WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Botafogo’

Bota empata diante de 308 pagantes, é oitavo, e pode cair ainda mais

Globo Esportes

botafogo-novaiguacu2-marciolaves-glo

A campanha do Botafogo no Campeonato Carioca terminou da mesma forma que começou: com o time A poupado para a Libertadores, o time B em campo, um empate e nova frustração da torcida. Na tarde deste sábado, em Moça Bonita, o Alvinegro não passou de um empate por 1 a 1 com o Nova Iguaçu e, com 17 pontos e na oitava posição, corre sério risco de terminar com uma de suas piores campanhas nos 108 anos de história do estadual.

O posto mais baixo ocupado desde então foi o oitavo lugar em 1923 e 1985. Em 1923, porém, o oitavo lugar significava a última posição. O time ainda teve que disputar um jogo contra o Villa Isabel, campeão da Série B do mesmo ano, em que o vencedor garantiria vaga na primeira divisão do Carioca. O Botafogo venceu o villa Isabel por 3 a 1 e se manteve na primeira divisão.

Cinco equipes que jogam neste domingo podem ultrapassar o Glorioso. Uma vitória poderia ter evitado a situação incômoda, mas o gol marcado por Zeballos de pênalti só impediu uma tragédia maior que seria a derrota após Dieguinho abrir o placar. Para completar o cenário, a partida registrou o pior público dos grandes na competição: foram 308 pagantes (446 presentes), com renda de R$ 5.900,00.

O Botafogo agora só tem a Libertadores pela frente. O time joga só no dia 2 de abril contra o Unión Española, do Chile, no Maracanã. Em caso de triunfo, o Alvinegro garante não só a classificação às oitavas de final como o primeiro lugar do Grupo 2 do torneio. Na Copa do Brasil, o Glorioso vai entrar só no segundo semestre, direto nas oitavas de final.

unimarc-modelo-4

Jefferson salva, Botafogo vence equatorianos e assume ponta isolada

Gazeta Esportiva

t_109044_ainda-aos-dois-minutos-do-primeiro-tempo-ferreyra-desviou-de-cabeca-e-garantiu-a-vitoria-do-botafogo

O Botafogo assumiu a liderança do Grupo 2 da Taça Libertadores, ao derrotar o Independiente Del Valle, do Equador, por 1 a 0, em partida disputada na noite desta terça-feira, no Maracanã. O único gol do jogo foi marcado por Ferreyra, aos dois minutos do primeiro tempo.

O resultado fez a equipe alvinegra chegar aos sete pontos ganhos, enquanto o Independiente segue com quatro pontos, na segunda posição.

A vitória foi muito sofrida para a torcida botafoguense. O time de General Severiano caiu de produção no segundo tempo e sofreu grande pressão da equipe equatoriana que criou algumas chances para empatar. O goleiro Jéfferson apareceu em momentos importantes para salvar o time e acabou se tornando o destaque da partida.

No reencontro com a torcida, Bota busca vitória sobre o Independiente

Globo Esportes

torcidabotafogo_vitorsilva_sspress

Foram dois jogos seguidos fora de casa, nos quais o Botafogo encontrou adversidades que saíram até mesmo do campo de jogo. Após atuar no Chile e no Equador, o Alvinegro voltou ao Rio de Janeiro com apenas um ponto na bagagem. Mas é exatamente atuar no Maracanã o principal combustível da equipe comandada por Eduardo Hungaro. A partida contra o Independiente del Valle, nesta terça-feira, às 22h (de Brasília), representará o reencontro com uma torcida que encheu o estádio na Libertadores e mostrou-se uma poderosa aliada. No local, o clube tem média de público de 36.637 pagantes na competição.

Foram dez mil ingressos vendidos antecipadamente até a véspera da partida. A promessa será novamente de um estádio cheio para empurrar o Botafogo, podendo, assim, compensar a ausência de dois titulares. O lateral-direito Edílson e o zagueiro Bolívar cumprem suspensão por terem sido expulsos no Equador e serão substituídos por Lucas e Dankler, respectivamente. Com quatro pontos somados, ao lado do San Lorenzo e Independiente del Valle, e seguido de perto pela Unión Española (com três pontos), o Alvinegro sabe que a vitória nesta terça poderá encaminhar a classificação para as oitavas de final.

á o time equatoriano, que até a semana passada vivia o temor da eliminação precoce, tem a vitória no Maracanã como uma chance de ocupar a liderança isolada do Grupo 2. Assim, a expectativa é a de um Independiente del Valle tentando se fazer valer de sua força ofensiva para derrotar o Botafogo mais uma vez. No último domingo, com um time misto, a equipe derrotou o El Nacional pelo Campeonato Equatoriano por 4 a 2.

O uruguaio Dario Ubriaco apita o confronto, auxiliado pelos seus compatriotas Carlos Pastorino e Gabriel Popovits.

unimarc-modelo-4

Jéferson ofusca Zeballos, Boavista bate o Bota e ainda sonha com a semifinal

Globo Esportes

cidinho_botafogo_sspress_95

O jogo não valia nada para o Botafogo, eliminado precocemente do Campeonato Carioca na rodada passada. Mas a chance de mostrar serviço ao técnico Eduardo Hungaro foi encarada seriamente pelo time formado por reservas e caras novas na tarde deste sábado, em Bacaxá, distrito de Saquarema. O paraguaio Zeballos, por exemplo, uma das esperanças do clube para a fase final da Libertadores, marcou de pênalti seu primeiro gol em dois jogos pelo Alvinegro. Ele só não contava ser ofuscado por um velho conhecido no Rio de Janeiro. Ex-Vasco, o meia Jéferson foi quem mais brilhou na volta de um grande ao Estádio Eucy Resende depois de cinco anos. Ele fez os dois da vitória por 2 a 1 do Boavista e garantiu a festa de comemoração dos dez anos de vida do clube diante de um público de 1.012 pagantes (1.255 presentes). A renda da partida foi de R$ 22.945,00.

O resultado mantém os 100% da equipe de Bacaxá em seu estádio (seis vitórias) e a esperança por uma das vagas na semifinal, restando só mais uma rodada. Além disso, o time lidera a Taça Rio com 21 pontos, título disputado só contabilizando jogos entre os pequenos do estadual.

O Boavista chegou a 22 pontos, em quinto, e agora precisa torcer para Vasco ou Cabofriense, ambos com 25 pontos, perderem neste domingo para manter suas chances na rodada final. Já o Botafogo segue estacionado com 16 pontos, agora em oitavo lugar, mas ainda pode cair mais três posições na tabela no complemento da rodada. A equipe de Saquarema volta a campo no dia 23, contra o Bangu, novamente em Bacaxá. Já o Alvinegro cumpre tabela no mesmo dia contra o Nova Iguaçu, ainda sem local definido. Antes disso, encara o Independiente del Valle, terça, pela Libertadores.

– Perder é sempre ruim, ainda mais na situação que estamos no estadual. Temos que erguer a cabeça, até porque temos uma decisão na terça-feira. De maneira nenhuma vai interferir no nosso ânimo. A situação vai ser diferente – avaliou o lateral alvinegro Junior Cesar.

Botafogo tem dois expulsos e perde fora na Libertadores, mas segue líder

Lancenet

Independiente-Valle-Botafogo-Rodrigo-BuendiaAFP_LANIMA20140312_0255_24

Se o primeiro tempo não tivesse sido tão ruim… Se Bolívar e Edilson não fossem expulsos… Se o árbitro fosse menos confuso… Este pensamento ficará na cabeça de todo botafoguense durante alguns dias, mas não adianta. Assim é a Copa Libertadores.

Com todos estes ingredientes, o Botafogo perdeu por 2 a 1 para o Independiente del Valle (EQU), na noite desta quarta-feira, na altitude de Quito, pela terceira rodada do Grupo 2. Nuñez e Sornoza marcaram para o time da casa e Bolívar descontou.

Apesar da derrota, o cenário ainda é favorável. O Glorioso segue na liderança do grupo, com quatro nos três jogos disputados. Já o Independiente é o terceiro, também com quatro. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça-feira, às 22h, no Maracanã. A equipe de Eduardo Hungaro joga os dois próximos jogos em casa.

Flamengo vence Botafogo, fatura a Taça Guanabara e elimina o rival

Globo Esportes

gabriel_botafogo_flamengo_ae

O público era pequeno (9.348 pagantes), o que já é praxe no Carioca 2014. O troféu não estava presente. Não houve volta olímpica. Mesmo assim, o jogo valeu taça, mais uma, Guanabara, para a galeria do Flamengo. Com seus titulares, o Rubro-Negro mostrou sua força e venceu o Botafogo, todo reserva, por 2 a 0, na noite deste domingo, no Maracanã, com gols de Gabriel e Léo. Com duas rodadas de antecedência, o time flamenguista, com 34 pontos, não pode mais ser alcançado e é campeão do primeiro turno, eliminando o rival Alvinegro da disputa da semifinal.

Além de encorpar sua galeria de troféus, o Flamengo conquista importante vantagem. Jogará sempre por dois empates na fase final do Carioca, que só começará no dia 26 de março, com as semifinais. Foi a 20ª vez que o Rubro-Negro conquistou a Taça Guanabara, sendo o maior vencedor.

Para ficar com a taça neste domingo, o Fla, primeiro, contou com o tropeço do Fluminense, que empatou com o Duque de Caxias mais cedo. Depois, fez sua parte, levando a sério o clássico e escalando quase todos os titulares. Exceções foram André Santos e Elano, com dores musculares. O time dominou praticamente todo o jogo e não sofreu sustos. Na quarta, no Maracanã, às 22h, enfrentará o Bolivar, pela terceira rodada da Taça Libertadores.

O Botafogo, por sua vez, adotou novamente a tática de poupar todos os titulares visando o torneio continental, pelo qual jogará na quarta-feira, às 19h45m, em Quito, contra o Independente del Valle. O time reserva, que derrotou o Fluminense por 3 a 0, desta vez foi muito mal, um retrato da equipe durante boa parte do estadual. O Alvinegro, que teve Airton expulso no segundo tempo, é apenas o sétimo colocado, com 16 pontos, nove atrás da Cabofriense, em quarto, e não tem mais chance de classificação.

Pelo estadual, os dois times cumprem tabela no próximo fim de semana. No sábado, às 18h30m, o Botafogo encara o Boavista, no Moacyrzão. No dia seguinte, às 16h, o Flamengo enfrenta o Bangu em Volta Redonda.
– Essa conquista mostrou a força do elenco. O Botafogo se planejou da mesma forma e não venceu os jogos. Nós atuamos várias vezes com o time reserva, e vencemos a maioria das partidas – disse o goleiro Felipe após o jogo.

Botafogo empata com Audax e fica mais próximo do adeus ao Carioca

Globo Esportes

marcelomattos_botafogo_audax_satirosodre1

O time era praticamente o mesmo que caminha com tranquilidade na Libertadores. Mas novamente os titulares do Botafogo mantiveram a infeliz regularidade de atuações no Campeonato Carioca. Em jogo realizado na tarde desta quinta-feira, em Moça Bonita, o Alvinegro ficou no empate em 2 a 2 com o Audax, lanterna da competição. O resultado deixou a equipe comandada por Eduardo Hungaro com chances ainda mais reduzidas de classificação para a semifinal. Ferreyra e Marcelo Mattos fizeram os gols alvinegros, com Willian e Washington anotando para o time da Baixada Fluminense.

Após o tropeço, presenciado por 481 pagantes (renda de R$ 9.665,00), o Botafogo ficou a sete pontos da Cabofriense (23 a 16), quarta colocada, que enfrenta o Volta Redonda ainda nesta quinta-feira. Isso deixa o Alvinegro com a necessidade de vencer seus três últimos compromissos na fase de classificação e ainda torcer por derrotas de seus concorrentes diretos (o Vasco tem 24 pontos).

– Estamos praticamente fora da disputa do Carioca. Não era o que queríamos ou planejávamos. Mesmo com o time que não é considerado titular, esperávamos obter mais resultados positivos. Infelizmente não aconteceu, mas temos que terminar com dignidade – disse o lateral Edílson.

De quebra, o resultado assegurou ao Fluminense uma vaga na fase semifinal (é o segundo, com 26 pontos, cinco a menos que o líder Flamengo). Neste domingo, os reservas voltam a campo para o clássico contra o Flamengo, no Maracanã. O Audax, que se manteve na lanterna, agora com sete pontos, volta a campo também no domingo, contra o Nova Iguaçu, no Laranjão.

No Chile, Tanque marca e Botafogo empata com a Unión Española

Gazeta Esportiva

t_107591_ja-no-final-do-segundo-tempo-ferreyra-marcou-e-garantiu-o-empate-do-botafogo-diante-do-union-espanola

O Botafogo foi até Santiago e arrancou um empate por 1 a 1 com o Unión Española, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores. O Alvinegro desperdiçou muitas chances, mas segue na liderança do grupo 2, com quatro pontos, após duas rodadas. Já a equipe chilena tem dois, na vice-liderança, pois San Lorenzo-ARG e Independiente del Valle-EQU, ainda não se enfrentaram.

O duelo foi equilibrado em grande parte dos 90 minutos. Após a igualdade sem gols na etapa inicial, o Unión Española abriu o placar com Chávez, quando o Botafogo era melhor em campo. No entanto, os cariocas conseguiram chegar ao empate com Ferreyra, para dar números finais ao jogo em Santiago.

Na próxima rodada, o Botafogo vai até o Equador para encarar o Independiente Del Valle, daqui a duas semanas. No mesmo dia, o Unión Española vai encarar o San Lorenzo, na Argentina.

Botafogo encara Unión Española para encerrar jejum e seguir líder

Lancenet

Treino-Botafogo-Chile-Paulo-Victor_LANIMA20140225_0141_24

O cabalístico número 21 está de novo no caminho do Botafogo. Sem vencer uma partida em competições oficiais, fora do Brasil, há 21 anos – o último triunfo foi em 26 de agosto de 1993, no 1 a 0 sobre o Caracas, na capital da Venezuela, pela Conmebol que o clube conquistou –, o Glorioso pode acabar com o tabu e derrotar o Unión Española (CHI), em Santiago, nesta quarta-feira, às 19h45 (horário local e de Brasília), no Estádio Santa Laura. O jogo é válido pela segunda rodada do Grupo 2 da Copa Libertadores.

Se não bastasse a importância da partida, que em caso de vitória garante a liderança ao Alvinegro e deixa encaminhada a classificação às oitavas de final, o time tem de novo na superstição um bom aliado para encerrar mais um jejum.

Depois de ficar de 1968 a 1989 anos sem conquistar um título, o Botafogo deu fim ao mais importante tabu da história do clube. Recentemente, esteve 17 anos fora da disputa da Libertadores e agora conseguiu voltar à competição.

Supersticioso, o torcedor alvinegro espera que a liderança seja mantida e mais um jejum termine.

Botafogo empata com o Voltaço no Maracanã e se complica no Carioca

Globo Esportes

botafogo_voltaredonda_satirosodresspress1

No primeiro jogo do Botafogo como mandante no Carioca disputado no Maracanã, a história foi bem diferente do que a torcida viu nas partidas da Libertadores. Com um público bastante pequeno – 3.819 presentes, 2.981 pagantes -, o Alvinegro ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Volta Redonda, nesta quinta-feira. Com o resultado, o Glorioso fica em uma situação ainda mais complicada para a classificação, já que a diferença para o G-4 aumentou para seis pontos: a equipe está em oitavo lugar com 12 pontos. Restam seis rodadas para o fim da primeira fase. Para piorar a situação dos botafoguenses, a Cabofriense venceu o Bonsucesso por 1 a 0, chegou a 19 pontos e tomou a terceira posição do Vasco, agora o quarto, com 18.

O Bota colocou em campo seu time principal, o que não garantiu que o jogo tivesse um bom nível técnico. Especialmente no primeiro tempo, onde os erros das equipes se multiplicaram e as chances de gol foram muito raras. Na segunda etapa, a partida melhorou um pouco e os gols saíram. Jorge Wagner marcou de pênalti para o Alvinegro, e Sassá empatou para o Voltaço.

– A gente tem programação e está cumprindo. Sempre que a gente entra em campo pelo Carioca é para vencer. Infelizmente a gente não conseguiu a vitória, que seria superimportante para encostar nos líderes. O Volta Redonda estava muito atrás, o que dificultou o nosso trabalho – avaliou Jorge Wagner após o jogo.

No domingo, às 16h, o Bota volta ao Maracanã, desta vez para o clássico com o Fluminense. Por causa da viagem na segunda-feira para o Chile, onde o time enfrenta o Unión Española, quarta-feira, pela Libertadores, o técnico Eduardo Hungaro vai escalar apenas os reservas. Também no domingo, o Voltaço encara o Bangu no estádio Raulino de Oliveira.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia