WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘QUATRO’

SÉRIE B: Quatro times brigam pela liderança na rodada cheia pela 9.ª rodada

Futebol Interior

728x487

A liderança do Campeonato Brasileiro da Série B está concorrida e pode ter novo dono nesta terça-feira, quando serão realizados os dez jogos da nona rodada. Empatados na pontuação, Vasco da Gama e Atlético-GO têm como concorrentes Bahia e Náutico. A briga pela zona de rebaixamento também promete ser boa.

Após perder a invencibilidade no último sábado ao ser derrotado pelo Atlético-GO, o Vasco estacionou nos 19 pontos e tem mais um confronto direto nesta terça, quando recebe o Náutico em São Januário. Embalados por três vitórias seguidas, os pernambucanos estão em quarto lugar, com 16 pontos.

Na vice-liderança, com a mesma pontuação que o Vasco, o Atlético-GO enfrenta o Joinville – 14º colocado, com nove – na Arena Joinville. Quem também briga pela ponta é o Bahia – 3º, com 17 -, que busca a quarta vitória seguida contra o Criciúma no Heriberto Hülse. O time catarinense tem 13 pontos e está em sexto lugar.

Contratado para substituir Enderson Moreira, Léo Condé assume o Goiás na 17ª posição, com seis pontos, e faz sua estreia diante do Paraná, em Curitiba. O adversário – 13º, com dez – será comandado de forma interina por Fernando Miguel, pois Claudinei Oliveira foi demitido nesta segunda-feira após a goleada sofrida para o Náutico por 5 a 1. Pela primeira vez com Gilmar Dal Pozzo no banco de reservas, o Paysandu recebe o Avaí na Curuzu. Os paraenses têm seis pontos, na 18º colocação. Já o time catarinense é o 12º, com dez.

Em um confronto direto contra o rebaixamento, o Vila Nova, ainda sob comando interino de Cuca, recebe o Sampaio Corrêa – 19º colocado, com quatro pontos -, no Serra Dourada. O time goiano tem sete e é o 16º. Na lanterna, com apenas três pontos, o Tupi recebe o Luverdense no Estádio Mário Helênio. Após vencer o Ceará, o time mato-grossense chegou aos 12 pontos e é o nono colocado.

Buscando a reabilitação para não se distanciar do G4, o Ceará – 7º, com 13 – recebe o Brasil de Pelotas na Arena Castelão. O time gaúcho tem um ponto a mais e é o quinto colocado. Outros dois jogos serão realizados nesta terça. Em Maceió, o CRB – 8º, com 12 – enfrenta o Bragantino, que têm oito pontos e é o 15º colocado. Na Arena Barueri, o Oeste recebe o Londrina. Os dois times estão empatados com 12 pontos.

Confira os times que mais terminaram o Brasileirão entre os 4 primeiros na história

Futirinhas

brasileirao-20143

Confira quais foram as equipes que, de 1959 a 2016, mais vezes terminaram a Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol* entre os quatro primeiros:

1- São Paulo – 19 vezes
Primeiro lugar – 1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008
Segundo lugar – 1971, 1973, 1981, 1989, 1990 e 2014
Terceiro lugar – 2003, 2004 e 2009
Quatro lugar – 1993, 1999, 2012 e 2015
2 – Palmeiras, Cruzeiro, Internacional, Grêmio e Corinthians – 18 vezes
Palmeiras
Primeiro lugar – 1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993 e 1994
Segundo lugar – 1970, 1978 e 1997
Quarto lugar – 1964, 1965, 1968, 1979, 2004, 2005 e 2008
Cruzeiro
Primeiro lugar – 1966, 2003, 2013 e 2014
Segundo lugar – 1969, 1974, 1975, 1998 e 2010
Terceiro lugar – 1968, 1973, 1989, 1995, 2000 e 2008
Quatro lugar – 1967, 1970 e 2009
Internacional
Primeiro lugar – 1975, 1976 e 1979
Segundo lugar – 1967, 1968, 1988, 2005, 2006 e 2009
Terceiro lugar – 1962, 1972, 1978, 1980, 1997 e 2014
Quatro lugar – 1973, 1974 e 1987
Grêmio
Primeiro lugar – 1981 e 1996
Segundo lugar – 1982, 2008 e 2013
Terceiro lugar – 1959, 1967, 1984, 1990, 2002, 2006, 2012 e 2015
Quatro lugar – 1963, 1967, 1988, 2000 e 2010
Corinthians
Primeiro lugar – 1990, 1998, 1999, 2005, 2011 e 2015
Segundo lugar – 1976, 1994, 2002
Terceiro lugar – 1967, 1969, 1993 e 2010
Quatro lugar – 1971, 1972, 1982, 1984 e 2014
3 – Santos – 17 vezes
Primeiro lugar – 1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004
Segundo lugar – 1959, 1966, 1983, 1995, 2003 e 2007
Terceiro lugar – 1974 e 1998
Quatro lugar – 2006
4 – Atlético MG – 16 vezes
Primeiro lugar – 1971
Segundo lugar – 1977, 1980, 1999, 2012 e 2015
Terceiro lugar – 1970, 1976, 1983, 1986, 1991 e 1996
Quatro lugar – 1985, 1994, 1997 e 2001
5 – Fluminense – 15 vezes
Primeiro lugar – 1970, 1984, 2010 e 2012
Terceiro lugar – 1960, 1975, 1988, 2001 e 2011
Quatro lugar – 1966, 1976, 1991, 1995, 2002 e 2007
6 – Vasco da Gama – 12 vezes
Primeiro lugar – 1974, 1989, 1997 e 2000
Segundo lugar – 1965, 1979, 1984 e 2011
Terceiro lugar – 1968, 1992
Quatro lugar – 1959 e 1978
7 – Botafogo – 11 vezes
Primeiro lugar – 1968,1995
Segundo lugar – 1962, 1972 e 1992
Terceiro lugar – 1963, 1971
Quatro lugar – 1969, 1981, 1989 e 2013
8 – Flamengo – 8 vezes
Primeiro lugar – 1980, 1982, 1983, 1992 e 2009
Segundo lugar – 1964
Terceiro lugar – 1987 e 2007
Quatro lugar – 2011
9 – Bahia, Guarani, Náutico e Atlético PR – 5 vezes
Bahia

Primeiro lugar – 1959 e 1988
Segundo lugar – 1961 e 1963
Quatro lugar – 1990
Guarani
Primeiro lugar – 1978
Segundo lugar – 1986 e 1987
Terceiro lugar – 1982 e 1994
Náutico
Segundo lugar – 1967
Terceiro lugar – 1965 e 1966
Quatro lugar – 1961 e 1968
Atlético-PR
Primeiro lugar – 2001
Segundo lugar – 2004
Terceiro lugar – 1987 e 2013
Quatro lugar – 1983
10 – Coritiba e São Caetano – 3 vezes
Coritiba

Primeiro lugar – 1985
Terceiro lugar – 1979
Quatro lugar – 1980
São Caetano
Segundo lugar – 2000 e 2001
Quatro lugar – 2003
11 – Sport, Bragantino, Fortaleza, Goiás, Portuguesa, Santa Cruz, Vitória, América (RJ) e Bangu – 2 vezes
Sport

Primeiro lugar – 1987
Quarto lugar – 1962
Bragantino
Segundo lugar – 1991
Quarto lugar – 1992
Fortaleza
Segundo lugar – 1960 e 1968
Goiás
Terceiro lugar – 2005
Quarto lugar – 1996
Portuguesa
Segundo lugar – 1996
Quarto lugar – 1998
Santa Cruz
Quarto lugar – 1960 e 1975
Vitória
Segundo lugar – 1993
Terceiro lugar – 1999
América-RJ
Terceiro lugar – 1961
Quarto lugar – 1986
Bangu
Segundo lugar – 1985
Quarto lugar – 1987
12 – Ponte Preta, Brasil de Pelotas, Ceará , Londrina e Operário (MS) – 1 vez
Ponte Preta

Terceiro lugar – 1981
Brasil de Pelotas
Terceiro lugar – 1985
Ceará
Terceiro lugar – 1964
Londrina
Quarto lugar – 1977
Operário-MS
Terceiro lugar – 1977

* Levamos em consideração a Taça Brasil (1959–1968), Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967–1970), Campeonato Nacional de Clubes (1971–1974), Copa Brasil (1975–1980), Taça de Ouro (1981–1983), Copa Brasil 1984–1986, Copa União 1987–1988 e a Copa João Havelange (2000)

Brasil tem quatro clássicos entre os 50 maiores do mundo

Terra

56dca88130568

Rivalidade. Existe aqui e no mundo inteiro. Mas afinal, tem como medir ou é subjetivo? A revista inglesa FourFourTwo arriscou tocar neste assunto e o resultado foi uma lista com os 50 maiores clássicos do mundo. Tem Roma x Lazio, Palmeiras x Corinthians, Flamengo x Fluminense, Barcelona x Real Madrid, mas o maior mesmo é argentino, o famoso Superclasico, entre Boca Juniors e River Plate.

O clássico de Buenos Aires, que últimamente tem terminado com chatos 0 a 0, foi eleito o maior por tudo o que envolve os times. A luta de classes (pobres x ricos), os estádios, a quantidade de títulos nacionais e Libertadores, o rebaixamento do River, as frequentes expulsões e confusões nos jogos.

Em segundo lugar está o clássico espanhol Barcelona x Real Madrid. El Clasico sempre envolve muita confusão e pode ser sentido sempre antes das partidas, às vezes até na seleção espanhola. Tem ainda a eterna briga que ultrapassa as fronteiras, com o povo catalão, a ditadura de Franco e, hoje em dia, Messi x Cristiano Ronaldo.

O campeonato escocês não é dos mais atraentes e nem técnicos. Mas quando Rangers x Celtic se enfrentam, o país para. É a briga entre cristãos e protestantes. O famoso Old Firm traz questões políticas com apoio à Rainha Elizabeth de um lado (Rangers) e exaltação ao IRA (Celtic) do outro.

A seguir aparecem Peñarol x Nacional (Uruguai), Lazio x Roma (Itália), Fenerbahçe x Galatasaray (Turquia), Liverpool x Manchester United (Inglaterra), Grêmio x Inter (Brasil), Borussia Dortmund x Schalke 04 (Alemanha) e Al Ahly x Zamalek (Egito).

Além do clássico gaúcho, aparecem no top-50 da publicação Flamengo x Fluminense (18º), Corinthians x Palmeiras (23º) e Bahia x Vitória (42º).

outdoor_pq

Quatro partidas abrem a 2ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol

Da Redação
Foto Esportes do Sudoeste

0533-choquito-420

Quatro partidas abrem neste final de semana no estádio mEdvaldo Flores, a 2ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT.

Neste sábado (26), as 15h45, as equipes do Maru e Vitória da Conquista se enfrentam. Os dois times estrearam com vitórias. O Maru derrotou a Ponte Preta pelo placar de 2 a 1. Pelo mesmo placar o Vitória da Conquista venceu o Íris Spots.

No mesmo dia, as 17h45, o Simonassi joga contra o Vila Nova. As duas equipes querem se reabilitar das derrotas sofridas na estreia. O Simonassi perdeu para o Brasil da Limeira por 3 a 0. Já o Vila Nova foi goleado pelo Moicana pelo placar de 4 a 0.

Mais dois confrontos serão realizado na manhã de domingo (27). As 08h45, jogam Moicana e Ponte Preta. O Moicana goleou o Vila Nova na estreia, por 4 a 0. A Ponte foi derrotada pelo Maru pelo placar de 2 a 1.

As 10h45, duelam Íris Sport e Beira-Mar. O Íris estreou perdendo para o Vitória da Conquista, por 2 a 1. Enquanto o Beira-Mar empatou com o Santos, pelo escore de 1 a 1.

Quatro times ainda não venceram até a terceira rodada do Baianão

Da Redação

O Bode  vai tentar a primeira vitória contra o Juazeirense

O Bode vai tentar a primeira vitória contra o Juazeirense

Após a realização da terceira rodada do Campeonato Baiano, quatro equipes ainda não tiveram o gosto de uma vitória: Vitória da Conquista, Flamengo de Guanambi, Colo Colo e Jacuipense.

O Bode segue invicto na competição, porém, ainda não conseguiu vencer. Foram três partidas e três empates. Com três pontos time é nono colocado na classificação geral. O próximo adversário será o Juazeirense, neste domingo (28), às 16 horas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Já Flamengo de Guanambi por sua vez perdeu uma e empatou duas soma apenas dois pontos e está na décima posição. O Beija-Flor do Sertão joga contra o Feirense, neste sábado (27), às 16 horas, no estádio Eliel Martins.

O Colo Colo está em situação mais complicada. Foram três partidas com duas derrotas e um empate. Com um ponto o Tigre de Ilhéus ocupa a penúltima colocação. No domingo (28), a equipe visita o Jacobina, às 16 horas, no estádio José Rocha.

Já a Jacuipense vive situação idêntica ao Colo Colo. Foram três partidas com um empate e duas derrotas. Com um ponto o Leão do Sisal está na última colocação. O time recebe o Bahia de Feira, neste domingo (28), às 16 horas, no estádio Eliel Martins.

A luta contra o rebaixamento terá a participação das quatro últimas colocadas que se enfrentarão no sistema de ida e volta. O nono enfrenta o décimo segundo e o décimo joga contra o décimo primeiro.

O mando de campo e a vantagem da disputa pertencerá ao melhor colocado na primeira Fase. O 9º Colocado leva vantagem sobre o 12º e o 10º sobre o 11º.

A 13 dias do início do Baianão, apenas quatro estádios têm condições de jogo

Galaicos Online

Estádio de Pituaçu Foto: Carol Garcia / SECOM

Preocupação da Federação Bahiana de Futebol (FBF) o campeonato estadual de 2015, os estádios do Interior da Bahia seguem como destaques negativos do futebol baiano. Apesar de a entidade ter promovido um calendário de vistorias, onde solicitou reformas, desde o ano passado, pouco foi feito na maioria das praças esportivas.

Em contato com a FBF, nesta segunda-feira (18), o Galáticos Online foi informado de que apenas quatro estádios estão em condições de jogos, seja por pela estrutura favorável à prática do futebol ou por possuir os laudos técnicos exigidos por lei. São eles a Arena Fonte Nova e o Barradão, em Salvador; o Dois de Julho, em Guanambí; e o Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe.

As quatro praças serão palco de jogos de Bahia, Vitória, Flamengo de Guanambí, Jacuipense, Feirense e Fluminense, respectivamente. Os dois times de Feira de Santana, com as obras no Joia da Princesa mandarão suas partidas no estádio jacuipense.

Os demais estádios previstos para sediarem os confrontos seguem sem condições estruturais ou não possuem laudos técnicos.

Confira a situação de cada um abaixo:

Estádio Pedro Amorim (Senhor do Bonfim): O Bahia de Feira solicitou a praça de Senhor do Bonfim para mandar seus jogos. Porém, até está segunda, o local não possuía os laudos técnicos necessários.

Estádio de Pituaçu (Salvador): O estádio da Capital, que pode ser a casa do Galícia, está com os laudos técnicos vencidos.

Estádio Joia da Princesa (Feira de Santana): Segue em reforma e não tem perspectiva de liberação antes do Baianão.

Estádio Mário Pessoa (Ilhéus): Mando de campo do Colo Colo, o estádio receberá uma vistoria no próximo sábado (23). Se aprovado, será liberado.

Estádio Lomanto Júnior (Vitória da Conquista): Casa do Vitória da Conquista, o estádio tem previsão de ser reinaugurado em 10 de fevereiro.

Estádio Adauto Moraes (Juazeiro): O Estádio que abrigará os jogos da Juazeirense ainda não possui os laudos técnicos necessários. Uma vistoria já foi realizada e a FBF aguarda o relatório feito pelos técnicos.

Estádio José Rocha (Jacobina): O Estádio onde pretende jogar o Jacobina também não reúne condições e permanece sem laudos técnicos.

Brasil emplaca quatro jogadores na seleção do mundo em 2015

Uol

fifa.jpg_large

O Brasil brilhou na seleção do ano eleita pela FIFPro, entidade que representa os jogadores profissionais de todo o mundo. A despeito do mau momento da seleção, o país emplacou quatro jogadores e dominou a o time anunciado na festa de gala da Fifa.

O time escolhido pelos próprios jogadores teve Neuer (Bayern de Munique), Dani Alves (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid), Thiago Silva (PSG) e Marcelo (Real); Modric (Real), Iniesta (Barça) e Pogba (Juventys); Neymar (Barça), Messi (Barça) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

São quatro brasileiros contra dois espanhóis, um francês, um argentino, um português e um croata. Em termos de clube, Barcelona e Real, com quatro indicados cada um, são os mais dominantes, repetindo uma tendência dos últimos anos.

A escalação também é bastante diferente daquela que subiu ao palco no ano passado. Marcelo, Daniel Alves, Modric, Pogba e Neymar substituíram David Luiz, Lahm, Di Maria, Kroos e Robben, eleitos em 2014.

Quatro times buscam o primeiro título no Campeonato Municipal

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

O Botafogo campeão da segundona no ano passado sonha com o título

Quatro dos oito times que vão disputar as quartas de final do Campeonato Municipal de Futebol buscam o título pela primeira vez. Botafogo, Maru, Moicano e Ponte Preta ainda não tiveram o gosto de gritar é campeão na elite do futebol amador.

Para avançar a semi e brigar pelo título, o Botafogo campeão da segundona no ano passado terá que eliminar o Kadija atual campeão da primeira. Já Maru e Moicano disputarão em duas partidas quem segue com o sonho pelo título. Enquanto a Ponte Preta terá pela frente o time do Santos maior detentor de canecos da competição.

O outro confronto será entre os times do Beira-Mar e Simonassi que já tem títulos.

Devido a final da Copa do Mundo, os embates das quartas só serão realizados a partir do próximo dia 19.

Confira os jogos de ida:
19/7

Simonassi x Beira-Mar
20/7
Santos x Ponte Preta
26/7
Moicano x Maru
27/7
Botafogo x Kadija

Técnico do Confiança pede quatro amistosos antes da estreia na Série D

Globo Esportes

dsc_0039

Desde o título sergipano conquistado no dia 1º de junho, férias e pausa para curtir a Copa do Mundo. A volta às atividades aconteceu apenas há alguns dias para o Confiança. No Sabino Ribeiro, os trabalhos já são intensos visando a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro. E antes do primeiro jogo, marcado para o dia 27 de julho, contra o Porto de Pernambuco, os proletários devem disputar alguns amistosos. O primeiro deles ocorreu no última semana, no Vavazão, em Maruim, com vitória por 3 a 0 diante do time da casa.

No dia 11 de julho, já há um outro agendado com o Bahia, em Salvador. A ideia do técnico azulino Betinho, é que a equipe faça mais quatro amistosos antes da estreia na competição nacional.

– Dentro do nosso planejamento, esperamos fazer essa quantidade de amistosos. Além do Bahia, queremos confirmar um com o Vitória. Isso serve primeiro para dar uma condição melhor de jogo aos atletas , para que eles já possam ir adquirindo um ritmo de jogo e encontrar adversários de qualidade, pois teremos jogos difíceis, pois teremos jogos difíceis na Série D. Então dentro disso espero que a diretoria consiga fechar esses amistosos – destacou o treinador proletário.

Para a disputa da competição nacional, o Confiança manteve boa parte da base campeã sergipana. Além disso, contratou alguns reforços pontuais: o goleiro Everson, os zagueiros Eron e Ricardo, o lateral-direito Henrique e o atacante Jean, ex-Canindé.

O Confiança estreia na Série D do Campeonato Brasileiro no dia 27 de Julho, contra o Porto de Pernambuco, no Presidente Médici.

Vitória da Conquista e Bahia vão se enfrentar quatro vezes no inicio do ano

Por Luciano Pina

g_1313181

Vitória da Conquista e Bahia já se enfrentaram dezoito vezes desde o acesso do Bode para a elite do futebol baiano. Foram duas vitórias do Alviverde, quatro empates e doze derrotas.

No ano que vem, as duas equipes vão duelar quatro vezes no primeiro semestre. Serão dois confrontos pela Copa do Nordeste e dois pelo Baiano e existe a possibilidade de outros jogos caso os dois times se classifiquem para outras fases das competições.

Os embates pela Copa do Nordeste vão acontecer no dia 26/01, na Arena Fonte Nova e no dia 29/01, no estádio Lomanto Júnior.

Já os confrontos pelo Campeonato Baiano serão realizados no dia 19/02, na Arena Fonte Nova e no dia 16/03, no estádio Lomanto Júnior.

No próximo dia 16, o elenco do Vitória da Conquista se apresenta para da inicio a preparação.

Quatro jogos complementam a 1ª rodada da segundona municipal nesta quinta

Por Luciano Pina

thumb

Quatros jogos que serão realizados no feriado desta quinta (15), no estádio Murilão, complementam a 1ª rodada do Campeonato Municipal de Futebol da 2ª Divisão, promovido pela LCDT.

Ás 08h45, Baixa do Cedro faz sua estréia jogando contra o Projeto Semear. Na sequência às 10h30, o Vasco enfrenta o Botafogo. A tarde às 13h30, o Serrano joga contra o Brasil de Limeira. Encerrando a rodada às 15h30, o Juventude enfrenta o Estrela.

Na abertura da competição que aconteceu na manhã do último domingo (11), as equipes do Vitória da Conquista e Nova Cidade ficaram no empate por 1 a 1.

Quatro equipes lideram seus grupos com folga

CBF

2069582732

O domingo de dez jogos na Série D consagrou quatro líderes disparados em seus grupos. O Londrina venceu o Lajeadense por 1 a 0 e lidera o A8, quatro pontos à frente do rival desta tarde.

Pelo Pelo Grupo A5, o o Mixto derrotou o Brasília e chegou aos nove pontos, quatro a mais que o Aparecidense.

No Grupo A3, o Tiradentes venceu o Potiguar e está quatro pontos à frente do Central, que derrotou o Ypiranga/PE por 1 a 0. No Pará, o Paragominas derrotou o Náutico/RR pelo placar mínimo e lidera o A1.

Pelo Grupo A2, duas partidas realizadas. O Parnahyba derrotou o Gurupi por 2 a 1 e o Ypiranga/AP empatou em 1 a 1 com o Salgueiro. Pelo A4, o Vitória da Conquista superou o Juazeirense por 1 a 0.

No início da tarde, em jogos válidos pelo Grupo A6, o Nova Iguaçu perdeu em casa para o Aracruz, pelo placar mínimo. Já o Resende recebeu o Araxá e, também marcando apenas um gol, superou o clube mineiro.

A partida entre Genus e Plácido de Castro foi adiada.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia