WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Vasco’

Vasco mantém freguesia do Flamengo, em Manaus, e se garante na final do Carioca

Ogol

26529165472_0d23dd493e_o

No Rio, em Manaus… Parece não importar muito o local. O Vasco manteve, na tarde deste domingo, na Arena Amazônia, a freguesia do rival Flamengo, venceu por 2 a 0 e se garantiu na final do Campeonato Carioca.

A equipe de São Januário completou o nono jogo sem derrota para o time da Gávea. A última derrota foi em 22 de março de 2015, na primeira fase do Carioca daquele ano.

Agora, o Cruz-Maltino aguarda o vencedor do duelo entre Botafogo e Fluminense para saber quem irá encarar nos jogos decisivos, marcados para o Maracanã.

Em menos de um dia, 30 mil ingressos são vendidos para Vasco x Flamengo

Globo Esportes

ihlojlj

Em menos de 24 horas, 30 mil ingressos foram vendidos para o jogo de domingo entre Vasco e Flamengo pela semifinal do Campeonato Carioca em Manaus, na Arena da Amazônia, às 16h (horário de Brasília). Destes, 13 mil foram vendidos pela internet e os outros 17 nos pontos físicos disponíveis para a venda. De um total de 44 mil disponíveis, a expectativa da empresa responsável pela venda é que os bilhetes esgotem até o fim desta quarta-feira.

De cara, o primeiro – e único – setor a esgotar, até a manhã desta quarta-feira, foi o de camarotes. Tanto as entradas de meia e inteira para as cabines superiores e exclusivas, disponíveis por R$ 230 e R$ 460, respectivamente, foram todas as vendidas.

Depois de tanta procura, o segundo dia de vendas iniciou com algumas mudanças. A primeira é o aumento no valor dos ingressos para os setores inferiores e superiores. A mudança foi de R$ 5. Os valores passaram de R$ 85 a R$ 90 e de R$ 95 a 100.

Outra mudança foi a restrição da venda dos bilhetes para apenas um ponto: na Arena Amadeu Teixeira, localizada ao lado do estádio que recebe o jogo no domingo. Os shoppings, que foram tomados por multidão nesta terça, não farão mais qualquer tipo de venda.

Confira os valores e opções de ingressos

Anel superior – meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) = R$ 80
Anel inferior – meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) = R$ 100
Anel inferior VIP – meia entrada (estudante, 1kg de alimento ou doação de sangue) =R$ 180
*Vendas no cartão podem ser parceladas em até 12 vezes no site meubilhete.com.

Vasco e Flamengo terão cota fixa de R$ 500 mil e voo fretado para Manaus

Globo Esportes

20160221_154446_1

Dona do mando de campo no clássico com o Flamengo, o Vasco levou aos rubro-negros proposta um pouco menor do que a do último encontro entre os times – pela Taça Guanabara, que terminou 1 a 1. O jogo da semifinal, no próximo domingo, em Manaus, foi vendido R$ 500 mil de cota fixa para cada clube. A empresa organizadora da partida também vai bancar os voos fretados de cada delegação.

Os vascaínos devem chegar antes em Manaus. O grupo do clube de São Januário planeja embarcar quinta-feira para o Amazonas. A ideia é, além de aumentar o tempo de concentração, treinar debaixo do forte calor de Manaus. O jogo está marcado para as 15h – horário local.

Na quarta-feira à noite, o Flamengo enfrenta o Confiança, em Volta Redonda, e só retorna ao Rio na madrugada de quinta-feira. O departamento de futebol ainda finaliza a programação, mas deve viajar na quinta à noite ou na sexta-feira após o treino pela manhã.

Campeão da Taça Guanabara, o Vasco se classifica com empate no clássico com o Flamengo, que precisa da vitória para voltar a final do Carioca. A última decisão do Rubro-Negro foi em 2014, quando superou o Vasco na final, após dois empates. Em 2015, o time de São Januário deu o troco e eliminou os rubro-negros na semifinal.

Garotada decide, e Vasco, mesmo mal, vence o Remo pela Copa do Brasil

Globo Esportes

fup20160413546_GF521jM

Ainda não convenceu, mas venceu novamente. O Vasco segue, mesmo que deixando a desejar, sua caminhada invicta em 2016. Graças ao entrosamento de dois jovens das categorias de base, o Cruz-Maltino fez 1 a 0 sobre o Remo, nesta quarta-feira, no Mangueirão, em Belém, e largou na frente na Copa do Brasil. O cruzamento perfeito de Henrique para cabeçada estilosa de Thalles, já aos 40 minutos do segundo tempo, e uma série de bias defesas de Martín Silva, foram suficientes para aumentar para 20 jogos, 16 nesta temporada, a invencibilidade vascaína – com 14 vitórias e seis empates. (assista aos melhores momentos)

Com o resultado, vascaínos e remistas voltam a medir forças no próximo dia 27, às 21h45 (de Brasília), em São Januário, com vantagem do empate para os cariocas. Antes disso, o Vasco viaja até Manaus para encarar o Fluminense, domingo, às 16h, na Arena da Amazônia, em duelo que vale o título da Taça Guanabara, e tem ainda a semifinal do Estadual no fim de semana seguinte, com adversário a ser definido. O Remo, por sua vez, já está eliminado do Estadual e aguarda o reencontro com o Cruz-Maltino.

Vasco visita o Remo para tentar evitar partida de volta pela Copa do Brasil

Terra

nene

O Vasco visita o Remo nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Mangueirão, em Belém (PA), em duelo válido pela estreia das duas equipes na Copa do Brasil. O Cruz-Maltino, que está nas semifinais do Campeonato Carioca, tenta vencer por dois ou mais gols de vantagem para se classificar eliminando a necessidade do choque de volta, previsto para 27 de abril, em São Januário. Já os remistas querem se recuperar, pois depois do empate por 1 a 1 com o São Raimundo, no fim de semana, o time foi eliminado do Campeonato Paraense.

Em termos de escalação, Jorginho não quis antecipar o time que vai mandar a campo, mas deverá preservar alguns titulares. Porém, como o grupo viajou completo para o Pará, a formação será divulgada minutos antes da partida. O Cruz-Maltino viajou com a delegação recheada para o Norte porque no domingo vai enfrentar o Fluminense, em Manaus (AM), na decisão da Taça Guanabara.

Pelo lado do Remo, a chance de garantir pelo menos o duelo da volta serve de alento, não apenas pela questão financeira, mas para amenizar um pouco a tristeza pela eliminação no Campeonato Paraense. O técnico Marcelo Veiga espera contar com o apoio da torcida.

Para este compromisso, o Remo tem o desfalque do lateral esquerdo Murilo, que sofreu uma cirurgia na face. Igor João será o substituto. Os destaques do time são o experiente goleiro Fernando Henrique, ex-Fluminense, e a dupla de ataque, composta por Ciro e Luiz Carlos Imperador.

Vasco joga mal contra o Madureira, mas vence e garante classificação

Gazeta Esportiva

26267631801_9130578610_b

O Vasco garantiu a classificação para as semifinais da Taça Guanabara ao derrotar o Madureira por 1 a 0, gol marcado por Nenê, em partida disputada na noite deste sábado, em São Januário. O resultado fez a equipe cruz-maltina chegar aos 14 pontos ganhos e retomar a liderança da competição. O Madureira segue na última colocação, com apenas um.

Apesar da vitória, o Vasco teve um comportamento irregular e deixou o campo vaiado por sua torcida. O time dirigido por Jorginho realizou sua pior exibição na temporada e só não perdeu a invencibilidade porque o Madureira desperdiçou muitas chances para marcar. Além disso, o árbitro não marcou um pênalti claro cometido por Martín Silva. O goleiro agarrou o atacante João Carlos depois de ser driblado dentro da área.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Fluminense, na Arena Amazônia. O Madureira terá o Volta Redonda pela frente, em Conselheiro Galvão.

Flamengo e Vasco empatam no Mané Garrincha, após clássico quente

Ogol

imgS620I172411T20160331035134

Flamengo e Vasco fizeram um jogo quente no Mané Garrincha, em Brasília. Martín Silva foi o nome do primeiro tempo, evitando que o Fla saísse na frente.

Na segunda etapa, o Cruz-Maltino equilibrou o duelo, que foi decidido por quem saiu do banco de reservas: Marcelo Cirino abriu o placar, enquanto Riascos empatou.

A equipe de São Januário, além de completar o oitavo jogo sem perder para o rival, segue invicto, na liderança da Taça Guanabara. O time da Gávea está em sexto, cinco pontos abaixo.

Confira outros resultados
Boavista 1 x 0 Madureira-RJ
Bangu 0 x 1 Fluminense-RJ
Botafogo-RJ 2 x 0 Volta Redonda-RJ

outdoor_pq

Fértil e 100% no ano, ataque do Vasco contrasta com seca do Rubro-negro

Globo Esportes

thalles_semcamisa_SQHF4FP

Três letras. Uma palavra que separa protestos de organizadas de aplausos após uma vitória no clássico e sintetiza as diferentes realidades em que Vasco e Flamengo se enfrentam quarta-feira, no Mané Garrincha: gol. Sim, por mais simplória que possa ser, a definição é objetiva: o Cruz-Maltino balançou as redes adversárias em todas as 11 partidas da temporada. O campo ofensivo é terreno fértil no líder 100% da Taça Guanabara, enquanto o Rubro-Negro, há quatro partidas em branco, vive a seca de quem tem terras invadidas para cobranças que remetem ao problema evidente: a falta de gols.

Em 11 partidas, o ataque do líder do campeonato fez 22 gols, com uma média de dois por jogo, muito em função das recentes atuações de Riascos e Thalles. Juntos, os contestados atacantes em 2015 somam 11 gols – seis do colombiano e cinco do menino revelado na base. Ou seja, metade dos tentos vascaínos. Outra arma que tem se mostrado importante é Nenê. O meia, que também tem cinco gols na temporada, deu outras cinco assistências, como no clássico contra o Botafogo no último domingo. Para Thalles, o “renascimento dos atacantes” passa pelo trabalho do treinador.

O Flamengo, por outro lado, passa por uma seca de gols. A equipe não marca desde o dia 12 de março, na vitória contra o Madureira, quando Emerson fez de pênalti. Desde então, um 0 a 0 no Fla-Flu e três derrotas por 1 a 0 para Confiança, Atlético Paranaense e Volta Redonda. São exatamente 389 minutos – sem contar acréscimos – sem uma bola na rede. Apesar de ter feito mais gols que o rival no ano (são 24 em 16 partidas oficiais) a média flamenguista é de 1.5 por partida – e muito por conta das goleadas por 5 a 0 contra Portuguesa e Resende. Apesar da fase rubro-negra, Jorginho acredita que o clube oferece risco à invencibilidade do Cruz-Maltino.

Flamengo e Vasco se enfrentam nesta quarta-feira pela 4ª rodada da Taça Guanabara, em Brasília às 21h45 (horário local). O Rubro-negro está na quinta posição com quatro pontos, fora da zona de classificação para as semifinais do Estadual, enquanto que o Cruz-Maltino é o líder da competição, com nove.

Vasco vira, mas cede empate ao Friburguense e perde os 100%

Terra

56cf9024da3df

Num dia em que o técnico Jorginho decidiu poupar alguns titulares para observas alguns reservas em ação, o Vasco empatou com Friburguense em 2 a 2, gols de Rômulo e Riascos (2), e se manteve na liderança do Grupo A no Campeonato Carioca, com 16 pontos, mas perdeu os 100% de aproveitamento na competição.

A partida foi um encontro de um time que, já classificado, parecia relaxado com o jogo diante de uma equipe que ainda busca a classificação e desde o primeiro minuto mostrou muita vontade em conseguir um resultado positivo fora de casa. Com cinco reservas, o Vasco tinha dificuldades para sair jogando e mesmo com a movimentação de Mateus Pet, Matheus Índio e Eder Luis na frente, as melhores chances eram criadas após os avanços de Madson pela direita, mas faltava qualidade no último toque.

Precisando do resultado, o Friburguense marcava a saída e bola e se fechava quando o Vasco passava do meio-campo. Em bom ataque pela direita, Flavinho aproveitou o espaço dado por Madson e cruzou para Rômulo. Rafael Vaz se precipitou ao tentar o bote e o atacante girou batendo firme no canto esquerdo de Martin Silva para abrir o placar.

Após o gol, o jogo segui da mesma forma que havia começado: ruim. E o Vasco passou a buscar os lançamentos. Num deles, Julio dos Santos deu um passe primoroso para Eder Luis, que cruzou para Riascos, sozinho, só empurrar para as redes e empatar o jogo.

Na segunda etapa, o jogo seguiu amarrado até os 15 minutos finais. A partir dali, muita emoção. As duas equipes resolveram buscar o gol e após um escanteio cobrado por Yago Pikachu, Riascos subiu mais alto que a defesa adversária e marcou seu segundo gol na partida. Quando tudo parecia se encaminhar para mais uma vitória vascaína, Luan se jogou para cortar um cruzamento e a bola pegou no seu braço. Pênalti que Rômulo cobrou bem para empatar.

Fim dos 100% de aproveitamento. Domingo o Vasco volta a campo para encarar o Botafogo.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Com gol em pênalti polêmico, Vasco vence Volta Redonda e só pensa no Flamengo

MSN

BBpmJ6h

Já com a cabeça no clássico de domingo, contra o Flamengo, o Vasco venceu o Volta Redonda por 2 a 0, com o primeiro gol em lance polêmico. Com o triunfo, a equipe de São Januário manteve o 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca e seguir na liderança do grupo A, agora com nove pontos.

Para o jogo de domingo, no entanto, o Vasco terá um desfalque. O zagueiro Luan, já nos acréscimos, recebeu o cartão vermelho e está fora do confronto contra o Flamengo.

Antes mesmo de enfrentar o Volta Redonda, os jogadores do Vasco já falavam sobre a rodada do final de semana. Trata-se do clássico contra o Flamengo, em jogo marcado para São Januário, às 17 horas (de Brasília).

Já o Volta Redonda vai voltar a jogar na segunda-feira (15), contra a Portuguesa-RJ, às 19h30 (de Brasília), no Raulino de Oliveira.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia