WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Remo’

Salgueiro se impõe, vence Remo por 1 a 0 e retorna à zona de classificação

Globo Esportes

salgueiroxremo

Melhor ao longo dos 90 minutos, o Salgueiro fez valer o mando de campo, venceu o Remo por 1 a 0 e retornou ao G4, em terceiro, com doze pontos. Já os paraenses caíram duas colocações – estão em sexto – e deixaram a zona de classificação para a segunda fase da Série C. A partida, nesta segunda, dia 4, no Cornélio de Barros, encerra a sétima rodada da competição.

No próximo domingo, dia 10, o Salgueiro visita o River, em Teresina, a partir das 16h, no Estádio Albertão. O Remo, por outro lado, recebe o Fortaleza em casa, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, às 18h30.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Vasco faz o dever de casa, vence o Remo e encara o CRB na próxima fase

Globo Esportes

26659321596_428181fbeb_o

Mesmo com um time misto, o Vasco fez bem seu dever de casa e venceu o Remo por 2 a 1, nesta quarta-feira, em São Januário, e avançou para a Segunda Fase da Copa do Brasil. Os gols foram marcados por Caio Monteiro e Rafael Vaz. Max descontou para o Leão Azul. Na partida de ida, em Belém, a equipe da Colina já havia vencido por 1 a 0.

Depois de um primeiro tempo com muitos erros e chances desperdiçadas, a equipe do Vasco se acertou no segundo tempo e fez dois gols em sequência. O gols dos paraenses não chegou a desestabilizar os cruzmaltinos, já que a vantagem era grande.

Classificado, o Vasco enfrenta o CRB-AL, que eliminou o Ivinhema na Primeira Fase. As datas ainda não foram divulgadas. Neste domingo, às 16h, no Maracanã, os vascaínos enfrentam o Botafogo no primeiro jogo da final do Carioca.

Com time misto e de olho na final, Vasco recebe o Remo pela Copa

Globo Esportes

Esporte

De um lado, o Vasco, embalado pela vitória sobre o rival Flamengo e a classificação para a grande final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo. De outro, o Remo, eliminado do Paraense e com a desvantagem de 1 a 0 no jogo de ida. As duas equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em São Januário, pelo segundo confronto da primeira fase da Copa do Brasil. O Cruz-Maltino segue com sua invencibilidade de quase seis meses. Tarefa difícil para o Leão Azul.

Depois da euforia de eliminar o Flamengo na semifinal e avançar para a grande decisão do Campeonato Carioca, o Vasco dá uma pausa na animação para tentar garantir a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil. Jorginho sabe da importância da partida, mas para não desgastar todos os seus jogadores poupará cinco deles: Madson, Julio Cesar, Julio dos Santos, Andrezinho e Jorge Henrique.

Eliminado na Copa Verde e no estadual, o elenco do Remo retornou aos trabalhos na manhã da última segunda, dia 25, no Baenão, sem o lateral-esquerdo João Victor, o volante Yuri, e os atacantes Silvio e Luiz Carlos, entregues ao departamento médico. Na atividade comandanda por Marcelo Veiga, a novidade foi o lateral-esquerdo Fabiano, último contratado e já regularizado. A equipe tenta surpreender o anfitrião em São Januário e marcar um gol fora de casa para igualar o placar anterior e levar o jogo para os pênaltis.

Garotada decide, e Vasco, mesmo mal, vence o Remo pela Copa do Brasil

Globo Esportes

fup20160413546_GF521jM

Ainda não convenceu, mas venceu novamente. O Vasco segue, mesmo que deixando a desejar, sua caminhada invicta em 2016. Graças ao entrosamento de dois jovens das categorias de base, o Cruz-Maltino fez 1 a 0 sobre o Remo, nesta quarta-feira, no Mangueirão, em Belém, e largou na frente na Copa do Brasil. O cruzamento perfeito de Henrique para cabeçada estilosa de Thalles, já aos 40 minutos do segundo tempo, e uma série de bias defesas de Martín Silva, foram suficientes para aumentar para 20 jogos, 16 nesta temporada, a invencibilidade vascaína – com 14 vitórias e seis empates. (assista aos melhores momentos)

Com o resultado, vascaínos e remistas voltam a medir forças no próximo dia 27, às 21h45 (de Brasília), em São Januário, com vantagem do empate para os cariocas. Antes disso, o Vasco viaja até Manaus para encarar o Fluminense, domingo, às 16h, na Arena da Amazônia, em duelo que vale o título da Taça Guanabara, e tem ainda a semifinal do Estadual no fim de semana seguinte, com adversário a ser definido. O Remo, por sua vez, já está eliminado do Estadual e aguarda o reencontro com o Cruz-Maltino.

Vasco visita o Remo para tentar evitar partida de volta pela Copa do Brasil

Terra

nene

O Vasco visita o Remo nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Mangueirão, em Belém (PA), em duelo válido pela estreia das duas equipes na Copa do Brasil. O Cruz-Maltino, que está nas semifinais do Campeonato Carioca, tenta vencer por dois ou mais gols de vantagem para se classificar eliminando a necessidade do choque de volta, previsto para 27 de abril, em São Januário. Já os remistas querem se recuperar, pois depois do empate por 1 a 1 com o São Raimundo, no fim de semana, o time foi eliminado do Campeonato Paraense.

Em termos de escalação, Jorginho não quis antecipar o time que vai mandar a campo, mas deverá preservar alguns titulares. Porém, como o grupo viajou completo para o Pará, a formação será divulgada minutos antes da partida. O Cruz-Maltino viajou com a delegação recheada para o Norte porque no domingo vai enfrentar o Fluminense, em Manaus (AM), na decisão da Taça Guanabara.

Pelo lado do Remo, a chance de garantir pelo menos o duelo da volta serve de alento, não apenas pela questão financeira, mas para amenizar um pouco a tristeza pela eliminação no Campeonato Paraense. O técnico Marcelo Veiga espera contar com o apoio da torcida.

Para este compromisso, o Remo tem o desfalque do lateral esquerdo Murilo, que sofreu uma cirurgia na face. Igor João será o substituto. Os destaques do time são o experiente goleiro Fernando Henrique, ex-Fluminense, e a dupla de ataque, composta por Ciro e Luiz Carlos Imperador.

Internacional goleia Remo em Belém e elimina jogo de volta

Terra

rafaelmouracomemorathiagogomesfp

Com grande desempenho no Estádio do Mangueirão, em Belém-PA, o Internacional confirmou classificação à segunda fase da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira. Em sua estreia na competição, o time gaúcho massacrou o Remo e goleou por 6 a 1 para eliminar o jogo de volta – vitória por dois gols de diferença já seria suficiente para isso.

O Internacional volta a campo no domingo, quando encara a Lajeadense fora de casa pelo Campeonato Gaúcho. A partida está marcada para as 16h (de Brasília), no Estádio Alviazul, em Lajeado. Na Copa do Brasil, o próximo adversário sai do confronto entre Barbalha-CE e Cuiabá-MT. .

No Mangueirão, o Internacional dominou a partida e saiu na frente aos 18min, com desvio de cabeça de Fabrício após cobrança de escanteio. A pressão colorada foi mantida, e aos 42min o segundo gol foi anotado: Gilberto passou para Rafael Moura dentro da área, pela direita, e o jogador bateu cruzado para vencer o goleiro Fabiano.

O Remo voltou para o segundo tempo tentando anotar um gol para pelo menos levar a decisão para a segunda partida, mas sofreu um baque aos 7min, quando Max fez gol contra ao tentar cortar cruzamento de Jorge Henrique – o zagueiro se esticou para evitar que a bola rasteira chegasse aos pés de Rafael Moura, mas empurrou para dentro.

Já sem a mesma resistência, o Inter tratou de aumentar o marcador. Aos 24min, Aránguiz foi derrubado por Eduardo Ramos dentro da área, e o árbitro anotou pênalti. O próprio meia bateu forte e alto para fazer o quarto gol. Três minutos depois, Alex aumentou ao acertar cobrança de falta da intermediária. O Remo tentou e, aos 36min, Val Barreto descontou. Mas Rafael Moura, com chute colocado de fora da área aos 42min, fechou a goleada.

Com três de Hernane, Fla vence o Remo e avança na Copa do Brasil

Globo Esportes

hernane_flamengo_flaimagem.jpg_95

Definitivamente, o Flamengo reencontrou o bom momento em Volta Redonda. Após vencer o Fla-Flu no último domingo pelo Campeonato Carioca, a equipe do técnico Jorginho repetiu pela primeira vez a escalação, a boa atuação, e venceu Remo por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, pela Copa do Brasil, no Raulino de Oliveira. Estádio este onde a equipe tem 100% de aproveitamento em quatro jogos na temporada. Local que também trouxe a fase de goleador de volta a Hernane. O Brocador, que há quatro dias quebrou um jejum de cinco partidas sem marcar, fez todos os gols do triunfo e chegou a ouvir gritos de “melhor que Neymar” e “Hernane é Seleção”. Um jogador não balançava a rede três vezes num mesmo jogo com a camisa do Fla desde novembro de 2011 (ou 87 partidas). O último tinha sido Thiago Neves, na goleada por 5 a 1 sobre o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

– Não poderia ser melhor. A gente se entristeceu muito por um lado, mas por outro vamos ter um tempo bom para trabalhar. A forma como a gente jogou contra o Fluminense e hoje contra o Remo… O time conseguiu virar completamente a página – disse o técnico Jorginho, referindo-se ao fato de o Fla estar eliminado no Campeonato Carioca, mas ter vencido os últimos dois jogos.

No meio de 3.614 pessoas presentes ao estádio (2.578 pagantes), o presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, assistiu à vitória num camarote com seis sócios-torcedores. A renda da partida foi de R$ 52.605,00. E o placar eliminou os paraenses e classificou o Rubro-Negro, que já havia vencido por 1 a 0 em Belém, para a segunda fase da Copa do Brasil. O adversário será o Campinense, da Paraíba, que eliminou o Sampaio Corrêa nos pênaltis, no Maranhão. O primeiro jogo está previsto para ser realizado no dia 1º ou 8 de maio. A volta, caso não elimine o adversário fora de casa, será em 15 ou 22 do mesmo mês.

Antes, o Fla volta a campo pela última rodada da Taça Rio neste sábado, contra o Macaé, no Moacyrzão. Já o Remo volta suas atenções para o Campeonato Paraense. O time tem pela frente o clássico com o Paysandu, também no sábado, no Mangueirão, pela semifinal do segundo turno do estadual.

Fla joga para o gasto, vence o Remo, mas ainda não garante a classificação

Globo Esportes

rafinha_vipcomm_neymarcondes

Foi pouco. Muito pouco. Mas, ao menos dessa vez, o Flamengo venceu. Com um futebol nada animador, o Rubro-Negro conseguiu espantar a má fase que o deixou em situação delicada no Campeonato Carioca e largou na Copa do Brasil com vitória por 1 a 0 sobre o Remo, nesta quarta-feira, no Mangueirão, em Belém do Pará. Rafinha, em noite de renascimento após série de atuações ruins, foi o herói, com um golaço em jogada individual.

Apesar da derrota, o Remo, que sequer tem um lugar garantido na Série D do Brasileirão, deixou o campo com um de seus objetivos conquistado: a realização do segundo jogo. Com a vitória magra dos cariocas, as equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 17, em local indefinido. O Fla jogará pelo empate. O vencedor do confronto encara na segunda fase da competição Campinense, da Paraíba, ou Sampaio Corrêa, do Maranhão, que duelam em Campina Grande, no dia 10.

Com Wallace e Hernane como caras novas, o Flamengo não demonstrou força ofensiva, apesar do triunfo, e passou por apuros na defesa. Além de Rafinha, o jovem Gabriel foi outro destaque da partida. Léo Moura, por sua vez, deixou o campo lesionado. O Rubro-Negro encara agora o Duque de Caxias, sábado, às 16h (de Brasília), em Moça Bonita, pela quinta rodada da Taça Rio. O próximo compromisso do Remo é o clássico com o Paysandu, sábado, pela semifinal da Taça Estado do Pará (segundo turno do Campeonato Paraense).

Outros resultados
Bangu 1 x 2 Betim-MG
Naviraiense 0 x 0 Portuguesa
Brasil de Pelotas 0 x 1 Atlético-PR
Cianorte 2 x 1 Grêmio Barueri
Resende 2 x 1 Caxias
Nacional-AM 2 x 0 Águia de Marabá
Noroeste 0 x 0 Criciúma
Veranópolis 1 x 0 Santo André
Guarani de Juazeiro 1 x 2 Santa Cruz-PE
Ceilândia 0 x 0 Ceará

Remo vence Águia por 1 a 0 e enfrenta o Paysandu na semifinal

Globo Esportes

foto_marcelo_seabra_6_3

Com um pênalti aos 45 minutos do segundo tempo, o Remo venceu o Águia nesta quinta-feira, dia 28, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em jogo válido pela sétima e última rodada do segundo turno do Campeonato Paraense 2013. Com o resultado, o Leão conquistou a classificação em terceiro colocado e enfrentará o Paysandu, enquanto o Azulão acabou rebaixado para a Primeira Fase do Parazão.

A outra semifinal será entre Tuna Luso e Paragominas, que também se enfrentaram nesta quinta, com o Jacaré levando melhor por 3 a 2. O primeiro jogo da semifinal será no sábado, dia 6, com o clássico Rei da Amazônia, no Mangueirão, a partir das 16h. A outra equipe rebaixada é o Cametá, que empatou na última quarta com o São Francisco.

Bahia perde para o Remo e precisa de triunfo para seguir na Copa do Brasil

A Tarde

Nesta quarta-feira, 11, o Bahia foi surpreendido em Belém do Pará e perdeu para o Remo, pela partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O placar de 2 a 1, no entanto, ainda é confortável para o Esquadrão de Aço, que agora busca a classificação, no Pituaçu, bastando apenas um triunfo simples.

O resultado ainda é confortável para o Esquadrão de Aço, que, por conta do gol marcado fora de casa, precisa apenas do triunfo por 1 a 0 no jogo de volta para avançar na Copa do Brasil. A partida acontece na quinta-feira, 19, no Estádio de Pituaçu. Qualquer placar acima de 2 gols de diferença para o tricolor classifica-o. O empate dá Remo e outro 2 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Antes da partida decisiva, o Bahia volta as suas atenções para o Campeonato Baiano. A última rodada acontece no domingo, 15, às 16h, quando o tricolor enfrenta o Atlético de Alagoinhas, no Estádio do Carneirão. A equipe de Falcão já está classificada para a fase final do estadual.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia