WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Campeonato Baiano’

FBF divulga tabela e regulamento da Série B do Baianão 2016

FBF

4064,fbf-divulga-tabela-e-regulamento-da-serie-b-do-baianao-2016-3

Após a Reunião do Conselho Técnico, quando ficaram definidos os últimos detalhes da competição, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou, nesta quinta-feira (12), regulamento e tabela do Baianão Série B de 2016. A competição será disputada entre 10 de julho e 25 de setembro.

Nesta edição, seis clubes disputam uma única vaga na elite do estadual de 2017. Atlético de Alagoinhas, Atlântico, Associação Atlética Teixeira de Freitas, Catuense, Juazeiro e Ypiranga ficarão em um mesmo grupo, onde na fase de classificação se enfrentarão em jogos de ida e volta com pontos corridos. O primeiro e segundo colocados do grupo avançam à final, onde também se enfrentarão e partidas de ida e volta. O campeão garantira o acesso à Série A.

Com a divulgação antecipada, a FBF atende ao que determina a Lei Nº 10.671/03 do Estatuto de Defesa do Torcedor, que estabelece prazo de 60 dias para a publicação na íntegra do regulamento e das tabelas do campeonato, contendo as partidas a serem realizadas.

Confira a primeira rodada
10/07/
Domingo
16:
Teixeira de Freitas x Atlético
Catuense x Ypiranga
Atlântico x Juazeiro

Série B: Seis clubes disputam uma vaga na elite do Baianão 2017

FBF

101_1745

Alagoinhas Atlético Clube, Associação Atlética Teixeira de Freitas, Atlântico Esporte Clube, Catuense Futebol S/A, Esporte Clube Ypiranga e Juazeiro Social Clube. Esses são os seis clubes que buscarão um único e em comum objetivo no futebol da Bahia, entre 10 de julho e 25 de setembro.

Neste período será realizada a Série B do Baianão 2016. Em jogo, o título e o acesso à elite do Baianão 2017. Uma única vaga, como definido há um ano e registrado em ata coma anuência dos próprios clubes das Séries A e B do Estadual. Devido à redução do número de datas imposto pela CBF no Calendário do Futebol Brasileiro, a Federação Bahiana de Futebol teve que se adequar para chegar ao número máximo de dez clubes na elite. Neste ano, dois foram rebaixados (Feirense e Colo Colo) e apenas um subirá. Em 2017, o sistema se repetirá para, em 2018, o Baianão chegar aos dez clubes necessários para obedecer ao calendário.

Nesta quinta-feira (12), os seis clubes que disputarão a Série B e a diretoria da FBF se reuniram. Na sede da entidade, foi realizada a Reunião do Conselho Técnico da competição.

Antes de tratar dos assuntos pertinentes ao encontro, o presidente Ednaldo Rodrigues, ao lado do vice-presidente Ricardo Lima e da diretora técnica Taíse Galvão deixou claro para os presentes que mais clubes tentaram se habilitar para disputar o campeonato. Porém, seja por questão de documentação, ou por não terem estádios nas suas cidades de origem em condições de receber jogos profissionais, não poderão disputar o acesso.

Cada clube ainda escolheu os dias e horários que irão mandar seus jogos. O Atlântico, que terá como casa o estádio de Pituaçu, escolheu realizar seus jogos como mandante nos sábados, às 16h. O Ypiranga, que também jogará no estádio Roberto Santos, em Salvador, optou pelos domingos, às 16h. O Atlético de Alagoinhas, que jogará no Antônio Carneiro, em Alagoinhas, fará suas partidas aos sábados, às 18h. A Catuense, que também jogará em casa, no Antônio Carneiro, escolheu os sábados, às 19h30. O Juazeiro, que mandará seus confrontos no Adauto Moraes optou pelos sábados, às 17h. Já o Teixeira de Freitas, clube filiado à CBF há mais de 20 anos e que em 2016 volta a disputar uma competição profissional jogará no estádio Antônio Rodrigues Santana, em Teixeira de Freitas, aos domingos, às 16h.

A FBF divulgará, a tabela inicial com datas, horários e locais dos jogos e o regulamento da Série B do Baianão 2016.

Galícia confirmado na Série D 2016

Site do Clube

galicia-fluminense-pituaçu-1024x768

Após a boa campanha no Campeonato Baiano 2016 que ficou em quinto lugar na classificação geral com 15 pontos ganhos em oito jogos disputados e a confirmação pelo Presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, na festa dos melhores do estadual ocorrida na última segunda-feira (9), a diretoria do Granadeiro e o presidente Dario Rego, reafirma através de um oficio enviado nesta quarta-feira (11) à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a participação do Azulino no Campeonato Brasileiro – Série D 2016 que começa dia 12 de junho.

Toda a diretoria do Granadero e seu conselho ao lado do presidente Dario Rego irá trabalhar para fazer uma ótima campanha como realizou no Campeonato Baiano, lutando até o fim para uma das quatro vagas na Série C 2017.

O sorteio dos grupos ainda será realizado pela entidade máxima do futebol nacional.

unimarc-modelo-4

Presidente do Vitória da Conquista lamenta eliminação e critica calendário do futebol nacional

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A derrota para o Santa Cruz por 2 a 0 teve um gosto amargo para a torcida e os dirigentes do Vitória da Conquista. Depois de eliminar o Náutico, o time baiano caiu precocemente perante o atual campeão pernambucano e terminou a sua participação na Copa do Brasil 2016. Mais do que isso, o time não tem mais jogos marcados para a temporada, o que frustra o presidente do Bode, Ederlane Amorim.

“Infelizmente, o resultado não aconteceu como esperávamos. E diferente dos anos anteriores, não temos mais jogos para a temporada. Nos outros anos já disputamos a Série D por quatro edições, não aproveitamos a chance de subir, e infelizmente hoje não temos calendário para o resto do ano. Essa é a realidade do futebol brasileiro, só quem vive o dia a dia do clube sabe qual é a dificuldade de realizar um trabalho nessa realidade”, afirmou o mandatário em entrevista à Rádio Clube Conquista FM.

Ainda segundo dirigente, o clube espera da Federação Bahiana de Futebol (FBF) a divulgação dos torneios que serão realizados no segundo semestre de 2016. “Vamos esperar as definições da Federação e se não estivermos classificados para a Copa Estado, iremos iniciar o trabalho pensando na próxima temporada”, finalizou.

Vitória da Conquista está definido para encarar o Santa Cruz

Da Redação
Foto Elias José

IMG-20160510-WA0006

No coletivo que foi realizado na tarde desta terça (10), no estádio Lomanto Júnior, o treinador Sérgio Araújo definiu o time do Vitória da Conquista que inicia a partida contra o Santa Cruz, na noite desta quarta (11), as 21h45, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O comandante do Bode fará apenas uma mudança em relação a equipe que eliminou o Náutico, a entrada de Diego Aragão no lugar de Dimas.

Caso não ocorra nenhum imprevisto de últrima hora, o Alviverde inicia a partida com a seguinte formação: Carlos Roberto, Artur, Sílvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho, Edimar, Maicon, Diego Aragão, Kleber, Tatu e Zé Paulo.

No Santa Cruz, sem espaço para uma semana de treinos a comissão técnica resolveu aliviar a vida dos titulares, que ficaram no Recife e optou por escalar uma equipe reserva.

Apita o confronto o serginano Eduardo de Santana Nunes. Os assistentes serão Vaneide Vieira de Goes e Ailton Farias da Silva. O 4º árbitro será o conquistense Marielson Alves Silva.

Campeão, Vitória domina lista dos melhores do Campeonato Baiano 2016

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Dona do título do Campeonato Baiano de 2016, a equipe do Vitória foi representada em sua maioria na seleção do certame estadual, que foi divulgado na noite desta segunda-feira (9), durante evento realizado em Salvador. A escolha foi feita a partir dos votos de membros da imprensa da Bahia.

O rubro-negro baiano teve sete representantes na seleção: o goleiro Caíque, o zagueiro Ramon os volantes Amaral e Willian Farias, o atacante Marinho, o preparador físico Ângelo Alves e o técnico Vagner Mancini.

O Bahia, que foi o vice-campeão, contou com três nomes da sua equipe: o volante Juninho e os atacantes Hernane Brocador e Edigar Junio.

O “craque da galera” do certame estadual foi o atacante Marinho, do Vitória. O rubro-negro também ganhou o prêmio de gol mais bonito, feito por Diego Renan, contra a Juazeirense, pelas semifinais da competição.

Confira a lista dos melhores do Campeonato Baiano 2016:
Goleiro: Caíque (Vitória)
Lateral-direito: Edson (Fluminense de Feira)
Zagueiro: Alysson (Fluminense de Feira)
Zagueiro: Ramon (Vitória)
Lateral-esquerdo: Diego Renan (Vitória)
Volante: Amaral (Vitória)
Volante: Willian Farias (Vitória)
Meia-direita: Juninho (Bahia)
Meia-Esquerda: Marinho (Vitória)
Atacante: Hernane (Bahia)
Atacante: Edigar Junio (Bahia)
Técnico: Vagner Mancini (Vitória)
Demais premiações:
Artilheiro: Nino Guerreiro (Juazeirense)
Craque da galera: Marinho
Revelação: Caíque (Vitória)
Preparador físico: Ângelo Alves (Vitória)
Gol mais bonito: Diego Renan (Vitória)
Melhor árbitro: Emerson Ricardo
Melhores auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Marcos Welb
Árbitro revelação: Ricarly Gustavo
Time Fair Play: Galícia
Goleiro menos vazado: Jair (Fluminense de Feira)
Melhores torcidas do interior: Guanaraça (Flamengo de Guanambi) e Jegue de Ouro (Jacobina)
Melhores torcidas da capital: Bamor (Bahia) e Imbatíveis (Vitória)

Vitória da Conquista faz os últimos ajustes para encarar o Santa Cruz

Da Redação

bodexnaut

O Vitória da Conquista faz os últimos ajustes para o confronto contra o Santa Cruz, que acontece nesta quarta (11), as 21h45, no estádio Lomanto Júnior, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Na tarde desta segunda (9), o treinador Sérgio Araújo comanda na Toca do Bode um treino tático. Já na manhã desta terça (10), os jogadores folgam e a tarde será realizado no Lomantão, o coletivo apronto que define os onze que entrarão em campo.

A principio o comandante do Bode deverá mandar a campo a mesma formação que eliminou o Náutico: Carlos Roberto, Artur, Leandro Cardoso, Silvio e Thiaguinho, Edimar, Maicon Costa, Dimas, Kleber,  Tatu e Zé Paulo.

Os ingressos continuam a venda nas Farmacias Ultra Economica da Avª Lauro de Freitas e Avª Olivia Flores e em Falcão Calçados, pelo valor de R$ 40,00. Já a meia entrada está disponiveis nas bilheterias do estádio, ao preço de R$20,00.

Juazeirense arranca empate com o Flu de Feira e conquista o 3º lugar do Baianão

Bahia Notícias

RobertoCarlos-EvandroGuimaraes-trofeu-do-interior

Além do clássico Ba-Vi, mais um jogo agitou o Campeonato Baiano 2016 neste domingo (8). No estádio Adauto Moraes, a Juazeirense empatou em 1 a 1 com o Fluminense de Feira e conquistou a terceira posição no certame estadual.

Precisando do triunfo, o Touro do Sertão abriu o marcador com Kel aos 38 minutos do primeiro tempo. Entretanto, o atacante Nino Guerreiro, aos 19 minutos, deixou tudo igual e garantiu a vaga do Cancão de Fogo para a Copa do Nordeste 2017.

A Juazeirense volta a campo na próxima quinta-feira (12), quando enfrenta o Botafogo pela Copa do Brasil, às 19:15, no Adauto Moraes.

Vitória segura pressão do Bahia e é campeão

atarde

650x375_bavi_fonte-nova_1633659

Depois de bater o Bahia há uma semana por 2 a 0 no Barradão, o Vitória entrou em campo neste domingo, 8, com a vantagem de perder por 1 a 0 para o rival que, ainda assim, conquistaria o título estadual. E foi o que aconteceu. Em um duelo cercado de jogadas ríspidas e confusões, o Rubro-Negro perdeu na Fonte Nova, mas se sagrou campeão do Baianão 2016. O único gol da partida foi marcado por Feijão, aos 21 minutos do primeiro tempo.

A partida começou em um ritmo eletrizante, como sempre é esperado num Ba-Vi. Logo aos 30 segundos de partida, Feijão levou os marcadores na raça e tocou para João Paulo. O camisa 11 bateu cruzado, e a zaga rubro-negra afastou para escanteio. A jogada esquentou os ânimos da torcida tricolor na Fonte Nova.

Seguindo um esquema ofensivo, o Bahia seguiu pressionando o Vitória. Aos 17, Danilo Pires quase marcou após passe de João Paulo. A pressão continuou e o gol do Bahia ocorreu quatro minutos depois, quando Thiago Ribeiro fez bela jogada individual e tocou para Feijão. O volante apareceu como elemento surpresa e empurrou a bola para o fundo das redes.

Após Feijão abrir o placar, os reservas da dupla Ba-Vi trocaram empurrões na beirada do campo. Na ocasião, o árbitro Leandro Pedro Vuaden expulsou o goleiro Jean, do Bahia.
Como também era esperado, o clássico foi marcado por lances ríspidos. Até fim do primeiro, foram distribuídos oito cartões amarelos, sendo metade para cada lado: Tinga, Éder, Thiago Ribeiro e Hernane, pelo Tricolor; e José Welison, Marinho, Vander e Amaral, pelo Rubro-Negro.

No segundo tempo, o técnico Vagner Mancini fez ajustes táticos e o Vitória se acertou em campo. Aos quatro minutos, Kieza ficou cara a cara com Lomba, mas finalizou em cima do goleiro. A resposta tricolor veio com Danilo Pires, que arriscou chutaço de fora da área, mas Caíque espalmou para fora. Logo em seguida, o arqueiro do Leão fez outra ótima defesa após cabeçada de João Paulo Gomes.
A partir dos 26 minutos, Doriva também promoveu mudanças táticas ao colocar Henrique no lugar de Danilo Pires. Com três atacantes, o Bahia ganhou mais volume de jogo, mas não conseguiu ter a eficiência para furar a defesa adversária.

Jogadores e comissões técnicas de ambos os clubes voltaram a mostar os ânimos exaltados com troca de empurrões, já no final da partida. Por conta da confusão, o árbitro expulsou o zagueiro Lucas Fonseca e o lateral Diego Renan.

outdoor_pq

Na Fonte Nova, Bahia e Vitória voltam a se enfrentar para decidir o Campeonato Baiano

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

Uma semana depois, Bahia e Vitória voltam a se encontrar. Neste domingo (8), Dia das Mães, as equipes se enfrentam na Arena Fonte Nova, às 16h, para definir o título do Campeonato Baiano. No último domingo (1º), o rubro-negro foi superior e venceu por 2 a 0, no Barradão (relembre aqui).

Em desvantagem, o Bahia precisa vencer o Vitória por dois gols de diferença. O discurso da semana no Fazendão foi a de mudança de atitude. Um dos mais experientes da equipe comandada por Doriva, Thiago Ribeiro acredita que será preciso fazer o melhor jogo de 2016 para conquistar a taça.

“Para esse jogo, vamos ter que jogar mais do que estamos jogando. O time vai ter que render mais. Precisamos vencer por dois gols e, em um clássico, não podemos render o que estamos rendendo. Se pegar os jogos que vencemos bem na temporada, não vai dar. Precisamos fazer o melhor jogo da temporada até aqui. Se todo mundo render o que pode, temos condições de conseguir o título. Analisando friamente, o 2 a 0 não é um resultado fácil de fazer, ainda mais sabendo da necessidade. É altamente alcançavel esse objetivo”, afirmou.

O tricolor deve ir com algumas mudanças para a decisão. O volante Paulo Roberto deve entrar na vaga de Juninho, enquanto João Paulo Gomes deverá atuar no meio de campo substituindo o atacante Edigar Junio, que teve um estiramento muscular e provavelmente estará vetado do jogo. As alterações no time caracterizam uma mudança tática.

Pelo lado do Vitória, o técnico Vagner Mancini adotou a tática do mistério e só irá revelar a equipe minutos antes da partida. No entanto, a tendência é que ele não faça alteração no time em relação ao primeiro jogo da final. Para ficar com o título, o Leão pode até perder por um gol. Porém, o comandante Rubro-negro ignora essa vantagem.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia