WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
novo uniao supermercados








junho 2024
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

drupal counter

:: ‘DIFICULDADE’

Caso aconteça o jogo de volta, Vitória da Conquista terá dificuldades com jogadores para enfrentar o Santa Cruz

Da Redação

vitoriadaconquista_santacruz_futurapress_mariobittencourt

Na programação da CBF, os confrontos entre Vitória da Conquista e Santa Cruz, pela segunda fase da Copa do Brasil poderão acontecer nos dias 04, 11 ou 18 de maio.

Em entrevista a uma rádio local, o presidente Ederlane Amorim disse, que caso aconteça o segundo jogo no dia 18, o Bode terá diificuldade para escalar jogadores, pois os contratos de 90% dos atletas encerram no dia 15.

Segundo o presidente, para regularizar esta situação a diretoria está conversando com alguns atletas para renegociar os contratos. Porém, a partir desta data o jogador fica livre e só poderá atuar se quiser, além disto, muitos foram valorizados e tem sido procurados por outras equipes.

A primeira partida entre o Vitória da Conquista e o Santa Cruz será realizada no estádio Lomanto Júnior.

Feirense: Técnico admite dificuldades na preparação, mas se diz confiante na estreia

Bahia Noticias

Paralisado há quase um mês, por causa de uma batalha judicial envolvendo vários clubes, a Série D terá início neste sábado (23). Mas a demora em resolver o imbróglio, deixa sequelas em algumas equipes, como o Feirense, que estreia neste domingo (24), contra o Sousa-PB, no Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim.

– A preparação foi um pouco confusa, pois a estreia deveria ter sido anunciada com antecedência. Pois esse novela de começar ou não começar atrapalhou bastante. Tivemos que mudar a nossa estratégia de última hora. Mas isso não é desculpa, foi ruim para todo mundo. Estamos confiante na estreia, temos um grupo jovem e vamos trabalhar pelo resultado positivo – disse Duzinho, técnico da equipe.

A diretoria do Feirense anunciou a renovação do contrato de dois atletas. O atacante Jaiminho prorrogou seu vínculo até dezembro de 2013. Já o volante Baiano que foi um dos destaques do Tricolor do Sertão no certame estadual, permanece no time gameleiro até maio do ano que vem.

Mesmo com Nacional-URU eliminado, Vasco espera dificuldade

Globo Esportes

Os resultados da quinta rodada deram a classificação às oitavas de final da Libertadores ao Vasco e tiraram qualquer chance do Nacional-URU de avançar na competição. Por isso, o confronto entre as duas equipes, nesta quinta-feira, tem pesos bem distintos para cada time. Enquanto o Gigante da Colina tenta garantir o primeiro lugar da chave, os uruguaios apenas cumprem tabela e devem jogar com vários reservas. Mesmo assim, o clima em São Januário não é de tranquilidade. Para o técnico Cristóvão Borges, mesmo com a situação já definida, o Nacional vai querer mostrar serviço.

– Eles estão jogando em casa, têm torcida, então têm satisfação a dar. Não vai ser fácil, mas claro que não é a mesma coisa do que se ainda estivessem brigando pela vaga – disse o técnico Cristóvão Borges.

O goleiro Fernando Prass, um dos mais experientes do time, concorda com a visão de Cristóvão. O jogador acredita que o Vasco vai encarar menos pressão externa, mas que nem por isso terá facilidade. – Se eles estivessem disputando a classificação, seria mais difícil. Mas o que depende mais é a nossa postura. Tem jogos que você espera mais dificuldade e consegue um grande resultado e outros em que é derrotado mesmo sendo mais fácil. Como disse, depende muito mais da nossa postura, da maneira como vamos nos comportar em campo.

Improvisado na esquerda, Rafael afirma que não teve dificuldade no setor

Fonte: galaticosonline

Repetindo a mesma estratégia utilizada no campeonato baiano de 2009, quando jogou a competição com o lateral-direito Bosco improvisado na esquerda, a comissão técnica de 2010 encontrou em Rafael da Granja a solução para suprir a carência do setor, que tem apenas Egidio e Pelezinho, mas ambos estão sem condições de jogo.

Atuando na ala esquerda há três partidas, Rafael da Granja, tem suprido a carência do setor e afirma que demorou para se adaptar, mas que consegue atuar devido a facilidade de chutar com ambas as pernas. “No começo foi difícil se adaptar por estar recebendo a bola pelo lado esquerdo, mas como eu tenho facilidade de bater com a perna esquerda procuro estar muito concentrado, dominar, olhar, para poder não errar o passe”, afirmou.

Jogar na esquerda não é um tabu para Rafael. Em 2009 o jogador chegou a atuar em algumas oportunidades, fazendo a função também em outros clubes. “Já joguei outras vezes também. No Vitória, no ano passado, se não me engano contra o Colo-Colo e no Conquista cheguei a atuar algumas vezes na segunda etapa dos jogos, então não vejo dificuldade”, disse. :: LEIA MAIS »













comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia