WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘titulo’

Finalmente! Vasmengo conquista primeiro título da história após 18 anos

Globo Esportes

img_5503

A final era contra o Moruguape e o Vasmengo tinha certeza da vitória. Em 18 anos de criação, o time de várzea da capital rondoniense parecia sofrer um castigo por ter unido em uma bandeira dois grandes rivais: Vasco e Flamengo. Muitas disputas, muitas semifinais, mas nenhum título. No entanto, no jogo da final da 11ª Recopa em Porto Velho, realizada no final da tarde do domingo, 30, no campo de areia do 13 de Setembro, a sorte mudou e a esperança do grupo se concretizou. Com o placar final em 1 a 0, Vasmengo venceu e se consagrou campeão.

Na concentração, a oração de todos era uma só: conquistar o título. Não pelo prêmio ou por ego, mas pela Dona Dulcinéia Félix, a criadora e a alma do Vasmengo. Jogando de branco e preto, por não ter um jogo de uniformes completo que incluísse o vermelho, a equipe entrou em campo com fome de bola. Sem treinamento nem condição tática, jogavam pelo instinto e pela vontade.

No primeiro tempo a disputa foi acirrada. Com uma defesa equilibrada e um meio de campo razoável, o alvi-rubro-negro mostrou para que veio, mas precisou disputar a bola, já que a posse dela esteve em boa parte do tempo com o Moruguape. O resultado ficou por conta do ataque. Amazonas, o camisa 10, recebeu o passe e marcou. 1 a 0 para o Vasmengo. Era o que faltava para aumentar ainda mais a euforia de Dona Dulce.

O segundo tempo mostrou o cansaço dos jogadores, que não treinam antes das partidas, e a animação da torcida. Quanto mais lentos os atletas estavam, mais os torcedores se aproximavam do campo. Os do Moruguape ansiavam por pelo menos um empate, os do Vasmengo queriam ganhar de goleada, e a Dona Dulce, já descalça pelo nervosismo, assistia tensa, agachada em cima da linha e gritando para o árbitro. O último tempo correu sem gols.

Com o apito final e a confirmação da vitória, todos se uniram e entre gritos e lágrimas Dona Dulce agradeceu. Planejando investir os R$ 5mil da premiação em uniformes para o time, já pensando em futuras competições, Dulcinéia conta que valeu a pena esperar tanto tempo pela sensação de ser campeã.

– É muito bom ganhar. Quero isso mais vezes. O melhor de tudo é que eu vou ganhar um troféu – disse emocionada a mãezona do Vasmengo.

Everton Goiano leva Vitória da Conquista ao tetra da Copa Governador

Futebol Interior

0002050046650_img

Sob o comando do técnico Everton Goiano (foto abaixo), o Vitória da Conquista conquistou pela quarta vez, no último final de semana, a Copa Governador – que garante ao campeão uma vaga na Copa do Brasil de 2015. O título foi merecido pela campanha feita durante a competição.

Mais de 2.200 torcedores compareceram ao Estádio e vibraram com o tetra conquistado pelo Bode.

Agora, Everton Goiano deixa o clube com a missão cumprida e retorna ao Treze, quando tentará o título Paraibano.

Vitória da Conquista e Jacuipense começam a decidir o título da Copa Governador

Por Luciano Pina

Índice

Assim como em 2012, as equipes do Vitória da Conquista e Jacuipense começam a decidir o título de campeão da Copa Governador do Estado, nesta quarta (26), as 20h30, no estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana.

Naquela oportunidade o Bode ficou com o troféu, depois de perder a primeira partida pelo placar de 2 a 1 e vencer a segunda por 1 a 0.

Para o confronto de logo mais, o treinador Éverton Goiano fará apenas uma mudança em relação a formação que enfrentou a Catuense. Lídio recuperado de contusão deve retornar no lugar de Júnior Gaúcho.

O Bode deve ser: Paulo Musse, Edson, Sílvio, Jadson e Paulo Vitor, Edimar, Lídio, Carlinhos, Rafael da Granja, Brasão e André Beleza.

No Leão do Sisal o zagueiro Alemão expulso contra o Serrano fica de fora do confronto.

A equipe deve ir a campo com: Jair, Caique, José Willames (Ubiratan), Uesles e Rone, Marcelo, Toty, Flávio, Jânio, Nadson e Felipe.

A partida de volta será realizada no próximo domingo (30), ás 16 horas, no estádio Lomanto Júnior.

Garotos de Inter e Vitória começam a decidir título da Copa do Brasil sub-20

Globo Esportes

inter_x_vitoria_-_montagem

A final da Copa do Brasil sub-20 reúne duas equipes dispostas a entrar para a história. O Inter parte em busca de seu primeiro título na competição. O Vitória, campeão da primeira edição do torneio, mira o bi. Em comum, a tradição em formar novos talentos nas categorias de base e de realizar feitos inéditos nas trajetórias dos dois clubes. Os garotos do Colorado e do Rubro-Negro baiano se enfrentam às 21h desta terça-feira, no Beira-Rio, no jogo de ida da decisão do campeonato.

O Inter vê a campanha construída dentro de casa na Copa do Brasil como trunfo para largar com vantagem na disputa – foram três vitórias em três jogos disputados no estádio pela competição. Não à toa, realiza uma promoção para contar com o torcedor nesta terça: sócios com mensalidade em dia têm acesso liberado às arquibancadas para assistir ao confronto. Ao público geral, o ingresso custa R$ 10. Ciente da importância de se construir um bom resultado no jogo da ida, como ocorreu na semifinal, diante do Santos, o técnico Clemer cobra empenho máximo de seus comandados e redobra os cuidados com a força e a velocidade dos rivais.

Do outro lado, o Vitória joga contra o retrospecto negativo longe de Salvador pela Copa do Brasil sub-20. O Leão não venceu nenhuma das quatro partidas realizadas fora de casa na competição. Em contrapartida, não falta motivação aos baianos para o confronto, em especial após superar o rival, Bahia, na semifinal. O Rubro-Negro tenta acumular títulos de grandeza nacional no futebol para coroar os talentos formados nas categorias de base. Vencedores da primeira edição da competição, em 2012, os baianos buscam o inédito bicampeonato.

O confronto da volta está marcado para 2 de dezembro, às 21h, no Barradão.

Em 3 anos, Atlético-MG e Cruzeiro mudam da queda para o topo

Terra

cruzeiroatleticomgposadoshinogetty

Finalistas da Copa do Brasil, Atlético-MG e Cruzeiro entram em campo para os primeiros 90 minutos do duelo decisivo nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Independência, ambos com sonho do título: os celestes na busca pelo quinto e o alvinegro na busca pelo primeiro de sua história. Mas quem se lembrar de três anos atrás vai perceber o quanto o futebol mineiro mudou.

Em 2011, tanto Atlético-MG quanto Cruzeiro lutaram contra a queda para a série B. O clube mineiro conseguiu escapar na penúltima rodada e deixou o arquirrival ainda na luta. Na época a rivalidade que sempre foi grande ganhou um tempero a mais: os clássicos do Campeonato Brasileiro foram colocados todos para a última rodada, e o time alvinegro poderia rebaixar o rival com uma simples vitória.

O resultado, no entanto, nem o torcedor mais otimista do Cruzeiro conseguiria imaginar. O time celeste bateu o rival por 6 a 1, resultado que até hoje é comemorado pelos cruzeirenses em Belo Horizonte, e escapou de uma vez por todas da queda para a segunda divisão.

Três anos depois tudo mudou: o Atlético-MG foi vice-campeão do Brasileiro de 2012, campeão da Copa Libertadores de 2013, e o Cruzeiro conquistou o Campeonato Brasileiro de 2013 e é o principal candidato a conseguir a taça do Brasileiro de 2014.

Para fechar com chave de ouro as duas ótimas temporadas dos grandes rivais, a final da Copa do Brasil ficará em Minas. O Atlético-MG aposta na raça, após ter virado dois jogos que pareciam impossíveis, diante de Corinthians e Flamengo, enquanto o Cruzeiro tem a técnica apurada de um dos melhores clubes brasileiros nos últimos dois anos.

Seleção Migs conquista o título da Copa de Futsal Feminino de Planalto

Por Luciano Pina

20140727_182317

A equipe da Seleção Migs conquistou o título de campeão da Copa de Futsal Feminino, que foi disputado na cidade de Planalto neste sábado (26) e domingo (27).

Na fase classificatória o time conquistense eliminou os times das cidades de Lafaiete Coutinho e Condeúma. Para chegar à final, a seleção Migs derrotou o time de Jequié pelo placar de 2 a 0.

A final, após sair na frente do América de Planalto, com gol de Grabriela Caraíbas. o time sofreu a virada, com dois gols de Jpsiane. Porém, encontrou força e conseguiu uma virada sensacional por 3 a 2, com gols de Elly Pires e Gabriela Caraíbas.

Além de campeão, a equipe teve a jogadora Gabriela Caraíbas, como artilheira com oito gols. A melhor goleira foi Taís de Jequié que também ficou na terceira colocação.

Participaram da competição: Seleção Mig, América de Planalto, Independente de Poções, Lafaiete Coutinho, Panteras de Condeúba e Jequié.

Quatro times buscam o primeiro título no Campeonato Municipal

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

Quatro dos oito times que vão disputar as quartas de final do Campeonato Municipal de Futebol buscam o título pela primeira vez. Botafogo, Maru, Moicano e Ponte Preta ainda não tiveram o gosto de gritar é campeão na elite do futebol amador.

Para avançar a semi e brigar pelo título, o Botafogo campeão da segundona no ano passado terá que eliminar o Kadija atual campeão da primeira. Já Maru e Moicano disputarão em duas partidas quem segue com o sonho pelo título. Enquanto a Ponte Preta terá pela frente o time do Santos maior detentor de canecos da competição.

O outro confronto será entre os times do Beira-Mar e Simonassi que já tem títulos.

Devido a final da Copa do Mundo, os embates das quartas só serão realizados a partir do próximo dia 19.

Confira os jogos de ida:
19/7

Simonassi x Beira-Mar
20/7
Santos x Ponte Preta
26/7
Moicano x Maru
27/7
Botafogo x Kadija

Jacobina e Colo-Colo fazem partida final no Campeonato Baiano da Segunda Divisão

Bahia Notícias

10172704_623355241092305_4345510532562243215_n

Depois de um empate sem gols na primeira partida das finais do Campeonato Baiano da Segunda Divisão, Jacobina e Colo-Colo se encontram mais uma vez neste domingo (25), às 15 horas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, para decidirem quem será a melhor equipe na divisão de acesso do estado na atual temporada.

Com melhor campanha em toda a competição e podendo jogar por um empate para levar a taça, o Colo-Colo terá duas novidades no time principal em relação a ultima partida. O meia Fábio Santos e o zagueiro Valdo voltam de suspensão e reforçam o Tigre ilheense, que tem promessa de casa cheia no Estádio Mário Pessoa com cerca de 2500 ingressos já vendidos antecipadamente. Além disso, a prefeitura da cidade reforçará a sua arena com a instalação provisória de refletores, já que os antigos foram retirados por determinação do corpo de bombeiros da cidade.

Precisando de uma vitória simples para levar o titulo, o Jegue do Sertão vai com equipe completa para a decisão em Ilhéus e está em clima de revanche com a equipe auriazul, único time que derrotou o clube da chapada na competição. Além disso, tem em seu elenco jogadores experientes como o atacante João Neto, campeão baiano pelo Bahia de Feira em 2011. “Estamos tranquilos, está todo mundo focado e ciente do que pode fazer no domingo. Todos com pé no chão, fazendo um bom jogo na casa do adversário“ afirmou o atleta. Segundo o gestor da Onsocceer Brasil (empresa que gerencia o Jacobina) Marcos Manassés, este é apenas um pequeno passo para o planejamento que vem sendo pensado para a agremiação. “Logo depois do final da segunda divisão, iremos pensar em um projeto para chegar ao Brasileiro da Série D, montando uma equipe para ganhar a Taça Estado. Depois disso, disputar a primeira divisão do estadual e nos tornarmos a terceira força do estado” afirma o mandatário. Jacobina e Colo-Colo se enfrentam no próximo domingo (25), as 15h00 na cidade de Ilhéus. Para aqueles que quiserem acompanhar a decisão do certame, a partida será transmitida para todo estado através da TV Educadora.

10363571_400533933422057_6760002703095188692_n

Baixão e Baba do Batalhão decidem o Campeonato do Ibirapuera

Por Luciano Pina
Foto Esportes do Sudoeste

baixão

Foram conhecidos na manhã do último domingo (18), os finalistas do Campeonato do Ibirapuera, organizado pelo desportista Bolinha.

O Baixão que já havia vencido o Ibirapuera no jogo de ida pelo placar de 3 a 2, voltou a vencer o jogo de volta por 1 a 0 e ficou com a vaga.

Já o Baba do Batalhão que tinha perdido a primeira partida para o 100 Vergonha por 3 a 2, venceu a partida de volta por 4 a 2 e ficou com a outra vaga.

Os dois times fazem a final no próximo dia 1º de junho.

10363571_400533933422057_6760002703095188692_n

Juninho Paulista festeja o título do Ituano: ‘O que fizeram é espetacular’

Tribuna da Bahia

thumbnail.ashx

O ex-jogador e agora gestor do Ituano, Juninho Paulista, comemorou bastante o título paulista conquistado pelo Galo de Itu. O dirigente fez questão de elogiar o elenco e a comissão técnica.

– Esse título é dessa comissão maravilhosa, dos profissionais que me ajudam. O que esses jogadores fizeram é espetacular. Não é fácil aguentar a pressão de time grande ainda mais com essa torcida. Mas viemos muito determinados, eu fico muito feliz por eles – afirmou.

– Batalhamos por esses anos todos sofrendo na parte de baixo da tabela. Jogadores deram liga, a comissão técnica é excelente. Ganhamos por merecimento – completou Juninho.

Juninho agora terá a missão de tentar segurar pelo menos parte do grupo para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

unimarc-modelo-4













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia