WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  






drupal counter


TOMMACON-LOGO NOVA-OK-JPEG

aguia-bca

LCDT

Banner - Esportes CRJ2

BRASILEIRÃO: Palmeiras tropeça e São Paulo entra no Z4

Futebol Interior

Com exceção da Ponte Preta, o domingo não foi bom para os paulistas na continuação da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Palmeiras perdeu para a Chapecoense em casa, resultado que colocou o São Paulo na zona de rebaixamento devido ao empate com o Avaí, em Florianópolis.

Já o Santos empatou com o Coritiba e não diminuiu a diferença para o líder Corinthians. Em dia inspirado de Emerson Sheik, a Macaca venceu os reservas do Botafogo e respirou na luta contra a degola.

No Estádio da Ressacada, Avaí e São Paulo protagonizaram um jogo bastante tenso e o empate por 1 a 1 não acabou sendo bom para ninguém na luta contra o rebaixamento. Ambos os gols foram de pênaltis. O Leão da Ilha é o penúltimo colocado, com 22 pontos, a três do Tricolor, que entrou na zona da degola, ocupando o 17º lugar.

O São Paulo só entrou no Z4 porque o Palmeiras perdeu para a Chapecoense, por 2 a 0, em pleno Allianz Parque. O Verdão do Oeste chegou aos 25 pontos e saltou para a 15ª posição.

Já o time comandado por Cuca, que deixou o campo debaixo de vaias e gritos de “vergonha”, estacionou nos 33 e segue na quarta colocação.

O Santos desperdiçou a chance de diminuir a diferença para o Corinthians ao empatar sem gols com o Coritiba, no Couto Pereira, partida que marcou o retorno de Nilmar aos gramados após mais de um ano. O Peixe é o terceiro colocado, com 37, enquanto o Coxa segue na luta contra o rebaixamento, em 14º lugar, com 26.

Com uma atuação quase perfeita de Emerson Sheik, que marcou dois gols, a Ponte Preta sofreu, mas venceu o “mistão” do Botafogo – boa parte dos titulares foram poupados por conta da Copa do Brasil -, por 2 a 1, no Moisés Lucarelli, e encerrou um jejum de quatro jogos.

A Macaca se distanciou da zona de rebaixamento e subiu para o décimo lugar, com 27 pontos, um a menos que o Fogão, nono colocado.

Em um confronto direto contra o rebaixamento, o Bahia faz valer o fator casa e goleou o Vasco da Gama, por 3 a 0, na Arena Fonte Nova.

O atacante Mendoza foi o destaque com dois gols. Enquanto o Tricolor respirou e subiu para o 12º lugar, com 26 pontos.

O Gigante da Colina ligou o sinal de alerta ao estacionar nos 25 e ser o primeiro fora do Z4, na frente apenas de São Paulo, Vitória, Avaí e Atlético-GO.

Adversários da próxima quarta-feira pela semifinal da Copa do Brasil, Grêmio e Cruzeiro entraram em campo neste domingo. Conforme o técnico Renato Gaúcho havia prometido, o Imortal foi com um time totalmente reserva e empatou sem gols com o Atlético-PR, na Arena do Grêmio. Já Mano Menezes não quis poupar e a Raposa venceu o Sport, por 2 a 0, no Mineirão.

Com a vitória, o Cruzeiro chegou aos 30 pontos e entrou na zona de classificação da Copa Libertadores, em sexto lugar, seguido de perto pelo Atlético-PR, que está na sétima colocação por conta do saldo de gols (6 contra 2). O Grêmio se manteve na vice-liderança, com 40 pontos, a sete do líder Corinthians. Já o Sport caiu para o oitavo lugar, com 29.

Fla poupa titulares, mas Vinícius Júnior decide e recoloca time no G6

Ogol

Vinícius Júnior aproveitou que Reinaldo Rueda poupou boa parte dos titulares e, com dois gols, garantiu três pontos para o Flamengo na vitória sobre o Atlético Goianiense, na noite deste sábado, na Ilha do Urubu.

Tudo bem que o time da Gávea tem jogo decisivo no meio de semana contra o Botafogo, pela Copa do Brasil, mas os três pontos garantidos por Vinícius Júnior recolocam o time no G6 do Brasileiro.

O Dragão segue na lanterna.

Vitória vence fora de casa e tira invencibilidade do Corinthians no Brasileirão

Bahia Noticias

Caiu o último invicto do Campeonato Brasileiro. Em duelo disputado neste sábado (19), o Vitória venceu o Corinthians por 1 a 0, em Itaquerão, e tirou a invencibilidade da equipe paulista no certame. O gol foi marcado por Santiago Tréllez. Clique aqui e confira todos os detalhes da partida.

O Rubro-negro baiano ainda quebrou um tabu. Essa foi a primeira vez que o time venceu o Corinthians fora dos seus domínios.

Com o resultado, o Vitória chegou aos 22 pontos e agora ocupa provisoriamente a 18ª posição no certame. Já o Corinthians permanece na liderança com 47.

O próximo compromisso do time comandado pelo técnico Vagner Mancini é contra o Coritiba, segunda-feira (28), às 20h, no Couto Pereira.

Juazeirense vence o Globo-RN e fica perto da final da Série D

Bahia Noticias

A Juazeirense deu um passo importante para a final da Série D. Em duelo disputado na noite deste sábado (19), no Estádio Adauto Moraes, o Cancão de Fogo venceu o Globo-RN por 3 a 1.

Com isso, o time baiano pode até perder por 1 a 0 no jogo de volta, que fica com a vaga na grande decisão do título nacional. O confronto de volta será disputado no domingo (27), às 17h, no Barretão, em Ceará-Mirim (RN).

As duas equipes já garantiram acesso para a Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Brasileiro – Série B – 2017 SÉRIE B: Em tarde de gol relâmpago, Inter encosta na ponta e Guarani se reabilita

Futebol Interior

A 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro teve sequência neste sábado com quatro jogos. No Nordeste, o Inter ampliou a sequência de invencibilidade e diminuiu a diferença para o líder do torneio. Em Campinas, o Guarani encerrou a sequência de oito jogos sem vencer e empurrou o rival para dentro da zona de rebaixamento. Outro destaque da tarde foi o atacante Neto Baiano, que marcou com apenas 38 segundos.

O Inter não deu chances para o ABC e ampliou a sequência invicta. no Frasqueirão, em Natal, o time gaúcho venceu por 3 a 0 e chegou a quinta vitória seguida. Sasha, D’Alessandro e Pottket anotaram os gols do Colorado.
O resultado encostou o Inter na liderança da Série B. A equipe de Guto Ferreira chegou aos 39 pontos, um a menos que o líder América-MG. O ABC, por outro lado, fecha a rodada na lanterna, com 16.

O clima começou quente antes da bola rolar. A Polícia Militar do Rio Grande do Norte retirou pelo menos cinco torcedores do Frasqueirão, pois eles estavam com camisas do Grêmio, rival histórico do Inter. Alguns deles preferiram acabaram vestindo o uniforme do ABC, outros deixaram as dependências do estádio.

O Guarani reencontrou o caminho da vitória na tarde deste sábado ao bater o Santa Cruz, por 2 a 0, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. O resultado positivo se deve as mudanças realizadas por Vadão.

Incomodado com as quatro derrotas seguidas e os oito jogos sem vitória, o treinador fez oito mudanças no time titular do Guarani, inclusive deixando o ídolo Fumagalli no banco de reservas, algo que não acontecia desde 2014. As alterações surtiram efeito, tanto que os dois gols foram marcados pelos zagueiros Willian Rocha e Ewerton Páscoa, que entraram nos lugares de Genilton e Diego Jussani.

Mais aliviado, o Bugre entrou novamente na briga por uma vaga na elite do ano que vem diminuindo a diferença do G4 para três pontos. O Guarani chegou aos 31 pontos, três a menos que o Ceará. Já o Santa Cruz conheceu a quinta derrota seguida e entrou na zona de rebaixamento, caindo para o 17º lugar, com 23.

A partida foi transmitida ao vivo pela Rádio Futebol Interior, a melhor webrádio do Brasil, com narração de Marcelo Corsato, comentários de Claudinei Corsi e reportagens de Washington Mello. O plantão esportivo ficou a cargo de Luis Fabiani.

O Boa Esporte chegou ao oitavo jogo consecutivo sem perder no estádio do Melão, em Varginha. O time mineiro recebeu o Ceará e com uma grande atuação, ganhou por 4 a 1, encerrando uma série de quatro partidas de vitórias do clube de Fortaleza.

Com o resultado, o time de Nedo Xavier chegou aos 31 pontos, na sétima colocação. Já o Ceará segue no G4, mas na quarta posição, com 34 pontos, na frente do Juventude graças ao número de vitórias:

O CRB saiu na frente com direito a gol com menos de um minuto, abriu vantagem de dois gols, mas depois cedeu o empate para o Luverdense, por 2 a 2, neste sábado, no estádio Rei Pelé. O resultado foi justo, porque cada time mandou em campo num tempo de jogo.
O time alagoano confirmou sua boa performance dentro de casa ao completar seis jogos sem derrota, com dois empates e quatro vitórias. Aparece com 29 pontos, na zona intermediária da classificação. O Luverdense, que vinha de vitória magra por 1 a 0 sobre o Juventude, passou a ter 24 pontos, finalmente deixando a zona de rebaixamento. É o 16.º colocado, na frente agora do Santa Cruz, em 17.º, com 23.

Um resultado que não foi bom pra ninguém. Este foi o empate sem gols e sem emoção entre Paysandu e Paraná, nesta noite. Com o empate, o Tricolor segue em sétimo lugar, com 31 pontos, três a menos que o Ceará, que fecha o G4. O Papão, por sua vez, é apenas o 14º colocado, com 27 pontos, apenas dois na frente do Santa Cruz, que fecha a zona de rebaixamento.

Confira a arbitragem do Campeonato da Zona Rural

Por Luciano Pina

Confira a escala de árbitros para os jogos que serão realizados na tarde deste domingo (20), válidos pelo Campeonato de Futebol da zona Rural

Bate Pé x Baixão
Categoria: Aspirante
Árbitro: Aristides Oliveira
Categoria: Principal
Árbitro: Wanderley Porcena
São Joaquim x Cachoeira Das Araras
Categoria: Aspirante
Árbitro: Osmar Carvalho
Categoria: Principal
Árbitro: Marcos Roberto Lima
Cruzeiro x Malhada
Categoria: Aspirante
Árbitro: Milton Marinho
Categoria: Principal
Árbitro: Aparecido Jorge
Batuque x Corta Lote
Categoria: Aspirante
Árbitro: Reginaldo Piropo
Categoria: Principal
Árbitro: Ednilson Oliveira
Campo Formoso x Iguá
Categoria: Aspirante
Árbitro: Paulo Cesar Guerra
Categoria: Principal
Árbitro: Eliomar Viana
Dantelandia x Juventus
Categoria: Aspirante
Árbitro: Roberio Prado
Categoria: Principal
Árbitro: Jaimilton Vieira
Lagoa José Luiz x Lagoinha
Categoria: Aspirante
Árbitro: Ricardo Ferreira
Categoria: Principal
Árbitro: Marcos Roberto Gonçalves
Veredinha x Sossego
Categoria: Aspirante
Árbitro: Ednilson Brito
Categoria: Principal
Árbitro: Delanio Monteiro
Internacional x Bahia
Categoria: Aspirante
Árbitro: Elicarlos Alves
Categoria: Principal
Árbitro: Ocimar Freitas

FBF define grupos e formula de disputa do Campeonato Baiano Feminino

Por Luciano Pina

Em reunião que aconteceu na tarde desta sexta (18), a FBF definiu os grupos e formula de disputa do Campeonato Baiano de Futebol Feminino 2017.

A competição terá a participação de 18 equipes: Euclides da Cunha, Quijinque, Ribeira do Pombal, Jacobina, Feira de Santana, Flamengo de Feira, Catu, São Francisco, Terra Nova, Conquista, Jequié, Juventude, Lauro de Freitas, Leônico, Lusaca, Galícia, Vitória e Vera Cruz.

As equipes foram divididas em seis grupos com três em cada, que jogarão dentro do grupo, em jogos de ida e volta classificando-se as duas primeiras colocadas.

Grupo 01: Euclides da Cunha, Quijinque e Ribeira do Pombal.
Grupo 02: Jacobina, Feira de Santana e Flamengo de Feira.
Grupo 03: Catu, São Francisco e Terra Nova.
Grupo 04: Conquista Jequié e Juventude
Grupo 05: Lauro de Freitas, Leônico e Lusaca.
Grupo 06: Galícia, Vitória e Vera Cruz.

A partir da segunda fase os jogos serão no sistema de mata-mata, com apenas jogos de ida.

A competição está prevista para começar a partir do dia 17 de setembro.

SÉRIE B: Juventude cola no G4 e Goiás segura líder América-MG com um a menos

Futebol Interior

A noite de sexta-feira foi agitada com três jogos pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Juventude conquistou importante vitória em confronto direto contra o Vila Nova, o Goiás segurou o líder América-MG mesmo com um homem a menos e o Criciúma tropeçou em casa contra o Oeste.

O líder América-MG não conseguiu bater o Goiás no Estádio Olímpico de Goiânia, que recebeu a partida com portões fechados. Mesmo atuando com um jogador a mais durante grande parte do segundo tempo, após expulsão de Victor Bolt, o time mineiro não conseguiu mexer no resultado de 1 a 1 do primeiro tempo. Luan abriu o placar para o Coelho e Gustavo empatou para o Esmeraldino.

Mesmo com o tropeço, o América não perde a primeira colocação já que tem 40 pontos e o segundo colocado Internacional, com 36, só pode chegar a 39 caso vença o ABC no sábado. O Goiás, com 25 pontos, está perigosamente perto da zona do rebaixamento, ocupando a 15ª posição.

Em confronto direto na briga pelo G4, o Juventude levou a melhor sobre o Vila Nova e venceu por 1 a 0 no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, com gol de Tiago Marques.

Apesar do resultado, o time goiano segue na frente, ocupando a terceira colocação com 35 pontos. O Juventude, com um ponto a menos, fica em quinto porque o Ceará, que ainda não jogou na rodada, tem a mesma pontuação e uma vitória a mais (10 a 9).

No Heriberto Hulse, o Criciúma vencia o Oeste com um gol de falta de Diego Giaretta até os 38 minutos do segundo tempo, quando Mazinho empatou a partida em 1 a 1. O resultado foi ruim para os dois times, que seguem distantes do G4. Os catarinenses têm 30 pontos, dois a mais do que os paulistas.

De olho na Copa do Brasil, Flamengo poupará Everton e Vizeu neste sábado

Atarde

Com a cabeça nas semifinais da Copa do Brasil, o Flamengo não contará com o meia Everton e o atacante Felipe Vizeu para encarar o Atlético-GO neste sábado, em casa, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois jogadores serão poupados para a partida de volta com o Botafogo, quarta-feira que vem.

De acordo com o departamento médico do Flamengo, Everton e Vizeu apresentaram dores musculares nos últimos dias. Mas eles não foram diagnosticados com qualquer lesão e poderiam atuar normalmente se o técnico Reinaldo Rueda necessitasse.

“Com dores musculares, os atletas Felipe Vizeu e Everton não serão relacionados para o jogo deste sábado, contra o Atlético-GO. Seguem trabalho específico para estarem 100% na partida de volta das semifinais da Copa do Brasil”, informou o clube em nota.

Com as ausências de Everton e Vizeu, Rueda terá que quebrar a cabeça para escalar o Flamengo no sábado, uma vez que a equipe já não conta com Berrío e Guerrero, machucados. Para o lugar de Everton, Vinícius Júnior e Geuvânio podem ser opção. Há até a possibilidade de ambos serem escalados, já que o time rubro-negro não dispõe de outro centroavante no elenco.

Sem perder há cinco meses, Corinthians joga contra o Vitória no Itaquerão

Estadão

Há exatos cinco meses, o Corinthians sentia pela última vez o gosto amargo de uma derrota. Em Araraquara (SP), a Ferroviária derrotou o time alvinegro por 1 a 0 e conseguiu o feito que outros 25 outros tentaram, em 34 jogos, e ninguém teve sucesso. O Vitória, um deles, tem mais uma oportunidade de quebrar essa marca neste sábado, às 16 horas, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e acabar com a sequência positiva da equipe do técnico Fábio Carille.

Daquela derrota para o time de Araraquara até hoje muita coisa mudou, inclusive na escalação. A formação deste sábado conta com apenas cinco jogadores que iniciaram o confronto do dia 19 de março: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Gabriel e Jô. Os meias Guilherme e Marlone, que enfrentaram a Ferroviária, nem estão mais no clube – foram para Atlético Paranaense e Atlético Mineiro, respectivamente.

Os rivais viviam momentos diferentes. O São Paulo com Rogério Ceni e o Palmeiras de Eduardo Baptista sonhavam alto. Atualmente ambos treinadores não estão mais nos clubes. O Corinthians, na época, escalou uma equipe alternativa diante da Ferroviária, pois os titulares haviam empatado dias antes com o Luverdense, pela Copa do Brasil.

Depois do tropeço, foram 34 jogos de invencibilidade e alguns sucessos colecionados. Conquistou o Campeonato Paulista e o título simbólico de campeão do primeiro turno do Brasileirão, de forma invicta. Tem o artilheiro do Brasileirão (Jô, com 11 gols), o segundo melhor ataque e a defesa menos vazada do Nacional. Contra o Sport, no último dia 5, fez mais gols (três) do que cometeu faltas (duas) em todo o jogo.

O Corinthians estreia no segundo turno vivendo uma nova experiência. A equipe ainda não tinha ficado tanto tempo sem jogar nesta temporada. O adiamento do jogo contra a Chapecoense, no final de semana passado, fez com que a equipe ficasse 15 dias sem ir a campo.

Após superar tantas desconfianças, a equipe de Fábio Carille terá mais uma para lidar. Como o time estará após tanto tempo parado? “Temos consciência de que fizemos um belo primeiro turno, mas não vai adiantar se não fizermos um segundo turno bom. Não teremos acomodação no elenco”, garantiu Jô.

Fábio Carille aproveitou a paralisação para recuperar fisicamente o elenco. Guilherme Arana, Rodriguinho e Jô estavam entre os mais cansados e voltam aos gramados com 100% de sua forma física. Além disso, ele ainda conseguiu encontrar erros para serem corrigidos. “Estava muito perto as partes ofensiva e defensiva e ajustei isso. Foi muita repetição de tudo que tenho como convicção”, explicou.

A formação será a mesma que derrotou o Sport por 3 a 1 na última partida. O meia Jadson está recuperado de fraturas em duas costelas, mas ficará no banco de reservas, pois participou de apenas três treinos com o grupo e Clayson, seu substituto, tem atuado bem.

Neymar e Marcelo estão em lista dos concorrentes ao prêmio Fifa The Best

Globo Esportes

A Fifa divulgou os 24 concorrentes ao prêmio de melhor jogador do mundo de 2017 com dois brasileiros: Neymar, do PSG, e Marcelo, do Real Madrid. Disputam o Fifa The Best: Aubameyang, Bonucci, Buffon, Carvajal, Cristiano Ronaldo, Dybala, Griezmann, Hazard, Ibrahimovic, Iniesta, Kane, Kante, Kroos, Lewandowski, Marcelo, Messi, Modric, Navas, Neuer, Neymar, Sergio Ramos, Alexis Sánchez, Suárez e Vidal.

Esta será a segunda edição da premiação depois da separação entre o prêmio da Fifa com a tradicional Bola de Ouro, entregue pela revista “France Football”, que era parceira da organização desde 2010. A parceria terminou no ano passado, e o prêmio da entidade máxima do futebol mundial passou a se chamar Fifa the Best (Melhor da Fifa).

O prêmio Fifa The Best 2017, de acordo com a entidade máxima do futebol, tem como período de avaliação 20 de novembro de 2016 até 2 de julho de 2017.

Após acesso, Juazeirense vai planejar próxima temporada a partir de outubro

Globo Esportes

Juazeirense alcançou, no último fim de semana, um patamar inédito na história dos clubes baianos. No domingo, o Cancão de Fogo segurou um empate em 1 a 1 com o América-RN e se tornou o primeiro clube do estado a conquistar o acesso para a Série C. A conquista obriga o time de Juazeiro a ter um novo planejamento para 2018, já que o calendário da próxima temporada contará com mais jogos distribuídos ao longo do ano. Além do estadual, também haverá a disputa da Terceira Divisão, o que garante a realização de, pelo menos, 18 partidas entre maio e setembro.

Em termos de comparação, mesmo classificado para as semifinais, o Juazeirense entrou em campo 12 vezes pela Série D deste ano – seis pela fase de grupos e outras seis em etapas disputadas no sistema de mata-mata. Para seguir em ascensão em cenário nacional, o presidente do Cancão de Fogo, Roberto Carlos, reconhece que é preciso um planejamento bem elaborado. E para organizar o ano de 2018, ele cogita não disputar a Copa Governador do Estado, competição estadual realizada entre os meses de outubro e novembro.

– O nosso pensamento inicialmente é fazer o planejamento a partir de outubro. Tem a Copa Governador para disputar a partir de outubro. Como é opcional, provavelmente a gente não dispute para organizar o ano de 2018. Se for disputar, seria com sub-23, para revelar novos talentos. A gente quer focar nesse planejamento para 2018, que deve começar a partir de dezembro, quando será a apresentação do elenco – contou Roberto Carlos ao GloboEsporte.com.

O acesso, contudo, já possui grande simbolismo para o presidente do Juazeirense. Roberto Carlos é enfático ao afirmar que o time se tornou a terceira força do estado, atrás apenas de Bahia e Vitória, que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro.

Para evitar a manipulação de resultados, CBF vai monitorar todas as séries do Futebol

Bahia Notícias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) criou um departamento interno para monitorar todos os jogos de todas as séries do futebol do país a fim de combater a manipulação de resultados. A entidade firmou parceria com a empresa Sportradar, líder mundial do setor, para atuar em conjunto.

A empresa já monitora os padrões de apostas para o Campeonato Brasileiro das Séries A e B, através de acordos com as federações internacionais. “Nosso compromisso é com a integridade das competições, evitando qualquer interferência no andamento dos jogos.

O mercado de apostas é crescente e temos que garantir que nossos campeonatos não sejam atingidos por manobras ilegais. Buscamos um parceiro líder no mercado mundial, com trabalho reconhecido e que já tem amplo conhecimento da estrutura do futebol brasileiro para complementar o trabalho nas séries que ainda não estavam cobertas”, afirmou o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.

Grêmio vence Cruzeiro em casa e abre vantagem na semifinal da Copa do Brasil

Estadão

O Grêmio fez a lição de casa e venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira. Lucas Barrios, com gol aos 45 minutos do primeiro tempo, deu ao time gaúcho a vantagem de jogar por um empate na partida da volta, na próxima quarta, no Mineirão.

Na reedição de uma das semifinais do ano passado, o Grêmio controlou o jogo e construiu sua vitória no primeiro tempo, diante do recuo do rival mineiro. Na segunda etapa, o time de Mano Menezes passou a jogar melhor, porém sem equilibrar o duelo. Mesmo sem exibir o mesmo ritmo da etapa inicial, o time gaúcho se saiu melhor no segundo tempo e esteve mais perto do segundo gol.

Com a vantagem no duelo dos maiores campeões do torneio, o Grêmio avança à final com um empate fora de casa. Para o Cruzeiro, é necessário devolver a derrota pelo mesmo placar para levar o confronto para os pênaltis. Ou vencer por dois ou mais gols de diferença diante de sua torcida.

O JOGO – Grêmio e Cruzeiro cumpriram no primeiro os papeis que tão bem executaram ao longo da Copa do Brasil. O time da casa, dono de postura marcadamente ofensiva ao longo da temporada, foi para cima desde o começo. O Cruzeiro reproduziu o comportamento mais defensivo, tão ao estilo de Mano Menezes.

Assim, o time gaúcho dominou com facilidade nos primeiros minutos e desbravou o ataque com uma bela cabeçada de Lucas Barrios aos 12. Fábio saltou para fazer linda defesa. O goleiro seria decisivo em outra grande chance na primeira etapa. Foi aos 35, quando Pedro Rocha deu belo drible no zagueiro e bateu colocado, de fora da área. O goleiro pulou bonito para evitar o gol.

Destaque do Cruzeiro na etapa inicial, Fábio não conseguiu evitar o gol gremista aos 45 minutos. Após cruzamento da direita, Luan, sem marcação na área, bateu firme. Fábio fez boa intervenção, mas desta vez deu rebote. E, Barrios, bem colocado na área, só empurrou para as redes.

Depois do gol, Mano Menezes surpreendeu ao fazer mudança na sua defesa, ao contrário do que seria esperado. Trocou Romero por Ezequiel, lateral de ofício, no lado direito. A meta era conter as investidas de Pedro Rocha pelo lado esquerdo do ataque gremista.

Sem mudanças no setor de criação e no ataque, o Cruzeiro criou sua primeira boa chance no jogo aos 2 minutos da segunda etapa. Diogo Barbosa arriscou finalização de fora da área e Marcelo Grohe também brilhou.

Aos 14, a torcida cruzeirense ganhou motivos para se assustar e respirar aliviado em questão de segundos. O árbitro marcou pênalti em falta de Ezequiel sobre Luan. No entanto, voltou atrás logo em seguida. Avisado pelo assistente, anotou a falta fora da área, corretamente, tranquilizando os cruzeirenses.

O suspense na mudança na marcação acabou se tornando o momento de maior emoção na segunda etapa, na qual o Grêmio caiu de rendimento e o Cruzeiro não conseguiu aproveitar momentos mais favoráveis. Os erros de passe de ambos os lados e as dificuldades na armação deram o tom do segundo tempo, que deixou em aberto o confronto para o jogo da volta.

No Engenhão, Botafogo e Flamengo empatam sem gols na 1ª semi da Copa do Brasil

Bahia Notícias

Só faltou o gol no clássico entre Botafogo e Flamengo, nesta quarta-feira, no estádio do Engenhão, no Rio, na primeira partida pelas semifinais da Copa do Brasil. Antes do jogo, confusão do lado de fora na entrada das torcidas. Dentro, os jogadores lutaram bastante, fizeram um duelo equilibrado com algumas chances claras de gol, mas nada da bola balançar as redes.

O empate por 0 a 0 dá uma leve vantagem ao Botafogo para a partida da volta, na quarta-feira que vem, no estádio do Maracanã, no Rio. Por ser visitante, o time alvinegro ficará com a vaga na decisão com qualquer igualdade com gols. Um novo empate sem mexer no placar levará o confronto para ser definido na disputa por pênaltis.

Antes da segunda semifinal da Copa do Brasil, os rivais cariocas voltam as atenções para o Campeonato Brasileiro, que terá a sua 21.ª rodada neste final de semana. No sábado, às 19 horas, o Flamengo enfrentará o lanterna Atlético Goianiense, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio. O Botafogo jogará no domingo, às 16 horas, contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Momentos antes da partida ser iniciada, confusão do lado de fora do Engenhão. Nas duas torcidas, já que a demora para entrar no estádio enervou tanto botafoguenses quanto flameguistas. Bombas de gás lacrimogêneo foram usadas pela Polícia Militar e muita gente acessou a arena sem ser revistada. Outros ficaram do lado de fora.

Em campo, o início do jogo foi de muito estudo. Assim, o equilíbrio foi latente. A primeira chance só saiu aos 16 minutos em uma cabeçada de Rever para fácil defesa de Gatito Fernández. O Botafogo, mais tímido no ataque, só levou perigo em um chute de Matheus Fernandes de fora da área e um voleio de Bruno Silva que passou à esquerda da meta de Alex Muralha.

Na segunda etapa, os times foram mais incisivos no ataque, especialmente o Flamengo. Aos 11 minutos, o meia Diego cobrou uma falta da entrada da área, pela esquerda, e mandou a bola no travessão – Gatito Fernández só ficou olhando e torcendo para ela não entrar.

A partir daí, as jogadas de ataque minguaram e o nervosismo aumentou. Tanto que cartões amarelos foram distribuídos pelo árbitro gaúcho Anderson Daronco. O ápice foram as expulsões do zagueiro botafoguense Joel Carli e do goleiro flamenguista Alex Muralha, aos 33 minutos, após encontrão em saída de gol. Sobrou para o garoto Vinicius Junior, de 17 anos, que havia entrado seis minutos antes e teve de sair para o goleiro reserva Thiago ocupar a meta rubro-negra.

Flu de Feira sai na frente, mas cede empate ao Globo na Pré-Copa do Nordeste

Galáticos Online

O Fluminense de Feira deu início, nesta quarta-feira (16), à disputa por uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste 2018. O Touro do Sertão recebeu o Globo-RN, no Joia da Princesa, para a partida de ida da pré-Copa do Nordeste.

Diante da sua torcida, o time baiano abriu o placar logo aos três minutos de jogo, com João Neto. Mas, no segundo tempo, o Flu cedeu o empate e ficou no 1 a 1 com o time potiguar.

Com o resultado, o Globo ficou em vantagem para decidir a vaga em casa, na próxima quarta-feira (23), quando poderá empatar sem gols. Já ao Fluminense resta um triunfo por qualquer placar ou empate com dois ou mais gols marcados para se classificar. Um novo 1 a 1 levará a decisão para os pênaltis.

CBF divulga datas e horários de jogos da Juazeirense na semifinal da Série D

Galáticos Online

Já com a vaga na Série C do Brasileirão 2018 garantida, a Juazeirense vai, agora, em busca de realizar mais um sonho. O time baiano tentará o título da Série D do Brasileirão 2017.

Para isso, porém, precisará passar, primeiro, pelo Globo-RN, seu adversário na semifinal. Nesta terça-feira (15), a CBF divulgou as datas, locais e horários dos jogos de ida e volta.

Como fez campanha inferior ao time potiguar, o Cancão de Fogo fará o primeiro duelo em casa, no Adauto Moraes. A partida foi marcada para o próximo sábado (19), às 18h30.

Já o segundo e decisivo confronto acontecerá no dia 27 de agosto, um domingo, às 17h, no Estádio Manoel Barretto, em Ceará-Mirim-RN. Se passar pelo Globo, a Juá enfrentará na final o vencedor do embate entre Operário-PR e Atlético-AC.

As semifinais da Copa do Brasil

Globo Esportes

É possível enxergar várias diferenças entre os dois clássicos pelas semifinais da Copa do Brasil nesta quarta-feira. O que será disputado entre Botafogo e Flamengo carrega a rivalidade local, o encontro no dia a dia, a provocação que não sai do cotidiano. Já a disputa entre Gremio x Cruzeiro tem outra conotação. O clima que cerca um e outro pode não ser determinante no comportamento dentro de campo, mas no caso do jogo doméstico sempre tem um peso.

O jogo marcado para o Nilton Santos e o Maracanã carrega uma rivalidade de décadas. Nos últimos anos, a vantagem obtida pelo Flamengo deixa este mais confiante sempre que há uma partida decisiva com o Botafogo. O histórico recente mostra a vantagem. Por causa desse otimismo que compreensívelmente toma conta dos rubro-negros, além de possuir um elenco mais qualificado do ponto de vista individual, será necessário um trabalho mental maior por parte do Botafogo.

Noto que dos três rivais do Flamengo, o Fluminense e o único que, independentemente do tamanho e da qualidade do seu time, sempre entra em campo mais confiante do que inseguro contra o Flamengo em jogos decisivos. Vejo que tanto o Botafogo quanto o Vasco não conseguem, fora e dentro do campo, o que o Fluminense alcança. Basta lembrar a final da Taça Guanabara. E a final do Campeonato Estadual tem um gol no mínimo discutível a favor do Flamengo.

Já o clássico entre Grêmio e Cruzeiro não tem o sabor do dia a dia. A ausência da cor local não tira peso e nem importância. Mas modifica o olhar do jogador. Quem anda pelas ruas de Porto Alegre não esbarra com um cruzeirense em cada esquina e quem caminha por Belo Horizonte não vê um gremista aqui e outro ali. É bobagem fazer qualquer previsão, mas se existe um time, em razão da memória recente dos confrontos, que se sente mais seguro e crente é o Flamengo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia