WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados




abril 2024
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

drupal counter

:: ‘Cai’

Euro leva Portugal à 6º posição do ranking da Fifa, e Brasil cai para 9º

Globo Esportes

soccer_euro_2016_port_amar

Os torneios continentais realizados no último mês tiveram grande impacto na edição de julho do ranking mundial da Fifa, divulgada nesta quinta-feira. Com a conquista inédita da Eurocopa, a seleção portuguesa subiu duas posições e chegou ao sexto lugar, deixando para trás o Brasil, que caiu para a nona colocação depois de ter sido eliminado na fase de grupos da Copa América Centenário.

O ranking da Fifa ganhou grande importância nos últimos anos, uma vez que se tornou o critério oficial da entidade para definir os cabeças de chave da próxima Copa do Mundo. Como a anfitriã Rússia tem uma vaga garantida para 2018, os sete primeiros colocados ficarão com a vaga – ou seja, se o Mundial fosse realizado hoje, o Brasil pela primeira vez na história não estaria entre os escolhidos.

O top 5 da lista não contou com alterações, mantendo a Argentina na liderança depois do vice-campeonato no torneio nos Estados Unidos, enquanto o Chile, campeão das Américas, manteve-se em quinto. Bélgica e Colômbia mantiveram-se em segundo e terceiro, respectivamente, e a Alemanha, em quarto. Quem teve grande impulso com a Euro 2016 foi a anfitriã França, que ganhou 10 posições e alcançou o sétimo posto, ultrapassando a Espanha, que foi para oitavo. A Itália, eliminada nas quartas de final, ganhou duas posições e voltou a figurar no top 10, na 10ª colocação.

Uma das grandes sensações da Euro, o País de Gales é quem teve o maior salto em termos de pontos: ganhou 291 ao chegar às semifinais, figurando agora em 11º. Croácia e Polônia tiveram bons ganhos, chegando a 15º e 16º, respectivamente – enquanto a Holanda (que não se classificou para a Eurocopa) despencou para a 26ª posição.

Campeã da Oceania, a Nova Zelândia foi quem mais ganhou posições (54), chegando à 93ª colocação. O Kosovo apareceu na lista da Fifa pela primeira vez na história.

Veja o top 10 do ranking mundial da Fifa:

1) Argentina – 1585 pontos
2) Bélgica – 1401 pontos
3) Colômbia – 1331 pontos
4) Alemanha – 1319 pontos
5) Chile – 1316 pontos
6) Portugal – 1266 pontos
7) França – 1189 pontos
8) Espanha – 1165 pontos
9) Brasil – 1156 pontos
10) Itália – 1155 pontos

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Após o complemento da rodada, Vitória da Conquista cai para a terceira colocação do grupo E

Da Redação

img-20160217-wa0046-277x300

Com a goleada aplicada pelo Ceará por 5 a 0, no Flmanengo do Piaui, na noite desta quinta (19), o Vitória da Conquista caiu para a quinta colocação do Grupo E, da Copa do Nordeste.

O Bode tem três pontos, mesmos números de pontos do Ceará, porém, perde no saldo de gols.

Pela terceira rodada, o Alviverde enfrenta o Flamengo do Piaui, na próxima quinta (25), as 21h30, no estádio Mário Pessao, em Ilhéus. Um dia antes, o Ceará duela contra o Sampaio Corrêa, no mesmo horário, no estádio Castelão, em São Luís,

Brasil cai para o Chile e perde pela 1ª vez em estreia das eliminatórias

Globo Esportes

2015-10-09t013132z_1154908320_gf10000237715_rtrmadp_3_soccer-world

O Chile entrou como campeão, o Brasil entrou como seleção que vem acumulando eliminações em jogos decisivos. As posturas de cada equipe não deixaram dúvidas sobre quem teria mais chances de conquistar a vitória. Deu Chile, 2 a 0 com justiça, a favor do time que propôs o jogo, sobretudo após a entrada de Mark González e a mudança do 3-5-2 para o 4-3-3. Os campeões da Copa América passaram a dominar as ações e tornaram a próxima rodada fundamental para o Brasil neste início de caminhada rumo à Copa do Mundo de 2018. Na terça-feira, os pentacampeões mundiais receberão a Venezuela, em Fortaleza. A missão: sair do zero. No placar e no futebol.

A derrota também foi histórica. Há 14 jogos, o Chile não vencia o Brasil – eram 11 derrotas e três empates. A invencibilidade da Seleção durava 15 anos e chegou ao fim no gols de Eduardo Vargas e Alexis Sánchez, após cruzamento de Matias Fernández. Os campeões da Copa América não venciam a seleção brasileira desde 2000, quando fizeram 3 a 0, também em Santiago, pelas eliminatórias. Essa foi a primeira vez que o time canarinho foi derrotado em uma estreia da competição.

Com o resultado, o Brasil não somou nenhum ponto e divide a sétima colocação com Argentina, Bolívia e Peru. Todas as seleções foram derrotadas por dois gols de diferença e não balançaram a rede dos rivais. Na próxima terça-feira, às 22h (de Brasília), a Seleção volta a campo para enfrentar a Venezuela, no Castelão, em Fortaleza.

Média de gols da Copa cai após fim das quartas de final

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.CpnhIBkQmr

A Copa do Mundo no Brasil já não é referência na média de gols. Após 60 jogos disputados, a competição soma 159 gols marcados. A média, assim, caiu para 2,65 por confronto, ocupando o 13.º lugar entre as 20 edições do Mundial.

Até o fim da primeira fase, a edição 2014 registrava a maior proporção desde o Mundial de 1970. Na ocasião, depois de 48 partidas disputadas, 136 bolas acabaram nas redes. A média de 2,83 gols por confronto, na ocasião, ocupava o oitavo lugar no ranking.

Com o início da fase eliminatória, o número de gols começou a cair. Nos oito jogos das oitavas de final, 18 gols foram marcados (média de 2,25). Na sequência, mais uma queda: em quatro partidas, a rede balançou em sete oportunidades (a proporção foi de apenas 1,75 gol por jogo).

Agora, a quatro confrontos do fim da competição, a média de gols da atual edição da Copa do Mundo está à frente de seis Mundiais: 1974 (2,55), 1986 (2,54), 2002 (2,52), 2006 (2,30) e 2010 (2,27) e 1990 (2,21). O torneio do Brasil está perto de superar três edições: 1998 (2,67), 1978 (2,68) e 1994 (2,71).

FRANÇA – A Copa do Mundo de 1998, na França, foi marcada pelo aumento no número de seleções – pela primeira vez, 32 equipes disputaram o título e 64 partidas foram disputadas. Ao término da competição vencida pelos anfitriões, 171 gols foram marcados. Assim, com 13 gols nas últimos quatro jogos, a Copa 2014 supera o número registrado há 16 anos.

Vitória da Conquista cai para a segunda colocação do Grupo 02 do Baianão

Por Luciano Pina

32c0b981-251f-4811-a468-e636f25ee466_evandro-guimar-es

Com a vitória do Rubro-Negro sobre a Catuense, na noite desta quinta (13), o Vitória da Conquista caiu para a segunda colocação do Grupo 02 do Baianão, com três pontos.

Para voltar à liderança do grupo, o Bode precisa vencer a Juazeirense, na partida que será realizada neste domingo (16), às 16 horas, no estádio Lomanto Júnior, pela a segunda rodada da segunda fase da competição.

O treinador Evandro Guimarães (foto) comanda na tarde de hoje (14), na Toca do Bode, o coletivo apronto que define a formação que inicia a partida diante do Cancão de Fogo. A princípio a única mudança que deve acontecer é a volta do goleiro Alex que se recuperou da contusão no lugar de Augusto.

Na manhã deste sábado (15), o elenco participa de um treino recreativo no Lomantão, depois concentra para o jogo.

Antes da Copa das Confederações, Brasil cai para 22º no ranking da Fifa

Globo Esportes

felipao_mowapress_15

Às vésperas da disputa da Copa das Confederações, a seleção brasileira caiu para a 22ª colocação no ranking mundial da Fifa, que teve nova edição divulgada nesta quinta-feira. Esta é a pior posição do país na história da lista, criada em 1991.

No ranking de maio, a Seleção aparecia na 19ª colocação, mas acabou ultrapassada por Bósnia e Herzegovina (seleção que mais subiu no ranking), Dinamarca e Gana. Por não estar disputando as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014 – pelo fato de já estar classificado como país-sede -, o Brasil tem dificuldades para somar pontos no ranking desde 2010. Entretanto, a Copa das Confederações pode ser uma boa oportunidade para a recuperação, já que se trata de uma competição oficial da Fifa.

A Espanha segue como líder do ranking, seguida por Alemanha, Argentina e Croácia. A Holanda subiu da nona para a quinta posição, deixando para trás Portugal, Colômbia, Itália e Inglaterra. O Top 10 do mundo ainda conta com Equador.

Nenhuma das seleções que participarão da Copa das Confederações, que terá início no dia 15 de junho, teve crescimento no ranking. Enquanto Espanha e Itália mantiveram suas posições de maio, o México caiu para 17º, o Uruguai para 19º, a Nigéria para 31º, o Japão para 32º e o Taiti para 138º.

Confira a lista: :: LEIA MAIS »

Alex acerta a trave 3 vezes, e Coritiba cai em casa para o Nacional

Terra

alexlamentaheulerandreyagifgazeta

Alex não conseguiu ser o diferencial para o Coritiba nesta quinta-feira, e o clube acabou eliminado da Copa do Brasil pelo Nacional-AM no Estádio Couto Pereira, pela segunda rodada. A equipe alviverde precisava vencer a partida por 3 a 0, mas não foi além do 1 a 0 em um jogo no qual o veterano camisa 10 acertou a trave em três ocasiões – uma delas, cobrando pênalti.

Derrotado por 4 a 1 no jogo de ida, no Amazonas, o Coritiba pressionou durante toda a partida desta quinta, em casa. O placar, porém, foi aberto apenas aos 29min do primeiro tempo, quando Robinho ajeitou na área e Geraldo, de cabeça, venceu o goleiro Jairo e colocou a bola no fundo da rede.

O gol animou o Coritiba, que quase ampliou antes do intervalo. A trave, porém, manteve o placar em 1 a 0. Alex cabeceou no travessão aos 34min, e voltou a acertar o poste seis minutos depois, em cobrança de falta.

No segundo tempo, os paranaenses tiveram um pênalti a favor aos 20min, mas o camisa 10 escorregou na cobrança e carimbou o travessão de Jairo – que também fez boas defesas para ajudar na classificação do Nacional ao longo da partida.

Vice-campeão nas edições de 2011 e 2012 da Copa do Brasil, quando era comandado por Marcelo Oliveira (hoje no Cruzeiro), o Coritiba deixa precocemente a competição em 2013. Já o surpreendente Nacional avança à próxima fase, quando se deparará com outro time da primeira divisão do Brasileiro: a Ponte Preta, que eliminou o Bragantino.

Eliminado da Copa do Brasil, o Coritiba agora se volta para a estreia do Campeonato Brasileiro. O time paranaense enfrenta neste domingo o Atlético-MG, novamente no Estádio Couto Pereira.

Brasil cai uma posição no ranking da Fifa e, na 19ª, ocupa a pior da história

Globo Esportes

brasil_amitosobrasil_mowa.jpg_95

A Fifa divulgou, nesta quinta-feira, seu ranking mensal de seleções, e o Brasil caiu mais uma posição. Em 19º (909 pontos), a seleção, agora comandada por Luis Felipe Scolari, foi ultrapassada pela França (914) e ocupa a pior colocação desde a criação da lista, feita em agosto de 1993. Não houve alterações nos três primeiros lugares. A Espanha (1.538) segue no topo, seguida por Alemanha (1.428) e Argentina (1.292).

A principal novidade no Top 10 foi a ascensão da Croácia (1.191), que ganhou cinco posições e agora assumiu a quarta colocação, logo à frente de Portugal (1.163), que subiu dois degraus. A Colômbia (1.154) se manteve em sexto lugar, enquanto Inglaterra (7ª, com 1.135), Itália (8ª, 1.117) e Holanda (9ª, 1.093) perderam posições. O surpreendente Equador (1.056) ultrapassou a Rússia (11ª, 1.052) e fecha a lista dos dez melhores.

Em 12º lugar, a Costa do Marfim (1.008) subiu um posto e permanece como a melhor seleção africana. Atrás de Argentina, Colômbia e Equador, o Uruguai (932) caiu uma colocação, mas segue como o quarto entre os sul-americanos, à frente do Brasil, que tem sua “performance” no ranking prejudicada pelo fato de não disputar as Eliminatórias para a Copa do Mundo. As partidas oficiais contam mais pontos para a elaboração da lista.

Timão cai no México após 16 jogos sem perder na Libertadores

Gazeta Esportiva

t_80775_o-atacante-alexandre-pato-teve-uma-atuacao-ruim-e-nao-foi-o-unico-foto-daniel-augusto-jr

No jogo em que poderia igualar o recorde de invencibilidade da Copa Libertadores, o Corinthians caiu. Em uma partida com participação decisiva da arbitragem e de atuação ruim do atual campeão, o Tijuana venceu por 1 a 0, no estádio Caliente.

Com os visitantes em dificuldade no gramado sintético, só Paulinho e Guerrero conseguiram jogadas razoáveis no ataque. Criou problemas para o Timão a velocidade dos donos da casa, que acabaram fazendo o gol da vitória aos 19 minutos do segundo tempo.

O trio de arbitragem foi preciso ao anular dois gols de Paulinho, mas não viu impedimento no lance duvidoso em que Gandolfi pôs a bola na rede de Cássio. Quando o placar ainda estava zerado, o peruano Victor Carrillo observou uma agressão de Aguilar em Alexandre Pato, mas preferiu dar só o cartão amarelo ao zagueiro.

Arbitragem à parte, o Alvinegro fez pouco para evitar a derrota em Tijuana. A equipe contou com mais uma boa atuação do zagueiro Gil, mas sofreu com desempenhos ruins de Renato Augusto e Pato, tocou mal a bola e viu o adversário disparar na liderança do Grupo 5, com nove pontos. O campeão mundial tem quatro, seguido de perto pelo Millonarios, que soma três.

Brasil cai 5 posições e fica em 18.º no ranking da Fifa

Agência Estado

Brasil-Argentina-Superclássico-campeão-640x480-Mowapress

Após demitir Mano Menezes e contratar Luiz Felipe Scolari, em mais um capítulo conturbado da seleção brasileira, o Brasil voltou a despencar no ranking da Fifa, atualizado nesta quarta-feira. O País caiu do 13.º para o 18.º lugar e passou a amargar a sua pior posição na história desta listagem, criada pela entidade que controla o futebol mundial em 1993.

Prejudicada pelo fato de não estar disputando as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, pois será o país-sede da competição, a seleção fechará o ano neste posto muito ruim para sua enorme tradição no futebol após cair cinco posições em relação a novembro, quando a Fifa publicou a atualização anterior do ranking.

Até antes desta atualização, a pior colocação do Brasil era o 14.º lugar no qual figurou em outubro passado. E essa nova queda expressiva no ranking se deve ao fato de que a seleção não venceu os dois últimos jogos que disputou, em novembro. Primeiro empatou por 1 a 1 com a Colômbia, em amistoso em Nova Jersey, e depois perdeu da Argentina por 2 a 1 no segundo jogo da final do Superclássico das Américas, em Buenos Aires – embora a equipe dirigida então por Mano Menezes tenha levado o título desta disputa nos pênaltis, a Fifa só reconhece o resultado do tempo regulamentar.

A próxima atualização do ranking da Fifa será realizada no dia 17 de janeiro de 2013, ano em que o Brasil será palco da Copa das Confederações e tentará voltar a recuperar o status de grande força dentro de campo antes da disputa do Mundial de 2014, que também será em solo nacional.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia