WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘titulo’

Vitória da Conquista abre dois gols de vantagem sofre gol de pênalti e deixa escapar o título da Copa Governador

Por Luciano Pina

IMG_6952

Depois de fazer um brilhante primeiro tempo e abrir uma vantagem de dois gols com menos de trinta minutos de jogo que daria o título a equipe, o Vitória da Conquista acabou levando um gol de pênalti no início do segundo tempo e mesmo vencendo Bahia de Feira, pelo placar de dois a um, na tarde deste sábado (23), no estádio Alberto Oliveira, acabou deixando escapar o título da Copa Governador do Estado.

O primeiro gol saiu aos dezesseis minutos do primeiro tempo, através do zagueiro Sílvio que marcou de cabeça. O segundo foi marcado pelo atacante Roni aos vinte e dois minutos. Porém, aos treze minutos do segundo tempo, o árbitro Diego Pombo marcou pênalti e o atacante João Neto bateu e converteu fazendo o gol que deu o título ao Cangaceiro.

Após o termino da partida o elenco do Vitória da Conquista questionou bastante a penalidade marcada pelo árbitro do jogo.

Com o resultado o Bahia de Feira conquistou a vaga para a Copa do Brasil de 2014. Já o Vitória da Conquista ficou com a vaga na Serie D, do mesmo ano.

O Bode atuou com: Augusto, Zé Leandro, Sílvio, Mota e Tiaguinho (Zada), Edimar, Moisés, Alessandro Azevedo, Ramires, Cacá (Fabinho Cambalhota) e Roni.

Agora o Vitória da Conquista vai se preparar para a disputa da Copa do Nordeste e Campeonato Baiano do ano que vem.

Butt conquista título internacional com Flu/RJ

Site do ECVC
Com informações da ASCOM do Fluminense/RJ

butt_thumb

O atacante Butt, das divisões de base do ECPP Vitória da Conquista, que está emprestado ao Fluminense do Rio, conquistou um título internacional neste início de semana.

Os meninos de Xerém deram um verdadeiro espetáculo em campo e golearam o Gênova por 7 a 0, no Estádio Brianteo, na Itália. Com o resultado, os tricolores conquistaram o título do Italian Brazilian Tournament. Ailton, Marcos Butt, Matheus Pato, Marlon, Luquinhas, Nogueira e Zé Lucas marcaram os gols do Flu na decisão do torneio.

Neste ano, os juniores também foram os campeões do Torneio de Oberndorf, na Alemanha. Além disso, a equipe juvenil ainda trouxe o título da Al Kass Cup, realizada no Catar no início do ano, para Xerém.

A equipe junior do Fluminense, atual bicampeã carioca da categoria, se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro Sub-20, que começa no início de dezembro.

Vitória da Conquista decidirá pela terceira vez título da Copa Governador fora dos seus domínios

Por Luciano Pina

IMG_6952

Tricampeão da Copa Governador do Estado, o Vitória da Conquista disputará pela quinta vez consecutiva a final da competição e pela terceira vez o Bode decidirá o título jogando fora dos seus domínios. Nas outras duas vezes, o Bode venceu uma e perdeu a outra,

Em 2009, a decisão foi contra o Fluminense de Feira. Após um empate por zero a zero, na primeira partida realizada no estádio Lomanto Júnior, o Alviverde perdeu o jogo de volta que foi realizado no estádio Alberto Oliveira, pelo placar de dois a um. Jalmir e Sadrak marcaram para o Touro do Sertão. Ricardo Braz fez para o Bode,

Em 2010, a disputa do título foi contra o Atlético de Alagoinhas. Na primeira partida no estádio Lomanto Júnior, o Vitória da Conquista venceu pelo placar de um a zero, gol de Lei. No confronto de volta as duas equipes empataram em um a um. Ciel marcou para o Bode e Cristiano Alagoano fez para o Carcará.

Em 2011, a final foi novamente contra o Atlético de Alagoinhas. No jogo de ida no estádio de Pituaçu, em Salvador, o Bode goleou o Carcará pelo placar de sete a um. Rafael da Granja três vezes, Cacá duas, Maurício Pantera e Atila marcaram para o Alviverde. Carlos Alberto descontou para o Carcará. Na partida de ida o Alviverde venceu novamente por dois a um. Rafael da Granja e Cacá marcaram para o Bode, Marcos Neves descontou para o Atlético.

Em 2012, a decisão foi contra o Jacuipense. Na primeira partida realizada no estadio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, o Leão do sisal venceu pelo placar de dois a um. Jânio e Jussimar marcaram para o Jacuipense. Márcio Panda descontou para o Alviverde. No jogo de volta realizado no estádio Lomanto Júnior, o Vitória da Conquista venceu pelo placar de um a zero, com gol marcado por Carlinhos.

A partir deste domingo (17), Vitória da Conquista e Bahia de Feira começam a decidir o título de 2013. A primeira partida será no estádio Lomanto Júnior e o jogo de volta acontece no estádio Alberto Oliveira.

Por ter feito melhor campanha o Bahia de Feira tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais.

Feira vai disputar a sua primeira decisão

Futebol Bahiano

Feira de santana futebol Clube

O Esporte Clube Feira de Santana foi criado no começo do segundo semestre deste ano e já vai disputar a sua primeira final. Enfrenta o Vitória da Conquista na grande decisão da Copa Governador do Estado, na busca do título e assim ganhar projeção participando de competições nacionais como a Copa do Brasil ou mesmo o Campeonato Brasileiro da Série D.

A equipe mostrou um grande poder de reação, quando reverteu a desvantagem diante do Vitória, que se confirmou na partida de ida, da fase semifinal, com um empate em 1 x 1. No último sábado venceu por 2 x 1, se classificou e ainda de quebra leva para a grande decisão as vantagens de fazer o jogo final nos seus domínios e ainda por cima jogar por dois resultados iguais para se campeão.

Entretanto para chegar ao título, a missão feirense será complicada porque o Vitória da Conquista já mostrou que não é um time fácil de ser batido. A exemplo do Feira, o Bode reverteu uma situação adversa ao bater o Jacuipense por 2 x 1 no último domingo em Vitória da Conquista.

Agora, os dois finalistas se preparam para a grande decisão, que vale para o campeão uma vaga na Copa do Brasil em 2014 e para o vice uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D.

unimarc-modelo-4

Nigéria conquista seu quarto título e a hegemonia no sub-17

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.Tk_ydY5C8T

A seleção da Nigéria conquistou nesta sexta-feira (8) o seu quarto título mundial sub-17, com uma vitória contundente por 3 a 0 sobre o México, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. A conquista coloca o país africano com a hegemonia nesta categoria, superando o Brasil, que possui três títulos.

O México, que eliminou o Brasil nas quartas de final e a Argentina na semifinal, não repetiu a mesma atuação que fez diante dos rivais sul-americanos. Apáticos em campo, os mexicanos foram dominados pela seleção da Nigéria.

O triunfo nigeriano começou a ser desenhado logo no início de jogo, aos nove minutos, com uma ajuda dos adversários. O atacante Yahaya se antecipou à defesa para tentar completar um cruzamento, o lateral mexicano Aguirre tentou tirar mas tocou para o próprio gol.

A vantagem da Nigéria foi ampliada logo após o intervalo, e também teve a colaboração mexicana. Aos 11 minutos do segundo tempo, Muhammed arriscou de muito longe. O goleiro Gudiño rebateu mal, para o centro da área, e Iheanacho marcou aproveitando o rebote.

O massacre foi completado aos 36 minutos, quando Muhammed cobrou falta com estilo. A bola ainda tocou no poste esquerdo de Gudiño antes de morrer na rede.

Também nesta sexta-feira, a Suécia garantiu o terceiro lugar na Copa do Mundo Sub-17 ao golear a Argentina por 4 a 1, também em Abu Dhabi. O destaque do jogo foi o atacante sueco Berisha, autor de três gols. Strandberg fez o outro tento da seleção escandinava, com Compagnucci descontando para os argentinos.

unimarc-modelo-4

Título definido e briga por Libertadores esquenta o Campeonato Brasileiro 2013

Agência Futebol Interior

tabela-brasileirao-2013

Pouca coisa mudou no ranking de chances após a realização da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a grande vitória sobre o Criciúma, por 5 a 3, o líder Cruzeiro viu suas chances aumentarem de 99,6% para 99,96%.

Somente outros três clubes ostentam chances matemáticas de disputar o título com a Raposa. O Grêmio caiu de 0,3% para 0,05%, após ser goleado pelo Coritiba, por 4 a 0. Logo na sequência aparece o Botafogo, com 0,02%, e o Atlético-PR, com 0,01%. O restante tem quase 0% ou já não tem chance matemática.

A briga pela Libertadores definitvamente ganhou um intruso e já outro querendo aparecer no retrovisor. Após muito tempo limitada aos quatro primeiros, a disputa tem, agora, o Goiás. Após vencer o Náutico, por 2 a 0, o Verdão viu suas chances subirem de 25,2% para 31%. Já o Vitória, que superou o Fluminense, por 3 a 2, evoluiu de 4,1% para 8,1%.

Apesar disso, o G4 continua inalterado. O Cruzeiro está virtualmente garantido, com 100% de possibilidades. O Grêmio também está em situação confortável, com 88,8%. Na sequência, aparecem Atlético-PR, com 83,1%, e Botafogo, com 82,6%.

Os demais clubes, pelo menos por enquanto, são figurantes nesta disputa. Quem mais se aproxima é o Santos, que chegou a 3,7%. Em seguida, surgem São Paulo (1,6%), Internacional (0,4%), Corinthians (0,3%), Flamengo (0,2%), Portuguesa (0,1%), e Coritiba (0,04%).

O restante já está fora da briga. Bahia, Fluminense, Ponte Preta e Vasco de acordo com os matemáticos, têm quase 0%. Virtual rebaixado, o Náutico, ao lado do Criciúma, é o único que já não tem chances matemáticas.

Vale ressaltar que o Atlético-MG já tem vaga garantida na Libertadores. Portanto, se terminar em quarto lugar, a vaga ficará com o quinto colocado. Além disso, mais um brasileiro garantirá sua vaga pela Copa do Brasil, o que pode modificar todos os cálculos.

Confira os clubes com mais chances de título:

— Cruzeiro 99,92%
— Grêmio 0,05%
— Botafogo 0,02%
— Atlético-PR 0,01%

Veja os dez clubes com mais chances de vaga na Libertadores:

— Cruzeiro quase 100%
— Grêmio 88,8%
— Atlético-PR 83,1%
— Botafogo 82,6%
— Goiás 31%
— Vitória 8,1%
— Santos 3,7%
— São Paulo 1,6%
— Internacional 0,4%
— Corinthians 0,3%

Kadija vence o Moicana nos pênaltis e conquista o título do municipal

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

IMG_6817

O Kadija conquistou o título de campeão do Campeonato Municipal de Futebol, após vencer o Moicana nas cobranças de pênaltis por cinco a quatro, depois das duas equipes empatarem no tempo normal pelo placar de um a um.

O Kadija começou bem o jogo e logo aos cinco minutos, após uma cobrança de escanteio do meia Rafael Choquito, Mosca escorou de cabeça e marcou o gol do Kadija. Na segunda etapa, o Moicana voltou melhor e aos vinte e quatro minutos, Balão arriscou de fora da área o goleiro Nelson deu rebote e o atacante Buiu que havia acabado de entrar mandou para o fundo da rede empatando para o Moicana.

Como o jogo acabou empatado e ninguém tinha vantagem, a decisão foi para as cobranças de pênaltis e o Kadija venceu por cinco a quatro.

Kleber, Ítalo, Adson, Diego e Junior converteram para o Kadija. Felipe, Balão, Alemão e Buiu marcaram para o Moicana. Don desperdiçou a cobrança.

kadija (1)

O Kadija atuou com Nelson, Anderson (Diego), Fabrício, Wilton e Ítalo, Sandro, Rafael Choquito, Adson, Junior, Mosca e Guilherme.

Moicana (2)

O Moicana com: Marlon (Dirlei), Dicas, Eduardo, Inho e João Carlos (Janglé), Felipe, Amaral (Buiu), Velton (Ramon), Balão, Alemão e Don.

O Kadija levou além do troféu de campeão, a quantia de R$6.000,00.

Em final inédita, Moicana e Kadija decidem título neste domingo

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

lance 3

Após empatarem na primeira partida, pelo placar de 2 a 2, na primeira partida da final, os times do Moicana e Kadija decidem na manhã deste domingo (06), no estádio Murilão, o título de campeão do Campeonato intermunicipal de Futebol, promovido pela LCDT.

Caso o treinador Valtinha resolva manter a mesma escalação da primeira partida o Moicana deve ir a campo com a seguinte formação: Marlon, João Carlos, Inho, Dicas, Eduardo, Felipe, Amaral, Welton, Balão Alemão e Don.

Se no Kadija o treinador Jeová também repetir a formação do primeiro jogo, o time vai atuar com: Nelson, Anderson, Wilton, Amilton, Tam, Fabricio, Guilherme, Rafael, Wadson, Júnior, Mosca.

Apita o confronto Germínio Vieira Santos, auxiliado por Edimar Almeida e Jaimilton Oliveira. Os árbitros reservas serão Reginaldo Piropo e Edmundo Souza.

Caso o confronto volte a terminar empatado, a decisão será nas cobranças de pênaltis.

banner1

Moicana e Kadija decidem neste domingo no Murilão o título do municipal

Por Luciano Pina/Elias José
Fotos Eliezer Oliveira

lance 5

Depois de realizarem boas campanhas nas primeira fases, os times do Moicana e Kadija decidem na manhã deste domingo (06), no estádio Murilão, o título de campeão do Campeonato Municipal de Futebol, versão 2013, promovido pela Liga Conquistense de Desportos Terrestres.

moicana

O Moicana para chegar a final deixou para traz alguns times que já foram campeão do futebol amador, como Santos e Comercial. O time realizou onze jogos, obtendo seis vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Marcou vinte e três gols e sofreu dez.

Confira a campanha da equipe do bairro Conjunto da Vitória.
1ª Fase

Ibirapuera 0 x 4 Moicana
Moicana 1 x 1 Vila da Conquista
Santos 1 x 2 Moicana
Moicana 0 x 0 Comercial
Moicana 2 x 1 Marú
Bangu 0 x 0 Moicana
Oitavas de final
Juventus 1 x 3 Moicana
Moicana 5 x 0 Juventus
Semifinal
Comercial 3 x 0 Moicana
Moicana 4 x 1 Comercial
1ª partida da final
Kadija 2 x 2 Moicana

kadija

A exemplo do adversário, o Kadija também deixou para traz grandes times que já conquistaram títulos do municipal, a exemplo de Grêmio, Simonassi, Beira-Mar, Íris Sport e Santos. O time realizou onze jogos. Com seis vitórias, três empates e duas derrotas. Marcou quatorze gols e sofreu oito.

Confira a campanha do time do bairro Kadija:
1ª Fase

Grêmio 0 x 2 Kadija
Kadija 1 x 3 Simonassi
Beira Mar 0 x 1 Kadija
Kadija 1 x 1 Iris Sport
Kadija 0 x 1 Juventus
Ponte Preta 1 x 2 Kadija
Oitavas de final
Kadija 3 x 1 Santos
Santos 0 x 2 Kadija
Semifinal
Kadija 0 x 0 Maru
Maru 0 x 0 Kadija
1ª partida da Final
Kadija 2 x 1 Moicana

Na primeira partida as duas equipes empataram por dois a dois. Guilherme abriu o placar para o Kadija. Don empatou para o Moicana. Fabrício colocou o Kadija novamente em vantagem. Porém, Buiu empatou para o Moicana.

Caso aconteça novo empate na partida de volta, o título será decidido nas cobranças de pênaltis.

Juventude supera a Casa do Fazendeiro e fica com o título de Máster no Adelmário

Por Luciano Pina

IMG_6783

Em uma partida digna de uma grande final, a equipe do Juventude superou o time da Casa do Fazendeiro, na manhã deste domingo (29), no campo do Colégio Adelmário Pinheiro e ficou com o título de campeão do Campeonato de Máster, organizado por Mamá.

Para ficar com o caneco o time que representa o lado Oeste da cidade, contou com o oportunismo do jogador Jaílson, que fez o único gol do confronto e com as boas defesas do goleiro Daniel, que segurou o ataque do time adversário.

Após o apito final do árbitro Ademir Moreira, os jogadores e torcedores comemoraram muito o título.

Os atletas que participaram do jogo final foram: Daniel, Devanilson. João, Amaral, Ednildo, Roberto, Maurício Neres, Cláudio, Gilmar, Aélio, Reinaldo, Gilmar Almeida, Paulo César, Newton Luiz, Cristiano, Jaílson, Dalton, Nivaldo e Valter.

Pela Casa do Fazendeiro: Paulo Pipa, Lé, Cláudio, Marcelo, Dalmar, Vado, Paulo Correia, Miltinho, Marquinhos, Levi, Éter, Claudinho.

No final Mamá agradeceu as equipes participantes e disse que se for da vontade de Deus, no mês de fevereiro de 2014, será dada a largada para a 9ª edição da competição.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia