WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘Baiano’

FBF divulga arbitragem da 4ª rodada do Baianão

Da Redação

4ª rodada

A FBF anunciou,na tarde desta quinta (25), a escala de árbitros para os jogos que acontecem neste final de semana, válidos pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

Cinco partidas serão disputadas e a abertura acontecerá no sábado (27), com o duelo entre Feirense e Flamengo. Já no domingo (28), mais quatro confrontos serão realizados. Jacuipense x Bahia de Feira, Jacobina x Colo Colo, Vitória da Conquista x Juazeirense e Fluminense x Vitória. O duelo entre Bahia e Galícia fechará a rodada no dia 9 de março.

Confira a escala de árbitros
Sábado
16:00

Feirense X Flamengo de Guanambi
Árbitro: Cosme Iran Sabino de Araújo
Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e Carlos Vidal Pereira de Oliveira
4ºarbitro: Reinaldo Silva de Santana
Domingo
16:00

Jacuipense X Bahia de Feira
Árbitro: Marielson Alves Silva
Assistentes: Dijalma Silva Ferreira Junior e Arlã José Estrela de Souza
4ºarbitro: Edvaldo Soares Santos
Vitória Da Conquista X Juazeirense
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade
Assistentes: Adailton José Jesus da Silva e Marcos Welb Rocha de Amorim
4ºarbitro: Luciano Trigueiro Xavier
Jacobina X Colo Colo
Árbitro: Guilard Giulius Cicero Alves
Assistentes: Cláudio Antônio Dias Aragão e Érica Paula de Jesus da Purificação
4ºarbitro: Antônio Carlos Conceição Ferreira
17:00
Fluminense X Vitória
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Paulo de Tarso Bregalda Gussen
4ºarbitro: Ademilton Piedade Carigé

Quatro times ainda não venceram até a terceira rodada do Baianão

Da Redação

O Bode  vai tentar a primeira vitória contra o Juazeirense

O Bode vai tentar a primeira vitória contra o Juazeirense

Após a realização da terceira rodada do Campeonato Baiano, quatro equipes ainda não tiveram o gosto de uma vitória: Vitória da Conquista, Flamengo de Guanambi, Colo Colo e Jacuipense.

O Bode segue invicto na competição, porém, ainda não conseguiu vencer. Foram três partidas e três empates. Com três pontos time é nono colocado na classificação geral. O próximo adversário será o Juazeirense, neste domingo (28), às 16 horas, no estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Já Flamengo de Guanambi por sua vez perdeu uma e empatou duas soma apenas dois pontos e está na décima posição. O Beija-Flor do Sertão joga contra o Feirense, neste sábado (27), às 16 horas, no estádio Eliel Martins.

O Colo Colo está em situação mais complicada. Foram três partidas com duas derrotas e um empate. Com um ponto o Tigre de Ilhéus ocupa a penúltima colocação. No domingo (28), a equipe visita o Jacobina, às 16 horas, no estádio José Rocha.

Já a Jacuipense vive situação idêntica ao Colo Colo. Foram três partidas com um empate e duas derrotas. Com um ponto o Leão do Sisal está na última colocação. O time recebe o Bahia de Feira, neste domingo (28), às 16 horas, no estádio Eliel Martins.

A luta contra o rebaixamento terá a participação das quatro últimas colocadas que se enfrentarão no sistema de ida e volta. O nono enfrenta o décimo segundo e o décimo joga contra o décimo primeiro.

O mando de campo e a vantagem da disputa pertencerá ao melhor colocado na primeira Fase. O 9º Colocado leva vantagem sobre o 12º e o 10º sobre o 11º.

Cinco técnicos já perderam cargos em apenas três rodadas do Baiano

Da Redação
Fonte Tribuna da Bahia

Índice

O índice deve ser com certeza, inédito e histórico no futebol brasileiro. Depois da bola rolar para a 3ª Rodada do Campeonato Baiano desta temporada, cinco treinadores já foram demitidos dos seus cargos.

Depois do Colo-Colo demitir o técnico Fernando Dourado e contratar Gilmey Aimbêre; do Jacobina trocar Edson Ferreira pelo treinador Paulo Sales: a Jacuipense demitir o técnico Cléber beleza e contratar Paulo Foiani e a Juazeirense dispensar Sérgio Araújo e colocar o auxiloiar Janilton Silva para assumir a equipe, neste final de semana mais um técnico de um clube que disputa a competição perdeu o cargo. O Feirense anunciou que o treinador Laur Hnery não é mais o comandante do time.A decisão foi tomada depois da derrota para a Juazeirense por 3 a 0, no estádio Paulo de Souza Coelho , em Petrolina-PE.

Estas demisssões prova a fragilidade e a absoluta falta de programação, estrutura, dos clubes do interior para a disputa da competição que não tem sequer 30 dias, começou em 30 de janeiro.

Confira os jogos da 4ª rodada
Sábado
16:00

Feirense x Flamengo de Guanambi
Domingo
16:00

Jacuipense x Bahia de Feira
Jacobina x Colo-Colo
Vitória da Conquista x Juazeirense
17:00
Fluminense x Vitória
Quarta (09/03)
21:45

Bahia x Galícia

outdoor_pq

Classificação geral do Campeonato Baiano de 2016

Da Redação

Confira a classificação geral do Campeonato Baiano, após a realização da 3ª rodada que aconteceu neste final de semana.

classificacao2

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Baianos e pernambucanos dominam a Copa do Nordeste

Esporte Total

20150320104457_0

A Copa do Nordeste começou a ser disputada em 1968, quando o Sport Clube do Recife ganhou o titulo em cima do CSA de Alagoas. De lá prá cá a competição foi realizada 16 vezes com pleno domínio das equipes baianas e pernambucanas.

Dos 16 títulos disputados, os estados da Bahia e Pernambuco conquistaram 12 vezes, 7 e 5 títulos, respectivamente, ficando o estado do Ceará com dois títulos, um para a Paraíba e outro para o Rio Grande do Norte. Alagoas, Sergipe, Piauí e Maranhão ainda não conseguiram vencer a competição.

O Sport Clube do Recife.foi campeão cinco vezes: 1968/1970/1994/2000/2014, sendo que o rubro negro chegou em decisões do evento por 6 vezes. Outras equipes pernambucanas, a exemplo de Náutico e Santa Cruz, ainda não conseguiram nenhuma conquista na competição.

O Esporte Clube Vitória decidiu a competição 8 vezes e ganhou 5: 1976/1997/1999/2003/2010. O Bahia, que decidiu 5 vezes a Copa do Nordeste, conseguiu ser campeão duas vezes seguidas, em 2001 e 2002. Cabe uma menção honrosa ao Galícia que foi vice campeão em 1969 e ao Fluminense de Feira de Santana que decidiu o titulo em 2003, perdendo a final para o Vitória.

O Ceará Sporting, que decidiu três vezes a Copa do Nordeste, perdeu a final de 2014 contra o Sport e foi impiedoso diante dos baianos, Galícia em 1969 e Bahia em 2015, para conquistar seus dois títulos na competição. Já o Fortaleza, detentor de uma das maiores torcidas do Nordeste, teve seu melhor desempenho em 1970, quando ficou em segundo lugar, numa decisão diante do Sport e Recife.

O América do Rio Grande do Norte fez duas decisões da Copa do Nordeste contra o Vitória da Bahia, perdendo em 1976 e ganhando em 1998. O mesmo Vitória enfrentou outra equipe potiguar em uma final, quando ganhou do ABC em 2010.

Já os alagoanos chegaram três vezes a uma final da Copa do Nordeste, mas não sentiram o gostinho do titulo: em 1968 o CSA perdeu a disputa para o Sport, fato repetido em 1994 quando o CRB também foi derrotado diante do rubro negro pernambucano. O ASA de Arapiraca protagonizou, ao lado do Campinense da Paraíba, um fato inusitado na competição, fazendo pela única vez uma decisão com duas equipes do interior, isso ocorreu em 2013, oportunidade em que o time paraibano foi campeão.

Outra curiosidade da Copa do Nordeste, refere-se ao fato de que a Bahia é o único estado a fazer decisões caseiras, isso ocorreu duas vezes: uma entre Vitória e Fluminense de Feira, conquistado pelo rubro negro, e outra num BA-VI, quando o tricolor levou a melhor.

A maior goleada da Copa do Nordeste ocorreu no confronto Bahia 10 x 2 Confiança, sendo que os maiores artilheiros foram Magno Alves, atuando pelo Ceará, autor de 18 gols em 2014, Sérgio Alves do Bahia fez 13 gols em 2002. O terceiro maior artilheiro da competição é Kuki do Náutico, que assinalou 12 vezes em 2001. Wesley do Bahia em 1999 e Cristiano Alagoano do Confiança em 2010 marcaram 10 gols cada.

Em ‘recomeço’, Paulo Roberto afirma que Galícia vai surpreender no Baianão

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Contratação de maior peso do Galícia para o Campeonato Baiano, o atacante Paulo Roberto está confiante para a sua estreia pelo time azulino, diante do Jacobina, na próxima quinta-feira (11). De volta a um clube de Salvador, o jogador, que se destacou pelo Bahia em 2008, vê a oportunidade como uma maneira de recomeçar.

“Vejo isso como um recomeço. É a cidade que nasci e fui criado. Poder voltar a minha terra é bem melhor. Já sei os caminhos, conheço os jogadores, sei a filosofia do trabalho. Com certeza isso me fará muito bem lá na frente”, disse o jogador, em entrevista ao Bahia Notícias.

Sob o comando do técnico Carlos Rabello, o Galícia realizou a sua pré-temporada no interior baiano. Segundo o atacante de 26 anos, o azulino vai surpreender na competição estadual.

“Me sinto bem e o time está com o objetivo de surpreender. É um elenco bom, jovem e os jogadores tem gás para defender e atacar. Fico esperançoso”, completou.

Galícia e Jacobina se encaram na Arena Fonte Nova, às 18h.

Arbitragem para a 2ª rodada do Baiano

Da Redação

images

Confira a escala de árbitros para a segunda rodada do Campeonato Baiano, que acontece na próxima semana.

Quarta
21:00
Vitória da Conquista x Vitória

Árbitro: Jailson Macêdo Freitas
Assistentes: Jucimar dos Santos Dias e Claudio Santos Oliveira
4ºarbitro: Cleuber Silva Santos
Quinta
20:30
Bahia x Flamengo de Guanambi

Árbitro: Gleidson Santos Oliveira
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Paulo de Tarso Bregal
4ºarbitro: Guilard Giulius Cicero Alves
Fluminense x Juazeirense
Árbitro: Eziquiel Souza Costa
Assistentes: Carlos Vidal Pereira de Oliveira e Arlã José Estrela de Souza
4ºarbitro: Frankliney Carvalho Souza
Sábado
16:00
Feirense x Colo Colo

Árbitro: Edinaldo Vasconcelos Ribeiro
Assistentes: Pedro Santos de Jesus e João Paulo Gonçalves da Silva
4ºarbitro: Wagner Francisco Silva Souza
Domingo
16:00
Jacobina x Bahia de Feira

Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Luanderson Lima dos Santos
4ºarbitro: Bruno Fagner Novaes e Cunha
Jacuipense x Galícia
Árbitro: Florismar Costa de Jesus
Assistentes: Adailton José Jesus da Silva e Marcos Welb Rocha de Amorim
4ºarbitro: Ledes José Coutinho Neto

Rodada de estreia do Baianão teve público de pouco mais de 15 mil pagantes

Galáticos Online

torcida vitória francisco galvão

A temporada 2016 do futebol baiano foi oficialmente aberta neste final de semana. Cinco jogos deram a largada ao Bainão 2016.

Porém, apesar da expectativa que tomava conta dos baianos pelo início do estadual, a ansiedade para ver a bola rolar não ficou exposta na presença de público. A primeira rodada da competição registrou apenas 15.200 torcedores nos cinco estádios que receberam jogos.

O maior público foi registrado no duelo entre Vitória e Jacuipense, no sábado (30), no Barradão. O total de 6.733 torcedores acompanhou o triunfo do Rubro-Negro por 3 a 0.

Já o menor público foi o do confronto entre Bahia de Feira e Feirense, no Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim. Apenas 647 torcedores assistiram à vitória do Tremendão por 2 a 0.

Quando o assunto foi o valor arrecadado, as cinco partidas geraram uma renda total de pouco mais de R$ 265 mil. Com arrecadação de quase R$ 120 mil, Juazeirense x Bahia, em Pituaçu, registrou a maior renda.

Por outro lado, o confronto entre os times feirenses arrecadou apenas R$ 6.470. O time mandante, o Bahia de Feira acabou com um saldo negativo de R$ 2.026,20.

Apesar dos números baixos, a primeira rodada pode ter um crescimento, tanto na renda como no público no dia 11 de fevereiro. Galícia e Jacobina completarão a rodada na Arena Fonte Nova.

Outra boa expectativa de maior presença de público nos estádios é o fim do Carnaval. A partir de 10 de fevereiro, com o início da segunda rodada, o Baianão promete levar mais torcedores aos estádios.

Confira os públicos e rendas dos primeiros jogos:

Vitória 3 x 0 Jacuipense – 6.733 torcedores / R$ 64.092

Flamengo de Guanambi 0 x 0 Vitória da Conquista – 2.527 torcedores / R$ 51.540

Juazeirense 2 x 3 Bahia – 3.925 torcedores / R$ 120.930

Bahia de Feira 2 x 0 Feirense – 647 torcedores / R$ 6.470

Colo Colo 0 x 0 Fluminense de Feira – 1.368 torcedores / R$ 22.070

Em meio a uma maratona de jogos Vitória da Conquista quer estrear com o pé direito no Baianão

Da Redação
Foto Eliezer Oliveira

_E2A0112

Sem estádio para treinar e com uma maratona de jogos pela frente, o Vitória da Conquista vai em busca dos três primeiros pontos na partda de estreia no Campeonato Baiano, contra o Flamengo de Guanambi, que acontece neste domingo (31), às 16 horas, no estádio 02 de Julho.

A comissão técnica e os jogadores sabem da importância de estrear com o pé direito, pois a competição é curta são apenas seis jogos e vencer fora de casa é fundamental para já sonhar com uma classificação à próxima fase.

Para este confronto o treinador Evandro Guimarães tem apenas uma dúvida em relação a equipe que inicia partida. A equipe que treinou ontem (29), teve a seguinte formação Carlos, Artur, Silvio, Leandro Cardoso e Tiaguinho, Maicon Costa, Edimar, Kleber, Carlinhos, Rafael Granja (Cacá) e Tatu.

Na manhã de hoje (30), os jogadores participaram de um treino recreativo no Country Club e após o almoço viajam para Guanambi onde ficam concentrados até momentos antes do jogo.

Colo Colo estreia no domingo no Baianão dez anos após conquistar o título

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O desespero pairava no gramado do Manoel Barradas naquele 28 de maio de 2006. Apodi pegou a bola pela direita e tentou o corte para o meio. O lateral-direito então perdeu a bola oferecendo contra-ataque. O gramado molhado, em tese, não faria a bola rolar. Só em tese. Jânio recebeu a bola pela faixa esquerda do campo, venceu o combate contra Jean e cruzou a bola. Ednei venceu a dividida contra David Luiz e deu o golpe de misericórdia. Esse foi o quarto e último gol do Campeonato Baiano de 2006, vencido pelo Colo Colo, em pleno Barradão contra o Vitória.

Dez anos após o feito, o time de Ilhéus recomeça sua campanha mais uma vez no campeonato estadual. O adversário é justamente o último clube a vencer o torneio antes do Colo Colo: o Fluminense de Feira, em 1969. O palco é o mesmo que recebeu a equipe que conduziu o Tigre ao troféu em 2006: o Estádio Mário Pessoa. Neste domingo (31), o confronto das 16h reunirá três títulos baianos na estreia do Baianão.













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia