Blog Waldemir Vidal

Na última segunda-feira (16), a diretoria do Barcelona de Ilhéus, preocupada com as condições do Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, expressou em suas redes sociais a procura por outra casa para mandar os seus jogos na temporada 2024.

Em nota, o CEO e o Executivo de futebol do time ilheense, Weliton Nascimento e Armando Filho, respectivamente, disseram estar buscando planos “B, C e D” devido ao curto espaço de tempo para execução das obras do Mário Pessoa, o que inviabilizaria o mando de campo do Barcelona na cidade de Ilhéus.

“Embora não tenha vontade de deixar Ilhéus, terra onde foi criado 2019, o Barcelona precisa de maior atenção do Poder Público, uma vez que já vem trabalhando na montagem do elenco e comissão técnica, visando a sua melhor campanha na elite do futebol baiano, como legítimo representante da terra de Gabriela e Jorge Amado”, disse parte do comunicado.

Na nota, o Barcelona de Ilhéus também afirmou que não tem vontade de deixar Ilhéus, porém precisa de “maior atenção do Poder Público, uma vez que já vem trabalhando na montagem do elenco e comissão técnica, visando a sua melhor campanha na elite do futebol baiano”.

Fundado em 2019, o Barcelona de Ilhéus foi campeão da Série B do Campeonato Baiano em 2021 e desde o ano seguinte disputa a elite do futebol baiano. Em 2022, a Onça chegou até as semifinais quando perdeu para o Jacuipense. No ano passado, o Barcelona de Ilhéus terminou na 7ª colocação.