WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Vasco’

Vasco passa fácil pelo Resende e volta a vencer em São Januário: 2 a 0

Globo Esportes

edmilson_ae_marcellodias_15

Em dia de título da Unidos da Tijuca, que homenageou o Vasco no centenário em 1998, e de provocações a Zico – o enredo com o ídolo flamenguista ficou em quinto lugar no carnaval carioca -, o time de Adilson Batista voltou a vencer dentro de casa – na última vez que havia jogado na Colina, perdeu para a Cabofriense. Com gols de Edmilson e André Rocha – embora a bola tenha batido nas costas do meia adversário Deoclésio -, o Vasco venceu com facilidade o Resende por 2 a 0. O público foi de 3.789 pagantes, com renda de R$ 69.590,00.

O resultado deixa o time cruz-maltino temporariamente na terceira colocação – a sete pontos do primeiro fora do G-4, o quinto colocado Nova Iguaçu. A Cabofriense, quarta colocada, joga nesta quinta fora de casa contra o Volta Redonda. Se vencer, muda de posição com o Vasco na tabela de classificação.

O Resende, com nove pontos, pode acabar a rodada na zona de rebaixamento. Para isso, é preciso que o Audax vença o Botafogo nesta quinta. O próximo compromisso do time sul-fluminesne é no sábado, contra o Macaé, no estádio do Trabalhador. O Vasco, por sua vez, volta a campo no mesmo dia, contra o Bonsucesso, outra vez em São Januário.

Outros jogos
Nova Iguaçu 2 x 2 Madureira
Bangu 2 x 1 Duque de Caxias
Macaé 0 x 0 Boavista
Fluminense 5 x 1 Friburguense
Bonsucesso 0 x 2 Flamengo
Hoje
Audax x Botafogo
19h30
Volta Redonda x Cabofriense

Douglas desencanta, Vasco vence o Madureira e se segura no G-4

Globo Esportes

vasco_alexandrecassianoagenciaoglobo_15

G-4 garantido por mais uma rodada, restando quatro jogos para o fim da Taça Guanabara. Após sofrer duas derrotas nos últimos três jogos e ter sua posição na zona de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca ameaçada, o Vasco se recuperou na tarde desta quinta-feira. Sob um calor de 40ºC e no gramado irregular de Conselheiro Galvão, o Cruz-Maltino superou as dificuldades e venceu o Madureira por 3 a 1, com direito ao primeiro gol validado de Douglas pelo clube. O meia, que chegou a marcar contra o Flamengo mas o árbitro não assinalou, desta vez fez de pênalti, e Rafael Vaz e Edmílson completaram o placar. Carlinhos descontou para os donos da casa, que estrearam seu terceiro uniforme em homenagem ao guerrilheiro argentino e líder revolucionário Che Guevara diante de 1.081 pagantes (1.381 presentes). A renda da partida foi de R$ 25.200,00.

Douglas foi um dos que mais sentiu com as adversidades da partida. Mesmo longe de repetir suas últimas atuações, o camisa 10 deu a assistência para Rafael Vaz e converteu a penalidade. Edmílson também voltou a balançar a rede e assumiu d enovo o posto de artilheiro do estadual com seis bolas na rede, ao lado de Alecsandro, do Flamengo.

Com a vitória, o Vasco chegou a 21 pontos e abriu cinco de vantagem para o Nova Iguaçu, concorrente mais próximo que tem um jogo a menos. De quebra, ainda encostou no Fluminense e na Cabofriense, ambos com 23. Já o Madureira, em nono lugar com 13, vê suas chances de classificação ficarem escassaz. A equipe precisaria vencer todos os jogos restantes e torcer para o Cruz-Maltino não somar mais do que quatro pontos, ou Fluminense e Cabofriense não mais que dois.

Vasco encara Madureira e vê G4 ameaçado no Carioca pela primeira vez Comente

Uol

jogadores-do-vasco-comemoram-o-gol-marcado-pelo-atacante-montoya-na-partida-contra-o-friburguense-pelo-carioca-1390779788443_615x300

O Vasco enfrenta o Madureira nesta quinta-feira, às 16h, em Conselheiro Galvão, e não são apenas os três pontos que estão em jogo. Quarto colocado na classificação do Campeonato Carioca, com 18 pontos, o Cruzmaltino vê Nova Iguaçu e Botafogo encostarem na tabela – tais times têm 16 e 15 pontos respectivamente. No G4 desde os primeiros jogos da competição, o Cruzmaltino liga o alerta para não se complicar nas rodadas finais e assim chegar na fase semifinal da Taça Guanabara.

Apesar de ainda sonhar com a liderança da tabela, o Vasco sabe que o objetivo está a cada dia mais distante. Já que o Flamengo é o líder com 25 pontos, Fluminense com 22 e Cabofriense com 22. Por isso o treinador Adilson Batista já pensa na fase decisiva da competição.

“O nosso objetivo era a primeira colocação, mas sabemos que hoje ela ficou um pouco mais difícil. Agora, o importante é classificar e depois vem o mata-mata e sabemos da força do nosso torcedor para esse momento”, declarou o treinador.

Na última rodada do Carioca, o Madureira empatou por 2 a 2 com o Friburguense. A partida foi realizada no estádio Conselheiro Galvão no último sábado e por isso os jogadores não treinaram ao longo da semana no gramado.

Reservas decidem, Vasco vence Bangu e se reabilita no Carioca

Globo Esportes

thalles_ae_fabiocastro

O Vasco não chegou a repetir a boa atuação da polêmica derrota para o Flamengo no último domingo, mas fez o suficiente para se reabilitar. Com gols de Thalles e Montoya, que saíram do banco de reservas e decidiram o duelo no segundo tempo, o Cruz-Maltino venceu o Bangu por 2 a 0 em Moça Bonita, na tarde desta quarta-feira, pela nona rodada do Campeonato Carioca. O confronto teve 2.058 pagantes e renda de R$ 37.770,00.

A dupla entrou bem na partida e modificou a cara do time, após insosso primeiro tempo e acalmou a torcida, que já dava sinais de irritação. O gol de cabeça foi o terceiro de Thalles no estadual, provando ser uma opção que precisa ser mais vezes utilizada por Adilson Batista, enquanto Montoya anotou o seu segundo gol na competição ao bater forte com a perna esquerda.

– Estou muito feliz. Tenho de aproveitar a oportunidade. Sou atacante e vivo de gols. Tenho de trabalhar forte, não é porque não sou titular que vou deixar de me dedicar – disse após o jogo Thalles.

Douglas fez sua segunda partida pelo Vasco e novamente foi bem. O camisa 10, embora muito sobrecarregado na armação, ditou o ritmo da equipe no meio de campo. O Vasco chegou aos 18 pontos, em terceiro lugar, e encostou em Fluminense e Flamengo, que têm 19. No entanto, a dupla Fla-Flu ainda joga nesta noite. O Cabofriense, que tem 16, entra em campo na quinta-feira.

A equipe de Cabo Frio é a próxima adversária do Vasco. O duelo ocorre neste domingo, às 18h30, em São Januário. O Bangu, que continua com oito pontos, volta a campo no mesmo dia, mas às 16h, para encarar o Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira.

Arbitragem erra, e Fla vence o Vasco no retorno do clássico ao Maracanã

Globo Esportes

lancespolemicos

O Clássico dos Milhões, último dos jogos entre grandes a voltar a ser disputado no Maracanã após a reforma para a Copa do Mundo, atraiu pouco público, muita polêmica e terminou com vitória por 2 a 1 do Flamengo sobre o Vasco. Num duelo que tinha Hernane Brocador, Martín Silva e Douglas como candidatos a personagens do jogo, quem assumiu esse papel foi o quinteto de arbitragem comandado por Eduardo Guimarães. O auxiliar de linha não viu a cobrança de falta de Douglas quicar 33cm dentro do gol. Em outra cobrança, de Elano, a arbitragem acertou ao validar o gol, já que a bola entrou 22cm.

Ironia do destino. No camarote, o espanhol Rafael Nadal – tenista número 1 do mundo que visitava pela primeira vez o estádio e até deu o pontapé inicial no jogo – deve ter contado vantagem que no seu esporte existe um recurso de vídeo para saber se a bola foi dentro ou fora. No futebol sem o chip na bola, não. E o placar, que poderia ter tido dois gols do Vasco, teve dois do Flamengo. Gabriel entrou no segundo tempo e virou herói com um gol aos 44 minutos que garantiu a virada rubro-negra. Fellipe Bastos abriu o placar diante de um público de 13.245 pagantes (16.972 presentes). A renda foi de R$ 858.505.

– Desde criança, assisto a jogos no Maracanã. Hoje pude fazer um gol. É fruto de trabalho, muito foco, muita dedicação. Acho que eu merecia ser premiado – disse Gabriel.

Prejudicados, os vascaínos chegaram a partir para cima da arbitragem no intervalo. A maior reclamação era com o auxiliar Rodrigo Castanheira, que observou a cobrança de falta de Douglas, mas não viu a bola entrar. – É um jogo tão gostoso de se jogar, vem um juiz e faz isso. O árbitro pediu desculpas. Como assim, desculpa? – questionou Edmílson.

A vitória levou o Flamengo a 19 pontos e o manteve colado ao Fluminense, líder no quesito saldo de gols (11 contra 8). Já o Vasco, com 15 pontos, foi ultrapassado pela Cabofriense e caiu para quarto lugar. Na próxima rodada, o Cruz-Maltino visita o Bangu na quarta-feira, às 16h (de Brasília), em Moça Bonita. No mesmo dia, o Rubro-Negro recebe o Madureira, às 22h, no Maracanã.

Outros resultados
Macaé 0 x 0 Nova Iguaçu
Friburguense 3 x 0 Audax
Volta Redonda 1 x 0 Madureira
Cabofriense 1 x 0 Resende
Fluminense 4 x 1 Boavista
Bonsucesso 0 x 1 Bangu
Duque de Caxias 1 x 2 Botafogo

Vasco mantém embalo e goleia Audax em Volta Redonda

Gazeta Esportiva

t_105220_apos-a-goleada-sobre-o-friburguense-o-vasco-da-gama-manteve-o-embalo-e-fez-4-a-0-sobre-o-audax

Depois de aplicar 6 a 0 no Friburguense, o Vasco mostrou que está vivendo uma boa fase no Campeonato Carioca. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, a equipe de São Januário precisou de apenas um tempo para liquidar o Audax. A vitória por 4 a 0 fez a equipe Cruz-maltina subir para a segunda colocação, com oito pontos ganhos. O Audax segue sem vencer, com apenas dois pontos, na 15ª posição.

O time dirigido por Adilson Batista superou as dificuldades encontradas no início da partida e conseguiu se impor diante de um adversário que lutou muito, mas que não teve condições de obter um resultado mais favorável. O Vasco abriu 3 a 0 no primeiro tempo e depois, apenas se preocupou em administrar o resultado. Mesmo assim, ainda marcou mais um gol para confirmar a goleada.

Na próxima rodada, o Vasco enfrentará o Botafogo, no clássico de domingo, no Maracanã. O Audax vai encarar o Madureira, em Conselheiro Galvão.

Mais resultados
Bangu 1 x 2 Nova Iguaçu
Friburguense 0 x 2 Flamengo
Macaé 0 x 1 Volta Redonda
Fluminense 1 x 0 Resende
Hoje
17h00
Boavista x Cabofriense
Duque de Caxias x Bonsucesso

Bastos perde pênalti, e Vasco empata com Boavista na estreia no Carioca

lancenet

Vasco-Boavista-Ricardo-Ramos-LANCEPress_LANIMA20140118_0140_47

O ano do Vasco não começou bem. O Cruz-Maltino, que já vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro, tropeçou na primeira partida do Campeonato Carioca, na noite deste sábado, contra o Boavista, em São Januário. O Gigante da Colina saiu na frente, mas cedeu empate e ainda perdeu um pênalti no fim da partida: 1 a 1.

O Vasco teve mais posse de bola durante boa parte do duelo, mas quanto mais o cronômetro se aproximava do fim da partida, mais a ausência de um articulador era sentida. O volante vascaíno Fellipe Bastos travou um grande duelo contra o goleiro Getulio Vargas.

O Boavista volta a campo na próxima terça-feira (21), às 17h, contra o Madureira, em Bacaxá. O Cruz-Maltino tentará a vitória sobre o Macaé, no dia seguinte, quarta-feira (22), às 19h30, no Moacyrzão.

Dinamite ainda sonha com Vasco na Série A em 2014

Agência Estado

robertodinamite_ae_wiltonjunior_15

A decisão do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de negar o pedido de impugnação do Vasco não acabou com a esperança do presidente do clube, Roberto Dinamite, de ver o time na Série A do Campeonato Brasileiro no ano que vem. Mesmo após o julgamento desta sexta-feira, o mandatário disse que vai “fazer o melhor possível” para ficar na primeira divisão.

O Vasco requisitava os pontos da partida diante do Atlético-PR, na qual acabou goleado por 5 a 1, pela última rodada do Brasileirão desse ano. No confronto realizado na Arena Joinville, em Santa Catarina, houve uma grande pancadaria entre integrantes das torcidas organizadas de ambos os times, que resultou na paralisação do jogo por mais de uma hora.

O clube carioca alegava que a partida não poderia ter sido reiniciada por falta de segurança, já que poucos policiais estavam presentes nas arquibancadas. Com a impugnação, o Atlético-PR receberia a culpa pela insegurança, por ser o mandante, o que faria o Vasco herdar os pontos da partida, evitando o rebaixamento.

A tese não convenceu o presidente do STJD, Flávio Zveiter, que indeferiu por duas vezes o pedido vascaíno. Nesta sexta foi a vez de o Pleno do Tribunal negar a tentativa de anular o jogo. O relator Ronaldo Botelho Piacente votou contra o pedido e foi acompanhado pelos demais auditores.

Pleno do STJD nega recurso, mantém resultado, e Vasco vai jogar a Série B

Globo Esportes

robertodinamite_ae_wiltonjunior_15

O Vasco perdeu no tribunal, nesta sexta-feira, sua chance de tentar impugnar o resultado da partida contra o Atlético-PR (5 a 1), no dia 8 de dezembro, e assim não levou os três pontos que o salvariam do rebaixamento à Série B do Brasileirão. O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) até acatou o pedido e permitiu que houvesse o julgamento de imediato, mas o recurso foi rejeitado por unanimidade de votos. Antes, o presidente do órgão, Flávio Zveiter, havia indeferido a ação por não ver base na mesma.

A decisão saiu depois de horas de julgamento dos outros casos, que confirmaram o rebaixamento da Portuguesa, livrando o Fluminense, e sustentou a perda dos pontos pelo Flamengo, que permanece na Série A. Ambos foram punidos por escalação de jogadores suspensos. Caso o Vasco obtivesse êxito, seria substituído no Z-4 justamente pelo rival rubro-negro.

– Acredito que o Vasco foi a vítima, e a vítima está sendo julgada, não tem direito de defesa e está indo para a Segunda Divisão, fato que é muito ruim para o clube. Agora vamos conversar com os nossos advogados, ver e buscar fazer o nosso melhor para permanecer na Primeira Divisão – afirmou o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, sem deixar claro se se referia a recorrer à Justiça comum.

Tradicional Flamengo e Vasco acontece no Kadija neste domingo

Por Luciano Pina

555093_559851407428771_1278013169_n

Será realizado neste domingo (29), a partir das 10 horas, o tradicional jogo entre Flamengo e Vasco.
O confronto acontece no campo da Creche, que fica localizado na Avenida Florianópolis.

A intenção deste jogo segundo os organizadores é proporcionar lazer e entretimento para os moradores do Bairro kadija e adjacências.

Estarão presentes neste jogo de confraternização os atletas Dikas, Arnaldo Júnior, João Carlos, Danilo, Claudinho e Ítalo que foram campeões da LCDT este ano. Também farão parte deste evento os jogadores Pena, Renilton e Lelé.

Após o jogo os participantes vão deliciar com muita cerveja gelada e churrasco.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia