WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘REBATE’

Vice do Olimpia rebate Kalil e CBF: “não aceitamos fora do Mineirão”

Terra

olmedo

Em entrevista o vice-presidente Jorge Olmedo deixou evidente a postura do Olimpia: não aceitará atuar no Estádio Independência e exige que a determinação original da Conmebol seja cumprida. Ou seja, para a equipe paraguaia, o segundo jogo das finais da Copa Libertadores, marcado para o dia 24, deve ocorrer no Mineirão. A final se abre na próxima quarta, em Assunção.

“O Olimpia não aceita jogar fora do Mineirão. Não estamos de acordo que se mude a determinação da Conmebol”, reclamou Olmedo sobre os apelos do Atlético-MG e da CBF à Confederação Sul-Americana.

O impasse ocorre porque o regulamento da Conmebol exige capacidade mínima de 40 mil lugares para as duas finais. Maior estádio paraguaio, o Defensores Del Chaco comporta 36 mil torcedores, mas foi liberado pela Conmebol. Por isso é que Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG, quer a finalíssima no Estádio Independência (25 mil) e não no Mineirão (65 mil).

Jorge Olmedo ainda exaltou o Defensores Del Chaco, estádio de grande história na Copa Libertadores, apesar da capacidade abaixo do exigido para as decisões da Libertadores. “Nosso estádio está habilitado por tradição e por regulamento. Nossa tradição é jogar aqui. Jogamos com Boca Juniors, com Colo-Colo, com Nacional de Medellín e com o São Caetano (final de 2002). O São Caetano jogou aqui e não teve problema”.

Presidente da Federação sai em defesa do Baianão: “dentro dos padrões”

Uol

EDNALDO-RODRIGUES

A repercussão negativa em relação aos Estaduais, provocada pelo seminário sobre o calendário do futebol brasileiro, fez alguns presidentes de federações saírem em defesa dos campeonatos organizados por suas entidades. Um deles foi Ednaldo Rodrigues, responsável pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). Segundo ele, o Baianão já está ‘dentro dos padrões’.

O Campeonato Baiano diminuiu pela metade: foi de 144 para 76 jogos. Além disso, os três clubes que disputaram a Copa Nordeste [Bahia, Vitória e Feirense] entraram no torneio dia 20 de março, sendo que ele começou dia 20 de janeiro. Ou seja, somente dois meses após o começo da competição”, disse o presidente da FBF.

Ednaldo deixou claro ainda que suas respostas não estão direcionadas ao presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, que durante o seminário fez críticas ao Campeonato Baiano. “A Federação Bahiana inovou. O calendário do nosso estadual já está adequado e pode servir de modelo para outros”, disse o presidente, para depois se posicionar contra a disputa do Estadual no segundo semestre, sugerida pelo mandatário tricolor.

“No segundo semestre temos o Campeonato Brasileiro, a Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil, o que tornaria impossível encaixar outro torneio”, acrescentou Ednaldo, que ainda se mostrou solícito para se adequar a qualquer mudança: “A Federação está à disposição para ouvir sugestões que possam ser benéficas aos clubes. Queremos ser a solução e não o entrave”.

O Campeonato Baiano se encerra dia 19 de maio. Atualmente, na segunda fase, os clubes estão divididos em dois grupos de quatro e os dois melhores de cada se classificam para as semifinais.

Zanata rebate acusações e diz que presidente do Flu de Feira é ‘desequilibrado’

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O técnico Zanata rebateu nesta sexta-feira (8) as acusações feitas pelo presidente do Fluminense de Feira, Rubem Cerqueira. O dirigente afirmou que o treinador escalava o time por ordem de um empresário e por isso foi demitido.

– Eu desafio que Rubem [Cerqueira] apresente alguma prova. Sou um homem sério e de caráter. Nunca faria isso. Quem escala o time sou eu. Ele é uma pessoa desequilibrada e que não entende nada de futebol – disse, em entrevista ao Bahia Notícias.

No entanto, Zanata afirma que o mandatário do Touro do Sertão já se arrependeu das declarações e pediu desculpas pessoalmente, que foram aceitas.

– Pensei em acionar judicialmente por causa dessa irresponsabilidade. Mas como ele pediu desculpas e algumas pessoas pediram para que eu não entrasse na Justiça, eu acabei aceitando essa retratação – comentou.

CRUZEIRO REBATE PROVOCAÇÕES DO GALO

Fonte: Bahia Noticias

A torcida cruzeirense, que lotou o Mineirão na noite desta quarta-feira (15) para presenciar a derrota do time por 2 x 1 para o Estudiantes, da Argentina, rebateu as provocações dos adeptos ao arquirrival Atlético-MG. Com a perda do título da Libertadores, os alvinegros passaram a caçoar a metade azul de Belo Horizonte, que detém dois vice-campeonatos no principal torneio sulamericano: 1977 e 2009. A resposta ao Galo foi de depenar.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia