bahia pega o Sport na Ilha do Retiro e o Vitória encara o Palmeiras em Pituaçu, ambos no próximo domingo.

Péricles Bassols comanda decisão do Campeonato Baiano

Galáticos Online

periclesbassols

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou no início da tarde desta quinta-feira (10) a arbitragem para a decisão do Campeonato Baiano entre Bahia e Vitória que irá acontecer no domingo (13), às 16h, em Pituaçu. O confronto será comandado por Péricles Bassols Pegado Cortez (FIFA-RJ).

A disputa no sorteio foi realizada dois árbitros de fora do estado. O carioca Péricles Bassols Pegado Cortez e o Mineiro Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG). será assistido por Rodrigo Pereira (FIFA-RJ) e Kleber Lúcio Gil (FIFA -SC).

Assim como na primeira partida da final, o mineiro Ricardo Marques será o 4º árbitro do duelo. No primeiro confronto Wilton Pereira Sampaio (GO) foi o comandante do jogo em que o Bahia derrotou o Vitória por 2 a 0.

No confronto deste domingo (13), o Bahia pode perder por até um gol de diferença que sagra-se campeão. Já o Rubro-Negro, terá que vencer por dois gols de diferença para conquistar o bicampeonato estadual.

Johnn Hebert apita segundo Ba-Vi da final sub-20

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.gFuEb_lv3e

A Federação Bahiana de Futebol (CBF), há dois dias do segundo jogo da decisão, anunciou o trio de arbitragem responsável por comandar o clássico entre Bahia e Vitória, no Estádio de Pituaçu, válido pela categoria sub-20.

O responsável por comandar o Ba-Vi será Johnn Hebert Alves Bispo, que também pertence ao quadro de árbitros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ele terá como auxiliares Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Claudio Santos Oliveira.

Johnn Hebert, na semifinal do Campeonato Baiano da primeira divisão, foi o árbitro principal do polêmico jogo entre Bahia e Serrano. Na ocasião, o time do interior teve um gol anulado de maneira incorreta, enquanto pelo lado tricolor, os jogadores reclamaram de um possível
pênalti cometido por Fábio Gama. O auxiliar, neste caso marcou, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

O Bahia venceu o primeiro jogo da final contra o Vitória por 1 a 0 e, nesta quinta-feira (10), às 15h30, pode até perder por um gol que levantará o troféu estadual.

Wilton Pereira Sampaio comanda BaVi decisivo

Galáticos Online

252201161212arbitro atlet x bru

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) definiu a arbitragem para o primeiro jogo decisivo da final do campeonato Baiano entre Bahia e Vitória. Como já era esperado, o juiz principal da partida será de fora do estado e trata-se do goiano Wilton Pereira Sampaio.

Os assistentes designados pela entidade para comandar o clássico serão Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Boschilia (PR). O duelo acontece neste domingo (6), às 16h, na Arena Fonte Nova.

“Não foi por falta de qualidade no nosso quadro de árbitros, que foi muito competente, mas outras circunstâncias levaram a esta escolha”, resumiu o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, após a definição do juiz de fora do estado para apitar o clássico.

Ba-Vi: 20 mil ingressos vendidos para 1º jogo da final

Bahia Notícias

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.p3ig3MME0q

Enfim, nesta temporada de 2014, a Arena Fonte Nova deve receber mais 30 mil torcedores em uma partida do Bahia. Em apenas um dia de comercialização mais de 19 mil ingressos foram vendidos para o primeiro clássico Ba-Vi da final do Campeonato Baiano, neste domingo (6), às 16h.

Os bilhetes de entrada começaram a ser vendidos pontualmente às 9h nos pontos de venda anunciados pela administração do estádio. Apesar da grande procura, aliada ao tempo de espera nas filas, o maioria dos torcedores garantiram presença na decisão.

Inicialmente, os sócios do Bahia teriam guichês exclusivos apenas no dia do jogo. Mas, diante do protesto do clube e dos associados, a
Arena Fonte Nova decidiu disponibilizar uma bilheteria exclusiva no estacionamento do estádio.

Nesta quinta-feira (3), a venda de ingressos para o clássico Ba-Vi segue em todos os pontos de venda: Ticketmix, Pida, internet e bilheteria da Arena Fonte Nova.

Todos os ingressos colocados à disposição da torcida do Vitória já estão esgostados.

Conquistense será árbitro adicional no BaVi na noite desta quarta

Por Luciano Pina

IMAGEM_BAHIA_55-300x221

A CBF divulgou a arbitragem para o clássico BaVi, que vai acontecer nesta quarta (09), às 21 horas, na Fonte Nova.
 
No sorteio ficou definido que Marcelo de Lima Henrique comandará o clássico. O árbitro trabalhou no primeiro BaVi da final do Baianão, quando o Vitória venceu o Bahia por 7 a 3.
 
O assistente 1 será Rodrigo Pereira Joia, o assistente 2 Fábio Pereira. O Adicional 1 será Manoel Nunes Lopo Garrido e o adicional 2 será o conquistense Marielson Alves Silva. O quarto árbitro será Johnn Hebert Alves Bispo.

Na 24ª rodada, Marielson trabalhou na partida em que o São Paulo perdeu para o Grêmio, por 1 a 0, no Morumbi

FBF transfere BAVI da Copa Governador para Pituaçu

Galáticos Online

download

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou mais duas alterações na tabela Copa Governador do Estado 2013. Desta vez, as mudanças dizem respeito à segunda rodada da competição.

Os confrontos Jacuipense x Galícia e Vitória x Bahia, no próximo dia 5 de outubro foram modificados pela entidade. O objetivo da FBF é promover rodadas duplas no intuito de aumentar a expectativa de público na competição.

O Jogo Jacuipense e Galícia que seria realizado neste sábado (05), às 16 horas, no estádio de Pituaçu, passou para às 15h30, no mesmo dia e local.

Já a partida entre Vitória e Bahia inicialmente para marcado para esta quarta (03), às 16 horas, no estádio Barradão foi transferida para sábado (05), às 17h30, no estádio de Pituaçu.

BaVi da Copa Governador tem data alterada

Galáticos Online

bavi(5)

O BaVi que será realizado pela Copa Governador do Estado teve a data alterada pela Federação Bahia de Futebol (FBF). O clássico agora será realizado em Pituaçu, no próximo sábado (5), às 17h30.

Anteriormente a FBF tinha programado a partida para a quinta, 3, no Barradão, as 16h, porém houve a alteração.

Na estreia da Copa Governador do Estado o Vitória venceu o Galícia por 2 a 1, enquanto o Bahia bateu a Jacuipense por 2 a 1.

Em alta, dupla Ba-Vi volta a se enfrentar na Série A

Atarde

650x375_1341319

Após terem se desencontrado entre as séries A, B e C do Campeonato Brasileiro desde o ano de 2004, Vitória e Bahia finalmente voltam a campo para disputar um clássico válido pela elite do futebol nacional, em jogo válido pela oitava rodada, na tarde deste domingo, 21, na Arena Fonte Nova.

E o reencontro não poderia se dar em momento melhor: decorridas sete rodadas, as duas maiores equipes baianas figuram entre as sete melhores agremiações do torneio. Classificado entre os quatro melhores, o rubro-negro soma 13 pontos ganhos. Na sétima posição, o Bahia tem apenas um ponto a menos que o seu maior rival.

O tricolor, no entanto, tem um jogo a mais que o Vitória e que a maioria dos clubes da competição: na quarta-feira, 10, foi levado a adiantar o jogo que aconteceria somente na 11ª rodada contra o São Paulo, no Morumbi – o Esquadrão venceu por 2 a 1. O tricolor paulista foi também a última vítima do Leão: no último domingo, 14, o Vitória o venceu por 3 a 2 em jogo disputado no Barradão.

Fora dos holofotes da divisão de elite, a disputa do clássico baiano tem pendido para um único lado: com direito a duas goleadas históricas, o Vitória ganhou três dos quatro Ba-Vis disputados neste ano. O Bahia amarga um jejum que já dura pouco mais de dois anos e quatro meses: não vence o rival desde março de 2011.

Recheado de rivalidade e de tabus, o clássico deste domingo movimentou as duas torcidas durante a semana: dada a grande procura por ingressos, são esperadas cerca de 42,2 mil pessoas, número que corresponde à carga máxima disponbilizada pela Arena Fonte Nova para a partida.

Ainda no domingo, além do clássico baiano, o Brasileirão terá também os duelos Internacional x Flamengo, Santos x Coritiba, Atlético-PR x Corinthians, Fluminense x Vasco e Goiás x Portuguesa. O jogo Atlético-MG x Ponte Preta foi adiado.

Contagem regressiva: Ba-Vi volta a ser disputado na Série A após 9 anos

Globo Esportes

felipeoliveira_12052013_bavi

O maior do Norte/Nordeste está de volta. Após nove anos de ausência, a contagem regressiva chega aos números finais. No domingo, a Série A do Campeonato Brasileiro terá o prazer de ter, novamente, um Ba-Vi em sua tabela. O duelo será o ponto alto de um ano especial. Desde 2003, Bahia e Vitória não disputam juntos a elite do futebol nacional.

Que perdoem os outros clubes do Norte e Nordeste brasileiro, mas não há outra forma de caracterizar a rivalidade entre as duas principais equipes da Bahia. Aos que fazem cara feia, argumentos não faltam. Dois títulos nacionais do Tricolor; campanhas históricas do Vitória no Brasileiro de 93 e na Copa do Brasil de 2010; a Bahia é o único estado do Norte/Nordeste com dois clubes na Série A. Se nada disso adianta, que leve-se então em conta o Ranking Nacional de Clubes. O Vitória (15º) e o Bahia (17º) são os dois primeiros nordestinos na lista da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O momento para o clássico também é especial. Se antes de a bola rolar pelo Brasileirão a expectativa de muitos era de que os baianos brigariam contra o rebaixamento, as primeiras rodadas surpreendem. O Vitória é o time com o maior tempo no G-4 e ocupa a vice-liderança da competição. Com um ponto a menos, o Bahia é o sétimo colocado. O Tricolor, no entanto, tem um jogo a mais.

Dos 22 Ba-Vis do Brasileirão, 20 foram disputados na Fonte Nova. Neste ano, aliás, a Fonte Nova já recebeu três clássicos. O Vitória levou a melhor em todos: 5 a 1 na inauguração, 2 a 1 no jogo de volta e 7 a 3 na primeira partida da final do Campeonato Baiano. A nova Fonte Nova se tornou a casa do Leão nesta temporada.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia